Nova versão do app permite aos usuários fixarem os canais que mais gostam na tela inicial do sistema operacional.

O Vine se tornou bastante utilizado entre os usuários nos últimos anos, ganhando uma posição de destaque o hall de aplicativos mais adorados pelos usuários. Entretanto, os usuários do Windows Phone estavam preocupados com o app, graças a falta de atualizações do mesmo, o que levou muitos usuários a acreditarem que o app estaria abandonando o Windows Phone. Todavia, aparentemente foi apenas um ''susto'' dos usuários, visto que o Vine está trazendo novidades para o sistema da Microsoft.

Os desenvolvedores do app anunciaram o motivo do Vine ter ficado tanto tempo sem atualização para o Windows Phone e disponibilizaram uma versão nova do aplicativo para o Windows 10, para desktops e tablets com o sistema operacional.

O fato do aplicativo estar indo além dos dispositivos móveis, deve garantir um público mais amplo para os desenvolvedores, investindo em um mercado muito promissor, que é o dos dispositivos híbridos, os chamados 2 em 1, tablet/notebook. As principais funções do aplicativo estarão disponíveis para os desktops e híbridos, já de imediato, o que deve garantir boas avaliações dos usuários logo de cara, a não ser que o app venha a sofrer com problemas de compatibilidade.

Entre as funcionalidades que podemos destacar, estão as chamadas live tiles, que permite aos usuários fixar os canais que mais gosta na sua tela inicial do Windows 10 com blocos dinâmicos, fazendo com que o usuário possa conferir as novidades de seus canais favoritos logo ao iniciar seu dispositivo. Outra função bem interessante é o compartilhamento de vídeos, fazendo com que os usuários possam navegar entre os seus arquivos ou arrastar e soltar o vídeo para que o mesmo seja compartilhado.

A atualização, entretanto, ainda não está disponível para os usuários do Windows Phone, o que pode ser um indício de que a mesma não será disponibilizada para os smartphones com o sistema operacional da Microsoft.

Já para os usuários do Windows 10 nos desktops e do sistema nos dispositivos híbridos, a atualização já está disponível para todos os usuários e por enquanto, ao menos, as avaliações daqueles que testaram a atualização do aplicativo são boas, apresentando uma boa estabilidade mesmo em sua primeira versão para esses dispositivos.


Responsável pelo sistema responde usuário do Twitter e afirma que muitos usuários já pediram a nova funcionalidade.

O Windows 10 Mobile foi lançado há algumas semanas e após tanto tempo de espera, os usuários começam a cobrar a empresa, a respeito das próximas funcionalidades a se acrescentar em versões futuras do sistema. Entre elas, está a funcionalidade chamada de KnockOn.

O KnockOn ou Tap to Wake é uma funcionalidade presente em diversos dispositivos móveis que faz com que o usuário possa desbloquear seu dispositivo com apenas dois toques na tela do aparelho, facilitando a vida dos usuários em diversos momentos. A funcionalidade foi desenvolvida pela LG e agora, ao menos se depender dos usuários, pode chegar em uma atualização futura do Windows 10 Mobile.

Os rumores se iniciaram após Gabriel Aul, um dos responsáveis pelo Windows 10 Mobile, ter respondido um usuário na rede social Twitter, sobre a possibilidade da Microsoft trazer essa funcionalidade para os dispositivos com Windows 10 Mobile, mais especificamente o Lumia 950/XL.

Aul respondeu o usuário dizendo que esta funcionalidade vem sendo pedida por diversos usuários do sistema da empresa e que o usuário deveria fazer com que sua ideia fosse a votação no Feedback Hub, plataforma da Microsoft, onde seus usuários podem colocar ideias para futuras atualizações e versões do sistema as quais qualquer usuário pode votar. As mais votadas acabam indo para análise da equipe de desenvolvimento da Microsoft, podendo ou não serem lançadas de fato, em futuras versões do sistema.

Vale ressaltar que em nenhum momento Gabriel Aul confirma que a Microsoft irá lançar o recurso para seus dispositivos, e sim que a possibilidade de lançar o recurso é real desde que o usuário indique sua ideia no sistema de feedback da empresa, o que acabou por encher os usuários de esperança, visto que Aul escolheu justamente uma ideia sobre uma função que é pedida por diversos usuários para responder.

Todavia, embora a função tenha se tornado comum em diversos dispositivos, alguns, mesmo se tratando de modelos tops, possuem suporte a funcionalidade, que não é pedida em massa apenas pelos usuários do Windows Phone, se tratando de uma tecnologia bem mais prática de ligar o aparelho do que os velhos e nem tão práticos botões, que por vezes deixam os dispositivos até mesmo mais feios.

Maria Luiza Mazzo


Um suposto email teria vazado e explicado que o atraso do lançamento do Windows 10 Mobile seria devido a Microsoft não estar satisfeita com o desempenho dos aparelhos mais antigos com a nova versão do sistema operacional.

Não é novidade para ninguém que acompanha com frequência, as novidades do mundo mobile e principalmente as notícias do Windows Phone, que a nova versão do sistema operacional, o Windows 10 Mobile, vem passando por diversos atrasos e longos períodos de teste, o que vem irritando cada vez mais os usuários e levantando dúvidas sobre a estabilidade do sistema da Microsoft, já que o lançamento estava previsto entre novembro e dezembro do ano passado.

Agora, porém, ao que parece um suposto email interno da Microsoft, explica os motivos de tanto atraso no lançamento do sistema e revela uma suposta data final de lançamento para o Windows 10 Mobile.

Segundo o suposto email, o motivo para tanto atraso no lançamento definitivo da nova versão do Windows, seria pelo fato da empresa norte-americana não estar nem um pouco satisfeita com o desempenho dos aparelhos mais antigos, como o Lumia X20 e X30, com a nova versão do sistema operacional, o que estaria fazendo a empresa retardar o lançamento para estabilizar o Windows, nesses dispositivos.

Confirmando os rumores recentes, o email também confirmaria o lançamento definitivo já no final do próximo mês, fevereiro, já que a empresa parece estar satisfeita com o desempenho desses smartphones na última build do Windows 10 Mobile lançada, embora ainda enxergue a necessidade de alguns ajustes, como na questão dos bugs presentes.

Sendo assim, cada aparelho irá receber uma atualização específica para que se possa tirar o máximo de desempenho de cada um. Já os smartphones mais recentes e high-ends, devem receber uma atualização cumulativa fazendo com que todos os aparelhos fiquem na mesma build.

Tais informações, porém, não possuem cunho oficial e, ainda não há a certeza de que as mesmas venham a se confirmar. Porém, muitos acreditam que o fato de tal email ter sido ''vazado'', pode ter sido uma ideia da própria Microsoft para acalmar o ânimo dos usuários que anseiam pelo lançamento da nova versão do Windows Mobile.

Por Isis Genari

Windows 10 Mobile

Foto: Divulgação


Usuários que fazem parte do programa Windows Insider tiveram acesso ao Build 10586.63 do Windows 10 Mobile para realizar testes no sistema e corrigir erros e bugs.

Os usuários que fazem parte do programa Windows Insider, da Microsoft, tiveram recentemente acesso ao Build 10586.63 do Windows 10 Mobile, que foi lançado consideravelmente antes do esperado para o programa, já que está havendo uma demora cada vez maior no lançamento da nova versão. O objetivo é claro: Testar os sistema, e corrigir bugs e erros que possam vir a prejudicar os demais usuários e otimizar os mesmos após a próxima atualização definitiva, além de sugestões de melhorias gerais.

A atualização, porém, segundo a própria empresa norte-americana, não traz grandes novos recursos e funcionalidades para os smartphones dos usuários do Insider. E ao que parece, os participantes do programa já identificaram diversos bugs presentes no Build, que ainda não foram corrigidos com essa atualização.

Segundo os relatos dos usuários, diversos dos erros apresentados pelo sistema chegam a ser, no mínimo, um pouco chatos, mesmos sendo uma versão de testes.

Um dos problemas apresentados pelo Build, é a falta de sincronização com seu email, que na tentativa de fazer tal sincronização, o usuário acaba por receber uma mensagem de erro de código 0x86000c0a . Já um que deve ser realmente irritante e causaria grandes problemas caso fosse uma versão definitiva, é que diversos apps estariam simplesmente desaparecendo do cartão de memória dos aparelhos, ficando completamente incessíveis nos mesmos.

Um dos problemas apresentados, também é curioso, ao decorrer de uma ligação, ao finalizar o assunto com a pessoa com a qual você está conversando, ou simplesmente querer desligar a chamada, tal atividade pode se tornar inviável, isso pois o botão de desligar a chamada, simplesmente trava, impossibilitando o usuário de fazer tal ação.

Outro bug relatado que poderia causar um grande estresse, é que quando vários aplicativos estão abertos no smartphone, ou simplesmente se alterna entre um dos aplicativos abertos, o sistema simplesmente reinicia, certamente causando uma grande dor de cabeça pela memória RAM estar sobrecarregada.

É claro que todos esses erros, devem ser corrigidos em breve pela Microsoft, mas vale o relato, já que muitos desses erros, se lançados em uma versão definitiva, certamente causariam grandes dores de cabeça para a norte-americana.

Por Isis Genari

Windows 10 Mobile

Foto: Divulgação


Apple vendeu 300 milhões de produtos em 2015. Nona versão do iOS atingiu mais usuários e foi mais bem qualificado que a versão anterior.

A Apple realmente teve um bom 2015, com diversas novidades e crescimento no mercado, mesmo com o preço salgado de seus aparelhos. Principalmente para o iOS, que viu sua nona versão atingir mais usuários e ser mais bem qualificado que a versão anterior, e assim como a marca, cresceu no mercado de móbiles. Ainda veremos em breve, o lançamento da nova versão do sistema operacional da maçã.

Num todo, a Apple conseguiu o feito de superar as vendas de Windows em todo o mundo em 2015, com seu iPhone. A informação é do site Asymco.

Para se ter uma ideia do tamanho do crescimento da maçã no ano anterior, a Apple conseguiu vender 300 milhões de produtos, incluindo todas suas linhas como o iPhone, iPad, Mac, etc. Já sua concorrente também norte-americana, Microsoft, atingiu 25 milhões de vendas a menos, em relação a 2014, e também 25 milhões a menos que o número de produtos que a Apple vendeu, ou seja, 275 milhões de vendas de dispositivos com o Windows instalado.

Por outro lado, o enorme crescimento do iPhone, não se reflete no baixo número de vendas do Mac, que vendeu 10 milhões de unidades. Em outras palavras, foram 290 milhões de vendas de produtos com iOS no ano de 2015, superando o número de produtos com Windows.

Mesmo com o crescimento, o iOS continua atrás em vendas do Android, que ainda é líder, mas este, não possui exclusividade de uma marca, sendo um sistema livre e aberto, o que facilita a popularização do SO, já que permite que qualquer empresa tenha o ''seu Android''.

A Apple também revelou recentemente que o iOS 9 está instalado em 75% de seus dispositivos atualmente, o que é positivo, já que o SO foi lançado apenas em setembro de 2015, popularizando-se rapidamente entre os dispositivos da maçã.

Por Isis Genari

iOS 9


Modelos Lumia irão receber a atualização para o Windows 10 no início de 2016.

A Microsoft havia prometido lançar uma atualização para o Windows 10 para os smartphones Lumia ainda nesse mês de dezembro, porém, segundo um porta-voz da empresa, a atualização foi cancelada, e só será possível os usuários de Lumia terem acesso ao novo sistema portátil da empresa no próximo ano.

A informação foi dada ao site ZDNet, dos Estados Unidos, por um porta-voz da companhia que afirmou que a atualização começará a ser feita, já no início de 2016, nos smartphones com Windows 8 e 8.1 selecionados pela Microsoft.

O sistema, porém, já está presente nos smartphones Lumia 950 e do Lumia 950 XL, que foram lançados ainda no mês de novembro.

A Microsoft ainda divulgou a lista completa com os celulares que irão receber a atualização para o Windows 10, porém, a lista já está em formação, contando até o momento com o  Lumia nas versões 430, 435, 532, 535, 540, 635 na versão de 1GB de RAM, 640, 640 XL, 735, 830 e o Lumia 930.

A lista ainda deve aumentar consideravelmente, visto que os smartphones que contam com o update Denim e mais de 8GB de memória interna, irão receber o Windows 10.

Entre as novidades da atualização, está uma maior integração do sistema do seu smartphone, com seu desktop, que deverá apresentar as principais informações do seu sistema operacional de modo Universal, apps mensageiros disponibilizados de forma mais enxuta, como o Skype, possibilidade de gravar músicas na Nuvem, a assistente virtual Cortana irá lembrar onde você estacionou seu carro, conversão de voz para texto, entre outras novidades.

A Microsoft continua na busca de alcançar os líderes de mercado Android e iOS. Atualmente, o crescimento dos usuários de Windows Phone, estimado em cerca de 50%, segundo os dados da própria Microsoft nesse ano de 2015, durante a Mobile World Congress.

Por Isis Genari

Windows 10


A Microsoft realizou um evento na última quarta-feira, dia 21, para mostrar as suas novidades, sendo que o principal tópico foi o novo Windows 10 e suas aplicações para desktops e dispositivos móveis.

Sabemos que o sistema será multiplataforma e que ele chegará para smartphones e tablets. Porém, apesar do Windows 10 já estar disponível para testes, ainda resta mais de uma semana para a build chegar aos dispositivos mobile.

Ainda assim, já foram anunciadas algumas novidades bem animadoras. A primeira delas é que os celulares Windows Phone com as versões 8.0 e 8.1 receberão atualizações gratuitas para o Windows 10. A meta é que todos os aparelhos sejam atualizados, mas de acordo com Chris Weber, vice-presidente de vendas da Microsoft, alguns celulares terão restrições de hardware, não suportando os recursos do novo OS.

Entre os aparelhos especulados para não receberem atualizações estão os Lumia 620 e o 520. Já os modelos 530 e 635 assim como os 1520 e 930, é certo que receberão o Windows 10.

Além disso, foi anunciado por Ifi Majid, diretor de marketing de produto da Microsoft Mobile Devices, que um smartphone top de linha com o Windows 10 nativo chegará ainda este ano.

Não há uma data confirmada para o lançamento do dispositivo, mas podemos esperar a novidade para o final do terceiro semestre.

Durante o evento da Microsoft, Belfiore realizou uma demonstração do novo sistema operacional atuando nos aparelhos móveis. Diferentemente do que já conhecemos nas atuais versões do Windows Phone, os Tiles foram exibidos acima de um papel de parede. O Menu Iniciar também é aberto sobre os planos de fundo, utilizando transparências.

Por ser um sistema multiplataforma integrado, as notificações do Action Center serão entregues tanto nos smartphones e tablets quanto nos desktops.

Em breve os usuários mais entusiastas da Microsoft já poderão testar a builder de testes do novo Windows em dispositivos móveis.

Por Daniel Cavalcante

Windows 10

Foto: Divulgação


A empresa Samsung, anunciou recentemente um novo evento que deve acontecer dia 20 de jnho em Londres para lançar alguns aparelhos com sistema operacional Android e Windows. A ideia da empresa é lançar alguns smartphones que irão reforçar sua linha principal de aparelhos Galaxy que utilizam o Android e também lançar novos smartphones da linha Ativ que usam o Windows 8 Mobile.

A empresa, deve optar por lançamentos com Windows principalmente para bater de frente com a Nokia, que com sua linha Lumia domina o mercado dessa categoria. Além disso, a Samsung também anunciou que a linha Ativ não ficaráapenas nos smartphones, mas também serão produzidos notebooks que levarão o mesmo nome.

Já no quesito Android, a principal atração deve ser o lançamento do Galaxy S4 Mini, variação do aparelho top de linha da empresa, que já vem movimentando muitos boatos na internet e que deve ser apresentado na Premiere 2013.

O evento que ocorre em junho será transmitido ao vivo através do Youtube diretamente de Londres e deve ser um dos eventos mais aguardados do ano, principalmente para bater de frente com o WWDC da Apple que ocorre uma semana antes.

Por Henrique Nicolau





CONTINUE NAVEGANDO: