Nova versão do app permite aos usuários fixarem os canais que mais gostam na tela inicial do sistema operacional.

O Vine se tornou bastante utilizado entre os usuários nos últimos anos, ganhando uma posição de destaque o hall de aplicativos mais adorados pelos usuários. Entretanto, os usuários do Windows Phone estavam preocupados com o app, graças a falta de atualizações do mesmo, o que levou muitos usuários a acreditarem que o app estaria abandonando o Windows Phone. Todavia, aparentemente foi apenas um ''susto'' dos usuários, visto que o Vine está trazendo novidades para o sistema da Microsoft.

Os desenvolvedores do app anunciaram o motivo do Vine ter ficado tanto tempo sem atualização para o Windows Phone e disponibilizaram uma versão nova do aplicativo para o Windows 10, para desktops e tablets com o sistema operacional.

O fato do aplicativo estar indo além dos dispositivos móveis, deve garantir um público mais amplo para os desenvolvedores, investindo em um mercado muito promissor, que é o dos dispositivos híbridos, os chamados 2 em 1, tablet/notebook. As principais funções do aplicativo estarão disponíveis para os desktops e híbridos, já de imediato, o que deve garantir boas avaliações dos usuários logo de cara, a não ser que o app venha a sofrer com problemas de compatibilidade.

Entre as funcionalidades que podemos destacar, estão as chamadas live tiles, que permite aos usuários fixar os canais que mais gosta na sua tela inicial do Windows 10 com blocos dinâmicos, fazendo com que o usuário possa conferir as novidades de seus canais favoritos logo ao iniciar seu dispositivo. Outra função bem interessante é o compartilhamento de vídeos, fazendo com que os usuários possam navegar entre os seus arquivos ou arrastar e soltar o vídeo para que o mesmo seja compartilhado.

A atualização, entretanto, ainda não está disponível para os usuários do Windows Phone, o que pode ser um indício de que a mesma não será disponibilizada para os smartphones com o sistema operacional da Microsoft.

Já para os usuários do Windows 10 nos desktops e do sistema nos dispositivos híbridos, a atualização já está disponível para todos os usuários e por enquanto, ao menos, as avaliações daqueles que testaram a atualização do aplicativo são boas, apresentando uma boa estabilidade mesmo em sua primeira versão para esses dispositivos.


Responsável pelo sistema responde usuário do Twitter e afirma que muitos usuários já pediram a nova funcionalidade.

O Windows 10 Mobile foi lançado há algumas semanas e após tanto tempo de espera, os usuários começam a cobrar a empresa, a respeito das próximas funcionalidades a se acrescentar em versões futuras do sistema. Entre elas, está a funcionalidade chamada de KnockOn.

O KnockOn ou Tap to Wake é uma funcionalidade presente em diversos dispositivos móveis que faz com que o usuário possa desbloquear seu dispositivo com apenas dois toques na tela do aparelho, facilitando a vida dos usuários em diversos momentos. A funcionalidade foi desenvolvida pela LG e agora, ao menos se depender dos usuários, pode chegar em uma atualização futura do Windows 10 Mobile.

Os rumores se iniciaram após Gabriel Aul, um dos responsáveis pelo Windows 10 Mobile, ter respondido um usuário na rede social Twitter, sobre a possibilidade da Microsoft trazer essa funcionalidade para os dispositivos com Windows 10 Mobile, mais especificamente o Lumia 950/XL.

Aul respondeu o usuário dizendo que esta funcionalidade vem sendo pedida por diversos usuários do sistema da empresa e que o usuário deveria fazer com que sua ideia fosse a votação no Feedback Hub, plataforma da Microsoft, onde seus usuários podem colocar ideias para futuras atualizações e versões do sistema as quais qualquer usuário pode votar. As mais votadas acabam indo para análise da equipe de desenvolvimento da Microsoft, podendo ou não serem lançadas de fato, em futuras versões do sistema.

Vale ressaltar que em nenhum momento Gabriel Aul confirma que a Microsoft irá lançar o recurso para seus dispositivos, e sim que a possibilidade de lançar o recurso é real desde que o usuário indique sua ideia no sistema de feedback da empresa, o que acabou por encher os usuários de esperança, visto que Aul escolheu justamente uma ideia sobre uma função que é pedida por diversos usuários para responder.

Todavia, embora a função tenha se tornado comum em diversos dispositivos, alguns, mesmo se tratando de modelos tops, possuem suporte a funcionalidade, que não é pedida em massa apenas pelos usuários do Windows Phone, se tratando de uma tecnologia bem mais prática de ligar o aparelho do que os velhos e nem tão práticos botões, que por vezes deixam os dispositivos até mesmo mais feios.

Maria Luiza Mazzo


Novo sistema operacional mobile da Microsoft permite que as chamadas sejam gravadas nos dispositivos.

Agora é possível gravar chamadas no seu Windows Phone com a versão 10, uma das novidades trazidas pela Microsoft para seu novo sistema operacional Mobile e que, embora não deva ser tão utilizado assim entre os usuários, já que é incomum se gravar chamadas entre amigos, certamente será extremamente útil para aqueles que precisavam de uma função nativa como essa em seu dispositivo.

Evidentemente, a função vem causando muita polêmica, já que permite gravar sua conversa com outras pessoas sem a outra poder saber se você está ou não utilizando a função, embora deva ser muito útil para diversos usuários, como até mesmo jornalistas que muitas vezes fazem as entrevistas pelo smartphone, confira abaixo, um pequeno tutorial para poder fazer uso dessa novidade do Windows 10 Mobile.

É bastante simples conseguir gravar uma chamada no sistema, basta que você vá até o menu de configuração do dispositivo, indo até a aba Sistema e depois, Telefone. Lá, há uma opção para que você possa escolher um aplicativo para gerenciar as gravações em chamadas no seu aparelho, basta escolher a opção do gravador de voz.

Com isso, todas as vezes que você ligar para alguém ou atender a chamada de alguma pessoa, irá poder observar um ícone para você iniciar ou terminar a gravação da chamada. Se você optar por gravar uma chamada, ela será salva no caminho Telefone>Histórico, onde há uma opção para ver suas chamadas gravadas, onde todo o conteúdo da ligação estará salva.

Vale lembrar que tal função já está liberada para todos os usuários do sistema, desde os que atualizaram o smartphone com o novo sistema como nos dispositivos já atualizados com o Windows 10 Mobile e, aqueles que já foram lançados com o sistema, que já podem usufruir dessa função atualmente.

A novidade foi lançada pouco antes do lançamento oficial do Windows 10 Mobile no final de Março, apenas para usuários com dispositivos com o W10 de fábrica, após muita espera por parte dos usuários, que sofreram com diversas alterações na data de lançamento do sistema, mas que vem agradando muito os usuários que já contam com a nova versão do sistema da Microsoft em seus dispositivos.

Por João Trajano

 

Gravar chamadas no Windows Phone

Foto: Divulgação


App Microsoft Translator recebeu novas atualizações para os sistemas operacionais iOS e Android.

A Microsoft segue com sua proposta de apostar cada vez mais em outros sistemas que não o Windows Phone, bem como outras empresas concorrentes da marca, como a Samsung e até mesmo a Apple, que parecem estar decididas a investir mais em SO rivais, para gerarem mais lucros para as marcas e não ficarem ''presas'' ao seu próprio SO.

Seguindo esse ritmo, a empresa norte-americana Microsoft, anunciou 2 novas funcionalidades para o seu app ''Microsoft Translator'' que receberá novidades no iOS e no Android, porém, cada uma das 2 funções é exclusiva para um único SO.

Para os usuários do app no Android, agora será possível utilizar o app para realizar traduções, mesmo quando não estiver conectado à rede, através do download de um pacote de idiomas, que traz as línguas disponíveis (o português está entre eles) para a nova funcionalidade, e é gratuito. Segundo a Microsoft, a tecnologia Deep Neural Network, a mesma utilizada no Skype para traduzir ligações, a qualidade das traduções offline devem ser parecidas com a das traduções feitas quando seu dispositivo se encontra conectado com a Internet.

A nova funcionalidade também irá garantir que você possa continuar utilizando o app mesmo após ter ultrapassado seu limite mensal de dados, o que também é uma ótima notícia.

Enquanto isso, os usuários do Microsoft Translator no iOS poderão traduzir palavras presentes em cartazes, imagens, anúncios, etc, por meio de sua câmera, através da nova função presente no app chamada de "Optical Character Recognition". A função é extremamente positiva, podendo ser muito útil quando o usuário for viajar para um país diferente e não conhece muito bem a língua do local, ou simplesmente está em dúvida sobre o que diz em um cardápio de restaurante, por exemplo. A funcionalidade está disponível, assim como a das traduções offline, para 20 línguas.

O recurso de traduções através da câmera, já estava disponível para os usuários do Windows Phone há algum tempo.

A Microsoft ainda não se pronunciou a respeito do motivo de estar lançando de forma separada as novas funcionalidades para iOS e Android, mas afirmou que logo em breve, ambas estarão disponíveis para os dois sistemas mobiles.

Por Isis Genari

Facebook Messenger

Foto: Divulgação


Compra do app indica o interesse da Microsoft em aumentar o interesse das pessoas pelo Windows Phone.

Após adquirir o aplicativo de teclado virtual inteligente, SwiftKey, a gigante Microsoft continua extremamente ativa no mercado, e agora anunciou a compra do aplicativo de música Groove. A ideia da empresa é aumentar o interesse pelo Windows Phone e outros dispositivos com Windows, como o XBOX, além de também obter mais lucros investindo em outros sistemas, o iOS e o Android, atitude que Samsung e Apple também aparentam querer tomar, investindo em sistemas rivais, embora esse não seja o caso do Groove.

A empresa confirmou o negócio no dia 9. A compra do aplicativo que era pertencente a Zikera, que assim como o SwiftKey que agora também deve chegar ao Windows Phone, originalmente, o Groove só estava disponível para o iOS. A negociação na verdade, aparenta já vir de tempos, pois recentemente, a empresa já havia mudado o nome do Xbox Music para Groove.

No anúncio da venda, a ZIkera, que produzia o aplicativo, exaltou os primeiros passos do aplicativo no mercado, além de ter exaltado a evolução do aplicativo, que hoje é capaz de entender o gosto e o hábito do usuário, fazendo com que os mesmos encontrem com maior facilidade músicas de acordo com o que costumam ouvir, além de se dizer orgulhosa por oferecer uma experiência rica para seus usuários durante todo esse tempo.

Já a Microsoft confirmou a compra ao site VentureBeat. A partir de agora, o aplicativo não estará mais disponível para os dispositivos com iOS, sendo exclusivo dos dispositivos com Windows.

Atualmente, o Groove contava com cerca de 1,5 mi de usuários, um número extremamente relevante.

Os próximos passos da Microsoft com o Groove devem ser trazer melhorias ao aplicativo disponível para Windows Phone, já que esse é um grande problema do sistema, que sofre com o desleixo dos grandes desenvolvedores e trazer novidades ao aplicativo. Uma das solicitações dos usuários é que o aplicativo se torne mais leve.

Embora as notícias recentes não sejam nada positivas para o sistema mobile da Microsoft, a empresa continua investindo cada vez mais fortemente no mercado mobile e tentando conquistar seu espaço, após perder 57% de seus usuários em 2015, uma notícia certamente desanimadora, mas que não abateu por completo a equipe da Microsoft, que vem no mercado Mobile o futuro da empresa.

Por Isis Genari

Microsoft comprou Groove

Foto: Divulgação


Rede Varejista Irlandesa vaza informações sobre o novo aparelho da Microsoft. Celular deverá custar cerca de 120 euros.

O Lumia 650 tem sido uma decepção para os usuários que acompanham os rumores do Windows Phone, se tratando de um novo smartphone de entrada com foco no mercado corporativo, mas que apresenta configurações extremamente pobres até mesmo se compararmos com seu antecessor, o Lumia 640.

De qualquer maneira, novas informações a respeito do dispositivo estão circulando na Internet e a notícia da vez é um vazamento de uma rede varejista irlandesa, que "confirmou" que o smartphone deverá custar cerca de 120 euros, ou cerca de 530 reais, ainda desconsiderando os altos impostos cobrados em cima desses dispositivos.

O valor divulgado pela rede varejista pode ser considerado uma notícia positiva, já que os rumores anteriores indicavam que o smartphone deveria chegar ao mercado custando 220 euros, um valor extremamente alto para um dispositivo que se trata apenas de entrada. No antigo valor especulado, o smartphone poderia chegar no Brasil custando mais de R$ 1.000, já que apenas o smartphone em si, sem impostos, custaria R$ 956.

O smartphone, se lançado em solo nacional, deve custar mais que seu antecessor, que chegou ao Brasil custando cerca de R$ 800, estando hoje com um valor bem mais baixo do que no lançamento. A dúvida para o lançamento no Brasil, ao menos em breve, fica por conta do fato da empresa estar ''barrando'' seus produtos de serem lançados no Brasil, usando como justificativa a crise que o país vem enfrentando, o que faz com que os dispositivos demorem mais para chegar por aqui.

Mesmo contando com configurações modestas, o smartphone não é de todo simples, já que chegará com moldura metálica, possível resistência tanto à água como à poeira e alto-falante nas partes frontais do dispositivo.

A mesma loja, ainda teria vazado um material de divulgação do smartphone, que "confirma" algumas informações a respeito do dispositivo, como uma tela de 4.97 polegadas (menor do que o esperado), câmera principal de 8 Megapixels, câmera frontal de 5 Megapixels, processador quad core 1.3 GHz e 16 GB de memória interna.

A Microsoft não comentou o suposto vazamento das informações, mas é possível que as informações sejam verídicas, já que se trata de uma rede varejista.

Por Isis Genari.


Microsoft irá terminar com a linha Lumia de smartphones e rumores indicam que a linha Surface irá surgir com novos modelos.

Os rumores do fim da linha de smartphones da Microsoft, Lumia, vêm crescendo cada vez mais. A empresa norte-americana tem a ideia de terminar com a linha Lumia desde que comprou o setor de smartphones da Nokia, e agora isso parece estar cada vez mais próximo de acontecer.

O substituto da linha Lumia, deve ser a nova linha Surface. E para aumentar as expectativas, um usuário do Reddit, descobriu um site com o nome da possível nova linha, com domínio da Microsoft (www.surfacephone.com). Ao acessar o site, você é redirecionado para a página da Microsoft sobre a linha Surface, mas não para smartphones, o que pode ser um indício de que num futuro bem próximo, os smartphones Surface se tornem realidade.

Por outro lado, para não criar falsas expectativas nos fãs da empresa, a Microsoft possui o domínio de diversos termos relacionados ao Surface, para que ninguém acabe por registrar um domínio com esse nome em coincidência com os produtos dessa linha da Microsoft e acabe por prejudicar a empresa. Mas com o crescimento dos rumores da chegada da linha Surface, não deixa de ser algo, no mínimo, curioso.

Recentemente, um jornalista russo, também afirmou ter obtido a informação, junto à equipe russa da Microsoft, em um evento no país, de que o Surface Phone, poderia ser lançado no máximo, até setembro ainda deste ano, o que é mais um chamativo para um possível lançamento do dispositivo.

Por enquanto, a Microsoft ainda não se pronunciou sobre os rumores, e a tendência, é que isso não aconteça. Portanto, não podemos afirmar que tais informações realmente sejam verídicas. Mas com os rumores de um Surface Phone em alta, não seria surpresa se muito em breve, vazamentos de imagens e hardware, acabem acontecendo, se a tendência for realmente lançar o novo smartphone ainda neste ano ou no próximo.

Por Isis Genari

Surface Phone

Foto: Divulgação


Atualização está disponível para usuário do Insiders e traz mudanças na Cortana.

Os usuários seguem na expectativa do lançamento oficial e definitivo do novo Windows 10 Mobile, que vem sofrendo com atrasos em seu lançamento já de um tempo. Espera que deve chegar ao fim já no final de Fevereiro, data que aparentemente é a escolhida pela Microsoft para fazer o lançamento do SO. Entretanto, mesmo ainda sem o lançamento final do SO, a empresa já está trabalhando na versão Redstone e lançou sua build para os usuários do programa de Insiders.

Trata-se da novíssima Build 14251, que porém, vale ressaltar, não traz ainda grandes novidades para os usuários. O que deve realmente acontecer com o lançamento de novos smartphones já com o sistema, já que a Microsoft pretender trazer uma arquitetura de 64 bits para seus dispositivos em breve, enquanto suas concorrentes já a tem há certo tempo.

Essa é, aliás, a grande expectativa dos usuários, já que os 64 bits garantiriam uma estabilidade ainda maior ao sistema da empresa norte-americana. Além de garantir uma configurações de hardware mais eficiente e avançado do que a dos smartphones atuais da empresa.

Na Build, é possível encontrar algumas novas funções para a Cortana, assistente virtual da Microsoft, além de algumas mudanças sutis no sistema e a chegada do app Xbox Beta, que está em fase de testes.

A atualização, vale lembrar, não foi lançada apenas para os smartphones, mas também para os computadores de mesa e corrige bugs como jogos pararem de funcionar quando a resolução era alterada, bugs com alguns apps no sistema, além de uma correção para o File Explorer, quando a DPI estava em 175%.

Lembrando que, caso algum usuário tenha grandes problemas com a nova Build, pode voltar ao sistema anterior e é sempre de extrema importância relatar possíveis erros encontrados no sistema para a Microsoft, que assim pode lançar novas Builds com a correção desses bugs.

Por Isis Genari.


Um suposto email teria vazado e explicado que o atraso do lançamento do Windows 10 Mobile seria devido a Microsoft não estar satisfeita com o desempenho dos aparelhos mais antigos com a nova versão do sistema operacional.

Não é novidade para ninguém que acompanha com frequência, as novidades do mundo mobile e principalmente as notícias do Windows Phone, que a nova versão do sistema operacional, o Windows 10 Mobile, vem passando por diversos atrasos e longos períodos de teste, o que vem irritando cada vez mais os usuários e levantando dúvidas sobre a estabilidade do sistema da Microsoft, já que o lançamento estava previsto entre novembro e dezembro do ano passado.

Agora, porém, ao que parece um suposto email interno da Microsoft, explica os motivos de tanto atraso no lançamento do sistema e revela uma suposta data final de lançamento para o Windows 10 Mobile.

Segundo o suposto email, o motivo para tanto atraso no lançamento definitivo da nova versão do Windows, seria pelo fato da empresa norte-americana não estar nem um pouco satisfeita com o desempenho dos aparelhos mais antigos, como o Lumia X20 e X30, com a nova versão do sistema operacional, o que estaria fazendo a empresa retardar o lançamento para estabilizar o Windows, nesses dispositivos.

Confirmando os rumores recentes, o email também confirmaria o lançamento definitivo já no final do próximo mês, fevereiro, já que a empresa parece estar satisfeita com o desempenho desses smartphones na última build do Windows 10 Mobile lançada, embora ainda enxergue a necessidade de alguns ajustes, como na questão dos bugs presentes.

Sendo assim, cada aparelho irá receber uma atualização específica para que se possa tirar o máximo de desempenho de cada um. Já os smartphones mais recentes e high-ends, devem receber uma atualização cumulativa fazendo com que todos os aparelhos fiquem na mesma build.

Tais informações, porém, não possuem cunho oficial e, ainda não há a certeza de que as mesmas venham a se confirmar. Porém, muitos acreditam que o fato de tal email ter sido ''vazado'', pode ter sido uma ideia da própria Microsoft para acalmar o ânimo dos usuários que anseiam pelo lançamento da nova versão do Windows Mobile.

Por Isis Genari

Windows 10 Mobile

Foto: Divulgação


Foram realizados testes que comprovaram que o Lumia 950 XL não possui sistema especial de resfriamento interno líquido.

A notícia de que a Microsoft iria utilizar no seu novo Lumia 950 XL um sistema especial de resfriamento interno líquido, certamente deixou diversos usuários extremamente felizes com a novidade, já que diminuiria, e muito, os riscos de superaquecimento do smartphone, que já vinha sofrendo críticas graças ao seu chipset Snapdragon 810, que apresentou exatamente problemas com superaquecimento.

Porém, a felicidade durou pouco. Muito pouco. Testes foram realizados no novo phablet da norte-americana e foi comprovado, que, embora um sistema interessante de redução de calor tenha sido implementado no aparelho, o sistema líquido prometido na apresentação do aparelho, de fato, não aconteceu.

O fato foi descoberto e comprovado por Jerry Rig, especialista em Mobiles e que possui um canal no YouTube, que explorou completamente tudo o que envolve o phablet, em seus vídeos. Jerry abriu o aparelho por completo para poder explorar o 950 XL. Ao fazer isso, Jerry encontra a haste que é responsável por dissipar o calor do chipset Snapdragon 810, que já como citado, apresentou problemas de superaquecimento em smartphones Android, vale ressaltar. Mas a descoberta vem ao abrir o componente que é responsável por prevenir esse tipo de problema: Não existe qualquer sistema líquido presente no phablet, como prometido.

O especialista Jerru Rig chegou a entrar em contato com o suporte da empresa, que respondeu que o Lumia 950 XL conta com uma solução apenas baseada em tubo líquido tradicional. Mostrando que a Microsoft, infelizmente, usou nada mais do que um jogo de palavras, para garantir um pouco mais de destaque para seu dispositivo.

Por outro lado, existem também notícias boas a respeito do phablet, que também passou por testes de resistência, e se saiu extremamente bem. Na tela, chegou-se a utilizar um isqueiro com fogo acesso, para tentar danificar a tela do dispositivo, porém sem sucesso. Normalmente  a tela fica esbranquiçada em definitivo, ou escurecem seus pixels. Apenas as partes em policarbonato, não apresentaram resultados satisfatórios, assim como, surpreendentemente, o logotipo da marca na traseira.

O Lumia 950 XL ainda não está disponível no Brasil e não existe uma previsão de lançamento, com a justificativa de que a crise financeira que o país enfrenta, esteja atrasando o lançamento do dispositivo.

Por Isis Genari


Novo modelo poderá vir com o chipset mais avançado da Qualcomm e o mais aguardado deste ano.

A Microsoft parece estar disposta a investir cada vez mais no mercado de Phablets. Após o bom lançamento do Lumia 950 XL, a empresa norte-americana pretende ouvir as sugestões e reclamações dos usuários e lançar um novo phablet.

O Lumia 950 XL é de fato um bom aparelho, porém, foi alvo de diversas reclamações por ter vindo com o chipset Snapdragon 810. Para isso, a Microsoft pretende implementar em seu novo phablet, o chipset mais avançado da Qualcomm, o Snapdragon 820, SoC extremamente aguardado para este ano.

Os rumores são graças ao Banco de Dados da GFX Bench, que revelou um novo aparelho da empresa, ainda sem nome, mas já com as especificações de mercado.

O phablet seria lançado com 6 Polegadas e resolução Quad HD. Ainda consta o esperado chipset Snapdragon 820 quad-core Kryo com 2,2 GHz e placa gráfica Adreno 530. A decepção fica para a memória RAM, que contaria com apenas 1,5 GB, que pode até mesmo ser insuficiente diante das configurações de hardware do aparelho.

Por outro lado, o phablet viria com 64GB de armazenamento, estando 21GB em uso pelo sistema e apps nativos, ou 43GB livres para os usuários. Sistema Operacional que, segundo o relatório, será o novo Windows Phone 10.

A câmera é um bom atrativo, sendo a principal. de 20 Megapixels e a frontal de 12 Megapixels. Deve ser um bom chamativo para os usuários mais jovens, com a onda da selfies.

Porém, a informação não é certa, já que o site não diz a empresa fabricante do aparelho. Recentemente foi comentado que a HP, teria interesse em dar início à produção de smartphones com o Windows Phone, o que coloca em dúvida se o aparelho pode ou não ser da Microsoft.

Ainda não há nenhuma previsão para o lançamento do aparelho ou demais informações, tratando-se ainda de um ''mistério'', mas a expectativa é que novos rumores devem surgir em breve.

Por Isis Genari

Novo phablet da Microsoft

Foto: Divulgação


Modelos Lumia irão receber a atualização para o Windows 10 no início de 2016.

A Microsoft havia prometido lançar uma atualização para o Windows 10 para os smartphones Lumia ainda nesse mês de dezembro, porém, segundo um porta-voz da empresa, a atualização foi cancelada, e só será possível os usuários de Lumia terem acesso ao novo sistema portátil da empresa no próximo ano.

A informação foi dada ao site ZDNet, dos Estados Unidos, por um porta-voz da companhia que afirmou que a atualização começará a ser feita, já no início de 2016, nos smartphones com Windows 8 e 8.1 selecionados pela Microsoft.

O sistema, porém, já está presente nos smartphones Lumia 950 e do Lumia 950 XL, que foram lançados ainda no mês de novembro.

A Microsoft ainda divulgou a lista completa com os celulares que irão receber a atualização para o Windows 10, porém, a lista já está em formação, contando até o momento com o  Lumia nas versões 430, 435, 532, 535, 540, 635 na versão de 1GB de RAM, 640, 640 XL, 735, 830 e o Lumia 930.

A lista ainda deve aumentar consideravelmente, visto que os smartphones que contam com o update Denim e mais de 8GB de memória interna, irão receber o Windows 10.

Entre as novidades da atualização, está uma maior integração do sistema do seu smartphone, com seu desktop, que deverá apresentar as principais informações do seu sistema operacional de modo Universal, apps mensageiros disponibilizados de forma mais enxuta, como o Skype, possibilidade de gravar músicas na Nuvem, a assistente virtual Cortana irá lembrar onde você estacionou seu carro, conversão de voz para texto, entre outras novidades.

A Microsoft continua na busca de alcançar os líderes de mercado Android e iOS. Atualmente, o crescimento dos usuários de Windows Phone, estimado em cerca de 50%, segundo os dados da própria Microsoft nesse ano de 2015, durante a Mobile World Congress.

Por Isis Genari

Windows 10


Versão lançada é uma atualização cumulativa da versão anterior.

A Microsoft lançou recentemente uma versão atualizada do OS Windows 10 Mobile. Chamada de 10586.29, a empresa explicou que a nova edição do sistema operacional para smartphones é na verdade uma “atualização cumulativa” da versão anterior, a 10586. Criativos, não?!

A versão veio como uma surpresa para os usuários, no início da noite da última sexta-feira, e antes de entrarmos em detalhes sobre o que mudou, é bom lembrar que a empresa já anunciou que os seus dois novos modelos de smartphones, o Lumia 950 e o Lumia 950 XL, já virão de fábrica com a nova versão instalada assim que forem lançados, provavelmente na próxima semana, nos Estados Unidos.

Então, o que o modelo “29” tem de diferença do anterior, afinal? A Microsoft informou que melhorou o desempenho de seu novo aplicativo para navegação na internet, o Edge, que irá eventualmente substituir o Internet Explorer.

Seguindo em frente, a nova versão do sistema promete auxiliar os usuários a atualizarem seus smartphones com mais facilidade, com uma funcionalidade que a Microsoft nomeou simplesmente de “aplicativo de compatibilidade para o Silverlight do Windows Phone 8.1”. Um nome bastante extenso para uma funcionalidade que poucos vão saber o que é ou quando é utilizada, da mesma forma que poucos devem se lembrar do Silverlight.

A atualização não traz muitas mudanças nem recursos novos ao sistema operacional, mas no mesmo anúncio da atualização, a Microsoft prometeu, ainda nas últimas semanas deste ano e durante o próximo ano, continuar atualizando o Windows 10 Mobile, se baseando, principalmente, nos feedbacks dos usuários que comprarem os novos modelos de smartphones e também daqueles com modelos mais antigos que atualizarem seus aparelhos através do Windows Update.

Resta esperar para ver o desempenho do novo Sistema Operacional, bem como se o novo navegador será mais eficiente que o Internet Explorer (difícil não ser), e torcer para os usuários darem feedbacks construtivos para a Microsoft, pedindo, por exemplo, a possibilidade de alterar manualmente o IP do aparelho em redes Wi-Fi corporativas.

Por Felipe Foureaux Freitas

Windows 10

Foto: Divulgação


Aparelhos básicos custarão apenas US$ 55 e terão uma autonomia de até 27 dias em stand-by.

A Microsoft lançou recentemente os telefones Nokia 230 e Nokia 230 DualSIM. Vale ressaltar que são aparelhos bastante simples, também conhecidos como feature devices. Mesmo com a adesão em massa dos smartphones por parte dos consumidores, a Microsoft ainda continua investindo em celulares simples. Os lançamentos aqui destacados são destinados àqueles que desejam executar tarefas simples e rápidas através de seu aparelho. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

Um dos principais destaques dos dispositivos Nokia 230 e Nokia 230 DualSIM é sem sombra de dúvidas o design de tais aparelhos. Ambos contam com um acabamento bastante interessante e que traz um tom de elegância aos aparelhos. Além disso, saiba que a interface dos mesmos é bastante organizada e simples de ser acessada. Dessa forma, qualquer usuário pode navegar pelo celular sem nenhum problema.

Tanto o Nokia 230 quanto a variante DualSIM foram fabricados com o acabamento de alumínio nas cores silver e dark silver. A tela é de 2,8 polegadas em ambas as opções. O usuário também terá a sua disposição duas câmeras de 2 MP cada, sendo uma traseira e outra frontal. Um detalhe bem interessante é que as câmeras contam com suporte a flash LED. Os aparelhos também possuem disponibilidade para o uso de cartão microSD de até 32 GB.

E para aqueles que curtem um bom game, saibam que os lançamentos da Microsoft são suportados pela Opera Store, sendo assim, os clientes poderão baixar de forma gratuita games em versão mobile como Assassin’s Creed Brotherhood e Mindnight Pool 3.

Uma das promessas da fabricante é justamente quanto as 23 horas de conversão além de 27 dias em standby, sendo 22 dias para a versão dualSIM.

O preço sugerido é de US$ 55 para ambos, sendo que os aparelhos serão disponibilizados nos mercados da Índia, Ásia e Oriente Médio já em dezembro. Os outros mercados devem contar com o Nokia 230 e 230 DualSIM apenas em 2016.

Por Bruno Henrique


Novo app permitirá a substituição da interface do Android, oferecendo alternativas bastante organizadas e interativas.

A Microsoft dispõe de uma nova estratégia de mercado e já colocou a mesma em prática. A empresa deixou de focar apenas no Windows Phone, sendo que passou a investir mais em apps exclusivos, sejam eles até mesmo destinados a sistemas móveis concorrentes. Um dos últimos lançamentos é o Microsoft Arrow Launcher. O aplicativo ainda se encontra em sua versão beta.

A principal função do Microsoft Arrow Launcher é a substituição da interface do Android, dessa forma, o aplicativo oferece uma interface alternativa bastante organizada e interativa.

O aplicativo dispõe de um serviço bastante prático e muito interativo. Um dos principais destaques é que o Arrow Launcher oferece duas seções de aplicativos: os acessados recentemente e aqueles que são acessados com mais frequência. Além disso, na parte esquerda da tela se encontram os contatos recentemente acessados e aqueles mais frequentes, seja por e-mail ou telefone. Já na parte direita da tela o usuário irá encontrar várias opções de tarefas relacionadas a determinados padrões, assim é possível definir lembretes e destacar datas importantes, por exemplo.

Outro detalhe bastante interessante neste aplicativo é que para a escolha do papel de parede o Arrow Launcher disponibiliza nada menos que três opções: selecionar um dos 14 papéis de parede que fazem parte do pacote padrão da Microsoft; carregar um papel de parede qualquer em sua galeria; ou ativar a opção de escolha automática do Bing, sendo assim, o papel de parede do usuário será atualizado a cada 24 horas.

Algo que deve agradar os usuários é a organização da lista completa de aplicativos do seu dispositivo. Diferentemente do Android, o Arrow Launcher dispõe de uma lista alfabética juntamente com uma barra de pesquisa, dessa forma, será bastante fácil encontrar qualquer aplicativo desejado.

É importante destacar que o referido aplicativo ainda se encontra em sua versão beta. Caso deseje acompanhar a evolução do mesmo os usuários poderão acessar o site plus.google.com/u/0/communities/109393011462139141948.

Por Bruno Henrique

 

Microsoft Arrow Launcher


Microsoft pretende modificar seu posicionamento no mercado de smartphones com o lançamento de seus novos Lumias, com a intenção de integrar PCs e dispositivos móveis.

Microsoft deve mudar seu posicionamento no mercado de smartphones. Isso deverá ocorrer com o lançamento de novos Lumias. O fato é que a Microsoft vem perdendo espaço no mercado de smartphones nos últimos anos. As vendas, por sua vez, estão cada vez mais baixas, pois a empresa está perdendo espaço para vários de seus concorrentes nesse nicho de atuação. Sendo assim, a Microsoft, para continuar ‘respirando’ no mercado tecnológico dos telefones irá se posicionar junto ao mercado corporativo.

Pois bem, o lançamento do Lumia 950 e do Lumia 950 XL aconteceu em Nova York, dia 6 de outubro de 2015. E nesse dia, no entanto, já foi possível notar certas mudanças na postura da empresa para assim alavancar, de novo, as vendas de seus smartphones. Uma das estratégias para recuperar o sucesso de outrora será o estabelecimento de novas metas. Antes a Microsoft queria abarcar 15% do mercado de smartphones em quatro anos. Agora eles estão estudando novas visões e metas de mercado.

A grande novidade do Lumia será sua versão móvel do Windows 10, sistema operacional da Microsoft que deve, pela primeira vez, integrar completamente PCs e dispositivos móveis. Esta novidade já mostra um pouco sobre o novo comportamento da Microsoft em sua missão de aumentar a venda de seus aparelhos em todo o mundo.

Aliás, de acordo com o CEO da empresa, Satya Nadella, a empresa agora terá mais foco e será mais eficiente e eficaz em seu modo de trabalhar no mercado de smartphones. Haverá um aprimoramento no portfólio dos smartphones.

Assim, apesar dos números não serem tão animadores, o fato é que os leitores, como o público em geral, deverão esperar para ver o que vai acontecer daqui para frente neste setor. Sem falar que a previsão é que a Microsoft consiga obter apenas 3% do mercado de smartphones.

Por Madson Lima de Oliveira

Microsoft Lumia 950

Foto: Divulgação


Modelo DC-21 possibilta que as baterias dos celulares sejam recarregadas sem precisar de tomadas.

A nova geração de celulares com maiores funcionalidades trouxe uma preocupação a mais para os usuários: a bateria que descarrega com muita rapidez faz com que haja uma procura constante por tomadas disponíveis para que o celular seja recarregado. Mas e quando não há uma rede elétrica por perto?

Para solucionar esse problema, algumas empresas lançaram o carregador portátil de celular, que permite que o usuário faça uma recarga no seu celular, sem a necessidade de conectá-lo em uma tomada. O dispositivo funciona como uma bateria externa extra, que transfere a eletricidade para o aparelho.  

A Microsoft não ficou para trás e lançou seu modelo oficial de carregadores portáteis para seus celulares. O modelo chamado de DC-21 é compacto e leve e tem um visual chamativo por suas cores. O aparelho segue as cores padrão dos smartphones da empresa. O aparelho também é leve, possui somente 145 gramas, o que possibilita seu transporte em bolsas, mochilas ou mesmo no bolso, sem maiores problemas.

A Microsoft afirma que o carregador fornece 80% da carga de uma bateria comum em três horas conectado ao aparelho e 100% se ficar conectado 4 horas. Como nem sempre temos tempo para ficar 3 ou 4 horas carregando o celular, a intenção é que o gadget seja um aparelho para ser usado em momentos emergenciais.

Vale ressaltar que a carga pode ser alterada dependendo do estado da bateria de seu smartphone ou tablet. 

Os dias de desespero atrás de uma rede elétrica podem estar com os seus dias contados. Com o carregador portátil o usuário tem muito mais autonomia no uso de seu aparelho, com maior tempo de duração sem a necessidade de ligá-lo a uma tomada. Além da enorme funcionalidade, o carregador original garante toda a segurança que o usuário necessita e as garantias de fábrica, como qualquer aparelho da Microsoft.  O novo carregador portátil da Microsoft pode ser comprado em uma das lojas franqueadas, pelo preço de 179 reais.

Por Patrícia Generoso

Carregador portátil da Microsoft

Carregador portátil da Microsoft

Fotos: Divulgação


Assistente virtual em português trará muitas novidades e facilidades para os usuários do Windows 10. Lançamento está previsto para breve.

A Microsoft, através de seu vice-presidente de software, Terry Myerson, fez o anúncio que os brasileiros tanto esperavam: a Cortana em português estará disponível em breve para o Brasil.

Através de um bate-papo realizado através do programa Windows Insider, Myerson confirmou a Cartona para breve e ainda fez algumas revelações sobre o novo sistema operacional da empresa, o Windows 10.

O assistente virtual Cortana promete trazer muitas novidades e facilitar a vida dos usuários do Windows 10 que estará presente nos smartphones. Aqui no Brasil a Microsoft tem o segundo melhor mercado para seus aparelhos Lumia e por isto o interesse da empresa em disponibilizar o mais breve possível, uma versão da Cortana em português.

Terry Myerson confirmou que a Cortana tem um sistema de desenvolvimento bastante complexo, mas que a Microsoft não está poupando esforços para concluir a versão em português para o mais breve possível.
O que tem atrasado o serviço é que a Cortana precisa conhecer bem as características do Brasil, conhecer todo o conteúdo local e não somente conseguir ter um reconhecimento da língua portuguesa. Myerson brincou dizendo que os brasileiros terão a Cortana em português muito em breve, antes mesmo da volta do jogo de xadrez no Windows.

A Cortana, assistente pessoal do Windows 10, vai realizar buscas para o usuário, dar detalhes sobre o tempo e trazer as previsões para onde o usuário quiser e até sugerir locais, seja um restaurante, oficina, ou até mesmo um hotel e até fazer agendamentos para o usuário garantir que seus compromissos fiquem bem organizados.

A intenção da Microsoft é fazer com que a Cortana seja parte integram do Windows 10 e possa interagir com o usuário, ajudando-o nas buscas, trazendo lembretes e até ajudando em algumas escolhas.
A Microsoft sabe que a presença da Cortana em português no Windows 10 irá conquistar os brasileiros e isso resultará diretamente no aumento das vendas do Lumia.

Sendo bom para os usuários e melhor ainda para a Microsoft, a Cortana em português estará disponível em português o mais breve possível, atendendo aos milhares de consumidores brasileiros que certamente vão querer ter o smartphone da Microsoft para conferir esta novidade e contar com sua ajuda.

Por Russel

Cortana em português

Cortana em português

Fotos: Divulgação


Está chegando ao mercado brasileiro o novo smartphone da Microsoft, o Lumia 435, o mais novo dispositivo lançado pela marca vem para o Brasil com o intuito de competir por uma fatia do mercado dos smartphones de baixo custo

O celular inteligente da Microsoft teve a sua apresentação mundial em janeiro de 2015 junto a outro smartphone da marca, o Lumia 532. Em solo brasileiro ele será comercializado em duas versões, ambas dual-chip. Haverá opções de carcaça em branco e preto para a versão básica e laranja, verde, branco e preto para a versão completa.

A primeira versão, a mais simples, iniciará as suas vendas já nos próximos dias por um valor sugerido de R$ 329. A segunda, equipada com TV Digital, virá para o país somente em abril e será uns R$ 20 mais cara do que a primeira.

O aparelho Lumia 435 virá com uma memória de 8GB expandida para 128 GB mediante o uso de um cartão microSD, câmera traseira de 2 MP e frontal de 0,3 MP, processador Qualcomm Snapdragon 1,2 GHz com dois núcleos, sistema operacional Windows Phone 8.1 com acesso ao OneDrive e Skype. A tela do dispositivo será de 4 polegadas com uma resolução de 800×480 pixels. 

O sistema operacional Windows Phone 8.1 será usado com a sua versão mais atual, a Denim. Possuirá acesso à loja da Windows.

Esta é uma boa alternativa para quem estava querendo adquirir um novo smartphone sem gastar muito dinheiro. Um dos benefícios deste aparelho é possuir uma câmera frontal VGA, que mesmo sem produzir fotos com muita qualidade, pelo menos ela existe. Muitos dispositivos de menor preço não possuem este item. 

Se você gostou do aparelho, mas, ainda acha que ele seria melhor se possuísse TV Digital, a única opção que lhe resta é aguardar até o mês de abril e adquirir a versão mais completa do Lumia 435.

Por Melina Menezes

Microsoft Lumia 435

Microsoft Lumia 435

Fotos: Divulgação


Em uma conferência realizada em janeiro de 2015, a Microsoft anunciou seu novo sistema operacional, o Windows 10. Essa versão promete revolucionar o modo como o Windows é distribuído em todos os aparelhos em que está instalado.

Para smartphones e tablets, uma única versão será lançada, e fontes ligadas à Nokia afirmam que a versão de dispositivos móveis para testes do sistema operacional já ficará disponível para download logo nesta primeira semana de fevereiro.

Para quem quiser conferir a novidade, terá que baixar o programa Windows Insider, que trata-se de uma atualização do conhecido Phone Insider. Por meio desse app, o usuário fará um cadastro e receberá a versão beta mais recente do sistema operacional.

Por ser beta, o intuito da distribuição antes do lançamento oficial é o de identificar erros e dificuldades sofridas pelos usuários, de forma a disponibilizar um sistema operacional com a melhor experiência possível.

Vale lembrar que a informação não é oficial da própria Microsoft, então pode acontecer de ainda demorar um pouco para a versão teste chegar até os dispositivos móveis.

Dentre as novidades da nova versão do S.O., estão os melhoramentos feitos na Cortana, assistente virtual do Windows, baseada na personagem homônima da série de jogos Halo, pertencente à própria Microsoft.

Os usuários do Windows 10 também verão uma maior integração entre os apps disponíveis para desktop e smartphones ou tablets, já que eles serão disponíveis em versões únicas para os dispositivos, permitindo que o trabalho iniciado em um dispositivo seja terminado em outro, sem problemas de compatibilidade.

Quanto aos aparelhos que já rodam versões anteriores do Windows Phone, a Microsoft disse que pretende abranger o maior número de smartphones com Windows 8 e 8.1 com a versão 10, porém, alguns modelos possuem limitação de hardware que não permitirão que a atualização funcione.

Em relação aos desktops, os usuários dos Windows 7, 8 e 8.1 que tiverem capacidade de hardware para o Windows 10 terão o prazo de um ano para atualizaram gratuitamente para a nova versão. Esse processo ficará mais parecido ao que a Apple faz quando lança um novo S.O., por exemplo.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


A Microsoft realizou um evento na última quarta-feira, dia 21, para mostrar as suas novidades, sendo que o principal tópico foi o novo Windows 10 e suas aplicações para desktops e dispositivos móveis.

Sabemos que o sistema será multiplataforma e que ele chegará para smartphones e tablets. Porém, apesar do Windows 10 já estar disponível para testes, ainda resta mais de uma semana para a build chegar aos dispositivos mobile.

Ainda assim, já foram anunciadas algumas novidades bem animadoras. A primeira delas é que os celulares Windows Phone com as versões 8.0 e 8.1 receberão atualizações gratuitas para o Windows 10. A meta é que todos os aparelhos sejam atualizados, mas de acordo com Chris Weber, vice-presidente de vendas da Microsoft, alguns celulares terão restrições de hardware, não suportando os recursos do novo OS.

Entre os aparelhos especulados para não receberem atualizações estão os Lumia 620 e o 520. Já os modelos 530 e 635 assim como os 1520 e 930, é certo que receberão o Windows 10.

Além disso, foi anunciado por Ifi Majid, diretor de marketing de produto da Microsoft Mobile Devices, que um smartphone top de linha com o Windows 10 nativo chegará ainda este ano.

Não há uma data confirmada para o lançamento do dispositivo, mas podemos esperar a novidade para o final do terceiro semestre.

Durante o evento da Microsoft, Belfiore realizou uma demonstração do novo sistema operacional atuando nos aparelhos móveis. Diferentemente do que já conhecemos nas atuais versões do Windows Phone, os Tiles foram exibidos acima de um papel de parede. O Menu Iniciar também é aberto sobre os planos de fundo, utilizando transparências.

Por ser um sistema multiplataforma integrado, as notificações do Action Center serão entregues tanto nos smartphones e tablets quanto nos desktops.

Em breve os usuários mais entusiastas da Microsoft já poderão testar a builder de testes do novo Windows em dispositivos móveis.

Por Daniel Cavalcante

Windows 10

Foto: Divulgação


Um dos programas de planilhas eletrônicas mais procurados do mundo é, sem sobra de dúvidas, o Microsoft Excel. Com muitas opções de edição, interface bastante intuitiva e muitos recursos para o usuário, esse se tornou um dos principais softwares quando o assunto é planilha. E visando oferecer ainda mais praticidade para o usuário, foi lançado o Microsoft Excel Preview. Isso mesmo, trata-se de uma versão para Android. Dessa forma, você não precisa esperar estar na frente de seu PC para criar ou editar suas planilhas.

Caso esteja interessado em utilizar este software, saiba que será bastante simples, pois o mesmo é oferecido de forma gratuita. E para ter acesso ao mesmo será necessário que o usuário efetue a conexão com sua conta no Outlook ou se preferir a sua conta que você utiliza para ter acesso ao Windows 8. Após fazer a conexão o usuário terá acesso a todos os recursos que este programa oferece. Com isso, já poderá iniciar a edição de seus documentos através de seu Android.

E para quem está na dúvida é importante destacar que a versão para Android é bastante fiel à versão desktop. Ou seja, a interface é bastante similar, bem como a organização das opções de edições e os recursos disponíveis para edição de sua planilha. Além disso, uma notícia muito interessante é que através da versão para Android será possível acessar seus documentos no OneDrive ou Dropbox.

A montagem da planilha é bastante parecida com a versão desktop. Inicialmente o usuário terá de escolher entre criar um novo arquivo em branco ou utilizar um dos modelos disponíveis na biblioteca. O usuário irá encontrar todas as opções de edição no topo da tela. Além disso, também é possível encontrar opções alternativas abertas no menu de contexto.

A boa notícia é que Microsoft Excel Preview é disponibilizado de forma gratuita pelo seu desenvolvedor. Dessa forma, para fazer o download do aplicativo acesse o site oficial Baixaki. O mesmo é compatível com Android 4.4 ou versões superiores.

Por Bruno Henrique

Excel Preview para Android

Foto: Divulgação


Um dos jogos para smartphones de mais sucesso acabou de ser lançado na Windows Phone Store. Trata-se do Candy Crush Saga, jogo desenvolvido pela King.com.

O game já possui 2 anos de existência e esteve sempre disponível na App Store da Apple e na Google Play, loja dos aparelhos com o sistema operacional Android.

Esse atraso no lançamento do jogo é, de certa forma, comum e um motivo de reclamação para os usuários que usam o sistema operacional Windows Phone.

Recentemente, a Microsoft comprou a empresa finlandesa de telefonia móvel Nokia e, desde então, tem investido nesse ramo do mercado. Inclusive, o último smartphone lançado pela marca foi batizado de Microsoft Lumia 535, levando o logotipo da empresa, em vez da inscrição Nokia, demonstrando uma uniformidade em seus produtos.

Esses investimentos recentes prometem mudar o rumo do sistema operacional, que hoje é o terceiro mais utilizado do mundo, perdendo para o iOS, presente em aparelhos Apple, e para o Android, que está distribuído em inúmeros aparelhos de diversas marcas.

Outra comprovação dessa mudança foi a rápida homologação na ANATEL desse novo aparelho com Windows no Brasil, já que antigamente os usuários de aparelhos com esse sistema operacional tinham que esperar meses até que as novidades chegassem ao país, além do fato de que não eram disponibilizados tantos modelos diferentes que abrangessem tantas escalas de mercado.

Com o lançamento do app para download, os usuários já questionaram se ele terá atenção por parte da fabricante, no sentido de fornecer atualizações frequentes, inclusive com correções de erros, pois esse é outro fator que o sistema operacional ainda peca.

Para baixar o Candy Crush Saga, basta acessar o link dele na Windows Phone Store. Sua instalação é gratuita e, assim como outros jogos e até mesmo o próprio Candy Crush em outros sistemas operacionais. Existem opções de compra dentro do aplicativo.

Entre os requisitos mínimos para instalação, o smartphone precisa ter pelo menos 512 MB de memória RAM para funcionar.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


Os aparelhos portáteis vêm ganhando cada vez mais destaque no cenário mundial. Porém, os computadores não podem ser deixados de lado, haja vista oferecerem ainda mais opções de funcionalidades e serem bastante úteis.

E se você quer mesclar os dois serviços, sim, isso é possível através de aplicativos como, por exemplo, Microsoft Remote Desktop Beta. Mais detalhes sobre este app serão encontrados na continuação desta matéria.

Para quem ainda não o conhece, Microsoft Remote Desktop Beta é nada menos que um software que permite que o usuário tenha acesso remoto a um computador. Esse tipo de atividade pode ser realizada através de qualquer sistema Android que tenha o aplicativo instalado.

A praticidade desse serviço é um dos pontos positivos do mesmo, haja vista não ser necessária a criação de contas no aplicativo.

Para contar com os serviços desse app, basta instalar o mesmo e, logo em seguida, cadastrar as máquinas desejadas. Vale ressaltar que esta é uma versão de testes e desenvolvimento, por isso, em certo momento algum serviço pode não funcionar como o esperado.

Além disso, outro grande destaque deste aplicativo é justamente quanto à facilidade em usá-lo. Um ótimo exemplo disso é que, após instalar o mesmo, o app já será redirecionado para a tela principal e solicitar que o usuário cadastre as máquinas desejadas para o acesso remoto.

Saiba que essa é uma opção manual, ou seja, você terá de adicionar as máquinas. Mas não se preocupe, pois é bastante simples, basta pressionar o botão “+” e selecionar a opção “Desktop”.

Após o usuário realizar os passos descritos acima, será aberta uma nova tela. Através dessa tela será possível cadastrar o PC que você desejar, para isso, o usuário deve inserir o IP ou nome do servidor do respectivo PC.

Após isso, será possível escolher entre a opção de conexão imediata ou até mesmo que o app solicite as credenciais daquela máquina na próxima conexão, tudo fica à critério do usuário.

O aplicativo é disponibilizado de forma gratuita através do site oficial Baixaki. O mesmo é compatível com Android 4.0 ou versões posteriores.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


A Microsoft divulgou na última semana o lançamento do novo celular Lumia fabricado por ela mesma – sem a Nokia, e anunciou no dia 10/11 oficialmente a venda do produto na China, Hong Kong e Bangladesh, ainda este mês (com outros países “na sequência”), com o preço sugerido de 110 Euros (US$140, ou R$358, aproximadamente) e melhorias na placa.

O aparelho parece muito com as versões anteriores do Lumia, com uma diferença visível: o logo da Nokia deu lugar ao da Microsoft, tanto na frente, acima do display, quanto na sua colorida tampa traseira.

O novo modelo, que sai com o nome oficial de Lumia 535, com fortes indícios de ter o mercado asiático como público alvo, vem com câmeras frontal e traseira de 5 megapixels, processador quad-core de 1,2 GHz, 8 GB de memória – expansível até 128GB, e 1GB de RAM, aumento significativo em relação aos últimos modelos (630 e 635), bem como a câmera frontal extra, inexistente nestes dois últimos modelos, e dual-SIM.

O celular vem com a versão mais recente do Windows instalada, o 8.1, já com a atualização Lumia Denim, bem como uma série de aplicativos visando fidelizar os usuários, como Skype e OneNote, visando induzi-los a comprar outro Lumia quando quiserem trocar de aparelho.

O preço sugerido do dispositivo mostra uma estratégia de venda agressiva da fabricante, diante de uma configuração decente, seguindo os passos da antecessora Nokia e o campeão de vendas no último ano, o Lumia 520, responsável por 25% das vendas da linha, oferecendo um produto eficiente por um preço acessível.

A Microsoft optou por permanecer no ramo dos aparelhos celulares lançando o Nokia 130 a US$25 em agosto, porém o novo Lumia 535 é o primeiro contato com o que deve ser o padrão dos dispositivos da fabricante, numa linha de smartphones eficientes e utilitários a um preço que cabe nos menores orçamentos.

Por Felipe Foureaux Freitas

Lumia 535

Lumia 535

Fotos: Divulgação


O Microsoft Word é o mais novo “número 1” na lista dos aplicativos gratuitos para iPhone e iPad da App Store, seguido de perto por outros apps do Office, como Excel e PowerPoint.

No iPhone, estes aparecem em 8ª e 10ª posições, respectivamente, enquanto no iPad o Excel é o 2º colocado e o PowerPoint o 7º. Os aplicativos dispararam para o topo da lista depois das mudanças nos preços ocorridas na última semana. Antes, a Microsoft tinha solicitado que os usuários de iPad se inscrevessem no Office 365 para criar novos arquivos, oferecendo um recurso para iPhone por tempo limitado.

A empresa finalmente permitiu que o público pudesse utilizar seus aplicativos gratuitamente, lançando novos aplicativos unificados como parte do pacote Office para iOS. A atualização dos aplicativos inclui a nova parceria da Microsoft com o Dropbox e menos restrições no uso, no intuito de aumentar sua fatia no mercado “iOS”, que já contava com cerca de 40 milhões de downloads do “Office para iPad”. Mas a empresa segurou o lançamento do Office para iOS na esperança de utilizar a posição (considerável) do Office no mercado para atrair usuários e empresas para a plataforma Windows, o que deu aos competidores (leia-se Apple e Google) espaço para estabelecer raízes nos dispositivos móveis com programas que os usuários podem utilizar de graça. Enquanto os apps do Google similares ao Office sempre foram gratuitos, recentemente a Apple anunciava que seus programas de produtividade também passariam a ser gratuitos e já viriam instalados em seus produtos (MAC, iPads e iPhones).

Apesar de alguns acharem que a “iniciativa” da Microsoft demorou demais, os números de downloads no iTunes, bem como as primeiras avaliações dos aplicativos, mostram que os usuários estão satisfeitos com a novidade, seja por insatisfação com produtos similares de outras empresas ou simplesmente por poderem ter disponíveis em seus dispositivos móveis os programas do Office.

Por Felipe Foureaux Freitas

Office para iPad e iPhone

Foto: Divulgação


Sabe aquela coisa chata de estar na rua, em uma fila ou aguardando um amigo e enquanto isso você fica freneticamente mexendo em seu celular bisbilhotando as redes sociais para fazer o tempo passar, mas aí de repente seu celular descarrega a bateria e te deixa a ver navios?

Acredito que isso já tenha acontecido em algum momento com todos nós e é mesmo uma situação chata, pois dá a sensação de que estamos com pés e mãos atados sem saber o que está acontecendo ao nosso redor.

Pois é, a Microsoft, entretanto, parece ser a empresa a se esmerar em resolver esse nosso pequeno-grande problema criando baterias que durariam uma semana. Isso já era visto antigamente em aparelhos celulares, quando a onda dos aplicativos e o acesso à internet ainda não havia tomado conta dos nossos dispositivos móveis. Hoje em dia damos pulos de alegria e fazermos a maior propaganda quando nossos smartphones sobrevivem a um dia inteiro sem precisar ir para o carregador.

Segundo a Microsoft, entretanto, essa deficiência na durabilidade das baterias tem como culpado em boa parte, os fabricantes de aparelhos que não trabalham no desenvolvimento de hardware e softwares que consigam gerir de forma eficaz o consumo de bateria de nossos aparelhos.

Em virtude de seu posicionamento quanto a esse fato, a Microsoft também anunciou que está trabalhando para desenvolver seu primeiro aparelho que terá capacidade de duração de bateria por cerca de uma semana. Para isso a empresa usaria um sistema chamado de E-Loupe que seria responsável por um rastreamento do aparelho, a fim de identificar algum app que por ventura estivesse usando bateria de forma desordeira e trabalharia na diminuição deste gasto de energia.

Outra proposta da empresa seria também a troca de uma bateria grande, por duas baterias menores. Sendo que uma delas trabalharia na maior geração de corrente que seria ativa quando fosse demandada maior necessidade de consumo, como no caso de o usuário utilizar o celular para jogos, por exemplo. Já a outra bateria atuaria nos momentos em que o aparelho demandasse menor corrente, a exemplo de quando o telefone está inativo.

A empresa ainda está em fase de pesquisa sobre qual seria a alternativa mais viável, mas já podemos esperar que novidades surjam por aí.

Por Jaime Pargan

Bateria de celulares

Foto: Divulgação


Como bem sabemos, o Microsoft Office Mobile para iOS e Android agora é livre, mas será que ele é mesmo usual em uma pequena tela sensível ao toque? Será que os usuários podem mesmo trabalhar através de seus smartphones?

Para realmente saber se o Microsoft Office Mobile fornece os recursos necessários para editar, criar ou ler documentos em qualquer lugar, vamos falar um pouco sobre alguns dos recursos disponíveis.

– WORD:

O Word é a função com melhor desempenho do no app, visto que possui um impressionante conjunto de recursos se comparado com o Excel e PowerPoint.  Entres as ações possíveis estão: criação de novo documento, edição de documento existente, além de permitir que sejam inseridos ao logo do texto comentários necessários.

– EXCEL:

Os documentos trabalhados e Excel podem ser criados a partir do zero com o aplicativo, entretanto, grande parte das funcionalidades existentes na ferramenta são faltantes. Para quem já usa o software e conhece bem suas fórmulas pode até parecer fácil, pois a única fórmula inserida é Soma.

Mas mesmo para os que já conhecem as demais fórmulas não há garantia que se inseridas manualmente terão resultados.

Entre as opções de formatação estão: a alteração da cor do texto, realce do texto com mínimas opções de cores. É possível transformar dados em data, moeda, porcentagem, número ou texto padrão. Outras opções incluem congelar células, quebra de texto, inserção de comentário.

Também é possível visualizar documentos enviados em Excel, filtrar ou classificar colunas. Há também a função de transformar dados em gráfico, por meio da seleção de células específicas.

– POWER POINT:

Se comparado com Word e Excel, o PowerPoint é que possui mais limitações de suas funcionalidades. Ele permite a edição de slides, apenas para movê-los, escondê-los, ou mudar o texto.

Também não é permitido criar uma apresentação a partir do zero, devendo estas serem salvas no aplicativo por outra fonte. Logo, o PowerPoint é a ferramenta menos útil do Microsoft Office Mobile, sendo assim os usuários que o necessitam infelizmente podem se decepcionar.  

Por Jaime Pargan

Microsoft Office Mobile

Foto: Divulgação


As grandes fabricantes de celulares e demais dispositivos não são tão concorrentes assim e é comum a colaboração entre si. Atualmente é a Microsoft quem busca mais opções de aparelhos com seu sistema operacional. Após, supostamente, ter recorrido a taiwanesa HTC para que esta ofereça o One e o One Max com Windows Phone agora a Microsoft quer outras fabricantes com produtos com o SO da empresa.

A notícia e do portal Unwired View e afirma que a empresa de Bill Gates entrou em contato com outras fabricantes de smartphones para que essas ofereçam, pelo menos, modelos com dois sistemas operacionais. Entre elas estão a sul-coreana Samsung e a chinesa Huawei. A ideia é usar tanto o Android quanto o Windows Phone nos celulares e tablets das empresas.

WP

Foto: Divulgação

A procura não é por acaso, já que a Microsoft além de ter comprado a Nokia possui parceria com a LG, que ocasionalmente lança modelos com o SO da empresa. Assim a empresa aumenta a oferta de produtos com o WP como sistema operacional.

Existem rumores que a Samsung está trabalhando em um Galaxy Tab 2014 Edition, que irá oferecer mais de um sistema operacional: o Android e o Windows RT. Não há informações se a empresa de Bill Gates obteve sucesso nas negociações. 

Por Robson Quirino de Moraes


Logo MicrosoftO Windows Phone 8 está mostrando que realmente é um iniciativa bem sucedida da Microsoft.

A plataforma chegou ao mercado meio tarde, mas foi mostrando o seu valor aos poucos e já conquistou um espaço pequeno, firmando-se até como a terceira maior força entre os sistemas operacionais móveis. Se as vendas não estão tão boas quanto a companhia esperava, os números e as perspectivas são bastante animadores.

Os consumidores estão cobrando novidades para que a Microsoft não perca mais tempo, pois não querem que a empresa fique para trás da concorrência. As respostas da companhia prometem que virão ainda este ano, pois a expectativa é que ela anuncie seus primeiros produtos que contarão com processador de quatro núcleos.

Os novos chips, que deverão ser Snapdragon 600 e Snapdragon 800, surgirão primeiramente em aparelhos que possuam telas de 5 e 6 polegadas, os conhecidos phablets, que contam com suporte para resolução 1.080p. Quando isso deverá acontecer? Ninguém sabe ainda, mas o mais provável é no início do ano que vem.

Para este período a companhia pretende lançar a atualização do Windows Phone 8, que deverá trazer recursos como um multitarefa aprimorado e uma central de notificações no sistema operacional, além de contar com novos aplicativos pré-instalados.

Até o momento, a Microsoft não confirmou os rumores, mas fontes ligadas a ela afirmam que tudo já está mais que certo.

Por Felipe Santos Bonfim


O Google divulgou nesta semana o seu mais novo produto que consiste em um novo aplicativo para ser usado no iPad.

A novidade é o Quickoffice gratuito para as empresas pagantes de seus serviços no Google Apps.

Com este app será possível a edição e criação de documentos no iPad vindos do Microsoft Office além da possibilidade de armazenar online arquivos e informações por meio do Google Drive.

Este lançamento do Google faz parte da guerra que está sendo travada entre o gigante de buscas e a Microsoft na plataforma de smartphones e tablets.

Para acirrar ainda mais esta competição, rumores continuam circulando na internet sobre uma possível versão do Office para rodar nos sistemas operacionais Android e iOS.

Por Ana Camila Neves Morais


No início deste mês de setembro, o site BGR divulgou informações de que a Microsoft de fato está desenvolvendo um smartphone próprio para utilizar com o seu Windows Phone. Porém, na época nada foi confirmado.

Entretanto, surgiu na internet um suposto relatório que aponta que a Microsoft entrará mesmo no mercado de smartphones. Conforme as informações do jornal Wall Street Journal, há uma equipe da empresa envolvida no desenvolvimento do aparelho. Só que tudo indica que o smartphone não está mais em fase de desenvolvimento e sim em fase de testes com fabricantes asiáticas, além de fornecedores locais.

Já conforme o site BGR, a Microsoft não está testando o novo aparelho somente na Ásia e sim em diversos locais dos Estados Unidos, por pessoas dentro da Microsoft e também pessoas de fora.

Mesmo com as informações, a própria Microsoft não confirmou nenhuma informação sobre o desenvolvimento e teste do seu smartphone próprio. Além disso, a única especificação que foi “descoberta” é que o aparelho terá display com tamanho que pode ser de 4 ou 5 polegadas, que seria próximo ao tamanho de tela dos aparelhos com WP8 da Samsung, Nokia e HTC.

Por Guilherme Marcon


Já imaginou ter um smartphone com sistema Windows? Pois é, para aqueles que não largam seus celulares nem quando estão conversando com os amigos, eis a possível novidade.

Há rumores que de a Microsoft poderá lançar um smartphone com Windows Phone 8. Os boatos surgiram depois de uma reportagem feita pelo site The Verge. Mas, o modelo deverá ser lançado apenas em 2013.

Segundo a reportagem, a ideia de ter um celular aconteceria depois do lançamento do tablet Surface, que está previsto para o final de outubro deste ano.

O novo tablet será uma espécie de teste que a empresa realizará para saber qual a real necessidade de lançar no mercado um smartphone da marca.

Conhecida por ter os melhores sistemas, lançar um smartphone não seria má ideia, afinal o nome da empresa ganha peso na hora de escolher um aparelho e pode cair no gosto da população que está cada vez mais alienada ao mundo dos aplicativos oferecidos por estes aparelhos.

Para o lançamento do Surface a empresa já fez parcerias com as empresas de telefonia dos Estados Unidos, visando oferecer o tablet com desconto junto aos planos de dados. 

Por Dayane Garcia


De acordo com o blog de notícias WP Central, a Microsoft tem planos de aprimorar as notificações da tela de bloqueio do Windows Phone. Além disso, o blog informou que acredita que a empresa ainda poderá liberar o uso da tela de bloqueio para os aplicativos de terceiros. A versão mais recente do sistema operacional mostra apenas notificações de chamadas perdidas e mensagens de textos recebidas.

Haverá quatro opções para personalizar a tela de bloqueio, para que dessa forma os desenvolvedores consigam ter vantagem. Ainda não está totalmente claro, mas é possível que a Microsoft ainda desenvolva uma central completa de notificações bem parecida com a que o sistema iOS e o Android possuem.

O Windows Phone 8 foi revelado no mês passado pela Microsoft, porém a apresentação não trouxe muitas novidades e nem muitas informações sobre o novo sistema, o que acabou gerando uma grande insatisfação por parte dos consumidores. De acordo com o gerente de produtos da empresa, Greg Sullivan, o potencial da nova plataforma ainda não foi mostrado para o consumidor final e a exposição foi apenas para alegrar os desenvolvedores.

Por Guilherme Marcon


A empresa Microsoft pretende lançar um smartphone próprio com o sistema operacional Windows Phone 8. Esta é uma notícia que vazou pela internet e que a própria Microsoft não desmentiu, porém também não negou.

O objetivo seria impulsionar as vendas dos produtos Windows, principalmente o Windows Phone 8, um sistema operacional para celulares.

Os rumores, porém, não confirmam se a plataforma será apenas para ser usada para a marca Microsoft, como uma plataforma de referência para desenvolvedores, ou se realmente pretendem lançar o produto para consumidores. Contudo, um porta-voz da empresa afirma que acredita nos desenvolvedores de hardware  e que junto com eles estão reunindo esforços para lançar o Windows Phone 8 ainda neste ano.

A Microsoft até agora só mantém 2% do mercado mundial que atualmente é dominado pela Apple, na questão de iPhones e smartphones. Também outro concorrente é o Android, do Google, usado na maioria das marcas de smartphones.

Outra novidade da Microsoft para o segundo semestre é um tablet com teclado físico, o Surface.

A empresa pretende descobrir como pode ganhar dinheiro com os softwares para dispositivos móveis, sem precisar cobrar muito alto para licenças.

A previsão para o lançamento do smartphone com Windows Phone 8 é para o segundo semestre de 2012.

Por Monique Mota


A novidade já é praticamente oficial: novos aparelhos com Windows Phone estão mesmo chegando, em breve, ao mercado brasileiro.

Quem garantiu tal novidade foi o diretor para grandes empresas da Microsoft, Marco Bravo, em entrevista ao site IT Web.

As afirmações sobre estes novos lançamentos surgiram no decorrer do IT Fórum 2012, que aconteceu na Praia do Forte, na Bahia, entre os dias 27 de abril e 1º de maio.

Marco Bravo garante que o objetivo da Microsoft é oferecer ao consumidor várias opções de aparelhos, não só smartphones Premium, como também de outros níveis. Desse modo, a empresa espera conquistar uma fatia significativa do mercado, ocupando um lugar de destaque.

De acordo com o executivo, um elemento chave para o sucesso do Windows Phone será fornecer aplicações fabricadas não só pela Microsoft, mas também por alguns parceiros. Com isso, a Microsoft espera conseguir criar uma interatividade entre as empresas e seus clientes.

Além disso, Marco Bravo também afirmou que a Microsoft deve disponibilizar frequentemente novas atualizações do sistema operacional para seus usuários e para as empresas.


Com o lançamento do Nokia Lumia em diversos países, a Nokia e a Microsoft lançaram uma campanha publicitária que tem como principal objetivo provocar os donos de smartphones que estão rodando com sistema operacional Android e iOS.

Além de atacar os adversários, a Nokia e a Microsoft pretendem também exaltar as supostas vantagens do novo telefone em cima de seus concorrentes.

O ataque a Apple está mais centrado no iPhone 4 e seus problemas, como por exemplo, o fato de que o telefone não funciona muito bem quando se está pegando muita claridade solar.

Já nos smartphones Android, o ataque foi contra o próprio sistema operacional e o fato de que parece que o sistema nunca está pronto, sempre parecendo uma versão beta.

Os vídeos apresentados simulam testes feitos com pessoas que não são identificadas. Por enquanto, a campanha foi lançada apenas na internet.

Confira abaixo alguns vídeos da campanha:


A Microsoft, em parceria com a empresa Nokia,  pretende expandir o uso do Windows Phone nos próximos anos, uma das soluções encontrada pelas duas organizações é o incentivo na criação de aplicativos para o sistema operacional. De acordo com alguns relatos, o novo telefone já conta com cerca de 50 mil aplicativos, número superior ao das previsões iniciais.

Porém esse número não se refere apenas aos aplicativos disponíveis para downloads, ou seja, alguns deles ainda não estão disponíveis para os usuários. Vale lembrar que o Windows Phone atingiu essa marca em apenas 14 meses, o concorrente Android levou 19 meses para alcançar esse marco, mas o IOS da Apple levou somente 12 meses.

Mesmo com alguns desencontros de informações, é possível afirmar que a plataforma está crescendo, e cerca de 170 novos aplicativos são submetidos por dia para aprovação. Mesmo sendo adotado por vários desenvolvedores, o Windows Phone ainda precisa enfrentar algumas questões com relação à qualidade, pois algumas vezes aplicativos feitos por spammy acabam enterrando aplicativos melhores.

Uma alternativa para esse problema seria responder algumas questões sobre a qualidade do conteúdo, se eles realmente serão úteis aos usuários e ou se eles acrescentam alguma coisa nova.


Quem acessou dia 11 de fevereiro o blog oficial da Nokia (Nokia Conversations), tomou conhecimento da carta aberta sobre a parceria Nokia/Microsoft, firmada pelos CEO’s Stephen Elop (Nokia) e Steve Balmer (MS).

A proposta das empresas é criar um “ecossistema móvel global”, capaz de juntar tudo aquilo que as duas oferecem de melhor. Na prática, entre outras inovações, foi anunciado que “a Nokia adotará o Windows Phone” como plataforma principal dos seus futuros smartphones e que adotará também o buscador da Microsoft (Bing) como ferramenta de pesquisa nos seus dispositivos.

A Microsoft, por sua vez, se comprometeu a incorporar ao Bing a ferramenta de geolocalização Nokia Maps. Assim, a meta é que esse know-how permita a idealização de um motor de busca inovador, tanto em aspectos relacionados à geolocalização e ao aprimoramento da pesquisa, quanto à experiência publicitária do usuário de telefonia móvel.

No geral, portanto, a aposta é que teremos futuramente soluções móveis promissoras e competitivas, em um mercado que só faz crescer.

Por Alberto Vicente


O novo sistema operacional para smartphones da Microsoft, o Windows Phone 7, é a tentativa da gigante de Redmond para desafiar o domínio da Apple e do Google nesse mercado. Em breve muitos aparelhos devem ser lançados com o SO e muitas pessoas duvidam do sucesso da Microsoft.

O problema todo é que o WP7 tem muitos bons recursos, como a integração com redes sociais, incluindo a rede de jogos Xbox Live, mas a falta de algumas coisas básicas podem fazer o sistema naufragar. Uma delas é o recurso copiar e colar que, embora tenha sido prometido, só devem ser incorporado de fato ao sistema no próximo ano.

Embora traga a possibilidade de executar vários aplicativos ao mesmo tempo, a chamada multitarefa, a Microsoft optou por não dar suporte ao recurso em aplicativos de terceiros. Outra pisada na bola é a ausência do Flash no Internet Explorer, assim como a falta de suporte à HTML5.

Por Maximiliano da Rosa


Depois do lançamento do bem-sucedido Windows 7 e dos frequentes fracassos da Microsoft no ramo de sistema operacionais móveis, a empresa resolveu apostar mais uma vez. Agora, apresenta uma versão do Windows 7 para telefones.

Apresentado em uma conferência nos EUA, o Windows Phone 7 tem previsão de chegada em países da Europa, Ásia e EUA antes do Natal. Algumas marcas já mostraram interesse pelo sistema e pretendem lançar smartphones com o Windows Phone 7 em breve.

Samsung, HTC, LG e Dell são as marcas que já apresentam modelos como o novo sistema operacional. Além de moderno, o Windows Phone 7 também terá sua loja de aplicativos oficias, assim como o iPhone Android e conexão direta com outros produtos Microsoft, como Zune e XboX Live.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: G1


A Experiência do Usuário Baseada na Navegação em Dispositivos: este é o nome do documento que traz um protótipo de um novo smartphone da Microsoft.

Ele vazou na internet e mostra que a empresa não sentiu muito o efeito negativo de Kin e suas vendas pífias. Em maio deste ano a marca lançou o modelo Kin, porém, logo foi retirado das prateleiras com vendas muito insignificantes, realmente o aparelho foi um fracasso no mercado.

Ao que tudo indica o novo modelo tem o codinome Menlo. Tal protótipo teve sua tecnologia batizada com o nome de Greenfield. Esta aplicação seria muito interessante, pois ela permitiria, por exemplo, que aqueles usuários mais “esquecidos” que não lembram onde deixaram o automóvel no estacionamento ou na rua, encontrassem seus veículos. No documento seu funcionamento acontece por meio do Windows CE 6.0 R2, e além disso, traz um acelerômetro e também um barômetro digital, ambos da marca Bosch.

Por Oscar Ariel


A Microsoft de olho no público jovem lançará os celulares Kin. O Kin One, aparelho menor com uma câmera de 5 megapixels, chegará ao mercado nos EUA por 49,99 dólares. O Kin Two possui memória maior e câmera com 8 megapixels, seu valor está estipulado em 99,99 dólares.

Os preços dos dois aparelhos é mediante a contrato com a operadora Verizon. Já a segunda novidade é resultado da parceria da Nokia e Microsoft que apresentaram novo dispositivo para celular o Communicator Móbile. Destinado a modelos da linha Eseries. O Communicator Móbile permite os usuários se conectem ao Microsoft Communications Server 2007 R2 e se comuniquem através de mensagens instantâneas, e-mail e SMS.

Fonte: IDG Now

Por Fernanda Peixoto


Bom, a Microsoft ainda não lançou um celular com a sua grife, e o Windows Mobile 7 ainda nem foi lançado. Aliás, a foto do Turtle (isso mesmo que você leu) vazou na internet dá uma dica de como poderá ser esse aparelho. E a minha opinião é: parece um celular de criança, com formato arredondado. Meio esquisito. Há rumores, inclusive, de que o projeto teria sido engavetado. E se a empresa de Bill Gates não quiser botar dinheiro fora, acho que é o melhor a fazer.

Enquanto isso Steve Ballmer, o atual big boss da Microsoft, baixou um decreto que proíbe funcionários de utilizarem iPhones nas dependências da empresa. Ou seja, quem for visto utilizando o brinquedo criado por Steve Jobs poderá sofrer severas punições, como ter seu aparelho confiscado e receber em seu lugar um Turtle novinho em folha.

O mais inusitado disso tudo é que dias atrás o próprio Ballmer elogiou o trabalho realizado pela rival.

Por Maximiliano da Rosa



Ao que tudo indica a Microsoft levará para seu sistema operacional portátil velhos vícios do Windows, e que há muito tempo incomodam os usuários de PC’s. Assim como ocorreu com o Vista e suas exigências vorazes de memória e poder de processamento, o Windows Mobile 7 exigirá que os smartphones venham equipados com um processador de no mínimo 1Ghz, além de dispositivo de vídeo dedicado.

Parece filme manjado, mas não. As pessoas terão que desembolsar cada vez mais para ter os seus produtos. Como sempre, tudo leva a crer que Mobile 7 virá em mais de uma versão. Ou seja, poderemos optar entre os modelos top de linha e o mais baratos, claro, com menos recursos.

Será que haverá uma versão Windows Mobile Starter Edition?

Por Maximiliano da Rosa


Na última edição da Mobile World Congress, em Barcelona, a Microsoft apresentou o Windows Phone 7 Series, a nova versão do sistema operacional para Windows Phone, que irá substituir a atual (6.5). A mudança será gradativa e os aparelhos compatíveis com o novo sistema móvel só começarão a ser lançados no final do ano.

Alguns fabricantes, como Dell, HP, LG, Samsung, Sony Ericsson e Toshiba, já confirmaram que vão aderir à novidade. A Microsoft afirma que o sistema trará uma interface mais moderna, diferente de tudo que há no mercado, com melhor integração à web.

Detalhe importante é que os aplicativos (games XBox Live e músicas e vídeos da Zune) irão rodar apenas no sistema Microsoft. Além de um botão para buscas com o Bing, a interface terá seis divisões principais: pessoas, fotos, games, música/ vídeo, office e market place, com blocos mostrando conteúdo em tempo real.


Enquanto os brasileiros comemoram o Carnaval, começou no dia 15 de Fevereiro, em Barcelona, o Mobile World Congress 2010, uma das maiores feiras de telecomunicações do mundo. Empresas como a LGBlackberryMicrosoftHP são apenas algumas grifes que comandam o lançamento das maiores novidades no ramo de celulares, notebooks e sistemas operacionais móveis.

Uma das maiores inovações da feira, até então, é o lançamento do Windows Phone 7. A versão móvel do Windows 7 chega aos celulares em breve e promete revolucionar a forma de navegar na web via smartphone.

Com várias ferramentas remanescentes da versão do Windows para Desktop, o Phone 7 vai permitir a personalização da interface, gerenciamento de conteúdo via web e uma Marketplace melhorada para baixar aplicativos. No entanto, pelas imagens é possível perceber a semelhança entre o Phone 7 e o Windows Mobile 6.5, especialmente nos papéis de parede.

Clique aqui e confira o novo Windows Phone 7.





CONTINUE NAVEGANDO: