Novo modelo da Xiaomi está próximo de ser oficialmente apresentado ao público.

Uma das maiores companhias chinesas no ramo de eletrônicos está prestes a fazer estrear novo modelo de smartphone.

Trata-se do Xiaomi Mi 9, que está a poucos dias de ser oficialmente apresentado ao público consumidor. Analisando os rumores sobre o aparelho, especialistas perceberam que muitos dos dados previamente lançados ao público se tornaram mais concretos, desde o início das especulações entre os sites.

Há poucos dias foi divulgada uma nova “renderização” deste dispositivo exibindo algumas significativas alterações sobre o design das câmeras da parte traseira, com relação aos dados anteriormente divulgados.

Conforme o que foi explicado, o render compartilhado por meio do Ben Geskin, no seu Twitter, esta combinação de 3 câmeras embutidas na traseira desta smartphone não consiste em dispositivos dispostos de modo separado, como foi apresentado anteriormente, sendo, naquele caso, duas conectadas e munidas da função de flash em luz LED.

Naquela versão a terceira lente estava em posição isolada, um pouco mais abaixo, numa configuração muito similar à que foi utilizada pela empresa Huawei em seu dispositivo P20 Pro.

Entre os especialistas que compartilharam dados vazados, um deles conseguiu publicar imagens reais, baseadas no último render, e no qual as câmeras traseiras estão perfeitamente alinhas e conectadas, em linha vertical, estando a função flash posicionada um pouco mais abaixo das câmeras.

Muitas das fotos exibem os possíveis protótipos deste novo dispositivo, e deixam evidente que este poderá ser o caminho optado pelos líderes da Xiaomi, com relação aos seus flagships.

Sobre as especificações, os especialistas apostam nas seguintes:

Sua tela poderá ser de 6,4 polegadas, apresentando uma resolução FHD+, além da tecnologia Super AMOLED; provavelmente estará munido de Processador Snapdragon 855; equipado com GPU Adreno 640; serão 6 GB de memória RAM e mais128 GB de capacidade de armazenamento interno; as já divulgadas três câmeras traseiras; munido de um sensor principal de lente padrão com 48 MP; equipado com um sensor secundário de 12 MP e mais um sensor 3D TOF; a sua câmera frontal será única e de 24 MP; a sua bateria será de 3.500 mAh de capacidade, com carregamento rápido de até 27W; o NFC; provavelmente estará munido de Android 9.0 Pie com interface MIUI 10 e suas medidas serão em torno de 155 x 75 x 7.6 mm.

Ainda de acordo com os rumores, os especialistas indicam que a companhia Xiaomi está prestes a promover mais dois eventos para o final do mês de fevereiro, dos quais um a ser realizado no dia 20, no qual será apresentado ao púbico o modelo Mi 9.

O outro evento está agendado para o dia 24, ao longo da MWC 2019, em que serão apresentados outros dispositivos da mesma marca.

Uma empresa de grande porte, como a Xiaomi, certamente promove eventos em que os modelos de smartphones apresentados estão entre de maior potencial competitivo. A Xiaomi está entre as maiores e melhores nesse ramo, conquistando consumidores em todo o mundo, a cada ano.

Ainda assim, os especialistas explicam que esta primeira data agendada pode não ser confirmada e sim alterada, ao longo dos próximos dias, levando em conta que esta será a mesma data do anúncio da nova série Galaxy S10, produzido pela companhia Samsung, portanto, é necessária muita paciência e atenção para as próxima notícias, manter-se antenado, de modo a saber o que a gigante companhia chinesa está planejando para os dias vindouros.

Vale a pena conferir.

Por Paulo Henrique dos Santos

Xiaomi Mi 9


Rumores indicam que o clássico modelo Motorola V3 será relançado ainda em 2019, contando agora com a tecnologia da tela dobrável.

Não é novidade para ninguém que atualmente vivemos uma onda de produtos nostálgicos. As produtoras de cinema e de jogos eletrônicos já entraram nessa onda há alguns anos através de relançamento de clássicos amados pelo público. Parece que agora é a vez dos celulares, já que boatos apontam para o relançamento do querido V3 da Motorola.

O V3

O celular é conhecido nos Estados Unidos da América como Motorola Razr, o aparelho foi um grande sucesso nos anos 2000. Os dados comprovam o tamanho da popularidade, já que o V3 vendeu mais de 130 milhões de unidades por todo o mundo. O celular, com o seu formato de flip, era considerado fino, elegante e moderno para a época, mas foi perdendo espaço com a chegada de dispositivos com sistemas mais modernos, como o iPhone.

A evolução dos smartphones parecia que ia jogar os famosos celulares flip no esquecimento. Porém, o desenvolvimento de novas tecnologias tem possibilitado a volta de celulares no estilo do V3, como as telas flexíveis. A tecnologia ainda está se iniciando, mas já é possível sonhar com o retorno de vários dos clássicos do início dos anos 2000 ao mercado.

O novo V3

Ao que tudo indica a Motorola saiu na frente e deve relançar o clássico Motorola V3 ainda em 2019, contando agora com a tecnologia da tela dobrável. O preço será salgado, na casa dos US$ 1.500 (cerca de R$ 5.580), o que leva alguns a chamarem o novo celular de o “V3 de luxo”. Segundo fontes ouvidas pelo jornal americano Wall Street Journal, a Lenovo, que comprou a Motorola Mobility em 2014, deverá anunciar, durante a feira de celulares de Barcelona (MWC), o novo produto em fevereiro. Pelo menos essa é a expectativa.

É possível encontrar alguns projetos sobre o conceito do novo V3, mas ainda não existe um oficial. Um desses mostra um dispositivo quadrado, mas depois de aberto, se parece com um smartphone normal. Então em vez do tradicional teclado físico temos uma tela sensível ao toque. O design desse novo dispositivo teria uma proporção de tela de 19:8, uma câmera frontal e demais sensores quando aberto. Quando fechado o celular irá contar com uma segunda tela, como o original, que funcionaria para mostrar ícones de notificações, o horário, e outras informações. A câmera traseira contaria com uma lente única, leitor de impressão digital ficaria na metade inferior do celular. O projeto não dá informação sobre o botão para ligar e desligar e os botões de volume do novo V3. Pode ser então que o aparelho apareça sem botões físicos.

Não sabemos ainda se esse será o desenho do V3, mas o que sem tem certeza é que ele contará com uma tela flexível que possibilite o abrir e o fechar do aparelho. É nesse ponto que se justifica o alto valor do produto, já que a tecnologia é cara. Outro ponto problemático é a espessura mínima que o desenho futurista do original tinha, se a Motorola quiser manter essa espessura terá que pensar muito bem onde e como vai colocar a bateria.

A questão é que será preciso inovar para lançar um produto retrô e inovar tem seu preço. Apesar disso, parece que a Motorola está bem interessada em ser uma das primeiras fabricantes de celular a apostar nesta tendência retrô. O que já chamou a atenção de outras fabricantes, já que segundos rumores a LG, Samsung, Xiaomi e Oppo também estão pensando em relançamento de seus clássicos nos próximos meses. Tudo indica que estamos vendo nascer um novo mercado de nicho nostálgico nos celulares. Tudo ainda é muito incerto, não se sabe onde será comercializado o novo V3 e nem se ele será lançado no Brasil.

Por Gabriel Bem

Motorola V3


O aparelho terá traseira em vidro, segundo os rumores. Na parte frontal, destaca-se um dispositivo com poucas bordas, aumentando o aproveitamento da tela infinita.

Mais um ano chegando, e a Samsung prepara o lançamento de mais uma versão do seu top de linha. O Galaxy S10 ainda não é realidade, mas os rumores apresentados mostram que a gigante sul-coreana busca produzir o melhor smartphone e o mais incrível já apresentado.

Construção

Começando por sua construção: o aparelho terá traseira em vidro, segundo os rumores. Na parte frontal, destaca-se um dispositivo com poucas bordas, aumentando o aproveitamento da "tela infinita". Este display não contará com o onipresente "notch", que a Apple vem usando em seus iPhones, por exemplo. Na traseira, o vidro deve estar presente, facilitando o carregamento sem fio, deixando o Galaxy S10 Plus incrivelmente bonito e elegante.

O aproveitamento da tela deve ser maior no S10 Plus do que no iPhone XS por conta da ausência do "notch", que vem também sendo adotado por outras fabricantes. Este aproveitamento do display deve ser o maior entre toda a Linha Galaxy, já que estes displays poderão ter fabricação em massa, sendo encontrados primeiramente no S10 Plus.

Specs

Os rumores apontam grandes melhorias de desempenho e armazenamento. No Galaxy S10 Plus, a Samsung poderá equipar este "pequeno monstro", com 12 GB de memória RAM e até 1 TB de armazenamento interno. Esta é, basicamente, uma das especificações mais poderosas já vistas em um smartphone. Este também deve ser o primeiro aparelho da Samsung a suportar os novos padrões de conectividade, mais conhecido como 5G, uma evolução considerável do 4G e que atualmente recebe testes em diversos países, sendo comercialmente adotado em poucos anos.

Processamento e desempenho

Assim como em edições anteriores, o S10 Plus virá embarcado com um processador de fabricação própria da Samsung, o Exynos 9820, com fabricação de 9 nanômetros. Segundo rumores baseados nos resultados do Antutu (famoso app de benchmark), a pontuação chegada por este processador, supera os 300 mil pontos. A conclusão veio após capturas de tela serem compartilhadas no Twitter, mostrando os testes deste processador, em um aparelho com 6 GB de RAM e 128 Gb de storage.

Versões

Outro forte rumor aponta que o S10 Plus terá três variantes. Esta foi obtida através de certificação dos órgãos russos. A primeira é de um aparelho com suporte a dois chips de operadora, algo bastante comum no mercado. Ela deve seguir a tendência, possibilitando o uso das duas operadoras simultaneamente, aproveitando bem o recurso para dois mensageiros, presente no software modificado pela Samsung.

A segunda e terceira variantes serão os aparelhos com o processador Exynos, de fabricação da própria Samsung, e outra com processador Snapdragon.

Outros rumores

Na série de rumores sobre o aparelho, o consumidor poderá optar por um gama mais tradicional de cores: preto, branco, amarelo e verde, sendo estas duas últimas, novidades entre o top de linha. Apesar que estes não serão os nomes oficiais para estas cores, algo típico de diversas outras empresas, que preferem renomear suas opções de cores com nomes impactantes e diferentes.

Outro recurso que deve passar por mudança é o sensor biométrico. Por aqui, ele não será removido, porém, não haverá mais um botão, e sim a biometria sendo aplicada diretamente sobre a tela, possibilitando, assim, que o display reconheça a digital apenas cadastrada. Para quem precisa de mais segurança, o desbloqueio por íris também permanecerá.

A versão S10 Plus deverá contar com 4.000 mAh para suportar o tamanho do display, entre outros recursos, contando com carregamento rápido, assim como seus irmãos anteriores. Especula-se que a apresentação acontecerá no primeiro trimestre de 2019, com lançamento ainda sem data definida. Este é o momento em que a Samsung apresenta sua principal linha, que, ao lado do Galaxy Note, ditam as tendências do mundo Android para os aparelhos de gama superior.

Por Leandrinho de Souza

Samsung Galaxy S10 - rumores


O novo smartphone da Samsung tem uma grande novidade em seu sistema fotográfico, que oferece três câmeras na parte de trás.

Uma iniciativa que se tornou comum nos últimos anos pelas empresas que fabricam eletrônicos é lançar versões diferentes de um mesmo produto. Isso quer dizer que as fabricantes mantêm alguns recursos e acrescentam funções mais modernas nos eletrônicos. Essa ideia é muito utilizada, sobretudo, pelas empresas de telefonia móvel. Hoje é até mais comum que elas realizem esse plano ao invés de lançarem um smartphone totalmente inédito. E uma das últimas companhias a colocar no mercado um aparelho com essas características é a Samsung com o Galaxy A7 ano 2018. O telefone conta com algumas novidades. Para conhecer um pouco mais sobre esse celular confira as informações abaixo.

A grande novidade fica por conta do sistema fotográfico implantando no Galaxy A7 (2018)

Como mencionado no parágrafo de introdução, neste celular a Samsung resolveu inovar e essa alteração ficou por conta das câmeras que formam o sistema fotográfico. Hoje em dia não se fabrica mais telefones com menos de duas câmeras: a frontal e a traseira. E a Samsung se juntou à lista das empresas que agora aderiram a um número superior a duas câmeras.

No caso do A7 (2018), se tem três câmeras só na parte de trás, pelas fotos do celular você consegue enxergar que as três câmeras estão alinhadas, uma abaixo da outra. O trio é formado por uma de 24, 08 e 05 megapixels. O que resulta em imagens com 37 megapixels. Já a frontal tem 24 megapixels, o que também resulta em autorretratos de muita qualidade.

Além disso, esse é um dos primeiros telefones da marca a ter o modo “Retrato” aquele efeito que se tem o primeiro plano da imagem focado e o resto desfocado. Para as pessoas que adoram fotografias este é um excelente celular. Já os vídeos são gravados em alta resolução.

Informações a respeito do sistema operacional, memória e outros detalhes inseridos neste aparelho

A empresa de origem sul-coreana mantém a parceria com a Android e neste aparelho se têm a versão Oreo 8.1 do sistema operacional. Sobre a memória se tem inicialmente 64 GB e como esse aparelho permite a utilização de um cartão, o poder de armazenamento sobe para 512 GB. Já a memória RAM é de 04 GB.

O processador é o 2x 2.2 GHz Cortex-A73 + 6x 1.6 GHz Cortex-A53. A bateria conta com 3300 mAh e este é mais um telefone com a tecnologia dual chip. E por falar em recursos, um que deve ser mencionado é que este smartphone tem a proteção “Gorilla Glass”. Ou seja, uma película envolta em todo o corpo do aparelho para que em caso ele caísse no chão ou tenha contato com diferentes materiais ele não seja prejudicado.

O design do Samsung A7 (2018)

Esse telefone foi classificado como intermediário. Essa dominação é muitas vezes dada, pois, ele conta com recursos mais apurados em determinados pontos e outros não. Como a Samsung resolveu investir no sistema fotográfico, o Galaxy A7 (2018) mantém outras características. Por exemplo, não se teve uma revolução muito grande no design deste smartphone. Uma vez que ele é um aparelho grande, com uma tela de 06 polegadas. Além disso, a Samsung segue o padrão do mercado de telefonia mobile de não ter mais botões na parte frontal. Então se esqueça do famoso botão home ou então aqueles recursos que eram acionados por toque. As empresas hoje fazem aparelhos mais limpos esteticamente falando. E, além disso, se tem as já famosas bordas mais curvadas. O Samsung Galaxy A7 (2018) foi fabricado em preto, azul, dourado, rosa, todas as cores metálicas.

A respeito do valor do Galaxy A7 (2018) no mercado nacional

Como mencionado anteriormente este aparelho é intermediário, isso quer dizer também que o seu preço está entre os mais baratos e os mais caros. O Samsung Galaxy A7 (2018) pode ser encontrado a partir de R$ 1.700,00.

Para mais informações acesse: https://www.samsung.com/br.

Por Isabela Castro

Samsung Galaxy A7 2018

Samsung Galaxy A7 2018


A Apple lançou seu novo aparelho, chamado iPhone XS, com novidades.

Celulares, smartphones, iPhones, o mundo digital não para de evoluir. A cada ano que passa, as maiores empresas do ramo lançam aparelhos de maior potência e competitividade no mercado internacional.

No dia 12 de setembro de 2018 a companhia Apple está fazendo estrear oficialmente o seu novo iPhone. A notícia sobre esse lançamento havia vazado no dia anterior, 11 de setembro.

Trata-se da nova geração de iPhone, ou seja, o iPhone XS.

Entre as suas especificações de maior destaque estão:

Capacidade de memória interna em 512 GB (novidade neste aparelho); o design exterior é o mesmo da geração anterior; a tela é bem mais ampla nesta versão, sendo que o sensor de impressões digitais, utilizado no desbloqueio, foi substituído por um impressionante sensor para reconhecimento facial, o Face ID.

A mesma tela é de tipo OLED, em 5,8 polegadas; está munido de um novo processador tipo A12, com potencial de processar até cinco trilhões de tarefas computacionais ao mesmo tempo, superando a marca de 600 bilhões da geração anterior. Ele está munido de maior abertura para os aplicativos, os quais tenderão a potencializar em até 30%, garantindo maior velocidade por meio desse novo componente funcional, especialmente desenvolvido pela mesma companhia.

Está munido de um processador equipado de seis núcleos, dois de alto desempenho e os demais quatro programados para operar em baixo consumo de energia. Portanto, esta geração de iPhones da Apple é mais econômica em até 40%.

O aparelho está munido de uma estrutura de vidro muito mais resistente, que compõe a superfície da tela, no sentido de garantir maior durabilidade e qualidade, resistência aos choques. Para dar maior precisão e distinção, ela possui uma certificação própria de proteção contra a água em uma escala maior que a do iPhone X, lançado ano passado. Há, também, uma certificação de tipo IP68, a qual permite o ato de submersão deste produto, dentro de um tempo limitado, podendo atingir até 2 metros de profundidade no líquido.

No que tange ao dispositivo da bateria, a companhia soltou uma nota indicando que a mesma foi acrescida de maior autonomia, garantindo ao iPhone XS mais 30 minutos em relação ao anterior iPhone X.

Com relação às câmeras, a lente instalada na parte traseira está equipada com 12 megapixels, e mais a abertura de f/1.8, que pode garantir a captura de imagens com um fundo desfocado, o chamado efeito Bokeh, muito produzido e conhecido no meio fotográfico. Além disso, há a impressionante novidade da função de inteligência artificial, operante no aparelho, que a companhia fez instalar no próprio software da câmera. Este dispositivo faz a câmera reconhecer e aprender a capturar traços específicos do ambiente em torno, possibilitando registros de fotos mais personalizados. A câmera frontal deste aparelho está equipada com potencia de 7 megapixels e mais a abertura de até f/2.2, própria para ambientes e paisagens mais bem iluminados.

Com relação aos valores no mercado, as informações são as seguintes:

Este novo iPhone XS, muito provavelmente, será comercializado na mesma faixa de valor do anterior iPhone X, ou seja, no valor de 999 dólares.

A previsão de sua chegada e comercialização no mercado brasileiro, certamente, será para este mesmo ano de 2018, no qual está sendo oficialmente lançado. No ano anterior, ou seja, em 2017, um evento em escala global foi realizado no dia 12 de setembro, sendo que o lançamento no Brasil ocorreu no dia 31 de outubro seguinte, portanto, depois de um mês e meio no intervalo entre a estreia. Entretanto, no caso do iPhone XS não foi divulgada, até o presente momento, nenhuma data oficial para o seu lançamento em território brasileiro. Ainda é cedo. Vale a pena estar antenado.

Por Paulo Henrique dos Santos

iPhone XS


O novo modelo da Google deve ser lançado no dia 4 de outubro deste ano e conta com características surpreendentes.

Uma boa notícia para os usuários da internet. O chamado Google Pixel 3 está programado para ser lançado a partir do dia 4 de outubro deste mesmo ano. Algumas informações essenciais escaparam e podem dar uma ideia geral das características do dito Pixel 3 XL.

Em primeiro lugar, um pouco de informação básica: o chamado Google Pixel consiste em uma linha de diversos dispositivos eletrônicos destinados ao consumo e desenvolvidos por meio da própria Google, cuja função essencial está em executar o sistema operacional do Chrome OS ou do Android. Trata-se de uma linha que foi composta por meio de Tablet Pixel C, por meio de laptop Chromebook Pixel e por meio de smartphones Pixel.

Assim, voltando ao centro, a data de lançamento deste dispositivo, muito provavelmente, deveria ter sido revelada pela própria empresa Google, por um “acidente”.

Portanto, a companhia da Google deverá promover o lançamento da terceira geração de sua própria linha de aparelhos smartphones de tipo Pixel neste ano de 2018. Os modelos são o Pixel 3 e o Pixel 3 XL. A data provável desta estreia deverá consumar-se no dia 4 do mês de outubro de 2018. De acordo com uma listagem oficial, que teria sido elaborada pela própria plataforma da empresa, esta é a data oficial. No site especialista, Mundo Conectado, são apresentadas diversas ilustrações, imagens de captura de tela, que exibem como exemplo uma espécie de anúncio no Famebit, por meio de uma plataforma utilizada por diversas empresas dentro de uma meta de criar campanhas publicitárias junto aos criadores oficiais de conteúdos.

Todo o rumor produzido na internet, sobretudo no Google, é resultado de um suposto anúncio que teria sido elaborado pela própria empresa da Google (uma estratégia publicitária) o que poderia confirmar a data da chegada oficial destes novos aparelhos ao comércio. Junto a essa novidade, acrescenta-se, ainda, a primeira e a segunda geração destes dispositivos tipo Pixels, que já haviam sido lançados nessa mesma data, entre os anos de 2016 e 2017, de modo sequencial.

Deste modo, pegando carona em toda essa onda dos vazamentos extra oficiais de dados essenciais, surgiu, também, pela internet, uma curiosa relação sobre o Geekbench destinado ao dispositivo Google Pixel 3 XL. O chamado Geekbench consiste em uma plataforma de testes para performances cuja função principal está em manter o cadastro de todos os tipos de smartphones que já foram testados, no sentido de que possam ser realizados diversos comparativos, fazendo surgir, também, as suas características mais técnicas. No mesmo site, Mundo Conectado, diversas imagens capturadas em tela sobre o funcionamento deste dispositivo são exibidas como ilustrações.

Entre os atributos que fazem parte deste dispositivo, segue a descrição abaixo:

O chamado dispositivo Pixel 3 XL é apresentado como um aparelho munido de 4GB de memória RAM; com um processador equipado de 8 núcleos e operante por meio de função Android 9. Uma estatística sobre sua pontuação, obtida em um teste, e que não impressiona os especialistas que entendem muito do assunto, é normal para um aparelho tipo High-End que são os chamados Pixels. Deste modo, é possível que essa seja uma espécie de listagem elaborada no sentido de representar com um típico modelo de testes ainda não finalizado, ou, o mais provável, é que a própria empresa da Google tenciona direcionar essas informações para um mercado bem mais intermediário, dispondo de sua nova geração de smartphones.

As notícias sobre esse tema estão se multiplicando pela internet.

Por Paulo Henrique dos Santos


Novo modelo Q7+ da LG será lançado em agosto deste ano no Brasil.

Para se sobressair em um mercado tão competitivo como o da telefonia móvel, as fabricantes sempre precisam trazer alguma novidade para o público seja por meio de aparelhos com uma ficha técnica de última geração ou então celulares com ótimas características e um preço mais razoável. Enfim, há diferentes possibilidades. A LG resolveu inovar mais uma vez e está prestes a lançar no Brasil quatro novos smartphones, cada um chamando a atenção por um detalhe. E dentre esses quatro novos modelos está o LG Q7+. Um celular moderno e que apresenta algumas particularidades interessantes para qualquer consumidor.

Veja agora um pouco mais sobre o LG Q7+.

A aparência do LG Q7+ e outros detalhes

O LG Q7+ é um dos quatro representantes de uma nova aposta de mercado que a LG trouxe para o Brasil. Comercializar aparelhos tidos como intermediários, mas com diferentes recursos e funções e que não deixam a desejar quando comparados a celulares muito mais caros.

Um dos pontos que ajuda a não inflacionar tanto o preço de um aparelho é quando as fabricantes investem em um design mais conhecido. O Q7+ está na linha daqueles smartphones que conta com uma tela fina, no caso deste modelo ela é de 5,5 polegadas. Além disso, ele também traz as extremidades mais arredondadas e botões na parte frontal do aparelho foram retirados. A resolução é em HD.

Economizando em alguns detalhes e mesmo assim deixando esse celular moderno, a LG continuou sua parceria com a Android e para este modelo disponibilizou a versão mais atual desse sistema operacional, no caso a versão 8.0 Oreo. Segundo uma foto que surgiu na internet, o Q7+ está disponível na cor preta, roxa e azul. Sendo as três metálicas.

A respeito da memória e do processador de um dos novos lançamentos da LG

Sobre a memória do LG Q7+ os interessados neste aparelho não vão ter problema com este item. A memória desse aparelho inicialmente é de 64 GB e com a utilização de um cartão de memória ela sobe para 2 TERA. Um cartão de memória como este, pode ser comparado facilmente a um HD externo. A memória RAM do Q7+ é de 16 GB e o processador deste modelo é de 1,5 GHz octa-core. Um número também satisfatório, este aparelho apresenta um bom desempenho.

Funções interessantes que estão disponíveis no LG Q7+

Alguns recursos bem interessantes foram colocados neste aparelho tornando-o ainda melhor. Por exemplo, ele conta com a proteção IP68, esse número quer dizer que o smartphone vai estar protegido e não ter o seu funcionamento comprometido caso ele entre em contato com a água ou com lugares empoeirados.

Celulares mais caros não contam com a função de realizar reconhecimento facial. Essa função pode ser aplicada para diferentes objetivos, como no momento de tirar fotografias ou até para desbloquear o aparelho. Outro recurso que precisa ser mencionado é em relação à segurança de dados. Com cada vez mais aplicativos e outros programas pedem para que as pessoas incluam senhas e dados pessoais. Assim, uma maneira de proteger essas informações em alguns celulares é solicitando que os indivíduos cadastrem as suas digitais para desbloquear o celular. O Q7+ também conta o sensor para reconhecimento de digital. Ele está posicionado na parte de trás do celular, abaixo da câmera fotográfica.

Por fim, mais um item pensando para este aparelho foi a sua bateria, ou melhor, a duração de sua bateria. Este acessório é de 3.000 mAh. Com esse número o celular pode ficar horas longe da tomada e quando precisar ser conectado, o aparelho tem uma tecnologia de um carregamento mais efetivo.

O sistema de fotografia deste LG

Hoje em dia, praticamente, não se tem mais aparelhos de telefonia móvel que não tenham no mínimo duas câmeras fotográficas. Pois, neste este celular essa realidade não foi diferente. Foram implementadas duas câmeras, uma na parte da frente com 05 megapixels e uma atrás com 16 megapixels.

A câmera frontal, apesar de menos megapixels que a traseira, tem a possibilidade de focar um espaço maior devido algumas funções que nela foram empregadas. Então, os interessados neste celular não precisam ficar preocupados se a câmera possui ou não qualidade ela possui sim. Além disso, a LG também conta com o seu programa para realizar as edições nas imagens tiradas. As gravações realizadas com este aparelho também são bem nítidas e com um ótimo som.

Vendas no Brasil e o preço

A expectativa é que o aparelho comece a ser vendido no Brasil a partir da primeira quinzena do mês de agosto. Alguns sites apostam que ele deva ser vendido inicialmente entre R$ 1.299,00 e R$ 1.599,00. Para mais informações acesse: https://www.lg.com/br.

Por Isabela Castro

LG Q7+


Novo Samsung Galaxy Note 9 será lançado no dia 9 de agosto e já conta com diversos rumores sobre suas características.

Os fãs de tecnologia estão em cólicas para saber sobre o novo Galaxy Note 9, mas há informações que ele será lançado no próximo dia 9 de agosto.

Samsung Galaxy Note 9

Lançamento

Foi confirmado pela própria Samsung que no dia 9 de agosto o novo Galaxy Note 9 será lançado para todo o mundo. O anuncio foi feito por meio das redes sociais da própria empresa e também no seu site. O local escolhido foi a cidade de Nova York durante o Samsung Unpacked.

Para aguçar ainda mais a curiosidade dos consumidores foi divulgado um vídeo com a caneta S Pen, que deverá vir completamente reformulada nesse novo modelo.

Bateria

O que não falta são rumores, e um deles é referente à bateria. Alguns curiosos afirmam que a bateria terá a capacidade de 4.000 mAh. Isso tudo porque o Ice Universe, nome que está bem famoso por dar notícias em primeira mão sobre smartphones, postou no Twitter essa informação.

Mas é importante que não criemos altas expectativas, afinal esse é o nono smartphone da linha e já sabemos que a bateria de Note é muito sensível. Então antes de nos alegrarmos é importante esperar pela notícia concreta.

Tela infinita

Uma outra informação, também proveniente de vazamentos, afirma que o smartphone continuará com o visual de tela infinita, e a Samsung não irá contar com o notch como o restante dos aparelhos que estão sendo lançados no mercado. As telas provavelmente serão Edge e possuirão as laterais curvas, onde todos os sensores ficarão escondidos dentro da moldura do smartphone, porém ainda não se sabe se essa realmente será a opção encontrada para escondê-los, pois dizem que estão sendo estudadas duas possibilidades de instalação de sensores.

Outra expectativa, como já foi citado no início do artigo, é sobre a S Pen, tudo indica que a caneta será mais completa, mais precisa e terá mais recursos. Essa aposta foi feita já que a caneta é o diferencial da linha Note e não foi copiada ou superada por nenhum dos seus concorrentes. Na própria empresa a caneta ganhou o codinome de Crown, que significa coroa em português, devido ao tamanho sucesso alcançado.

Sistema

Sobre isso não foram divulgadas muitas informações, porém o mínimo que se espera é que o Note 9 esteja equipado com a versão Oreo do Android, porém com o upgrade para Android P. Outra expectativa é que venha com o assistente pessoal Bixby 2.0.

Câmera

Ultimamente os smartphones estão sendo escolhidos pela qualidade de sua câmera, tanto frontal quanto traseira, por esse motivo a expectativa depositada nesta questão é altíssima.

A Bloomberg informou que o Galaxy Note 9 terá a sua câmera completamente renovada comparada ao Galaxy Note 8. Os curiosos estão utilizando como base o Galaxy S9+ e esperam que o Note também venha equipado com a câmera dupla que possui a abertura variável.

Hardware

Para essa questão não há muitas opções. Por esse motivo espera-se que a versão americana esteja equipada com o chipset Snapdragon 845, e a versão internacional com o chipset Exynos 9810, igual ao Galaxy S9.

Em relação à memória, sua memória RAM deve ter cerca de 6G, porém há aqueles que sonham alto e apostam que o novo Galaxy Note 9, possa vir equipado com uma memória RAM de 8 GB.

Os rumores não param por aí, houve notícias que ainda não foram confirmadas que o grande destaque do lançamento será o seu armazenamento, de acordo com essas notícias, o armazenamento do novo smartphone terá nada mais nada menos do que 512 GB.

Lembrando que a maioria dessas informações não passa de rumores, por isso é importante seguras as expectativas e esperar até o dia 9 de agosto para saber todos os detalhes sobre o lançamento do novo Galaxy Note 9.

Por Isabela Pierini

Samsung Galaxy Note 9 rumores


Novos modelos ganharam bordas mais finas e um hardware melhorado, além de câmeras mais potentes.

Em fevereiro deste ano, quando a Samsung apresentou ao mundo o Galaxy S9 e o S9+, deixou claro que a empresa segue firme na disputa para ter um de seus smartphones entre os melhores do mercado. O design continuou praticamente o mesmo do S8, só que com as bordas mais finais e o leitor de digitais foi para outro local, já que na versão anterior gerou muitas reclamações. O hardware também melhorou muito de um modo geral, sem contar as câmeras que ganharam um upgrade e passaram a oferecer fotos e vídeos com qualidade ainda melhor.

A sul-coreana tem investido cada vez mais em câmeras melhores, mas somente o S9+ tem duas câmeras traseiras, o S9 tem apenas uma. O sensor deste smartphone conta com um novo recurso, que é o de abertura variável, uma opção que ainda não está presente entre os concorrentes e que certamente será um importante diferencial. Com estes recursos, a câmera do novo modelo da Samsung pode alterar a abertura de acordo com a vontade do usuário, por exemplo, na hora de tirar uma foto durante o dia, pode ser usada a abertura f/2.4, que é menor, pois há muita luz. Se for à noite, então a abertura poderá ser a f/1.5, já que há pouca luz e esta é a maior abertura encontrada atualmente na câmera de um celular. O LG V30 se aproxima desta abertura, mesmo assim, só atinge f/1.6.

Outro ponto que chama a atenção é a tela, em super AMOLED, com 5,8 polegadas para o S9 e 6,2 polegadas para o S9+. As duas versões proporcionam resolução de 2960x 1440 e neste caso, a tela menor acaba sendo melhor, devido à densidade de pixels. Os dois modelos também trazem som estéreo e dois alto-falantes independentes, sendo que um continua na parte inferior e o outro está atrás, próximo ao alto-falante das ligações telefônicas. A Samsung informou que a empresa responsável pelo áudio é que definiu estas posições para o som no S9.

A Samsung resolveu disponibilizar hardware diferente para o modelo lançado nos Estados Unidos e os aparelhos comercializados em outros países. Para o mercado norte-americano, o S9 chega com o Snapdragon 845, por causa das redes CDMA que até hoje estão presentes por lá. Nos demais mercados, o chipset Exynos 9810 é que estará presente no smartphone, mas a empresa garante que o desempenho é o mesmo.

Em relação à memória RAM, as versões terão 4 e 6GB. Para o armazenamento interno, o espaço é de 64 e 128GB, podendo ser expandido através do cartão micro SD.

As câmeras do Samsung Galaxy S9 ainda contam com sensores que trazem a moderna geração do autofoco dual-pixel, que garante imagens mais rápidas e com melhor qualidade. Para os apaixonados por vídeos, o modelo também traz vantagens, como a opção de gravar imagens em câmera lenta com 960 frames por segundo e tudo isso com 720 pixels de resolução.

Outro detalhe que não pode ser deixado de lado é a parceria com a Bixby, que disponibiliza no smartphone uma ferramenta para tradução, através da tecnologia de realidade aumentada. É só focalizar uma tela, livro, ou qualquer frase, com a câmera do S9, que a tradução será feita. É uma ferramenta muito prática e que certamente será bem útil no dia a dia de muita gente.

O sistema operacional é o Android 8.0 Grace UX Oreo e o aparelho pesa apenas 163 gramas, com as seguintes dimensões: 147.7 x 68.7 x 8.5 mm. O preço fica entre R$3 mil e R$4 mil, mas para o usuário mais exigente, o dinheiro investido valerá a pena, pois terá em mãos um dos smartphones mais modernos do mercado.

Por Russel

Samsung Galaxy S9 e S9+


O Android P possui um sistema de navegação totalmente inovador, dando ao usuário uma experiência totalmente única.

Em um evento para desenvolvedores o Google lança seu mais novo sistema operacional: o Android P. Ele é um sistema novo desenvolvido para smartphones, a empresa promete que ele substituirá de vez o antigo sistema e já está a disposição para testes em sua versão beta através do link www.android.com/beta.

Por ainda estar na versão beta ainda não possui disponibilidade para qualquer tipo de aparelho, apenas aqueles com sistema mais leves conseguirão rodar o Android P. Mas é garantido que aparelhos dessas marcas rodem o sistema: Vivo, Sony, Xiaomi e Nokia.

O Android P possui um sistema de navegação totalmente inovador, dando ao usuário uma experiência totalmente única, o sistema de aplicação agora é unilateral não mais um em cima do outro como nas outras versões. Isso proporciona que o utilizador possa ter uma prévia dos app mesmo sem estar utilizando, podendo até interagir com o app sem tê-lo acessado. Podendo de fato facilitar que o usuário possa copiar e colar de um app para outro sem ter que abrir e fechar cada app.

Seu sistema pode deixar cinco apps utilizáveis de só vez, organizando de forma inteligente em ordem que você mais utiliza de cima para baixo podendo de fato facilitar mais para que possa acessar de forma instantânea seus apps mais acessados.

Possui também um outro sistema que organiza seu tempo de utilização para cada app, podendo assim estabelecer limite de tempo para usar seus apps. Podendo até evitar que extravase em algum app esquecendo assim de outras tarefas do dia a dia.

O avanço tecnológico está presente a cada modelo novo de celular, até mesmo de cada sistema operacional que é lançado, proporcionando as pessoas cada vez mais facilidade e comodidade para o uso pessoal, auxiliando e organizando cada dia mais a vida de todos.

Com isso temos uma troca acelerada de aparelhos, e com isso o descarte de aparelhos em ótimo estado, porém que suas funções não são tão eficientes quanto os novos que surgem. Uma dica importante é sempre pesquisar antes de realizar a compra de um aparelho novo, para que de fato tenha certeza de que o aparelho adquirido esteja suprindo todas suas necessidades diárias, podendo assim permanecer com o tal aparelho um período de tempo maior.

Muito importante é estar sempre antenado nas mudanças que a tecnologia sofre a cada ano, e que os aparelhos agregam de funções e facilidades a cada novo modelo, podendo assim escolher de maneira eficiente aquele que mais tem a ver com suas necessidades.

Com isso, a variedade em aparelhos e sistemas são infinitas dando um leque de opções muito vasto na hora da troca de aparelho, com isso saber o que realmente precisa e procura é primordial para não se arrepender em um período curto de tempo, muitos usam seus aparelhos apenas para entretenimento, já outros necessitam de algumas funções para trabalho, por isso saiba bem qual será a utilização do aparelho e busque exatamente tudo o que irá necessitar.

Agora é aguardar as próximas melhorias do Android P, por hora pode acessar o link deixado acima e baixar a versão beta para teste. Veja se será necessário a troca de aparelho ou se o seu próprio aparelho rodará o sistema. E já experimente essa nova tecnologia para saber se de fato ela suprirá suas necessidades de utilização.

Procure pesquisar e se informar para saber exatamente quais serão todas as melhoras daqui para a frente dessa nova tecnologia, podendo assim de fato decidir se vale a pena trocar o que está usando no momento, e até trocar se for o caso de aparelho para um que possa rodar perfeitamente o Android P.

Com certeza agora em diante os aparelhos serão desenvolvidos baseado nesse sistema operacional aproveitando tudo que ele possa oferecer de melhor, e os apps também serão projetados para uma experiência de maior resolução e desenvolvimento a partir do Android P, por isso, de fato se não quiser ficar para trás de mais esse avanço tecnológico é melhor correr e atualizar seu aparelho smartphone ainda hoje.

Por Ricardo Ferreira Rodrigues

Android P


Para atrair seu público, a Oppo lançou detalhes sobre o seu mais novo produto, o F7.

Há algum tempo muitos estão curiosos e na expectativa de obter mais informações sobre o novo lançamento que a Oppo promete em redes sociais, como é o caso do Twitter.

O Twitter é uma ferramenta eficaz na publicidade a nível mundial por se tratar de uma rede de comunicação a nível de atualizações.

A empresa chinesa Oppo, que é conhecida por produzir recursos audiovisuais, desde aparelho de comunicação como celulares e até mesmo TVs, poderá realizar o lançamento eminente do Oppo F7 em até 26 de março de 2018.

Trata-se de um Android, onde a sua tecnologia permite obter uma câmera frontal tão inteligente, a ponto de distinguir rostos femininos de masculinos com o objetivo de usar efeitos embelezadores personalizados com a câmera de 25MP. Milhões de pessoas são atraídas à ideia de disfarçar ou até mesmo apagar por completo imperfeições faciais, ou pelo menos características que não gostam em si. Já a câmera traseira terá a capacidade de fotografar com a qualidade média de 28MP. Quanto melhor a câmera mais desejável é o aparelho, sabendo disso um dos maiores investimentos da Oppo foi a introdução dessa tecnologia de ponta.

Muito se tem observado hoje em dia que, diferentemente de décadas ,atrás os aparelhos celulares não são apenas para a mera comunicação. São um minicomputador onde se realiza várias funções facilitando assim a rotina corrida de milhões de usuários, desde agendar um evento, como também editar importantes documentos, tais aparelhos tem se ajustado à vida moderna e tem trazido maior flexibilidade e facilidade a todos. Além disso, quanto mais funções se tem nesses minis computadores mais serão ostentosos, ou seja, serão mais desejados pelo público com a finalidade, no fundo, de se exibir. Obter o Oppo F7 é uma oportunidade ideal para isso, devido ao seu aspecto moderno e avançado.

Outra característica que foi adotada pela Oppo ao fabricar este novo Android, foi a tela notch, que é uma opção de fazer um melhor aproveitamento de toda a tela. Esse novo entalhe é amavelmente conhecido como franja ou dentinho. Apesar de haver controvérsias sobre o seu design harmônico, muitos fabricantes se espelham na tela notch usada pela Apple no iPhone X, aderindo assim a esse novo modelo de tela. Outros afirmam ser ineficaz o entalhe, afirmando não ser algo agradável simetricamente.

Há rumores de que empresas com valores mais acessíveis que a Apple criam designs com detalhes semelhantes, como o caso da Oppo, para atrair mais o público com a acessibilidade maior nos preços cujos detalhes dos aparelhos são semelhantes dos mais ostentosos.

A empresa chinesa traz esse Android com a capacidade de dual chip, além de o aparelho ter 6,2 polegadas, e foto panorâmica. O benefício de se obter uma câmera panorâmica é a liberdade que se tem em fotografar centenas de selfies sem a necessidade de obter o auxilio de um bastão de selfie. Essa modalidade traz um conforto comodismo que muitos procuram.

O preço médio do aparelho poderá custar até R$ 1.500.

Foi publicado no Twitter detalhes físicos do Oppo f7 que incluem a capa com detalhes na cor vermelha aumentando a expectativa dos consumidores. Aparentemente, terá duas nuances do Android, uma versão trazendo 128 GB e a outra se deduz que terá menos memória interna, porém com o mesmo sistema operacional.

Logo serão sanadas todas as dúvidas relacionadas a esse novo lançamento chinês, que estará disponível, claro, para os brasileiros comprarem.

Por Ingrid Santos Cortes

Oppo F7


Modelo está sendo conhecido como o super barato da Nokia e será lançado no MWC deste ano.

Entre as melhores marcas de celulares, iPhones e smartphones que estão lançando aparelhos de alta categoria no mercado, está a empresa Nokia. Recentemente, foram divulgadas imagens do novo modelo promovido pela companhia que deixam claro que o inédito Nokia 1 está prestes a estrear nas prateleiras, alcunhado de baratinho da HMD Global munido de Android GO. Entre os especialistas ele está entre os mais falados, conhecido como o super baratinho da Nokia, cujos rumores sobre os seus atributos giram pelas redes sociais há quase um ano.

No mês de março do ano passado, 2017, foi anunciado o conceito deste aparelho, despertando a curiosidade geral dos consumidores a respeito de seu design integral e finalizado, suas especificações em todos os sentidos e, principalmente, o valor do mesmo no mercado. Depois de 11 meses, alguns atributos do aparelho começam a ser divulgados por meio de vazamento.

De acordo com o que foi angariado, em termos de informações, o novo Nokia 1 está programado para estrear no mercado já neste primeiro semestre de 2018, munido de uma série de boas especificações, tais como: uma tela cujas dimensões ainda não estão definidas, portando resolução HD com 1280 x 720p; munido de 1 GB de memória RAM e 16 GB de capacidade de armazenamento interno. Contém um processador que, apesar de se básico, é potente, com Snapdragon 212 rodando em sistema Android Go.

Uma companhia como a Nokia, muito popular em todo o mundo, com uma tradição de mais de cem anos, finlandesa, especialista em telecomunicações e tecnologia, surpreende a cada ano o público consumidor com aparelhos de alta tecnologia.

Assim, o novo celular possui o sistema operacional que havia sido divulgado por meio da Google nos primeiros meses do ano de 2017, cujo escopo principal foi exclusivo para os smartphones equipados com especificações técnicas bem mais modestas, apresentando-os como smartphones inaugurais de determinada linha, portando um tipo de hardware demasiadamente específico e limitado. Apesar dessa condição, estes aparelhos estarão nas mãos dos consumidores entregando um excelente desempenho em suas funções e design, sobretudo no que se refere ao processamento e à memória RAM.

Quando o consumidor decide verificar as notícias no site Tudo Celular, o mesmo poderá visualizar algumas fotos desde smartphone em diversos ângulos, e, deste modo, poderá conferir quase todo o seu design exterior. Este celular está munido de uma tampa removível, possivelmente produzida em plástico, de acordo com o que é possível deduzir das imagens; possui uma câmera na parte traseira e mais um flash em luz de LED; chegará às prateleiras aparelhado de um tipo de microfone especial para chamadas.

Ainda não estão disponíveis mais dados sobre a intensidade e qualidade da câmera nele instalada, embora os especialistas batam o pé no sentido de afirmar que é muito improvável que a mesma câmera esteja equipada de lentes tipo Zeiss, levando em conta o preço super baixo do aparelho em questão. Modelos mais econômicos se tornam muito mais populares, porém, o alto desenvolvimento das tecnologias na atualidade proporciona uma equiparação bem maior entre modelos mais caros e mais baratos.

Conforme as informações retiradas da HMD Global, é possível que o novo smartphone Nokia 1 seja lançado oficialmente em paralelo com outros modelos, tais como a versão Nokia 6 de 2018, ou o suposto modelo da Nokia intitulado 7 Plus, além do chamado Nokia 9, todos reunidos em um conjunto inédito. Tal apresentação ocorrerá no evento chamado Mobile World Congress, que neste ano está agendado para realização no mês de fevereiro, dia 26 e se estenderá até o dia 1º de março.

Com relação ao valor deste novo celular, os especialistas indicam que o Nokia 1 estará custando em torno de US$ 99.

Vale a pena conferir.

Por Paulo Henrique dos Santos

Nokia 1


Rumores apontam algumas novidades do novo Galaxy S9 da Samsung.

A Samsung deve apresentar no início de 2018 mais uma variante da linha Galaxy S. O novo topo de linha da fabricante deve herdar as melhorias do Galaxy Note 8 e também de seu antecessor, o Galaxy S8. O aparelho, que deve se chamar Galaxy S9, já começa a ter suas novidades vazadas, mostrando que a Samsung deve apostar todas as suas fichas neste que sempre é considerado o melhor aparelho com o Sistema Android instalado.

Ao começar, há sempre aquelas melhorias que chegam: melhor desempenho, bateria com melhor autonomia, câmeras mais parrudas e o Android em sua versão mais recente, com a modificação feita pela Samsung, trazendo recursos em diversas áreas como fotografia, que chegam a aparelhos concorrentes com certa rapidez. O modelo deve ter duas variantes: o Galaxy S9 e S9 Plus, assim como na atual geração, continuando o aproveitamento da tela, com menos bordas, chamada como "tela infinita", possibilitando um pequeno espaço para sensores e a câmera frontal.

Assim como a Apple, a Samsung deve apresentar um melhorado sistema de segurança em seus aparelhos, uma resposta ao Face ID, o desbloqueio facial da maçã. Pelos lados da Apple, o botão de início foi removido do iPhone X, restando apenas o desbloqueio por reconhecimento facial. Ainda não se sabe se o Galaxy S9 virá sem algum botão, porém, um reconhecimento facial deve estar sendo preparado para responder a altura da rival. Lembrando que os atuais topos de linha da Samsung já fazem o desbloqueio por íris, o que deve facilitar na hora de incorporar esta função.

Se falamos do desbloqueio facial e que podemos não ter nenhum sensor biométrico no aparelho, um outro rumor aponta que a Samsung pode estar testando incorporar este botão por baixo da tela, ocupando toda a parte frontal. Este é um recurso que está sendo ventilado para diversos aparelhos, porém, nenhum exemplo prático ainda foi apresentado. Fato é que há uma corrida das fabricantes para provar qual delas será a primeira, e ditará a tendência desse feature daqui para frente. Talvez, a fabricante Sul Coreana use esta carta na manga, assim como a Apple, com o Face ID, irá ditar a tendência em desbloqueio facial, já que as outras empresas buscam se inspirar no modelo em que a Apple implementou.

Outro rumor, que deve deixar descontentes aqueles que elogiaram a Samsung este ano, é que ela deve retirar a saída de fones de ouvido. A empresa foi reverenciada por manter este recurso, já que o iPhone 7 e superiores, bem como outros aparelhos abandonaram o padrão, com a justificativa que devemos andar para frente e evoluir. Se este rumor se confirmar, ela será mais uma fabricante a acabar com a alegria dos saudosistas, possivelmente utilizando a saída USB Tipo C para emitir som através de fones de ouvido compatíveis, ou através de bluetooth.

A Samsung deve equipar a linha S com duas câmeras traseiras. O modelo deve seguir o Galaxy Note 8 e demais aparelhos do mercado, sendo uma câmera tradicional e a outra com a possibilidade de um zoom maior, e outros recursos de fotografia. Esta medida pode trazer mais possibilidades, como alguns recursos de software com o desfoque do fundo, como a Apple apresentou no iPhone 7, por exemplo. Um recurso bacana da Motorola é deixar, de forma nativa, as fotos preto e branco como no Moto X, apresentado há algum tempo.

Só saberemos se estes rumores serão confirmados no lançamento do aparelho. A Samsung deve mostrar ao mundo o "Galaxy S9" já no primeiro trimestre em Barcelona na MWC, a tradicional feira onde as fabricantes mostram um pouco de suas novidades para o ano.

Por Leandrinho de Souza

Samsung Galaxy S9


Modelo estará disponível no Brasil a partir do dia 21 de outubro.

Os brasileiros conheceram enfim o novo smartphone de alto desempenho da Samsung. Após o lançamento do Galaxy S8 e S8 Plus tanto no exterior quanto no Brasil, agora é a vez do Galaxy Note 8 desembarcar em terras brasileiras. Ele já havia sido apresentado no mercado internacional em agosto e desembarca por aqui três meses após seu lançamento.

A Samsung escolheu comercializar novamente uma versão com processador Exynos com oito núcleos que é fabricado por ela mesmo. Existem três opções de armazenamento (64 GB, 128 GB e 256 GB). Completam o pacote um total de 6 GB de memória RAM, o que é mais poderoso do que muito notebook comercializado no país. Para equipar o aparelho, a Samsung escolheu uma tela d 6,3 polegadas, tecnologia Super AMOLED e com resolução 1440×2960 pixels sendo ela uma tela “infinita”, ou seja, com o mínimo de bordas possível, assim como aconteceu nos modelos S8 e S8 Plus. A capacidade da bateria ficou em 3300 mAh com o modo de gerenciamento e economia de energia fornecidos pela Samsung.

Ganha destaque a câmera dupla traseira, sendo este o primeiro smartphone top de linha da Samsung a receber duas lentes na parte de trás. Ambas contam com 12 MP de resolução seguindo a mesma premissa. A primeira como principal e a segunda com ângulo de visão aumentado sendo que ambas tem estabilização óptica. A Samsung destacou os modos de edição via software e modos de fotografia como o modo retrato que faz algo semelhante ao que a Apple colocou no iPhone. Ela cria um desfoque no fundo para fotos profissionais, a lá câmeras DSLR. Já a câmera frontal é de 8MP com lente pensado para o modo de selfies. Lembrando que a câmera traseira também filma em 4K assim como os seus concorrentes principais.

O aparelho já vem equipado com o Android 7.1.1 em seu software contando com a famosa touchwiz que é a modificação do Android por parte da Samsung. A interface que já foi criticada por muitos deve estar mais leve neste aparelho. Além das melhorias na interface, a assistente BixBy está presente rivalizando com Google Now, Siri e Alexa, as assistentes pessoais da Google, Apple e Amazon, respectivamente. Um ponto ruim é que ela não está disponível em nosso idioma, porém está lá caso você queira brincar um pouco.

Os preços definidos pela Samsung são: 4.399 reais pela versão com 64 GB e 4.799 reais pela versão de 128 GB. A versão de 256 GB supostamente não será lançada aqui, pois não teve seu preço nem disponibilidade divulgada. Os consumidores poderão adquirir este aparelho a partir do dia 21 de outubro.

Galaxy Note

A Linha Galaxy Note reúne fãs ao redor do mundo pelo desempenho e qualidade. Muitos consideram este o aparelho que introduziu os conceitos de tela grande, sendo chamado de phabet (uma mistura de smartphone e tablet) lá no ano de 2011. Sua primeira versão tinha 5,3 polegadas assustando o mercado que estava acostumado com telas menores como os iPhones 4 e 4s com suas 3.5 polegadas de resolução.

Outra renovação na época e continua presente até hoje (inclusive na versão 8) é a sua canetinha, batizada de S-PEN. Ela traz diversas funções como captura de tela, desenho e escrita sendo aperfeiçoada ao longo dos anos. Como tradição é lançado todos os anos após os modelos da linha S com revisões da mesma e melhorias no hardware.

Mesmo com o fracasso do Note 7 lançado no ano passado e que teve problemas em sua bateria, com relatos de explosão em números consideráveis e um recall do mesmo, com as novas unidades apresentando os mesmos defeitos, muitos acreditavam que a linha havia acabado, mas a fabricante não iria abrir mão do aparelho sucesso de vendas e de público. Relançou a versão 7, batizada de FE corrigindo os problemas e apresentando ao mundo a versão 8 que deve ser novamente sucesso de vendas.

Por Leandrinho de Souza

Samsung Galaxy Note 8


Confira aqui as configurações do LG Q6 e Q6+.

Vemos com frequência tendências surgindo e sumindo do mercado e não seria hoje que isso mudaria. Desta forma, a mais nova moda nos mobiles são as chamadas telas infinitas, recebe este apelido toda tela que aparenta se prolongar o máximo possível. Porém, essa nova tendência, até o momento, apenas tinha surgido em celulares premiums que ultrapassam facilmente a barreira dos três mil reais. Até o momento.

O LG Q6 e o Q6+ são celulares que vieram para quebrar com esse tabu, pois eles apresentam características de um celular intermediário, porém, com um design incrível, um desempenho bom e por um preço que cabe no bolso de muitos.

No entanto, algo peculiar aconteceu em seu anúncio, o anúncio do aparelho estava programado pela LG para o dia 12 de setembro e segundo a própria empresa, foi deixado um pouco mais para frente por conta do feriado prolongado (questões de marketing). Assim, o LG Q6 e o Q6+, que já estavam nas prateleiras de muitas lojas ao redor do Brasil, foram anunciados oficialmente hoje (19), em São Paulo. Adiante, como já citado, o Q6 vem com características visuais de um celular premium, seguindo com semelhanças exteriores dos modelos mais avançados da LG, e com certeza será o celular mais barato que você encontrará no mercado com esse visual.

Agora vamos direto ao que interessa, as características do celular são:

Tela: IPS LCD de 5,5 polegadas com resolução de 1080×2160 pixels, uma tela grande com uma resolução boa.

Processador: octa-core (8 núcleos de processamento) Snapdragon 435 de 1,4 GHz.

RAM: 3 gigabytes na versão de entrada e 4 gigabytes no Q6+

Armazenamento: 32 gigabytes no Q6, 64 gigabytes no Q6+, porém, as duas versões apresentam memória expansível, com uma gaveta especificamente dedicada para microSD de 256 gigabytes.

Câmera traseira: 13 megapixels, com uma abertura focal de f/2.2 e flash LED

Câmera frontal: 5 megapixels e abertura focal de f/2.2

Ambas as câmeras possuem especificações boas e uma abertura focal alta, o que permite uma boa entrada de luz e uma imagem mais nítida, mesmo que em ambientes pouco iluminado, em tese.

Bateria: 2.900 mAh, não removível e pegando como base algumas experiências do mercado, essa bateria provavelmente aguente, em um uso moderado, por volta de 10 horas.

Sistema operacional: Android 7.1.1 Nougat, a penúltima versão do sistema Android e provavelmente receba a atualização mais recente do robozinho.

Dimensões: 142.5 x 69.3 x 8.1 mm (altura x largura x profundidade, respectivamente), estas características deixam o Q6 com uma característica mais “parruda”.

Peso: ainda mais apresentando um peso de 149 gramas.

Que a frente apresentada pelo LG Q6 é muito bonita para um celular intermediário, não podemos negar, porém, é meio difícil dizer o mesmo sobre a traseira. A empresa, optou por usar um material comum em celulares de baixo custo, o plástico, tentando inclusive dar uma disfarçada, escovando-o e deixando-o brilhoso. Porém, ao pegar o Q6 em sua mão, é nítida a sensação que não se trata de um celular de primeira linha, o que é uma pena, quando a concorrente aposta em uma carcaça de metal em todos seus produtos.

Além disso, temos algumas outras decepções, como a ausência do botão power na traseira e a falta de um leitor biométrico. Desse modo, para evitar que o usuário digite sua senha o tempo todo, a LG apostou num reconhecimento fácil, o que é extremamente falho, sendo possível um desbloqueio com a foto do usuário. A LG nega que será tão fácil desbloquear o celular através de uma foto, mas apenas testes mais aprofundados dirão o veredito.

O Q6 e Q6+ estão no mercado com preços, respectivos, de R$ 1.299 e R$1.599, nas cores preto, cinza e ouro rosé.

Fabrício Guilhermo


Modelo chega ao país custando a partir de R$ 4 mil.

Para quem vive no Brasil e é fã de um celular top de linha, as novidades que chegam são animadoras. É que foi realizada em São Paulo a apresentação da nova linha de celulares top de linha da marca Samsung, fato que surpreendeu a todos, já que o modelo Galaxy S8 foi apresentado em Nova York a pouco menos de um mês.

De acordo com as informações, o Galaxy S8 chega ao Brasil pelo valor de R$ 4.000, já a sua versão considerada o top dos tops chega pelo preço de R$ 4.400, que é o S8 +. A previsão da marca é de que os aparelhos a partir do dia 12 do mês de maio já estejam nas lojas brasileiras.

Sobre suas características, o que mais se destaca a princípio é a sua tela, que não possui nenhum botão e as bordas são mínimas, que caracterizam as chamadas telas infinitas que são de 5,8 e 6,2 polegadas, o que evidencia que o único diferencial entre o aparelho S8 e o S8+ é mesmo o tamanho, pois as demais características são basicamente as mesmas.

Ambos modelos vêm equipados com Android 7.0 , 4 GB de memória RAM e processador Exynos 8895, características que fazem com que o Galaxy S8 seja colocado no ranking dos celulares mais rápidos de todo o mundo.

Com um alto nível de tecnologia, o aparelho possui um sistema biométrico localizado na parte traseira que faz o reconhecimento do rosto de seu proprietário ou dos olhos para assim desbloquear.

Mesmo com entrada para fones de ouvido, a Samsung por meio de certificação garante que o aparelho é a prova de água.

Com uma câmera na parte de traz de 12MP, é possível a gravação e vídeos em 4K. Por sua vez, a câmera frontal possui 8 MP.

Enfim, o novíssimo Samsung S8 e S8 plus chega ao Brasil prometendo impressionar muita gente com suas novidades tecnológicas. Dessa forma a Samsung entra na briga pelo título de marca que produz os melhores aparelhos do mundo, conquistando assim a fidelidade de seus consumidores tanto no Brasil quanto no exterior.

Se você já está contando os dias para a chegada do Galaxy 8 da Samsung, acesse o site da marca no Brasil e saiba tudo.

Sirlene Montes


Confira aqui o que mudou e os preços das novas versões dos smartphones LG K10, K8 e K4.

A empresa LG anunciou o lançamento dos smartphones LG K 10, K 8 e K 4, no último dia (07/02), no Rio de Janeiro. A sul-coreana fez novas versões de sua linha K para aperfeiçoar os aparelhos e atender melhor seu público.

As duas novidades são LG K 10 Pro e LG K 10 Power, expansão da linha K, além dos antigos K 10, K 8 e K 4, que foram aperfeiçoados.

Dentre as melhorias nas especificações está a mais nova versão do sistema operacional: Android 7 Nougat, a inclusão de leitor de impressões digitais, o upgrade na memória RAM, a canetinha stylus e a bateria de longa duração.

O destaque do lançamento é o LG K 10 Pro, com tela de 5,7 polegadas e câmera principal de 13 megapixels. Esse modelo é bem parecido com o de sua concorrente Samsung, o Galaxy Note. Ele possui uma canetinha denominada Smart Pen Pro, que segundo a própria marca, funciona com a "precisão de uma caneta real e excelente experiência de usabilidade na navegação".

A nova versão do sistema operacional do Google, o Android 7 Nougat, está presente no LG K 10 Pro, mas essa novidade é exclusiva dele, pois o sistema também integra os outros dois modelos K 10 2017 e K 10 Power. Vale lembrar que o LG K10 Pro tem como diferencial uma câmera frontal com melhor desempenho para selfies, porque possui uma lente grande angular de 120 graus.

Já o K 10 Power é uma aposta para os consumidores que procuram por celulares de carga com longa duração, com energia de 4.400 mAh. Ele também se destaca no armazenamento interno, com 32 GB.

O smartphone mais caro é K 10 Pro, que custa R$ 1.499,00. No quesito preço baixo, o modelo K 4 2017 sai na vantagem. Básico, mas que atende aos consumidores menos exigentes, o aparelho possui tela de 5 polegadas, câmera principal de 8 megapixels e 8 GB de memória interna. Seu preço sugerido de R$ 699,00.

Os novos aparelhos estão distribuídos na categoria de smartphone básico a intermediário. Atendendo aos diferentes tipos de consumidores desde aqueles que preferem melhores recursos e aos que optam por valores mais acessíveis. Os preços sugeridos variam de R$ 699,00 a RS 1.499,00.

Embora já anunciados no Brasil, os novos aparelhos deverão chegar às lojas em datas distintas, entre final deste mês a abril deste ano. Um deles já está sendo vendido nas lojas virtuais.

Mais informações acesse o site da LG: http://www.lg.com/br.

Daniella Parreiras Dutra


Confira aqui o preço e a ficha técnica do Lenovo Vibe C2.

É visível que os preços estão exorbitantes quando falamos do mercado de smartphones no Brasil, com valores que chegam a quase cinco mil reais. E se você está em busca de um celular barato, mas que atenda muito bem as suas necessidades básica, apresentamos o Vibe C2.

Se a sua ideia é gastar pouco e ter um bom celular, o modelo da marca Lenovo será comercializado nas lojas de varejo por preços a partir de R$ 490. O preço pode ser justificado, inicialmente, pelo seu acabamento, que é em plástico e relativamente simples em relação aos demais aparelhos.

Com tela de 5 polegadas em HD (720 x 1280 pixels), o modelo Vibe C2 pesa 135 gramas e reproduz as imagens com uma grande nitidez de cores. Outro agregado é em relação ao áudio, que apresenta as músicas com perfeição e poucas distorções. Ainda, o aparelho vem com um fone de ouvido compatível com o mesmo.

A bateria é de 2.750 mAh, de rápido carregamento. Esse é, inclusive, um dos grandes diferenciais, uma vez que os smartphones dessa faixa de preço normalmente demoram muito para serem carregados.

O processador do mesmo é de quatro núcleos, sendo a memória RAM de 1 GB. Sendo assim, seu desempenho tende a desejar, sendo considerado mediano.

Por outro lado, não se espera problemas quanto a conexão com alguns aplicativos básicos, como contas de e-mail, Whatsapp e outros. Basta, todavia, evitar o uso de vários apps simultaneamente, uma vez que, por conta disso, podem haver alguns travamentos do aparelho.

Outra dica importante é o armazenamento em nuvem de arquivos, uma vez que o armazenamento interno dá conta de 16 GB, que são rapidamente consumidos por conteúdos baixados. Para expandir a memória, ainda pode-se utilizar um cartão de memória de 32 GB.

Em relação à câmera, essa possui uma principal de 8 MP e uma frontal sem flash de 5 MP. Sendo assim, fotos de boa qualidade são esperadas e não vão decepcionar os usuários.

Com comercialização no Brasil desde metade do ano passado, o Vibe C2 é com certeza um achado em um mercado cada vez mais competitivo e, pode-se dizer, caro. Por isso, essa pode e deve ser uma boa opção para você que espera um bom custo benefício de um aparelho.

Kellen Kunz


Aparelho possui tela de 6 polegadas e maior bateria do mercado.

O Samsung Galaxy A9 é o celular ideal para quem aprecia qualidade. Tela com super resolução, câmera super competente e longa duração de bateria (sem muito tempo de recarga) são algumas de suas qualidades.

A propaganda não é enganosa. O Galaxy A9 SUPER AMOLED tem tela FULLHD de 6 polegadas e 1080×1920 pixels de resolução. Não bastasse isso, o aparelho conta com uma potente bateria, que dura 436 horas em stand-by.

Para quem é ligado em alta qualidade de imagem, o A9 é o celular perfeito. O aparelho conta com uma câmera de 16 megapixels, grava em FULL HD, possui estabilização óptica de imagem (o que garante a qualidade da foto mesmo quando tirada em movimento), a resolução pode chegar a 4608×3456 megapixels e a câmera possui flash LED.

Para armazenar tanta qualidade, o aparelho é equipado com 4GB RAM, mais memória interna de 32GB. Vale lembrar que o smartphone conta com capacidade de expansão da memória para até 256 GB via MicroSD.

Além de toda essa tecnologia, quem gosta de aproveitar tamanha qualidade para ver vídeos online, não ficará na mão. Com uma única carga, o A9 tem autonomia de 20 horas de navegação pela rede 4G, velocidades máximas de 50mbps em upload e 350mbps em download. Vale lembrar que toda essa potência não está atrelada à horas de carregamento: o carregamento da bateria é rápido.

O celular tem espaço para 2 chips nano, opera o Android 6.0.1 Marshmallow e pesa 210 gramas.

A câmera frontal é de 8 megapixels e também grava em FULL HD (30 fps).

Comparando os preços online, o Galaxy A9 é encontrado por até R$ 2.089,00, enquanto no site oficial da marca está avaliado em R$ 2.799,00.

Em setembro (16), o A9 foi lançado na Índia. Há rumores – chineses – de que no Brasil uma nova versão do A9 será lançada na virada do ano, mas nada confirmado ainda.

Na hora de escolher o celular, vale a pena pesar o custo-benefício. Se você mescla muitas horas de navegação com muito tempo longe do carregador, se você vê muitos filmes e fotos, se você gosta de estar sempre compartilhando cenas do seu dia-a-dia ou produz conteúdo, gravando vídeos, o Samsung A9 é com certeza uma excelente escolha.


Modelo será o primeiro dispositivo a chegar ao país com o melhor processador da atualidade. Preço estimado é de R$ 3.199.

Na manhã da última quarta-feira, 14, a Motorola revelou todos os detalhes do Moto Z durante a realização de um evento em São Paulo. O mais novo top de linha para o mercado brasileiro chega por aqui ainda este mês. Juntamente com ele teremos uma variedade de acessórios modulares e também uma opção alternativa chamada pela marca de Moto Z Play.

O Moto Z chega ao mercado brasileiro em grande estilo, como o primeiro dispositivo topo de linha a ser lançado no país com o melhor processador que se encontra no mercado atualmente. Estamos falando do Qualcomm Snapdragon 820.

Entretanto, ainda assim, e como era de se esperar, sempre há um, “porém’. A nossa opção do Moto Z terá uma versão do citado processador um pouco inferior. Ele chega a alcançar 1,8 GHz. A versão americana do aparelho, a mais rápida, terá o Snapdragon 820 com capacidade para clock de 2,2 GHz.

A versão mais básica do dispositivo será disponibilizada em duas cores, branco dourado e preto grafite. O aparelho custará os salgados R$ 3.199,00. Além do dispositivo em si, ainda vamos encontrar junto com ele uma capa personalizada e também um Moto Snap de bateria que, de acordo com a fabricante, tem a finalidade de agregar mais um dia de autonomia para a bateria do celular.

A opção brasileira do Moto Z terá uma solução dual-chip inteligente. Basicamente ele será capaz de identificar por conta própria de qual operadora é o número e escolher o cartão SIM adequado.

O Moto Z contará com 64 GB de memória. Se o usuário fizer uso do suporte para cartão micro SD a expansão poderá chegar a 2 TB. A tela é uma Quad-HD com 5,5 polegadas, a câmera principal oferecerá 13MP e conta com estabilizador ótico e foco a lazer.

Sobre o Moto Z Play, ele chegará ao Brasil com um kit mais simples. Será acompanhado apenas por uma capa personalizada. O preço inicial desse aparelho é de R$ 2.199,00.

Uma curiosidade sobre esses aparelhos é que antes mesmo da Apple tornar público o fim da entrada tradicional para fones de ouvido, a Motorola já havia saído na frente e tirado esse “item” desses dois dispositivos.

Por Denisson Soares


Confira aqui as principais configurações do novo Samsung Galaxy J2.

Ao trazer para o mercado brasileiro o seu novo dispositivo, o J2, a Samsung basicamente estava terminando de completar a sua linha Galaxy J. Mas voltando ao J2, temos um aparelho interessante que serve para ser um modelo de entrada com a finalidade de atender a essa área que é bem forte por aqui. De fato, o modelo trazido pela Samsung não chama a atenção por contar com especificações robustas. Entretanto, mesmo assim, ele consegue atender muito bem o papel a que se propõe: Um dispositivo que seja barato, que traga a possibilidade de poder rodar os principais apps e recursos que são apresentados pelo Android. Apesar de ser uma notícia animadora, o aviso tem que ser dado: É bom não esperarmos muito dele.

O J2, em primeiro lugar, traz duas versões. O usuário poderá escolher uma que tenha TV digital e a outra sem o recurso. De qualquer forma, os dois modelos contam uma coisa legalzinha: são perfeitamente compatíveis com o funcionamento simultâneo de dois chips. No mais eles ainda contam com slot para o cartão microSD.

Em termos visuais temos as bordas que foram construídas em material plástico. Porém, ele passa uma sensação de se tratar de uma estrutura metálica.

O Galaxy J2 ainda chama a atenção por conseguir entregar uma experiência que não chega a ser premium, mas passa perto. Pelo menos é essa a sensação que temos quando pegamos o aparelho num primeiro momento.

Contamos aqui também com uma tela de 4,7 polegadas Super AMOLED. A resolução apresentada é de 960×540 pixels. De acordo com a fabricante, a densidade é de aproximadamente de 234 pixels por polegada. Continuando com alguns detalhes da parte da frente do aparelho, vamos encontrar uma câmera com 2 megapixels sendo que a abertura é de f/2.2. Além disso, o usuário contará também com alto-falante tradicional para as ligações e sensores de luz e proximidade.

Mesmo possuindo um preço mais em conta, a fabricante optou por colocar no modelo um chipset Exynos 3475 quad-core ARMv7, possuindo uma arquitetura de 32 bits. Ele roda a 1.3 GHz.

Na memória interna vamos encontrar 8GB sendo disponibilizados. Mas engana-se quem pensa que ela estará completamente disponível. Basicamente o que o usuário do J2 terá a sua disposição é pouca coisa a mais do que 4GB. Em outras palavras, isso resume a necessidade que o consumidor terá de adquirir um cartão microSD.

Por Denisson Soares


Confira aqui as configurações e o preço do no Samsung Galaxy Note 7.

A Samsung acaba de anunciar oficialmente o Galaxy Note 7, o mais novo smartphone top de linha da marca. O aparelho se destaca em vários detalhes como, por exemplo, tela Super AMOLED com bordas curvadas, além de 5,7 polegadas. O anúncio oficial foi feito em um evento realizado de forma simultânea no Rio de Janeiro, Nova York e em Londres. O preço sugerido do aparelho no mercado brasileiro é de R$ 4.299 e deve estrear em nosso mercado a partir de meados de setembro.

Um detalhe bastante importante que deve ser destacado era a grande expectativa em relação a este lançamento. As semanas que antecederam o anúncio oficial foram marcadas por vazamentos e boatos em relação à característica, bem como preços e demais informações sobre o Galaxy Note 7.

A boa notícia é que as expectativas em relação ao Note 7 se confirmaram, pois o smartphone deve chegar bastante forte ao mercado, recheado de tecnologia e uma configuração bastante pesada. Um dos destaques é, sem sombra de dúvidas, a câmera principal de 12 megapixels, além da frontal que possui 5 megapixels e é destinada aos famosos selfies. O hardware em si das câmeras é o mesmo encontrado no S7, um dos melhores da atualidade. Como adicional temos a tecnologia Dual Pixel, que é capaz de utilizar cada pixel da foto visando ajustar o foco da mesma.

Outro hardware que se destaca é o processador octa-core que visa um melhor rendimento do Android e demais softwares. Além disso, temos a memória RAM de 4 GB, seguindo o mesmo padrão do S7.

Um dos diferenciais deste aparelho é a capacidade de armazenamento interno, que foi expandida para esta versão se compararmos com outras versões da Samsung. O Note 7 tem a sua disposição nada menos que 64 GB de espaço interno, sendo que existe a opção para expansão via cartão microSD para até 128 GB ou 256 GB.

Além de toda a potência em relação a hardwares, vale destacar que uma das principais preocupações do Note 7 é com segurança e privacidade. Portanto, o aparelho é equipado com um scanner de íris. E visando uma maior durabilidade do Note 7, o mesmo possui resistência à água e poeira.

Por Bruno Henrique


Acessório monitora pertences do usuário e mostra no smartphone seu posicionamento.

O celular tem ajudado e muito as pessoas no cotidiano. São tantos atributos que fica difícil tentar inventar mais alguma coisa que ainda não tenha surgido em nosso meio. Certo? Errado.

Isso porque a Phone Halo criou recentemente um dispositivo chamado de TrackR. O intuito em relação à sua utilização é muito simples: colaborar com os usuários de smartphones para que estes encontrem objetos que, por ventura, perderam ou foram roubados. Um exemplo disso é quando alguém acaba não lembrando mais de onde estacionou o seu carro.

Pequeno e extremamente discreto, do tamanho de uma tampinha de garrafa, o produto está revolucionando o mercado. O objeto funciona da seguinte maneira: é necessário emparelhá-lo com o aparelho celular e ainda baixar gratuitamente o aplicativo. É fundamental saber que este app somente está disponível para Android e iOS.

Quando realizado isto, é importante guardar sempre o aparelho no objeto que se quer localizar em caso de perda, podendo este ser feito em uma carteira, um chaveiro, uma mochila, entre outros. Com isso, o item será sempre localizado quando for necessário.

Portanto, exemplificando para o que foi dito anteriormente, se o intuito é usar o TrackR para proteger seu carro, guarde-o dentro do veículo. Em seguida, assim que o usuário der pela perda, basta que este abra o aplicativo no seu celular smartphone. Assim, logo será possível ver no mapa a localização do acessório, por meio da opção “encontrar dispositivo”. Ainda, aparecerão no mesmo as coordenadas para o local em que ele está no momento.

Como se pode notar, o utensílio tem importância também para o contexto em que se vive hoje. Isso porque, diariamente objetos de valor são roubados em todo o mundo. Com isso, o TrackR acaba se tornando uma importante ferramenta para recuperar aquilo que foi furtado e, consequentemente, chegar aos ladrões mais rapidamente.

E aí, gostou do acessório? Quem ficou curioso para conhecer mais sobre essa inovação, vale assistir o vídeo abaixo e se informar. Já se você tiver interesse nele, pode adquiri-lo muito facilmente no site. Basta acessar aqui https://4tw2.com/. O melhor de tudo é que o item, apesar de toda a tecnologia embutida, é extremamente barato, com valores em torno de 29 dólares. Além disso, é ainda possível encontrar no portal promoções com descontos na compra de mais unidades, basta ficar ligadinho.

Kellen Kunz


Novo smartphone da Lenovo é focado no público que busca um aparelho de baixo custa. Saiba mais sobre o aparelho.

Nesta última semana, do mês julho, a Lenovo anunciou o lançamento oficial aqui no Brasil do Vibe C2, o seu mais novo dispositivo de baixo custo. O aparelho apresenta configurações simplistas. Vamos ver alguns detalhes.

Apesar das configurações relativamente modestas, o Vibe C2 chegará com a última versão do sistema operacional Android, a 6.0 Marshmallow. Entretanto, não fica claro se os usuários poderão atualizar a versão no futuro. Outro ponto que se destacou foi a autonomia da bateria. Ela conta com 2.750 mAh e vem com tecnologia de carregamento rápido. Isso ajuda bastante aquelas pessoas que precisam usar o celular por muito tempo.

No interior do dispositivo vamos encontrar um processador Mediatek MT6735P. Aqui há um núcleo quádruplo e clock de 1 GHz. A memória RAM conta com 1 GB. Já para armazenamento interno temos 16 GB. Entretanto, esse potencial pode ser expandido de acordo com a vontade do usuário para até 32 GB com o uso de cartões microSD. A câmera traseira vem com 8 megapixels, enquanto que a frontal conta com 5MP.

O novo aparelho da Lenovo ainda traz suporte para dois chips. Neste caso, o primeiro slot possui ainda conectividade para 4G e o segundo permanece oferecendo suporte para 3G.

O Vibe C2 tem botões físicos de maneira que o display do aparelho poderá ser melhor usado para as imagens que podem ter resolução de até 1280 por 720 pixels.

Com relação ao design, vamos encontrar um aparelho bem simples. Seu corpo é de plástico, mas conta com linhas elegantes. A entrada para o fone de ouvido fica situada na parte superior do dispositivo, assim como o flash para câmera traseira. Interessante notar que o sensor da câmera é bem pequeno, contando apenas com ¼ de polegada.

O dispositivo poderá ser encontrado em duas opções de cores, sendo preto e branco.

De acordo com informações da fabricante, o Vibe C2 já estará sendo disponibilizado para os consumidores a partir dos últimos dias desse mês de julho, nas principais lojas do país. Com a compra à vista e os descontos os preços do novo aparelho podem cair para R$ 630.

Para quem não quer gastar muito nesse tempo de crise, aí está mais uma opção!

Por Denisson Soares


Edição especial é inspirada no jogo Injustice e estará disponível na China, Singapura, Coreia do Sul e Rússia.

Que a tecnologia evolui na velocidade da luz, nós já sabemos, o que não esperávamos é que a Samsung divulgaria em seu Twitter, no dia 23 de maio, a versão do novo Galaxy S7 Edge Injustice Edition, inspirada no jogo de luta Injustice: Gods Among Us, tendo como personagem principal o nosso Cavaleiro das Trevas, Batman.

Esta nova versão do S7 Edge é uma colaboração entre a Warner Bros e a DC Entertainment como comemoração do terceiro aniversário do jogo e estará disponível em junho em alguns países como China, Singapura, Coreia do Sul e Rússia. Vale mencionar que a América Latina também está nessa lista, com isso o aparelho tem grande probabilidade de chegar ao território tupiniquim.

É claro que o dispositivo móvel não tem somente o design como novidade, o pacote todo vem com o Galaxy S7 Edge de cor preta com detalhes dourados e o flagship do morcego (bem característico do Batman) e inclui os óculos de realidade virtual Samsung Gear VR, uma capa de proteção toda estilizada e inspirada nas vestimentas do Cavaleiro, além de vales de crédito do Jogo Injustice: Gods Among Us. O preço já revelado pela marca é de mais ou menos US$ 1.200,00, cerca de R$ 4.168,68, portanto, é melhor os amantes de jogos e do herói das trevas prepararem os bolsos se Injustice Edition chegar mesmo ao Brasil. 

Você conhece o Samsung Galaxy S7 Edge?

O Galaxy S7 Edge é o primeiro dispositivo móvel com design ergonômico. Ele tem curvatura na parte traseira e dianteira do aparelho para melhorar a abertura e visibilidade de fotos, vídeos, aplicativos e para garantir o conforto na hora de segurá-lo. Os que tem mãos pequeninas vão agradecer pelo cuidado de pensar nesse conforto.

O smartphone da Samsung utiliza o sistema Android, possui conexão com rede 4G, conta com memória de 64 GB (Expansível com cartão de memória), possui display de 5,5 polegadas, conta com câmera traseira de 12 MP e frontal de 5 MP, possui conectividade com GPS e Wi-Fi, entre outros.

Para conferir mais detalhes sobre o aparelho acesse o site oficial da marca.

Aos antenados e viciados em tecnologia e inovação de dispositivos móveis, o Galaxy S7 Edge já está disponível no mercado brasileiro pela faixa de preço entre R$ 3.299,00 e R$ 4.299,00. 

Resta esperar a versão Batman!

Ana Luiza Suficiel


Aparelho terá três versões que devem agradar em cheio os amantes de smartphones com telas grandes.

A Xiaomi, embora seja uma empresa extremamente nova, já aparece como uma das marcas mais fortes e com maiores investimentos no mercado chinês e até mesmo mundial. Seguindo essa tendência, a empresa acabou de anunciar o seu novo smartphone, o Mi Max, phablet da empresa que conta com boas configurações técnicas e deve atrair o público que adora telas maiores para assistir a vídeos na Internet e acessar a rede, se tratando ainda de um aparelho compacto mesmo com seu tamanho.

O dispositivo aparece em três versões, todas com características equilibradas, não havendo muita diferenciação entre o poder do processador e a quantidade de memória RAM, por exemplo. O aparelho é feito totalmente em metal e conta com leitor de impressões digitais, características bastante atraentes para um dispositivo desse nível. O preço também pode ser considerado bom, apresentando um excelente custo-benefício final ao consumidor. Confira.

Para diferenciar as três opções de seus dispositivos, a empresa apostou em variantes mais potentes e menos potentes, ao invés de simplesmente seguir o padrão do mercado, de alterar a quantidade de armazenamento interno e memória RAM de um dispositivo para o outro.

A primeira versão do Mi Max conta com 3GB de RAM, 32GB de armazenamento interno e o processador Snapdragon 650. Das três versões, esta é a mais simples. A segunda versão do smartphone da marca chinesa conta com 3GB de RAM, 64GB de armazenamento interno e o processador Snapdragon 652.

Já a última e mais potente versão do dispositivo conta com 4 GB de RAM, 128GB de armazenamento interno e o processador Snapdragon 652.

Em comum em todas as versões, temos a tela de 6,44 polegadas, placa gráfica Adreno 510, câmera traseira de 16 megapixels e frontal de 5 megapixels, acesso ao 4G, leitor de impressões digitais, sensor infravermelho, bateria de 4.850 mAh e o Android Marshmallow 6.0 como sistema operacional.

Por enquanto, a data de lançamento ainda não foi definida pela empresa, mas o preço do dispositivo e as cores, cinza claro e dourado, já foram divulgados. A tendência é que o aparelho seja lançado primeiro na China e depois nos demais mercados, porém, os preços já foram revelados pela Xiaomi.

Em sequência, de acordo com o mencionado na matéria, a primeira versão custará US$ 230 ou cerca de R$ 810. Já a segunda versão custará US$ 260 ou cerca de R$ 915, enquanto que a versão mais potente do dispositivo custará US$ 300, algo em torno de R$ 1.055, sempre desconsiderando os impostos, é claro.

A empresa possui suporte no Brasil e há a possibilidade do dispositivo ser lançado por aqui, ao menos uma de suas versões.


Novos aparelhos da Huawei possuem preço baixo e boas configurações.

A Huawei, entre as conhecidas empresas chinesas que investem cada vez mais no mercado de dispositivos móveis, é uma das mais experientes, tendo sido fundada em 1987. Tentando recuperar o espaço perdido nos últimos tempos para suas concorrentes mais novas, a empresa anunciou oficialmente o G9 Lite, seu novo smartphone, além de seu novo tablet, o MediaPad M2 7.0, ambos dispositivos intermediários e que serão lançados por um preço bem abaixo ao que acompanhamos atualmente no mercado, característica marcante das empresas chinesas.

As configurações dos dois dispositivos, embora intermediárias, podem ser consideradas boas, além do fato do visual e design de ambos ser bom e muito bem polido, uma tentativa da empresa de atrair consumidores não apenas pela qualidade de hardware, mas também pela atratividade de sua aparência.

Por enquanto o Huawei G9 Lite está disponível para pré-venda antecipada apenas na China, pelo preço extremamente atraente de apenas US$ 260, algo em torno de R$ 925 ainda desconsiderando os impostos a serem cobrados sobre o dispositivo em solo nacional.

O aparelho conta com uma tela de 5,2 polegadas Full HD, 3GB de RAM, 16GB de armazenamento interno (expansível por cartões microSD), processador Kirin 950 octa-core com clock máximo de 2,0 GHz (o que coloca o dispositivo da Huawei acima de praticamente todos seus concorrentes), placa gráfica ARM Mali-T880MP2, câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 8 megapixels, leitor de impressões digitais e Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional.

Já o MediaPad M2 7.0, novo tablet da empresa, ainda não está disponível para venda antecipada, embora isso deva acontecer em breve. Apesar disso, o seu preço já foi revelado, tanto para a versão Wi-Fi como para a versão 4G, sendo US$ 246 e US$ 277, respectivamente, ou algo em torno de R$ 875 e R$ 985, na cotação atual do dólar ainda desconsiderando os impostos a serem cobrados sobre o dispositivo.

O tablet conta com uma tela de 7 polegadas Full HD, com 3GB de RAM, 16GB ou 32GB de armazenamento interno (expansível por microSD), processador Qualcomm Snapdragon 615 octa-core com clock máximo em 1,7 GHz, placa gráfica Adreno 405, câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 5 megapxiels, com bateria de 4.360 mAh e o Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional.

Embora ambas as opções sejam extremamente interessantes e com um preço igualmente baixo, o produto não deve ser lançado oficialmente no Brasil, que vem recebendo poucos produtos da Huawei, embora possivelmente vários vendedores devam importar o produto para vender por aqui, visto seu baixo preço.


Aparelhos deverão fazer parte de uma nova linha de smartphones intermediários da Sony.

A Sony há tempos vem cambaleando em diversas áreas de tecnologias as quais investe, provocando uma imensa instabilidade na empresa. Entretanto, um dos mercados que mais chama atenção pelos problemas que a Sony vem enfrentando é o de smartphones, a ponto de seu novo lançamento intermediário, o Xperia X, ser lançado no Reino Unido por um valor superior ao Samsung Galaxy S7 e ao LG G5. Todavia, a empresa nipônica não desistiu desse mercado e testes de benchmark divulgados pelo conhecido site GFXBench revelam dois novos possíveis dispositivos intermediários da empresa.

Trata-se do F3216 e do F3311, que passaram por testes de benchmark, que criam uma pontuação para dispositivos móveis de acordo com seu desempenho nos mesmos, no caso dos dois aparelhos, revelando já hoje suas possíveis configurações ao menos até o momento dos testes, demonstrando que ambos devem se tratar de uma nova família de dispositivos móveis intermediários.

Nas configurações de ambos abaixo, será possível observar que de fato os dois smartphones possuem configurações que o caracterizam como um dispositivo de meia linha, tendo como grande foco a capacidade de sua câmera, algo já comum em smartphones da Sony, que também se consagrou pela qualidade de suas câmeras

O Sony F3216, segundos os testes do GFXBench, conta com o Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional, contando com uma tela de 4,6 polegadas Full HD. Como processador, o dispositivo da Sony conta com o MediaTek MT6755, que tem clock máximo de 1,9 GHz, octa-core, algo bem agradável para um dispositivo intermediário, visto que muitos ainda são lançados contando com apenas 1,3 GHz ou pouco mais. Sua placa gráfica é a Mali-T860 e possivelmente algo que pode decepcionar os usuários caso confirmado é sua memória RAM de apenas 2GB. Nos testes, o dispositivo é apresentado como tendo 10GB de RAM, entretanto, é quase certo que isso se deve ao fato do dispositivo testado ser apenas um protótipo para testes do que deveremos ver futuramente. O dispositivo ainda conta com uma câmera traseira de 20 megapixels e frontal de 15 megapixels, não tendo suporte ao HDR.

Já o Sony F3311 é o outro dispositivo apontado nos testes de benchmark. Ele também possui o Android 6.0 Marshmallow, com tela HD de 4,6 polegadas, processador MediaTek MT6735, quad-core com clock máximo em 1,3 GHz, placa gráfica Mali T-720 e apenas 1,5GB de memória RAM. Sua câmera traseira possui 12 megapixels e a frontal 4,7 megapixels.

Maria Luiza Mazzo


Empresa registra patente de tecnologia que busca evitar que usuários passem por situações constrangedoras devido aos erros dos autocorretores ortográficos.

Não é segredo para ninguém que os autocorretores disponíveis atualmente para os usuários, de diversas empresas, acabam mais por atrapalhar do que ajudar os usuários, graças aos erros na hora de corrigir as palavras que o usuário escrever que, por vezes, beiram o absurdo, gerando até mesmo situações constrangedoras para os usuários. Entretanto, é evidente que mais cedo ou mais tarde as empresas buscariam uma solução para algo que poderia e deveria ser extremamente útil, mas que acaba se tornando um estorvo para os usuários e aparentemente a empresa que dará o pontapé inicial para essa mudança é a Apple.

A empresa registrou uma nova patente, na qual apresenta uma tecnologia que visa dar fim aos constrangimentos e erros causados pelos autocorretores. A patente se apresenta de forma extremamente simples, ao menos por enquanto e na teoria, visto que existiria apenas uma nova funcionalidade que colocaria uma linha azul logo abaixo da palavra que foi corrigida pelo autocorretor, o que aparentemente não parece ser uma solução, de fato, para esse problema.

Embora a iniciativa de se corrigir algo que causa enormes transtornos em alguns casos, a medida parece teoricamente ser ineficiente, visto que grande parte dos erros dos corretores ocorrem quando o usuário digita muito rápido, usam o Swipe ou o corretor simplesmente acredita que, uma palavra que não possui em seu vocabulário, está errada e acaba a alterando para algo completamente sem sentido.

Aparentemente, isso significa que a linha azul, que indicaria que a palavra foi corrigida, seria exibida juntamente com a linha vermelha, que exibiria o que está escrito de maneira errada. O que aparenta acabar atrapalhando o visual dos aplicativos, já que se tornaria algo realmente estranho, ainda mais em casos de quando a mensagem é grande ou até mesmo um texto é escrito.

Entretanto, como a patente foi descoberta há pouco tempo, é possível que essa seja apenas uma parte de algo embrionário que a Apple vem desenvolvendo para tentar acabar com os constantes erros dos corretores ortográficos, bastando esperar para acompanhar o desenrolar das próximas informações.

A Apple, evidentemente não comentou a informação a respeito da patente que visa melhorar os autocorretores para iOS, devendo se pronunciar apenas quando o projeto estiver melhor definido.

Maria Luiza Mazzo


Novo modelo promete excelente hardware e custará cerca de US$ 415.

As empresas chinesas Qihoo e Lenovo anunciaram essa semana um novo smartphone. Com a marca ZUK, o aparelho conta com especificações bastante interessantes, incluindo 6 GB de memória RAM. O aparelho é fruto de uma parceria das duas empresas, que iniciou no ano passado com o lançamento do Z1. Neste ano, a ZUK tem como objetivo oferecer um smartphone com um excelente hardware com um preço acessível.

O Z2 Pro custa em torno de US$ 415, valor acima do esperado nos diversos rumores que rondaram a internet nas últimas semanas. O aparelho conta com 128 GB de armazenamento interno e com inúmeros sensores para oferecer dados precisos na prática de atividades físicas, que incluem oxigenação sanguínea, frequência cardíaca e detecção de raios ultravioletas.

O ZUK Z2 Pro conta com uma tela AMOLED de 5,2 polegadas e resolução Full HD. Seu processador é um Qualcomm Snapgradon 820 QuadCore, rodando a 2,1 GHz, aliado a 6 GB e memória RAM. A câmera principal do aparelho tem 13 megapixels (com f/1.8) e foco automático, enquanto a câmera frontal é de 8 megapixels.

O Z2 Pro também conta com um sensor biométrico para permitir acesso com segurança ao aparelho e também é equipado com uma tecnologia de auto aprendizado que se torna mais eficaz a medida que é utilizado. Sua bateria tem uma autonomia de 3.100 mAh. Seguindo a tendência, o dispositivo acompanha uma porta USB C. Seu design não foi deixado de lado. O aparelho é bastante atraente com um corpo em metal e traseira em vidro. Um outro detalhe que chama atenção no ZUK Z2 Pro é o suporte ao iCloud da Apple. Os usuários poderão obter acesso aos backups realizados em iPhones, podendo baixar qualquer arquivo armazenado na nuvem. Seu sistema operacional de fábrica é o Android 6.0 Marshmallow. A ZUK adaptou o sistema inserindo uma interface customizada proprietária, a ZUI. A empresa disponibilizará uma versão mais barata do aparelho com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno.

Ainda não há qualquer informação sobre quais países ele estará disponível. No entanto, é bem difícil que ele desembarque em território brasileiro. A expectativa é que o Z2 Pro chegue aos Estados Unidos. Sendo assim, se você está interessado no aparelho, poderá utilizar algum meio para importar o aparelho, que deverá ter um preço atraente mesmo com a conversão do dólar e os impostos aplicados.


Aparelho chega ao Brasil com belo design e certificação IP67.

Falar em Samsung mexe com a cabeça de muitos apaixonados por tecnologia. Há anos, a empresa inova e investe no mercado da modernidade, a fim de conquistar novos clientes e de manter os que são fieis a fabricante de aparelhos eletrônicos. Por isso, a Samsung traz ao mercado o seu mais novo lançamento: o Galaxy S5 Duos.

O site da própria Samsung traz como principal especificação do aparelho o seu design moderno, que se adapta ao perfil do usuário em suas diversas atividades diárias. O design do Galaxy S5 Duos promete conquistar por ser resistente e moderno. Com o Galaxy S5 Duos, você não precisa mais se preocupar de molhar ou sujar o celular com poeira. A Samsung garante que o aparelho possui a certificação IP67, que dá a esse aparelho essa função. Mas calma, não vá sair por aí jogando o celular na lama ou mergulhando tirando fotos debaixo d’água. O celular é resistente contra poeira e água, mas não é há “prova d’água”.

Além disso, os apaixonados por foto não ficarão para traz. O Galaxy S5 Duos possui câmera de 16 MP com alto foco ultra-rápido. As fotos sairão com mais vivacidade e brilho. Para ver fotos e vídeos em alta qualidade, o Galaxy S5 Duos conta com uma tela de 5.1” com tecnologia Super Amoled de alto brilho. A tela é tão grande, mas tão grande, que irá proporcionar uma boa visão. Sobre os arquivos com a Tecnologia HDR, você poderá capturar fotos com brilho vivaz, mesmo quando a luz é precária e não proporciona boas fotos. A câmera ainda possui foco seletivo que permite você selecionar o que quer manter em foco na foto e deixar o segundo plano desfocado.

Os apaixonados por esporte irão amar o monitor cardíaco integrado ao aparelho. O Galaxy S5 Duos vem com um monitor cardíaco que permitirá medir a frequência cardíaca onde você estiver. O aparelho possui várias funcionalidades e é surpreende.

Raquel Alice Moreira


Novo smartphone top de linha da Samsung traz melhorias e custa a partir de R$ 3.799.

A cada lançamento de smartphone da Samsung no mundo, todo o público fica bastante ansioso para saber quais serão as novidades e inovações trazidas por esta que é uma das maiores marcas fabricantes de smartphones atualmente no mundo. E por aqui no Brasil, quando há um lançamento da marca, a euforia não é diferente e foi neste contexto que a Samsung fez o lançamento, na noite do último dia 17 de março, do seu mais novo smartphone topo de linha. Seguindo as linhas anteriores, o aparelho foi batizado com o nome de Galaxy S7 e este smartphone será a principal aposta da empresa neste primeiro semestre do ano de 2016.

O evento de lançamento do Samsung Galaxy S7 ocorreu em um evento de grande porte na cidade de São Paulo e foi marcado pela presença de diversas pessoas famosas, bem como executivos da companhia.

O Samsung Galaxy S7 chega para substituir o Galaxy S6, que já estava no mercado desde o mês de abril do ano passado. Assim como no modelo anterior, o smartphone topo de linha da fabricante sul-coreana chega em duas versões, sendo que umas delas possui tela com curvatura na borda, enquanto a outra ficou com o antigo display tradicional reto.

Os materiais de confecção destes smartphones continuaram sendo os mesmo, ou seja, o vidro Gorilla Glass 4, que é reforçado com um contorno de metal. O aparelho neste primeiro momento será disponibilizado nas cores prata, preto e dourado, contudo, outras cores devem ser anunciadas em breve.

Apesar das resoluções das duas versões do S7 serem iguais (Quad HD 2560 por 1440 pixels), elas se diferem no tamanho da tela, haja vista que o S7 comum possui uma tela de 5,1 polegadas, já a versão Edge do S7 tem a tela um pouco maior com 5,5 polegadas.

Com relação às configurações utilizadas nas duas versões, elas são idênticas, tendo em vista que ambos possuem memória RAM de 4GB, processador Exynos modelo 8890 octa-core e armazenamento interno de 32 GB, com possibilidade de expansão de até 200 GB por meio da utilização de um cartão microSD. A câmera frontal do aparelho tem a resolução de 5 MP, já a traseira tem uma resolução de 12 MP.

As vendas deste novo modelo da Samsung serão iniciadas oficialmente a partir do dia 02 de abril, tanto nas lojas quanto nas operadoras, sendo que os preços sugeridos pela fabricante são de R$ 3.799 para o S7 e de R$ 4.299 para o S7 Edge.

Por Adriano Oliveira


Modelo conta com um design atraente e outras características que chamam a atenção dos consumidores.

A MWC (Mobile World Congress) 2016 teve seu início no dia 21, em Barcelona, e com ela, as grandes empresas começaram finalmente a abrir seus principais lançamentos para o ano, para o público, apresentando, principalmente, os seus novos smartphones high-end, dando fim a série de rumores e boatos que acontecem antes da apresentação dos dispositivos, entre eles, o LG G5, que foi oficialmente apresentado pela marca sul-coreana na conferência.

Um dos grandes chamativos ou diferenciais do novo smartphone da LG, certamente é seu design, bem diferente do seu antecessor LG G4, lançado no último ano. O aparelho conta com um corpo em metal, bem melhor acabado do que o G4 e outros dispositivos anteriores da marca sul-coreana, que não contavam com uma alta qualidade como essa.

Na tela, também é possível notar diferenças, como o quase fim das bordas, extremamente pequenas e redondas, o que deixa o uso mais confortável para os usuários que passam longos períodos utilizando o dispositivo.

O dispositivo, aliás, tem uma vantagem em relação a seus concorrentes quando o assunto é design: é possível remover a bateria do dispositivo, algo inédito em smartphones com acabamento feito em metal, através da remoção da borda inferior. A parte traseira ainda conta com um leitor de impressões digitais, função já obrigatória nos high-end.

Uma novidade que já havia sido anunciada pela empresa, é a função ''Always On'', que garante a tela do smartphone sempre ligada, para que o usuário possa conferir algumas notificações além do horário local, sem precisar ligar a tela do aparelho. A LG garante que a função deve consumir apenas 0,8% da bateria por hora, não reduzindo consideravelmente a autonomia do dispositivo. Porém, a potência da bateria não agradou muito os usuários, já que o G5 irá contar com apenas 2.000 mAh de potência, embora o tempo de duração da mesma não tenha sido divulgado.

A tela do aparelho irá contar com 5,3 polegadas Quad HD 554p, mais um atrativo do smartphone, que garante uma excelente qualidade de tela para os usuários, principalmente para os que gostam de ler, jogar e assistir vídeos no dispositivo.

Já a câmera do dispositivo também chama a atenção, contando com 16 megapixels podendo tirar fotos em até 135 graus. Acontece que o dispositivo possui dois sensores traseiros, sendo um de 16 megapixels, responsável por tirar fotos em até 78 graus e o outro de 8 megapixels. A câmera frontal para as selfies também não desagrada, contando com 8 megapixels.

O dispositivo virá com o Android 6.0 Marshmallow instalado e não será possível excluir os apps instalados da tela inicial sem o Launcher.

O ponto mais chamativo da conferência, porém, foram os acessórios que serão lançados para o aguardado smartphone, como o LG Rolling Bot, um pequeno robô que pode monitorar sua casa transmitindo vídeo ao vivo para seu smartphone, o LG 360 VR, óculos de realidade virtual e o LG Hi-Fi Plus, para aumentar a qualidade do áudio, entre outros acessórios extremamente interessantes.

Por Isis Genari

LG G5

LG G5

Fotos: Divulgação


Novo smartphone da Samsung terá poucas mudanças se comparado com seu antecessor e deverá ser apresentado antes da MWC 2016.

A página oficial da Samsung Indonésia recebeu nesta semana atualizações com vídeos e fotos que revelaram informações inéditas a respeito dos modelos de smartphones Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge.

No vídeo divulgado pela empresa é possível acompanhar um atleta utilizando o smartphone no decorrer de um treino. Até aí tudo bem, não é mesmo? Bom, o diferencial encontra-se no fato de que o uso do aparelho acontece sob forte chuva. A mídia divulgada confirma os rumores de que os novos modelos seriam à prova d’água. Apesar da novidade, ainda não é possível estabelecer qual seria o grau de impermeabilidade. Outro ponto explorado é a alta compatibilidade com smartwatches desenvolvidos para a realização de atividades físicas.

Já no quesito design, os novos modelos não terão grandes modificações. Os aparelhos contam com diferenças sutis em relação ao Galaxy 6 e Galaxy S6 Edge. É possível perceber que a parte traseira do smartphone é mais arredondada e a câmera menos saliente. Muitas fontes afirmam ainda que o suporte para cartões microSD (que possibilita a expansão da memória do dispositivo) também estará presente.

Outra informação é que os cartazes de divulgação dão destaque aos diferenciais de design e segurança, além da nova câmera, que pretende conquistas os usuários por sua capacidade de conseguir boas fotos em ambientes que contam com baixa luminosidade.

O Galaxy S7 Edge teve também as opções de cores reveladas, o modelo chegará ao mercado nas variações dourado, preto e prata.  

Embora os detalhes e especificações técnicas ainda não tenham sido confirmados, os vazamentos mais recentes apontam que o Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge devem usar, de acordo com o mercado, 02 opções de processadores, o Snapdragon820 e o Exynos8890. Existem ainda outras informações que revelam display de 1440×2560 pixels, 64 GB de memória interna, 04 GB de memória RAM, câmera frontal de 5 MP e traseira de 12 MP.

De maneira geral, o S7 promete ser um aparelho da plataforma Android com quantidade maior de recursos. Acredita-se que a principal diferença entre os dois modelos será o tamanho do display, que chegará aos consumidores com 5,1 ou 5,5 polegadas.

Os novos Galaxy S7 serão lançados oficialmente em Barcelona, no dia 21 de Fevereiro, no Samsung Unpacked, a revelação acontecerá antes da MWC (Mobile World Congress). 


Aparelho será apresentado no dia 21 de fevereiro, durante a MWC 2016.

Acontece no final desse mês (Fevereiro) em Barcelona, a conferência MWC (Mobile World Congress) 2016, evento de extrema importância para o mercado Mobile, onde as maiores empresas do mercado anunciam suas novidades para o ano.

Com a proximidade do evento, os rumores acerca do conteúdo que as grandes marcas irão apresentar durante a conferência aumentam Um deles era a respeito da LG lançar o seu novo smartphone high-end, na feira, o LG G5, sucessor do G4, lançado no ano passado pela empresa.

Agora, porém, essa informação já não é um rumor, tendo sido confirmada pela LG em sua página no Facebook. O lançamento oficial do dispositivo acontecerá no dia 21 de Fevereiro. Muitos ainda duvidam que a empresa poderia apresentar o smartphone já na MWC 2016, mas isso de fato irá acontecer.

Há uma grande expectativa em torno do novo smartphone top de linha da empresa sul-coreana, principalmente depois do LG G4 ter sido extremamente elogiado pela mídia e pelos usuários, chegando até mesmo a ser considerado o smartphone ''injustiçado'' do ano, pelo fato dos aparelhos da marca, no caso o G4, ainda não receberem maior atenção por parte dos usuários.

E é exatamente isso que a LG quer quebrar com o lançamento do G5. Para tal, a empresa pretende mudar completamente o visual do seu dispositivo, criando um novo padrão, diferente de todos os smartphones já lançados pela marca, para criar uma nova identificação visual para o smartphone.

Existe a expectativa de que a LG aposte alto no G5, ousando mais do que nos lançamentos anteriores de seus smartphones high-end. Uma das ''referências'' para a LG, quanto ao que devemos ter de novidades no G5, provavelmente é o LG V10, que foi também lançado no ano passado e chamou a atenção do público, por se tratar de um dispositivo mais resistente que os demais da marca, com moldura de metal, áudio hi-fi, entre outras funções interessantes contidas no aparelho.

A LG nomeou o evento que irá apresentar o LG G5 na MWC 2016 de ''LG G5 Day'' e irá acontecer às 11h da manhã, no horário de Brasília, em 21 de Fevereiro.

Por Isis Genari.


Novos smartphones da Alcatel serão lançados em breve e contarão com configurações interessantes.

A empresa francesa Alcatel, que recentemente teve 79% de suas ações compradas pela Nokia, que pretende voltar a investir forte no mercado de smartphones, deve lançar em breve seus novos smartphones. Trata-se do OneTouch Idol 4 e do smartphone OneTouch Idol 4S.

Sempre que uma empresa tem pretensão de lançar um novo dispositivo, é comum nos depararmos com diversos rumores lançados quase que diariamente na mídia, porém, com os novos dispositivos da Alcatel, a história foi um pouco diferente.

A empresa acabou divulgando, aparentemente por engano, já que tais informações, já não constam em seu site, onde foi divulgado praticamente tudo a respeito dos dois novos smartphones.

Embora o site da Alcatel não tenha divulgado nenhuma imagem dos aparelhos, o site oficial da empresa relatou que o Alcatel OneTouch Idol 4, deve chegar ao mercado contando com uma tela Full HD de 5,2 Polegadas, 2GB ou 3GB de RAM, processador octa-core contando com núcleos com clock de 1.7GHz e 1.2GHz, 16GB de armazenamento interno expansível pelos cartões microSD, bateria de 2.160 mAh, além de câmera principal de 13 Megapixels e frontal de 8 Megapixels. O smartphone conta com o Android Marshmallow.

Já seu ''irmão'' Alcatel OneTouch Idol 4S, que conta com configurações mais avançadas que o Idol 4, segundo o site da empresa, irá contar com tela de 5.5 Polegadas Quad HD, sendo esse um dos diferenciais dessa versão, processador octa-core contando com clock de 1.8GHz e 1.4GHz, bateria de 2.160 mAh, 3GB de RAM, 32GB de memória interna expansível por microSD, além de uma câmera traseira de 16 Megapixels, e frontal de 5 Megapixels, menor que deu ''irmão'', o que pode ser justificado como uma maneira de, talvez, acabar deixando o preço de ambos mais próximo. O dispositivo também conta com o Android Marshmallow.

No vazamento, nenhuma informação a respeito do preço dos smartphones foi divulgada.

A tendência é que o novo smartphone da Alcatel seja apresentado durante a MWC (Mobile World Congress) 2016, que acontece em Barcelona na última semana de fevereiro, onde as grades marcas deverão anunciar seus novos smartphones e novidades para o ano de 2016.

A Alcatel ainda não se pronunciou a respeito do vazamento das informações em seu site.

Por Isis Genari

OneTouch Idol 4

Foto: Divulgação


Aparelho é direcionado para o público que gosta de selfies e ainda não possui previsão de lançamento no Brasil.

Passando por um momento de transição, após a compra definitiva da Motorola, uma das mais conhecidas do mundo, a Lenovo continua ganhando espaço (e dinheiro) no mercado, lançando cada vez mais smartphones de entrada, intermediários e high-end. E após anunciar o seu novo smartphone de entrada, o Lemon 3, o novo lançamento da marca se trata do Lenovo K5 Note.

O smartphone é intermediário, com um visual que lembra de certa forma os dos smartphones da já quase ''falecida'' Motorola. O aparelho conta com uma tela de 5,5 Polegadas Full HD, sendo mais um a entrar no mercado dos ''phablets''.

Embora se trate de um modelo intermediário, a Lenovo investiu em um leitor de impressões digitais, já comum a certo tempo nos smartphones high-ends de praticamente todas as marcas, assim como havia feito com o Vibe A7010, no ano passado.

Além da tela chamativa, o novo smartphone da Lenovo chega ao mercado contando com o chipset MediaTek Helio P10 64-bit octa-core de 1.8GHz , 2GB de RAM, placa gráfica Mali-T860, bateria de 3.500mAh com sistema para carregamento rápido, 16GB de memória interna (expansível via cartão microSD), câmera principal de 8 Megapixels e frontal de 13 Megapixels, além do Android 5.1 Lollipop.

O que chama a atenção de imediato no dispositivo é sua câmera frontal, com mais pixels que a traseira, mostrando o objetivo da empresa chinesa com o smartphone: O público jovem e suas selfies. A bateria do smartphone, por se tratar de um modelo intermediário, também não decepciona, embora não seja muito, mas os usuários podem passar horas e horas a fio navegando pela WEB, o que é compensado com o sistema de carregamento rápido presente no aparelho.

O chipset com clock máximo em 1,8 GHz também está dentro do padrão dos smartphones intermediários e sua memória RAM é um pouco inferior a modelos parecidos, com 3GB ou no mínimo 2,5GB.

O smartphone foi lançado nas cores dourado e prata. Embora ainda não haja previsão de lançamento, tanto no Brasil como em outros mercados, o preço praticado na China, na conversão para o real, é de cerca de R$ 683, desconsiderando os altos impostos que ainda elevarão o preço do dispositivo no mercado nacional.

Por Isis Genari.


Novo modelo está à venda no Brasil por R$ 599.

As empresas nacionais ainda estão tímidas no mercado de smartphones. Embora empresas como a Positivo, já possuam smartphones à venda no mercado, nenhuma marca aparece com tanta força ou investindo pesado no ramo. Mas em meio a um mercado que ainda não recebe tanta atenção das empresas nacionais, talvez até mesmo pela forte concorrência de fora, a Multilaser, outra nacional lançou seu novo smartphone.

O smartphone em questão é o MS50 Colors, que como no nome, está disponível em diversas cores, já que possui como o foco, a parcela mais jovem do mercado, que gosta de smartphones em diversas cores e acaba optando por comprar as famosas ''capinhas'' (cases), ou smartphones de empresas que contam com grande variedade de cores, como a Motorola, agora subsidiária da Lenovo.

O smartphone da marca nacional, vem com configurações de hardware, simples, contando com uma tela de 5 polegadas, 1GB de RAM, 1,3GHz através de um processador quad core, 16GB de armazenamento, sendo 8 no próprio smartphone e 8 no microSD, câmera principal de 8 Megapixels e frontal de 5 Megapixels, além de uma bateria que conta com 2.100 mAh.

O aparelho ainda conta com Wi-Fi, Bluetooth 4.0, GPS e dual-SIM.

Porém, o preço não é dos mais agradáveis, R$ 599, valor salgado para um smartphone com configurações simples, provavelmente causado pela alta do dólar. Embora o produto seja nacional, a moeda está desvalorizada e boa parte das peças são importadas. Para efeito de comparação, levando-se em comparação os smartphones usados, é possível encontra o Samsung Galaxy S3, que possui praticamente as mesmas configurações, mesmo com o Android já desatualizado, por cerca de R$ 350.

A Multilaser garante que o aparelho possui um gerenciador de bateria e memória que faz com que o smartphone atinja o máximo de desempenho, principalmente em seus aplicativos, como o Whatsapp e apps mais básicos.

O MS50 Colors, chega nas cores branco e preto, mas ambas versões são vendidas com 3 cases para que o usuário possa customizar seu aparelho. O smartphone também vem com uma película de proteção e capa protetora em silicone.

Por Isis Genari

Multilaser MS50 Colors

Foto: Divulgação


Aparelho possui ótimo hardware e duas telas touchscreen. Empresa deverá iniciar as vendas na Ásia e depois expandir para os demais países.

A Samsung anunciou de modo oficial o seu novo smartphone. Porém, o dispositivo não será como os atuais que a empresa está lançando no mercado. O aparelho será no modelo flip com sistema operacional Android.

Com o nome de W2016, o telefone terá as suas vendas feitas inicialmente somente no Japão e outras localidades do mercado asiático. Ainda não há informações se o smartphone de flip da Samsung vai chegar em mercados como o Brasileiro.

O nome original do mesmo era de Galaxy Golden 3, mas a companhia optou por deixar a sua denominação como W2016. Para um aparelho de flip, o hardware será algo que dificilmente se vê em um modelo como este.

O dispositivo contará com dois displays de 3,9 polegadas e uma boa resolução HD de 1280 x 768 pixels. O seu processador será um Exynos 7420 de oito núcleos e uma velocidade máxima de 2,1 GHz. A memória RAM do W2016 fica em 3 GB e o armazenamento interno será de 64 GB.

Um ponto interessante é que a câmera do celular terá o mesmo sensor do Galaxy S6. A sua câmera principal fica com 16 megapixels e a frontal com 5 megapixels. O aparelho será produzido em metal e vidro. Ele terá as vendas com as opções de cores cinza e dourado.

O sistema será o Android 5.1 Lollipop com a interface usada na linha Galaxy, a TouchWiz. Em termos da bateria, o W2016 terá uma de 2.000 mAh. A autonomia do smartphone deverá ser de apenas um dia sem ter a necessidade de uma recarga.

Ainda não se tem detalhes sobre o preço do W2016. Porém, o dispositivo será um Galaxy S6 com duas telas e no modelo flip. Você pode não saber, mas ainda há muitas pessoas que gostam de fazer o uso de celulares flip e o mercado não apresenta bons modelos.

Será que o W2016 pode ter sucesso e chegar a outros países como o Brasil?


Novo smartphone carrega mais rápido e chega às lojas custando R$ 1.299.

O Moto G Turbo é o quarto celular da série. A edição começará a ser vendida nas lojas da Motorola no país a partir já do próximo sábado (20). Na segunda-feira seguinte (22), os aparelhos já deverão estar presentes no varejo em geral. O grande atrativo desta versão é a bateria com recarregamento rápido. Além disso, algumas configurações e o preço estão nos padrões top de linha de Moto X Play e Moto X Force. O lançamento chegará com valor de R$ 1.299. São R$ 300 a mais que o anterior e R$ 100 a menos que os X.

Devido à tecnologia Turbo Power, o novo smartphone ganha 15 horas de bateria com apenas 10 minutos de carregamento. E a autonomia é estimada pela empresa em 24 horas. Outra novidade tecnológica é o IP67, que oferece maior resistência a água e poeira. 

O quarto Moto G recebeu processador octa-core Qualcomm Snapdragon, composto por um processador quad-core de 1.0 GHz, mais outro quad-core de 1.7 GHz. A memória RAM permaneceu como a do Moto G 3, de 2 GB, assim como a de armazenamento, de 16 GB e expansível por cartão SD para até 128 GB. A tela e as câmeras também não foram atualizadas em relação ao antecessor, sendo que o visor possui resolução full HD de 1.920 x 1.080 pixels, proteção Gorilla Glass e cinco polegadas. Já a câmera traseira conta com 13 megapixels e é capaz de realizar gravações de vídeo em full HD. Com relação à câmera frontal, ela possui 5 megapixels de resolução.

A televisão digital também foi mantida.

Com dual chip e quadriband, o próprio celular seleciona a operadora para uso de acordo com avaliação que ele faz das redes disponíveis e suas potências.

A Turbo Edition vem com Android Lollipop 5.1.1. As dimensões  são 14,2 x 7,2 centímetros e a espessura é de 1,1 centímetro. O peso é 155 gramas.

Com browser HTML 5, o gadget deixou a desejar nos quesitos navegação e internet por não ter a adição de flash player.

Bruno Klein


Pulseira inteligente será vendida no Brasil por apenas R$ 95.

A Xiaomi chegou oficialmente ao Brasil em um evento que marcou o lançamento de alguns dos produtos da empresa, já conhecidos no mercado internacional.

Conhecida como a "Apple chinesa", a Xiaomi anunciou o lançamento do smartphone Redmi 2 que promete ter um preço bastante competitivo para o mercado brasileiro.

Além do smartphones, a empresa asiática também anunciou o lançamento do Mi Band – pulseira fitness.   O acessório conta com grande autonomia e algumas funções bastante interessantes. A pulseira inteligente, que deverá monitorar todas as suas atividades físicas, chegará ao mercado brasileiro por um preço muito atraente. Por apenas R$ 95 os brasileiros poderão comprar o seu acessório. O sucesso da pulseira é impulsionado pela sua qualidade e preço bastante acessível. Ela foi muito bem recebida em todo mundo, atingindo a marca de um milhão de unidades vendidas por mês. Se você levar e conta que a fabricante atua em oito países, além do Brasil, este número é surpreendente.  

O gadget foca na eficiência em monitoramento, o que resulta em resultados precisos e o torna bastante útil para os afeiçoados ao mundo fitness. A autonomia do dispositivo é de impressionantes 30 dias. Caso o uso seja moderado, Hugo Barra, executivo da companhia, afirmou que a duração poderá chegar a 60 dias.   

A Xiaomi Mi Band consegue obter informações dos passos do utilizador para posteriormente auxiliá-lo em busca de metas como peso ideal, exercícios físicos específicos, entre outros. A pulseira inteligente mais barata do mundo possui variados modelos com cores e materiais distintos. 

Para utilizar a Mi Band, o usuário deverá sincronizá-la com seu smartphone através de um aplicativo. Somente quem está vestindo o gadget poderá ter acesso à interface do sistema operacional. Com isso, a fabricante tenta da maneira correta eliminar a necessidade de senhas ou outras configurações para liberar o uso da plataforma. 

No exterior a pulseira inteligente custa apenas US$ 12. Mesmo bem acima do valor internacional, os R$ 95 para o mercado brasileiro é bastante atraente e deverá ditar o sucesso do gadget entre o público nacional. Assim como o smartphone Redmi 2, os interessados poderão se registrar para adquirir a Mi Band no site oficial da empresa chinesa.

Por William Nascimento

Xiaomi Mi Band


Os usuários de smartphone mais descuidados recebem uma boa notícia da Samsung. A partir de novembro chegam os novos celulares reforçados com alumínio, o que irá garantir maior durabilidade e resistência aos aparelhos.

A escolha da marca pelo material foi revelada com o anúncio do Galaxy Alpha, primeiro aparelho da marca a adotar o alumínio, saindo do acabamento tradicional revestido de plástico. A empresa planeja atualmente o lançamento de três novos aparelhos com o mesmo material: o A7, A5 e o A3.

A SamMobile informa que o A5 está próximo de ser lançado no mercado. A empresa deve disponibilizá-lo a partir de novembro com um valor que deve sofrer variação entre US$ 400,00 e US$ 450, valores que estão similares aos aparelhos da nova geração do Moto X nos Estados Unidos.

Contudo, o valor não faz jus às especificações do aparelho, o que indica que o consumidor deverá escolher entre adquirir, com uma mesma faixa de preços, entre um aparelho com melhores especificações ou com um material mais resistente.

O A5 chega ao mercado com as seguintes configurações: processador Snapdragon 400 (mesmo processador utilizado no Moto G), tela com o tamanho de 5 polegadas e com resolução que ainda não foi divulgada, câmera traseira de 13 megapixels e câmera frontal de 5 megapixels, 16 GB de armazenamento interno e Sistema Operacional Android, versão 4.4. O aparelho terá suporte para 2 chips.

Os outros aparelhos da linha não tiveram suas especificações tão claras quanto o A5, porém especula-se que na China, o A7 terá tela de 5,5 polegadas e a resolução será Full HD, segundo o SamMobile.

As especificações do aparelho não são condizentes com o valor, mas o material representa um avanço significativo para os aparelhos smartphones, que atualmente apresentam um material frágil, que podem ser danificados facilmente, mesmo com utilização de capas protetoras.

Por André César

Foto: divulgação


A Motorola parece enfim ter encontrado de vez o seu caminho no mundo da tecnologia móvel. Após passar por uma série de dificuldades administrativas e financeiras, a companhia encontrou um futuro promissor nas mãos da Google, que prezou o lançamento de versões com o Android puro.

Além disso, a Motorola também lançou nesse mesmo período o Moto G, um aparelho intermediário que possui todas as características de um dispositivo High-End e exatamente por causa disso se tornou o grande sucesso de vendas da marca.

De carona na visibilidade da versão anterior, a Motorola agora lança a segunda geração do Moto G, maior e com algumas funcionalidades a mais, além de manter a pegada e o estilo que tanto agradaram ao consumidor.

A textura e estilo das capinhas traseiras ainda continua, o que deve agradar ao público mais jovem que busca algo mais personalizado. A aparência geral de design também não sofreu quaisquer alterações e continua a transmitir a ideia de um aparelho resistente.

Por dentro, o novo Moto G teve poucas melhorias significativas e continua usando o processador Snapdragon 400 de 1,2 GHz e memória RAM de 1 GB. Um grande diferencial para o público brasileiro é que agora o modelo vem com entrada para cartões SD, algo que as primeiras edições não possuíam, além de possuir um receptor para TV Digital.

Uma novidade interessante do novo Moto G é a adição de mais um alto-falante, algo que funcionou muito bem no Moto E, modelo de entrada da marca. Além disso, algo que deve agradar bastante os usuários é a melhoria na câmera, que passou de 5 MP para 8 MP.

Embora não pareça muito, a maioria dos aparelhos nessa faixa de preço possuem câmeras bem mais simples. O novo Moto G chegou às lojas brasileiras na última sexta-feira, 5, com um novo display de 5 polegadas e resolução HD, além de opções de 8 GB e 16 GB de armazenamento interno, com a capacidade de utilização de cartão SD de até 32 GB em todas as versões.

Por Ebenezer Carvalho

Foto: divulgação


A cada época as tendências são quem ditam a moda. E com o público jovem não seria diferente. Este, inclusive, está cada vez mais exigente e ciente dos produtos que querem levar pra casa. Como a tecnologia é uma das coisas que mais agradam crianças e adolescentes, as empresas, é claro, não poderiam deixar passar batido para investirem neste perfil.

Sempre antenados ao que acontece no mundo, os "teens" adoram tirar suas fotos, postar nas redes sociais, interagir com os amigos e realizar atividades rotineiras de seu dia a dia. E, pensando nisso, a LG entrou nesse universo e promete mexer com a cabeça dos mais novos.

Foi anunciado, pela gigante, que serão lançados na IFA, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo, que acontece na Alemanha, em setembro, os smartphones econômicos L Fino e L Bello, com o intuito de agradar o público jovem.

O diferencial do aparelho se encontrará em seus recursos diferenciados nas câmeras, atingindo certeiramente os amantes das tão famosas "selfies".

L Fino:

Android 4.4.2 (Kit Kat); 

– Terá tela de 4,5 polegas (800 x 480 pixels); 

– Processador quad-core de 1,2 GHz;

1 GB de RAM;

4 GB de memória;

– Câmera de 8 megapixels na traseira;

– Câmera VGA na parte frontal;

– Bateria de 1.900 mAh.

Os modelos serão vendidos nas cores: preto, branco, dourado, vermelho e verde, medindo 127,5 x 67,9 x 11,9mm.

L Bello:

Android 4.4.2 (Kit Kat);

– Display de 5 polegadas (854 x 480 pixels);

1GB de RAM;

8 GB de memória interna;

– Processador quad-core de 1,3 GHz;

– Bateria de 2.540 mAh;

– Câmera traseira com 8 megapixels;

– Câmera frontal com 1 megapixel.

Estes estarão disponíveis em preto, branco e dourado. E suas medidas apresentam números maiores que as do L Fino, ficando em 138,2 x 70,6 x 10,7mm.

Os dois dispositivos possuem tecnologia 3G, Knock Code para segurança e compatibilidade para case QuickCircle, o que possibilita acesso às funções básicas do aparelho, mesmo quando ele estiver fechado.

Para as "selfies" está disponível uma luz na câmera frontal que facilita o registro. 

Por enquanto, a informação é de que os celulares serão vendidos inicialmente na Ásia, América Latina e Europa. Os valores serão informados no IFA.

Por Juliana Alves de Souza

Foto: divulgação


Já pensou em assistir aos seus programas favoritos de televisão pelo celular? Por meio do L80 Dual, fabricado pela LG, isso é possível. O aparelho é ideal para quem quer um celular com tela ampla, espaçosa e que transmita imagens reais, vivas e com muita qualidade.

Um dos diferenciais é o tamanho de 5 polegadas. Além disso, o modelo L80 Dual D385 acompanha TV digital, que conta com a tecnologia denominada IPS, que é a mesma que é usada nos televisores da marca.

Desta forma, se você estiver em um momento de descanso, pode aproveitar para assistir televisão com todo o conforto e praticidade na tela do seu celular. A antena é embutida no aparelho, ou seja, depois que ver e torcer pelo seu time do coração ou assistir ao seu filme favorito é só voltar a antena para o mesmo lugar. Muita praticidade, não acha?

Além disso, tudo, você vai poder curtir todas as funcionalidades do celular sem se preocupar com a bateria. Uma das principais vantagens do L80 Dual D385 é que ele contempla uma bateria de alta densidade de SIO+ 2460 MAH, ou seja, você vai poder curtir tudo o que quiser sem ficar se preocupando.

Assim, sobra mais tempo para mandar sms para os amigos, acessar a internet para verificar as últimas novidades, e conferir todas as notícias do dia a dia.

Outro detalhe deste smartphone é que ele é ideal para quem quer tirar fotos com qualidade e nitidez. O celular tem duas câmeras: uma localizada na parte frontal (flash led e VGA) e outra situada na parte traseira, que é a principal, e conta com 8 MP.

Entre os principais recursos destacam-se a tecnologia BSI, que permite fazer modificação na estrutura interna da câmera e desta forma o sensor recebe uma quantidade de 30% superior de luz. Assim, as fotografias ficam ótimas em ambientes com pouca iluminação.

O LG Dual D385tem um design leve e clássico, que combina em todas as situações.   

Por Babi

Foto: divulgação


Compras frenéticas, férias, e CES 2014. É assim que nós estamos nos dividindo nas próximas semanas, enquanto nos preparamos para um turbilhão de festas, e  embrulho de presentes, o mundo tecnológico continua sendo o  mais quente do planeta.

De olho nesses dias loucos em janeiro, estamos nos preparando para um excesso de telefones, tablets, notebooks, tecnologia de jogos, TVs, wearables, geladeiras e tudo o que outras empresas de eletrodomésticos podem disponibilizar no mercado para o próximo ano.

De 7 janeiro a 10 janeiro a CES 2014 vai invadir o Centro de Convenções de costume Las Vegas, e estamos a preparados para ver de tudo. Há o dia usual de palestras e eventos de imprensa em 6 de janeiro, além de vários pré-shows no dia 5 de janeiro de 2014.

Abaixo você encontrará algumas das novidades que poderão ser apresentadas no evento:

– Samsung mostrará novos telefones  da incrível Série Galaxy:

A Samsung dificilmente perde a chance de chamar a atenção para si mesma, e sua presença na CES 2013 não foi diferente. Vimos Youm, a sua exibição de uma tecnologia desenvolvida para um protótipo flexível. Para 2014, estamos concentrados em dois modelos de tecnologia de consumo, em especial o Galaxy Round  e o Galaxy S5.

– Tablets e TVs 4K curvo:

Há uma boa chance de que veremos em algum tablet de tecnologia Samsung. Alguns rumores indicam que a empresa está preparando um Galaxy Note 12.2.

– As Ambições da  ZTE:

O Grande S II virá com uma tela ainda maior de 5,5 polegadas 1920 x 1080. Apesar do pequeno ele permanecerá relativamente fino em 154 x 77 x 7,9 milímetros e Snapdragon 600 chipset da Qualcomm com 2GB de RAM.

Os que amam as novidades tecnológicas aguardam ver logo todas essas possibilidades de novos aparelhos disponíveis no mercado para compra, no entanto deveremos segurar um pouco nossa ansiedade até a chegado da CES 2014 para termos de fato a confirmação das empresas quanto aos seus projetos tecnológicos para o próximo ano.

Por Jaime Pargan

CES 2014

Foto: Divulgação


O Brasil se prepara para a chegada da quarta geração de telefonia móvel (4G), que foi uma das exigências para a realização da Copa das Confederações.

Segundo os dados levantados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), existem apenas 11 modelos no país que são compatíveis com a nova tecnologia, contra 370 aptos para o 3G de alto desempenho. Mas, companhias como a LG, Sony Mobile, Samsung e BlackBerry se adiantam e anunciam o lançamento de novos aparelhos com suporte 4G nos próximos meses.

Com dois dispositivos da quarta geração já homologados pela Anatel no Brasil, a LG lançará ainda nas próximas semanas o Optimus G, produzido no Brasil. Também é previsto a estreia de mais dois ou três modelos compatíveis com a nova tecnologia.

A Sony Mobile, por sua vez, tem o Xperia ZQ em fase de pré-venda e programa a chegada de mais um aparelho.

A maior fabricante de smartphones do mundo, Samsung, possui quatro modelos já homologados e promete que no segundo semestre do ano ainda mais dispositivos serão lançados.

Por último, a BlackBerry pretende colocar no mercado mais dois aparelhos 4G além dos divulgados  Z10 e Q1.

Por Davi Pizelli


O logotipo do Google Nexus é o local onde se encontra o interesse real  para muitos clientes. Existe muita conversa do Google sobre o Pixel Chromebook, mas quase nenhuma conversa sobre a linha Nexus. Nunca ouvimos nada e enquanto isso, no ano passado, o mundo antecipou o lançamento deste dispositivo.

Lançamento do Nexus 4:

O Nexus 4 só foi lançado no ano passado, por isso é difícil de acreditar que vamos ter um novo dispositivo da linha. Já ouvimos falar de um "Nexus-como" dispositivo, mas receber um novo telefone com funcionamento Nexus não parece ser o curso certo de ação que os fabricantes devem seguir.

Desejo dos clientes para esse ano:

A aquisição de um Nexus 7, poderia fazer com que esse gênero progredisse muito mais, de acordo com muitas pessoas. Se o modelo do ano passado foi o Nexus 4, este ano poderia ser o Nexus 7 mais atual.  Ele seria mais fino, mais elegante, e com menos painel. E se tivesse uma opção de armazenamento de 32 ou 64 GB é certo que todos os clientes ficariam muito mais satisfeitos. No entanto, até o momento, o Nexus 4 atende muito bem aos seus usuários.

Por Salete Dias


De acordo com uma fonte confiável do site SamMobile, o futuro Galaxy S4 poderá ser lançado já no dia 15 de março e suas vendas se iniciaram em abril. O rumor indica que o aparelho seria revelado durante um evento realizado pela Samsung, que provavelmente só será divulgado após a MWC 2013, que acontecerá no final de fevereiro, na qual a fabricante sul-coreana também marcará presença apresentando talvez seus novos tablets.

O Galaxy S4 é sem dúvida um dos aparelhos mais aguardados de 2013 e volta a ser o alvo de vários rumores, que até se contradizem, pois anteriormente haviam informado que a data de lançamento do modelo seria no dia 22 de março.

A expectativa é que o modelo chegue na Europa no final de abril e entre maio e junho, as Américas, África e Austrália recebam o produto.

Segundo os boatos, o sucessor do Galaxy S3 trará uma tela de 5 polegadas com Super AMOLED Full HD, memória RAM de 2 GB, sistema operacional Android 4.2.1 e câmera de 13 megapixels. Ao que tudo indica ele trará o novo Exynos 5 Octo, que possui oito núcleos.

Além disso, o celular deverá trazer a interface TouchWiz e um design bem parecido com o do Galaxy S3, porém um pouco mais quadrado. Com todas essas especificações técnicas, o novo modelo contará com o hardware mais potente do mercado, forçando assim os concorrentes a investirem mais ainda em seus próximos modelos.

Por Felipe Santos Bonfim


Na última terça-feira, 5 de dezembro, a Sony anunciou um novo smartphone que fará parte de sua linha Xperia. O modelo, batizado de Xperia E, tem configurações medianas e deve chegar ao mercado europeu até o final do primeiro semestre de 2013. O smartphone contará com duas versões, uma tradicional e outra com suporte para dois SIMcards, ambas com câmera de 3.2 megapixels, tela de 3.5 polegadas e processador Qualcom de 1 GHz.

O Xperia E tradicional contará com o Android 4.1, o que pode transformá-lo no primeiro dispositivo da fabricante japonesa com esta versão da plataforma da Google. Já o modelo com suporte para dois SIMcards trará o Android 4.0, porém a fabricante prometeu que ele receberá uma atualização de sistema. Os Xperias E contam com bateria de 1500 mAh e conexão wi-fi DLNA.

Além da diferença na versão do sistema operacional, os aparelhos também contam com cores diferentes. O modelo com apenas um chip chega ao mercado nas cores branco, preto e rosa, já a versão com dois chips estará disponível nas cores dourado e preto.

Os dois modelos contam com diversos aplicativos bem atrativos, como o Walkman que conta com áudio xLoud, o Music Unlimited e o HD Voice para poder melhorar a qualidade das ligações.

A Sony não informou nenhuma data exata para o lançamento do Xperia E, nem mesmo os preços foram revelados. A expectativa é que novas informações sejam reveladas em alguma feira de tecnologia que acontecerá no início do ano que vem.

Por Felipe Santos Bonfim

 


Recentemente surgiram novos boatos sobre o lançamento da nova versão do Android. Conforme o site Digitimes, o Google pretende lançar o novo Android Key Lime Pie (4.2) ainda neste mês de novembro.

O novo sistema operacional, que significa “torta de limão” em português, supostamente virá acompanhado do lançamento de três novos smartphones da linha Nexus: LG Optimus Nexus, Samsung Galaxy Nexus 2 e Sony Xperia Nexus.

O lançamento de três aparelhos de empresas diferentes mostraria que o Google, de fato, está alterando o seu projeto AOSP, para que qualquer fabricante possa desenvolver seus próprios aparelhos para a linha Nexus, da gigante das buscas.

O AOSP indica que as empresas precisam utilizar o Android no seu estado puro (sem modificações), 64 MB de memória e capacidade para que seja feita a atualização de sistema operacional para a próxima versão do aparelho lançado (e este precisa estar com a última versão do Android existente).

Além disso, qualquer personalização como o Xperia UI da Sony só será permitida sob aprovação prévia do Google. Com isso, a ideia da gigante é que os seus aparelhos sejam atualizados rapidamente e sem interferência de nenhuma empresa, seja fabricante ou operadora de telefonia.

As especificações dos smartphones Nexus que serão lançados ainda não foram divulgadas, porque a informação ainda não foi confirmada. A data do evento de lançamento também não surgiu nos rumores.

Por Guilherme Marcon


O furacão Sandy trouxe muitos transtornos a diversos segmentos, como à economia e também à tecnologia. Muitos eventos de lançamentos foram adiados por conta da tempestade. O Google foi uma das empresas que cancelou um evento que lançaria alguns produtos: um smartphone, um novo Android e tablets

Um fato curioso acabou por revelar um dos lançamentos. Nos Estados Unidos, uma pessoa encontrou em um bar um smartphone diferente, em que tudo indica que seria o Nexus 4, ainda não lançado. O aparelho foi entregue à polícia. Este fato mostrou detalhes do produto, entre eles, de que é de fabricação da LG. As vendas terão início no dia 13 de novembro nos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha e Japão.

O smartphone Nexus 4 vem em duas versões, de 8 GB e 16 GB, tendo uma diferença considerável de preço entre os dois. O sistema operacional será o Android Jelly Bean, uma nova versão de alta tecnologia, entre elas uma que permite tirar fotos em formato de 360 graus através da câmera do aparelho.

O tabletNexus 10 é outro lançamento do Google que vem com inúmeras funcionalidades, como a possibilidade de criar diferentes perfis de usuários para o mesmo aparelho. 

Os preços dos lançamentos, ainda em moeda estrangeira, serão de US$ 99 para o Nexus 4 de 8 GB e US$ 349 para o de 16 GB. Já, o tablet Nexus 10, também em duas versões, de 16 GB, custará US$ 399 e o de 32 GB, terá o preço de US$ 499.  

Veja um vídeo dos lançamentos:

Por Monique Mota


Ao mesmo tempo em que a Nokia vem investindo em smartphones potentes com sistema operacional Windows Phone, também está aumentando a linha Asha, com aparelhos mais baratos e simples.

Os novos integrantes da linha de baixo custo da Nokia são o Asha 309 e o Asha 308. O 308 tem capacidade para dois chips e o 309 não, porém em compensação ele possui Wi-Fi, coisa que seu irmão não possui. Fora isso os dois celulares são idênticos, com sistema operacional S40, câmera na parte de trás com 2 MP e display com 3 polegadas.

O lançamento de diversos aparelhos de baixo custo garante a Nokia um cliente que tem grande potencial para, após comprar o seu primeiro smartphone por preço baixo, no futuro comprar também um aparelho mais caro, como um dos Lumia. É uma estratégia interessante para garantir a fidelidade dos consumidores e é o que a Nokia fez no passado para se tornar a primeira colocada em vendas de celulares.

Os dois aparelhos serão disponibilizados no mercado a partir do final de 2012 e custarão menos de US$ 100, o que equivale a menos de R$ 200 (sem impostos). Entretanto, não há informações sobre o lançamento dos aparelhos no Brasil.

Por Guilherme Marcon


O Motorola Razr i, apresentado em setembro pela companhia, finalmente chegou ao Brasil. O modelo foi lançado na última quinta-feira, 4 de outubro, e é o único smartphone no Brasil que conta com processador da Intel.

O celular conta com as mesmas configurações de hardware da versão britânica, que possui tela de 4,3 polegadas com tecnologia AMOLED e resolução de 540×960 pixels,  carcaça revestida com fibra Kevlar, sistema operacional Android 4.0, processador Intel de 2 GHz, memória RAM de 1GB e armazenamento interno de 8 GB.

Além disso, o Razr i ainda conta com câmera traseira de 8 megapixels e outra frontal de 1,3 megapixels, e vem equipado com conexão Bluetooth, 3G e Wi-Fi.

As especificações do smartphone não são lá essas coisas, pois ele está bem atrás dos tops de linha presentes no mercado. Porém, a ideia da Motorola não é que ele seja um concorrente do iPhone 5 ou do Galaxys S III, mas sim que ele seja um smartphone intermediário com boa performance e valor justo.

O preço sugerido do Motorola Razr i é de 1.299 reais e ele já está disponível no mercado brasileiro, disputando com o Sony Xperia P e com o Galaxy S II.

Por Felipe Santos Bonfim


Os novos smartphones da HTC, One S e One X, que foram demonstrados durante o Mobile World Congress 2012, em Barcelona, recentemente foram homologados pela Anatel e devem ser lançados em breve no mercado brasileiro.

Estes aparelhos da linha One eram os últimos que faltavam para serem aprovados no Brasil para venda. E, conforme o site Tecnoblog, a aprovação foi divulgada ainda no final de março.

O principal dos dois é o HTC One X, pois possui processador Nvidia Tegra 3, câmera traseira com oito megapixels, câmera frontal com 1.3 megapixels, tela de 4.7 polegadas Gorilla Glass com resolução de 1280 x 720 pixels. Ainda, sua capacidade de armazenamento é de 32 GB e o aparelho possui suporte para o Beats Audio, otimizador de som.

Enquanto que o HTC One S é um pouco mais singelo, pois possui processador dual-core de 1.5 GHz Qualcomm Snapdragon, tela de 4.3 polegadas com resolução de 960 x 540 pixels, câmera traseira de oito megapixels, que faz vídeos de até 1080p, e 16 GB de capacidade interna.

Os dois aparelhos serão lançados no nosso país com a versão Ice Cream Sandwich do Android (4.0), que certamente será uma vantagem sobre os concorrentes no Brasil que utilizam versões anteriores do sistema operacional. 

Por Guilherme Marcon


O lançamento tão esperando dos Windows Phone da Nokia no Brasil não é nenhuma novidade. E, agora, foi confirmado por fontes do site Gizmodo que o lançamento será no dia 24 de março deste ano.

Os valores previstos para os dois aparelhos são R$ 1.199 para o Lumia 710 e R$ 1.699 para o Lumia 800. Além disso, tudo indica que o preço do N9 vai ter uma queda (lembrando que hoje, com algumas ações promocionais ele chega a custar R$ 999) e a intenção é eliminar todo o estoque do N8. Ao que parece, essas ações são para deixar o Windows Phone no topo.

Ainda não se sabe se o Lumia 610 virá para o Brasil, pois se vier teremos um Windows Phone ainda mais barato.

Entretanto, o firmware do Lumia 710 e 800 é compatível com as quatro principais operadoras brasileiras: TIM, Oi, Vivo e Claro.

Quanto às cores disponíveis, até então sabe-se que o Lumia 710 virá em preto e também branco, e o Lumia 800 em rosa, azul e preto – ficando nas cores mais comuns para aparelhos, sem grandes novidades.

Por Guilherme Marcon


Essa tem sido uma das edições mais intensas e surpreendentes da CES (Consumer Electronics Show), a maior feira de consumo tecnológico do mundo.

Entre o dia 10 e o dia 13 de janeiro de 2012, Los Angeles foi o palco para a apresentação de produtos revolucionários. Um bom exemplo disso é o Lenovo K800. Trata-se do primeiro smartphone a ser produzido com processadores da Intel.

A tela do aparelho possui 4,5 polegadas e resolução de até 720p. Além disso, o eletrônico é integrado com sensores para capturar imagens em alta resolução, tira até 10 fotografias rápidas em apenas um segundo e possui o melhor aproveitamento de bateria em relação aos similares.

Um importante executivo da Motorola estava presente no lançamento, gostou do que viu e garantiu que muito em breve a marca vai lançar smartphones com processadores Intel, seguindo o exemplo da Lenovo.

Embora super comentado, o lançamento do Lenovo K800 dividiu as atenções com o Chip Atom da Intel, sua arquitetura exclusiva e seus múltiplos recursos.

Após todos os diferenciais apresentados na CES, a torcida é para que esses smartphones de alto desempenho cheguem logo ao mercado.

Por Larissa Mendes de Oliveira


No Nokia World, nesta ultima quarta-feira, em Londres, foi o lançamento dos dois primeiros smartphones da empresa com o Windows Phone 7.5.

Os fãs da Nokia estão super alvoroçados, no entanto, os brasileiros terão que esperar pelo menos até o primeiro trimestre de 2012.

Confira os detalhes dos dois mais novos astros da Nokia:

LUMIA 800: Disponível nas cores ciano, magenta e preta, possui uma melhor conexão nas redes sociais da internet, bastando um pequeno toque usando o Explorer 9. Possui uma tela de 3,7 polegadas Clear Black (AMOLED), processador 1,4 GHz, câmera Carl Zeiss, com reprodução de vídeo HD, 16 GB de memória interna, 25 GB de armazenamento gratuito no SkyDrive para músicas e imagens, GPS, Mix Radio (músicas online e offline) e custará na Europa em torno de 420 euros;

LUMIA 710: Capas nas cores preta, branca, turquesa, amarela e branca e preta, entre outras. Compartilha mensagens e imagens instantaneamente, processador 1,4 GHz, GPS, Rádio Mix, Câmera 5 megapixels com flash em LED, 8 GB de memória, 25 GB do SkyDrive que pode ser usado para salvar vídeos e fotos,  processador 1,4 GHz, tela 3.7, internet Explorer 9. Custará em torno de 270 euros, na Europa.

O lançamento teve uma grande repercussão por todo o mundo, e aqui no Brasil, em 2012 provavelmente, não será diferente.

Por Dorcas Rosicler

Fonte: Nokia


A HTC anunciou neste mês de setembro o lançamento do modelo Raider 4G. O aparelho é capaz de suportar as redes 3G e LTE, atingindo velocidades de até 50 MB para upload e 100 MB para upload.

O smartphone apresenta sistema operacional Android 2.3, processador dual-core de 1.5 GHZ, tela de 4.5 polegadas ( resolução de 540×960 pixels), Memória RAM de 1 GB, Memória Interna de 16 GB, Câmera de 8 Megapixels (com Flash LED), câmera frontal de 1.3 Megapixels e conexões Wi-Fi e Bluetooth.

O HTC Raider 4G deve ser lançado primeiramente no mercado coreano, depois deve chegar a Europa. Com relação ao seu lançamento no Brasil, ele não deve acontecer muito cedo, isso porque o país ainda não possui a rede 4G.

O seu preço ainda não foi estipulado pela fabricante.

Confira no vídeo o aparelho em funcionamento:


De acordo com informações da LG, a empresa irá lançar ainda este mês (setembro) o smartphone Optimus 3D no Brasil. O aparelho tinha sido apresentado ao público no mês de fevereiro, no Mobile World Congress 2011.

O LG Optimus 3D promete ser um dos concorrentes de peso para o ainda não lançado iPhone 5. O aparelho da LG tem como principal atrativo a possibilidade de visualizar conteúdo 3D sem a necessidade de óculos.

O smartphone deve contar com uma tela de 4.3 polegadas (com resolução de 480×800 pixels), processador de 1 GHZ, câmera de 5 MP (com flash LED e capacidade para fotografar e gravar em 3D), entrada HDMI, 8GB de memória interna, 512 MB de memória RAM, acelerômetro, sensor de proximidade e conexões Bluetooth e Wi-Fi.

Além disso, o aparelho funcionará com sistema Android 2.2 (Froyo) e apresentará como aplicativos: Google Talk, Gmail, YouTube, Google Maps, Gogle Flash, suporte a Flash e Mp3 Player.

O LG Optimus terá uma bateria capaz de aguentar até 450 horas em stand-by ou 9 horas de conversação (em 3G).

Apesar de confirmar a chegada do aparelho no Brasil, a LG não divulgou o preço do celular.


Quando as empresas de tecnologia lançam novos produtos no exterior, logo vem a pergunta: quando eles chegam ao Brasil? Os maiores lançamentos ocorridos nos congressos de tecnologia como a CES 2011 e a MWC 2011 jamais desembarcarão por aqui. Outros, porém, já tem até informações em português nos seu site. É o caso do smartphones Xperia, da Sony Ericsson. Tudo indica que os últimos lançamentos da empresa chegam em breve ao Brasil.

No site da Sony Ericsson, todas as informações sobre os modelos anunciados este ano já estão disponíveis em português. Incluindo sobre o badalado smartphone Playstation Xperia Play, recém-anunciado no Mobile World Congress em Bracelona. No site da empresa ele está listado para lançamento em “Breve”.

Outro lançamento recente da Sony, o smartphone Xperia Pro também recém-exibido na MWC está listado para lançamento em breve. Já o Xperia Neo e o Xperia Arc aparecem listas para lançamento daqui 3 meses.

Por Maximiliano da Rosa


A HTC, fabricante de smartphone de Taiwan, anunciou no dia 15 de fevereiro, dois modelos de celular com ênfase em redes sociais, com foco no acesso ao Facebook. A marca também apresentou seu primeiro modelo de tablet.

A quinta maior fabricante mundial de smartphones também apresentou novas versões para seus modelos de sucesso: Desire, Wildfire e Incredible. Todos esses dispositivos vão executar o Android, terminando com o reinado de 10 anos de sistema Symbian.

A utilização do sistema operacional da Google tem ajudado a aumentar a quota da HTC no mercado, contra rivais gigantes como Nokia e Samsung Electronics. A HTC encerrou o trimestre de 2010 com 9% do mercado mundial de smartphones.

Por A. Garcia

Fonte: Reuters


As empresas de telefonia estão tirando suas listas de lançamentos da manga. Quem agitou o mercado dos celulares foi a Sony Ericsson, que revelou para o público e imprensa especializada o tão esperado celular PlayStation.

O aparelho, chamado de Xperia Play, será lançado para concorrer com o XBox Live, da Microsoft.

A companhia aposta no diferencial do novo aparelho e já tem perspectiva de mais lançamentos para 2011, dessa vez priorizando a plataforma Android.

A Verizon Wireless será a loja encarregada de comercializar o modelo nos Estados Unidos.

Por Vivian Fiorio


Confirmando as expectativas para 2011, a HP irá lançar aparelhos competitivos e muito aguardados. Isso foi confirmado na terça-feira, dia 09 de fevereiro, nos Estados Unidos, onde foram lançados o TouchPad HP, os smartphones HP Veer e PRE3 HP, além do sistema operacional webOS.

Destacando o PRE3, um smartphone cheio de atrativos que com certeza irá agradar aos aficcionados por tecnologia. De cara, trata-se de um aparelho direcionado ao mercado empresarial, com tela de 3,8 polegadas, sensível ao toque, display 480×800 WVGA, teclado QWERTY vertical slide-out, aliado a um processador de 1.4GHz.

Outro destaque do PRE3 é que ele irá rodar o novíssimo sistema operacional da empresa, o webOS, versão 2.1. Em termos de conectividade, também está bem equipado, suportando conexões Wi-Fi (802.11a/b/g/n 5GHz), Bluetooth, HSPA e EVDO.

Contudo, os brasileiros interessados em comprá-lo terão que ter muita paciência. É que nos EUA os portáteis anunciados serão comercializados a partir do segundo semestre deste ano. Ficaremos aguardando data exata e os valores de venda.

Por Alberto Vicente


Para impulsionar a venda de seus serviços e atuar mais fortemente no mercado de telefonia celular no Brasil, a TIM está visando em investir fortemente no setor de Smartphones devido ao crescimento das vendas desse tipo de aparelho em quase 70%.

Um número considerável para voltar o seu foco à vice-liderança, deixada em 2008, desde quando se mantém em terceiro lugar, com 24% das linhas telefônicas voltadas para telefonia celular, sem considerar os outros serviços. Para chegar a seu objetivo, a TIM construiu uma estratégia simples porém inovadora. Estará criando cursos para ensinar os seus usuários como manusear melhor seu aparelho e tirar o melhor proveito dos inúmeros serviços disponíveis em um SmartPhone.

O pensamento da operadora é manter os usuários cada vez mais envolvidos e com um alto nível de conhecimento de como utilizar seu celular, pois sabendo mais, consumirão de uma maneira melhor.

Por Carla Caldeira


Depois do lançamento do bem-sucedido Windows 7 e dos frequentes fracassos da Microsoft no ramo de sistema operacionais móveis, a empresa resolveu apostar mais uma vez. Agora, apresenta uma versão do Windows 7 para telefones.

Apresentado em uma conferência nos EUA, o Windows Phone 7 tem previsão de chegada em países da Europa, Ásia e EUA antes do Natal. Algumas marcas já mostraram interesse pelo sistema e pretendem lançar smartphones com o Windows Phone 7 em breve.

Samsung, HTC, LG e Dell são as marcas que já apresentam modelos como o novo sistema operacional. Além de moderno, o Windows Phone 7 também terá sua loja de aplicativos oficias, assim como o iPhone Android e conexão direta com outros produtos Microsoft, como Zune e XboX Live.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: G1


A Microsoft de olho no público jovem lançará os celulares Kin. O Kin One, aparelho menor com uma câmera de 5 megapixels, chegará ao mercado nos EUA por 49,99 dólares. O Kin Two possui memória maior e câmera com 8 megapixels, seu valor está estipulado em 99,99 dólares.

Os preços dos dois aparelhos é mediante a contrato com a operadora Verizon. Já a segunda novidade é resultado da parceria da Nokia e Microsoft que apresentaram novo dispositivo para celular o Communicator Móbile. Destinado a modelos da linha Eseries. O Communicator Móbile permite os usuários se conectem ao Microsoft Communications Server 2007 R2 e se comuniquem através de mensagens instantâneas, e-mail e SMS.

Fonte: IDG Now

Por Fernanda Peixoto


Se você já testou a tecnologia 3G, deve estar fazendo essa pergunta ao saber do lançamento da 4G.

Os celulares 3G mostraram-se um tanto problemáticos, baixa velocidade e preços extremamente altos. O 4G promete velocidades de transmissão superiores aos celulares 3G, entre 20 e 40 megabits e além disso prometem tornar a transmissão de dados mais barata.

No Japão o 4G já é usado desde 2007. Vejamos se será bem sucedida por aqui também.

Por Vivian Aguiar


Tecnologia ecológica ao nosso alcance.

É tanta novidade tecnológica a nosso dispor que o difícil mesmo é acompanhar tamanha evolução. Às vezes compramos um eletrônico hoje e em menos de 1 ano já está ultrapassado porque surge algo ainda mais inovador.

Mas imagine você com um celular ecológico que pode ser carregado com energia solar e alguns são totalmente revestidos com material reciclado.

O mais recente celular ecológico lançado é o LG GD510 Pop. É um aparelho bonito, simples e compacto que pesa penas 89g, tem memória externa de 8GB, Bluetooth, touchscreen, câmera de 3 megapixels e vem com um painel solar acoplado na parte posterior para carregar a bateria.

Com essa inovação, você pode economizar a energia da sua casa e também cooperar com o futuro do nosso ambiente.

Por Aline Barbosa


Pinball jogado com o cérebro, literalmente!

Na feira CeBIT 2010, novidades e “estranhezas” estão por toda a parte. Imagine jogar o tradicional Pinball, em um fliperama, sem usar as mãos. Isto já é possível. A tecnologia está sendo demonstrada por meio de uma “toca” que permite operar o jogo. O aparelho foi desenvolvido pela Berlin Technical University.

A tecnologia, chamada de interface cérebro-computador,  usa a capacidade de produção de ondas elétricas do cérebro na produção de comandos para máquinas. A toca dispensa o uso do incômodo gel no eletrodo e também de pressão no couro cabeludo além de ser simples de usar e durável.

As pesquisas do instituto de tecnologia da universidade que desenvolve a interface cérebro-computador se voltam para as tecnologias de sensores, melhoras no entendimento do cérebro e na análise das ondas cerebrais. O instituto promove, inclusive, competições com videogames que utilizam a interface.

Mais informações em http://www.bbci.de/





CONTINUE NAVEGANDO: