O ano de 2012 foi extremamente produtivo para o mercado da tecnologia já que foram inseridos diversos tipos de aparelhos que estão mudando a vida das pessoas na sociedade moderna.

De forma geral, o ano que está terminando teve como grande saldo o aumento dos celulares e tablets, a mudança do perfil de notebooks e a paixão pelos smartphones.

O mais impressionante foi o uso cada vez mais intenso de aparelhos móveis que oferecem funções adicionais possibilitando uma maior conexão com outros dispositivos e a extensão das possibilidades no uso de dispositivos eletrônicos.

Com grandes lançamentos deste ano estão o Samsung Galaxy SIII, Samsung Galaxy Note II, iPhone 5, iPad e Windows 8.

E para o próximo ano podemos aguardar gratas surpresas das empresas de eletrônicos bem como consumidores querendo cada vez mais interação e conectividade em sua vida.

Por Ana Camila Neves Morais


Nesta sexta-feira, dia 14 de dezembro de 2012, a Apple teve uma queda importante no valor de suas ações no mercado financeiro mundial.

De forma específica, as ações da Apple caíram em 3,9% e os papéis de suas fornecedoras seguiram a mesma situação de queda nas bolsas de valores.

Toda esta situação aconteceu em decorrência da baixa recepção do lançamento do iPhone cinco na China que reduziu, assim, as projeções de vendas do produto da Apple.

Com isso, diversos analistas econômicos reduziram também a estimativa do volume de vendas do iPhone para o primeiro trimestre de 2013 para 48 milhões de unidade, sendo que a expectativa anterior era de comercializar cerca de 52 milhões de iPhone 5.

A partir desta conjuntura, o UBS Investment Research reduziu a meta de preço para as ações da Apple que passou para 700 dólares, sendo este valor 80 dólares a menos do que a estimativa inicial.

Deste modo, todo o sistema financeiro espera redução na valorização dos papéis da Apple em decorrência da redução de venda de seus produtos ao mesmo tempo em que a concorrência com celulares usando o Android do Google aumenta a cada dia que passa.

Fonte: Reuters

Por Ana Camila Neves Morais


Com o lançamento do novo iPhone 5 e dos novos iPads, o Google desenvolveu uma atualização do aplicativo do YouTube para iOS, para que ele seja compatível com os novos dispositivos.

A atualização do app foi disponibilizada no último dia 4 de dezembro, terça-feira, e trouxe modificações no design, para se adaptar às telas dos novos aparelhos da Maçã, além dos recursos Airplay e VoiceOver.

Com a chegada do Airplay, agora os usuários podem assistir vídeos do YouTube direto na televisão, por meio do seu gadget. Já o VoiceOver proporciona acessibilidade aos conteúdos do site de vídeos do Google. Outras novas características são que agora os vídeos são carregados mais rapidamente, a reprodução é muito mais suave, o usuário pode editar facilmente suas playlists e acessar um canal personalizado, além de que agora os links são clicáveis nas descrições dos vídeos.

Em questão do design, o aplicativo se mantém bem semelhante ao site do YouTube quando acessado via computadores ou notebooks, porém é mais “adaptável” aos tamanhos de tela dos aparelhos da Apple, principalmente com a chegada do iPhone 5 e do iPad Mini.

Por Guilherme Marcon


Tendo em vista que a Apple já confirmou o lançamento do iPhone 5 no Brasil para o dia 14 de dezembro, algumas informações sobre a chegada do aparelho às lojas surgiram.

De acordo com as informações supostamente vazadas, o novo smartphone da Maçã deve custar R$ 1.999 na TIM. Este valor seria para o iPhone 5 com 16 GB. Já a versão com 32 GB sairia por R$ 2.249.

Esses preços “vazados” são referentes aos aparelhos desbloqueados. Caso o comprador adquira o smartphone no plano pós-pago, é provável que o valor caia, tendo em vista os bons descontos dados pelas operadoras. Em comparação, o iPhone 4S chegou ao Brasil custando R$ 1.899 na TIM, na versão desbloqueada.

Entretanto, a assessoria de imprensa da TIM tem respondido aos contatos com a afirmação de que a empresa ainda não definiu os preços dos modelos do iPhone 5.

O novo aparelho da Apple possui tela de 4 polegadas, sistema operacional iOS 6, câmera de 8 MP (que grava vídeos em Full HD), memória RAM de 1 GB e processador A6 (com dois núcleos e 1.2 GHz).

Por Guilherme Marcon


Na última segunda-feira, 3 de dezembro, foi confirmado pela Apple que o iPhone 5  chegará ao mercado brasileiro no próximo dia 14. Além do Brasil, mais 50 países receberão o novo smartphone da Maçã.

O aparelho havia sido homologado pela Anatel em outubro e somente agora foi liberado para venda. O iPhone 5 já está sendo vendido em 47 países. Nos Estados Unidos o modelo desbloqueado com 16 GB de memória é vendido por US$ 649, já a versão de 32 GB sai por US$ 749 e a de 64 GB é vendida por US$ 849.

No próximo dia 14, além do Brasil, o iPhone 5 também chegará na Albânia, Armênia, África do Sul, Bolívia, China, Chile, Chipre, Indonésia, Jamaica, Israel, Kuwait, Malasia, Montenegro, Paraguai, Qatar, Taiwan, Venezuela, Antígua e Barbuda, Jordânia, Costa Rica, Macedônica, Filipinas, Panamá, Bahamas, Rússia, Taiwan, Arábia Saudita, Equador e Turquia.

A Apple já prometeu que no dia 21 de dezembro o smartphone chegará a alguns outros países.

O iPhone 5 conta com tela de 4 polegadas com Retina Display, design moderno e fino e possui um dock conector bem menor comparado às versões mais antigas. Além disso, a nova versão do smartphone traz uma câmera superior a dos modelos passados, com velocidade para realização de atividades duas vezes melhor que a do iPhone 4S.

Por Felipe Santos Bonfim


Na quinta-feira (15/11), a empresa JBL apresentou novidades para o mercado de smartphones. A companhia anunciou dois novos dock stations com compatibilidade para os modelos iPad 4 e iPhone 5. Reveladas com os nomes de "On Beat Micro” e "OnBeat Venue LT", as duas caixas de som ainda apresentam um conector Lightning e saem pelo valor de US$ 99 e US$ 199, algo em torno de R$ 200 e R$ 400.

O "On Beat Micro”, por ter um tamanho menor, confere mais mobilidade ao aparelho. Além disso, vem com bateria com capacidade de 5 horas e conector USB que pode ser ligado em outros equipamentos. Porém, se o usuário não estiver buscando mobilidade, a melhor opção é o "OnBeat Venue LT", pois é um modelo tradicional de caixa de som (docks) com capacidade de suporte para 8 aparelhos via Bluetooth.

De acordo com sites especializados no segmento de smartphones, nenhum destes equipamentos apresenta uma qualidade perfeita de sonoridade. Os consumidores que querem escutar música com alta qualidade devem esperar o lançamento de modelos Hi-Fi que estão sendo produzidos por outras marcas. Uma boa opção seria o AirPlay, que possibilita transmissões Wireless.

Por Marcelo Araújo


Recentemente a companhia Gold & Co. lançou uma versão de ouro do novo iPhone. A edição de luxo do smartphone da Apple conta com dois modelos, um feito em ouro puro e outro feito em ouro rosa, os dois com 24 quilates. Inicialmente o produto irá ser comercializado apenas na Collector’s Place do Dubai Mall.

Os iPhones 5 de ouro serão vendidos em uma caixa  personalizada de madeira, cada uma com um número e todas feitas à mão com certificado de autenticidade.

Amjad Ali, CEO da Gold & Co., disse que está muito feliz por sua empresa ter sido a responsável por fazer o produto. O CEO afirmou que um aparelho como o iPhone 5 é perfeito e ideal para receber uma personalização deste tipo.

Para finalizar, Amjad Ali disse que o novo iPhone é uma espécie de jóia do mundo tecnológico e por isso a fabricante está tão feliz por oferecer uma versão de 24 quilates do smartphone e a primeira versão feita em ouro rosa.

O CEO está bem ansioso para ver a grande repercussão dos novos modelos e acredita que os dois aparelhos são os melhores que a companhia já produziu.

De início, as versões feitas em ouro do iPhone 5 serão vendidas apenas em Dubai e nenhuma informação sobre exportações foi revelada ainda. Outra informação importante que ainda não foi divulgada são os preços cobrados pelos dois aparelhos.

Por Felipe Santos Bonfim


Em seu primeiro final de semana após o lançamento ocorrido no último dia 21, a mais nova criação da Apple não obteve o desempenho esperado pelos investidores.

Segundo uma das maiores agências internacionais de notícias, a Thomson Reuters, as vendas de mais de 5 milhões de unidades que o iPhone 5 atingiu em apenas três dias, não era bem o que o mercado esperava. Prova disso, é que as ações da fabricante do produto tiveram queda de 1,58%.

A principal dificuldade da empresa, e que pode ter afetado negativamente suas vendas, é uma limitação na produção, pois houve esgotamento do estoque inicial e as vendas antecipadas, que foram realizadas anteriormente pela internet, só serão atendidas em outubro.

De acordo com analistas da Baid Equity Research, caso isto não tivesse ocorrido e diante do cenário do mercado e das expectativas em torno do produto, as vendas teriam sido potencialmente maiores.

Mesmo tendo superado seu antecessor, o iPhone 4S que em seu primeiro final de semana bateu a casa das 4 milhões de vendas, a performance do iPhone 5 necessitou de explicações do atual presidente da companhia, o executivo Tim Cook, que garantiu estar abastecendo as lojas e que as pré-vendas serão atendidas no início do próximo mês.

Esta crise tem começo na Sharp, principal fornecedora da Apple, que atualmente luta contra os altos custos da produção e busca sanar suas dívidas sem prejuízo de suas atividades normais. Além disso, a Foxconn, grupo de Taiwan,  responsável pela montagem dos iPhones, fechou uma de suas principais indústrias na China, após um conflito entre trabalhadores, e não tem previsão de retomada das atividades.

Tudo isso parece não afetar em nada os consumidores de tecnologia, que crescem na mesma proporção em que os avanços são propostos, o que faz com que lojas físicas ou virtuais, continuem com uma demanda complicada de ser cumprida.

Por Stefania Cardoso


O novo iPhone foi finalmente revelado ao público e já está em pré-venda em diversos lugares. Ao que tudo indica a Apple já conta com muitos pedidos, quantidade muito maior do que ela esperava e isso somente na primeira semana após o lançamento do aparelho.

A Apple informou que está bastante surpresa com a quantidade de pedidos feitos em tão pouco tempo.

Até o momento, não foram revelados os números exatos, mas a fabricante está bastante empolgada com o grande volume de vendas do aparelho, que tem previsão de lançamento para o próximo dia 21.

Segundo rumores, é provável que o volume de vendas do iPhone 5 ultrapasse a quantidade de unidades vendidas do iPhone 4S, que atingiu um milhão de aparelhos vendidos, em apenas 24 horas após o anúncio do modelo.

Por enquanto, os brasileiros terão que esperar um pouco mais até que o iPhone 5 chegue ao mercado, pois até o momento não há nenhuma previsão de lançamento do aparelho no mercado nacional.

A estimativa é que o produto chegue aqui somente no final de novembro, após ter passado por todos os processos necessários para sua venda no país.

Por Felipe Santos Bonfim


Depois de algumas surpresas positivas e outras bem negativas durante a apresentação do novo iPhone 5, os chips compatíveis com o novo aparelho devem chegar ao Brasil ainda em setembro.

O novo smartphone nem chegou ao Brasil e os chips já serão vendidos na média de R$ 10,00.

Com novidades como a tela maior, de 4 polegadas e suporte para conexão 4G, a qual ainda não existe em território brasileiro, o iPhone 5 chegará aos EUA no dia 21 de setembro.

Os fãs esperavam mais da nova geração do aparelho, que não apresentou muitas surpresas aos maníacos pela companhia.

A câmera, por exemplo, não teve nenhuma alteração, mas o aparelho está 18% mais fino e leve, para quem gosta de praticidade. Para os fiéis conhecedores do mundo dos smartphones, o novo iPhone 5 seguiu a mesma linha de aplicativos que já estão à venda no mercado.

Com a tela maior é possível aumentar a lista de aplicativos disponíveis na página principal do smartphone. Os comentários são muitos, tanto de quem conhece do assunto quanto dos curiosos de plantão.

No final, o negócio é esperar para ver o modelo de perto e concluir se as pequenas mudanças foram válidas ou o lançamento deixou a desejar. 

Por Dayane Garcia


Os chineses são conhecidos por fazer parte de um povo apressado. E não estamos errados em pensar que em questão de tecnologia a realidade não podia ser outra. É que o país já começou a sua produção de acessórios para o mais novo produto da Apple, o iPhone 5.

A indústria do outro lado do globo preparou, inicialmente, as capas dos aparelhos, visando distribuir no mercado local. As vendas do iPhone 5 devem começar no mês de outubro.

Segundo o portal Cydia Blog, rumores dizem que as capas dão uma pista de como seria o novo smartphone da Apple. O iPhone 5 teria um design maior e mais fino. Há também um conector para fones de ouvido na parte inferior do produto, o que seria quase uma cópia do modelo adotado pela Samsung no famoso Galaxy X, que carrega o logotipo do Google.

A Apple ainda guarda sob sete chaves a identidade visual do aparelho e deve permanecer em silêncio para aguçar a vontade dos fãs da marca.

Confira mais novidades e lançamentos da empresa em seu site oficial, no endereço eletrônico www.apple.com.

Por Tadeu Goulart


Estão a cada dia aumentando os rumores e especulações sobre o possível lançamento do iPhone 5. A novidade do momento é o site chamado Macatacara, que publicou um post informando que obteve acesso à suposta parte frontal do novo aparelho da Apple.

Ainda conforme notícias extras veiculadas pela internet a tela frontal do iPhone 5 tem 10,33 centímetros (equivalente a mais ou menos 4,1 polegadas). Tudo indica que a sua resolução será de 640 X 1.136 pixels e seu processador será o Samsung ARM 5L895OX, sendo bem mais poderoso do que o presente no iPhone 4S e do novo iPad. A sua memória RAM será de 1 GB que consiste no dobro da memória da versão atual do mesmo aparelho.

Com relação à quantidade de núcleos que o iPhone 5 possuirá não existem informações se ele será quad ou dual-core. De acordo com outros rumores, a tela pode manter a proporção vertical, mas passará a ser um pouco maior na parte horizontal, chegando a 4.1 polegadas.

A partir de todas estas especulações, a Apple não se pronunciou sobre as informações veiculadas na mídia e afirmou não existir uma data oficial para o lançamento do seu novo aparelho.

Por Ana Camila Neves Morais


A Apple já está preparando a próxima edição do iPhone. De acordo com um site especializado em tecnologia, o novo aparelho deverá ser lançado em junho desse ano, durante o evento para os desenvolvedores da empresa, o WWDC.

Uma das principais novidades do novo iPhone será o aumento da tela, que passará de 3,5 polegadas para 4 polegadas, de acordo com o site 9to5mac, especializado em notícias sobre a Apple.

O site informou ainda que um funcionário da empresa chinesa Foxconn, responsável pela fabricação do aparelho, afirmou que o iPhone 5 já está finalizado e já poderá ser produzido.

Para aumentar ainda mais a veracidade da notícia, o 9to5mac informou que este funcionário é o mesmo que afirmou que o novo modelo não seria lançado no ano passado, na ocasião a companhia apresentou o iPhone 4S.

Outros rumores apontam que o novo aparelho já estaria preparado para usar a navegação 4G (recurso que já pode ser encontrado em outros smartphones) e que teria processador quad-core.

Vale ressaltar que esses ainda são rumores e a notícia ainda não foi confirmada pela gigante da informática.

Por Joyce Silva


Os rumores da possível apresentação do Novo iPhone 5 no próximo mês (outubro) estão cada vez mais fortes.

O último indício da possível chegada do aparelho aconteceu esta semana, quando Al Gore (ex-vice-presidente dos EUA e atual membro da diretoria da Apple) acabou deixando escapar que “novos iPhones chegarão no próximo mês”.

A afirmação de Al Gore (como não poderia deixar de ser) logo repercutiu na internet, onde já existe até uma data especulada para a possível apresentação do aparelho, o dia 4 de outubro.

Vale lembrar que a Apple não se pronunciou sobre as declarações de Al Gore.

Al Gore faz parte da mesa de diretores da Apple a pelo menos 8 anos. Em todo esse tempo, ele nunca “vazou” nenhuma informação sobre os novos produtos da empresa.

Comentando um pouquinho sobre o iPhone 5, ele pode chegar ao mercado com o mesmo processador do iPad 2 (A5), 1 GB de memória RAM, câmera de 8 MP, bateria de maior duração e a tecnologia NFC.


Há poucos dias, uma pesquisa revelou que os jovens brasileiros têm preferência por celulares com suporte a dois chips simultâneos. E para quem acha que há poucas opções de escolha no mercado, saiba que a Apple pode estar preparando uma surpresa para os usuários: o lançamento do iPhone 5 com suporte para dois chips simultâneos.

Apesar de ser um tanto difícil de acreditar, a informação foi publicada pelo site 9to5Mac baseado, por sua vez, em informações publicadas pelo site chinês iDealsChina, que no passado acertou sobre mudanças no design do iPhone 3G e no iPod nano de quarta geração.

O suposto iPhone 5 dual-sim poderia ser lançado com um chip da Qualcomm que permitiria usar tanto Sim Cards para conexões GSM e CDMA no mesmo aparelho. No entanto, o site 9to5Mac alerta que a informação pode ter sido mal interpretada.

Por Maximiliano da Rosa





CONTINUE NAVEGANDO: