Empresa afirma que versão antiga do sistema não é mais seguro aos usuários e recomenda que os mesmos atualizem o sistema ou troquem de aparelho para outro com sistema mais atualizado.

Em meio a polêmica envolvendo a Apple e o FBI, que deseja que a empresa quebre a segurança do dispositivo para ajudar em uma investigação de um crime nos Estados Unidos envolvendo um iPhone 5c, a Apple afirmou por meio do executivo Federighi, que o iOS 7, versão antiga do sistema, não é mais segura para os usuários, já tendo sido alvo do cibercrime.

O FBI alega que não seria necessário colocar criptografia no sistema da Apple a partir do iOS 8 e pede para que a empresa use os mesmos padrões do iOS em 2013, revertendo a segurança de seus dispositivos. A empresa considerou a alegação absurda, já que a segurança do iOS 7 já havia sido quebrada por hackers, o que facilita e muito a invasão de dispositivos que contem com o sistema ou inferior.

A boa notícia é que boa parte dos usuários não corre risco, já que a maioria não usa mais o iOS 7, vide o esforço que a Apple faz para manter seus dispositivos sempre atualizados por um bom tempo, porém, usuários do saudoso iPhone 4, por exemplo, correm risco, embora representem 6% apenas dos dispositivos com o iOS.

Porém, evidentemente como o número de pessoas que usam o iOS é enorme, mesmo em versões mais antigas, esses 6% podem representar cerca de 60 milhões de pessoas em todo o mundo, que estão nesse momento vulneráveis a ataques maliciosos de hackers aos antigos sistemas da Apple.

A única recomendação que pode ser feita para os usuários que ainda utilizam o iOS 7 ou inferior é que troquem imediatamente de smartphone, para uma versão mais recente do iOS, com versões mais novas do iPhone, ou caso o usuário prefira, já que o preço dos produtos da Apple é elevado, até mesmo acabar optando por um smartphone de outra empresa, mesmo que isso implique em ter de mudar de sistema operacional.

A polêmica causada pelo caso do FBI nos Estados Unidos é enorme e a maioria esmagadora, tanto de usuários como de empresas, vem apoiando a Apple no processo, já que quebrar a segurança do sistema realmente seria um péssimo negócio para ambos os lados.

Por Paulo Henrique


Uma empresa especializada em estudos e pesquisas sobre sistemas operacionais, principalmente com programas para aparelhos móveis, divulgou uma pesquisa com o iOS 7 e o Android KitKat no quesito de adoção desses sistemas operacionais pelos usuários e, o resultado foi uma distorção entre um e outro. O iOS 7 teve adesão de quase todos os usuários Apple, enquanto o Android KitKat está bem abaixo do esperado na utilização de seu gadget.

As plataformas analisadas demonstraram que a taxa de adoção e utilização do iOS 7 está entre 88% e 90%, que é um número que a marca Apple trabalha para atingir quando lança uma atualização de seu sistema. Já o Android KitKat está surpreendendo, só que de forma negativa. O KitKat, que tem versão 4.4 ou superior não consegue passar dos 8% de adoção, um número bem inferior ao trabalhado pelas marcas que utilizam o sistema.

A pesquisa divulgada ajuda os desenvolvedores das marcas a projetar novos aplicativos para seus sistemas e desempenhar novas atualizações para agradarem seus clientes. Os usuários da Apple demonstram ser mais determinados e fiéis, sempre experimentando novas ideias que a marca oferece. E vale lembrar que, quando os números são iguais aos alcançados pelo KitKat, é um grande desanimador para seus criadores, já que desenvolver um aplicativo para um sistema atualizado é totalmente diferente que criar um para a versão anterior, ou seja, é como se todo o trabalho do sistema lançado fosse por água abaixo e, criar um novo para agradar os usuários, são meses de testes e desenvolvimento, fora os gastos que muitas vezes são altos.

Contudo uma parcela dessa baixa de adoção do sistema Android também vem de desabilidade da própria marca. Isso porque muitos usuários querem fazer as atualizações, contudo, nem sempre o novo sistema está disponível para o dispositivo de todos os consumidores. O Android é uma plataforma que varia de modelo para modelo, o que dificulta a todos os usuários terem acesso as atualizações. Às vezes eles conseguem ter possibilidades para isso, mas bem depois de vários outros usuários que também usam Android.

O iOS 7.1 foi lançado no dia 10 de março, há pouco mais de duas semanas, e já está agradando a maioria de seus usuários Apple. Enquanto o Android KitKat tenta nadar contra essa infeliz surpresa.

Android KitKat

Foto: Divulgação

 


O upgrade do iOS 6 para a versão mais atual, o iOS 7 trouxe uma imensidão de coisas novas, funcionalidades avançadas, entre outros. Entretanto, como nem tudo na vida são flores, muitos usuários do famoso sistema operacional móvel da Apple, vêm enfrentando algumas dificuldades depois que a atualização para a nova versão do sistema foi instalada em seus dispositivos móveis.

Um exemplo do que foi citado logo acima é a temida e indesejada “tela branca da morte” nos aparelhos iPhone com iOS 7.

Agora que já se passaram cerca de quatro meses depois do lançamento do sistema operacional móvel, a gigante Apple afirmou que já está desenvolvendo melhorias e consertando alguns erros presentes na plataforma, bem como a correção de problemas sobre esse tipo de reinicialização automática e aleatória do sistema.

“Já temos uma atualização a caminho que irá corrigir essa espécie de bug que pode, ocasionalmente, causar o travamento da home screen de dispositivos que operam o iOS”. Disse o porta-voz da Apple, Trudy Muller em entrevista ao Mashable, portal de notícias sobre tecnologia dos Estados Unidos.

Em alguns casos, usuários do iPhone 5S relataram que ao invés de uma tela branca ser exibida, o que ocorre é justamente o contrário: uma tela preta é que preenche a imagem exibida pela tela. Esse erro também será corrigido com a nova atualização, assim é o que promete a Apple.

Essa atualização para o iOS, irá fazer um upgrade da versão iOS 7 para o iOS 7.1, o que já era uma informação meio óbvia.

Ainda não há um pronunciamento oficial da Apple para o lançamento da nova atualização do sistema.

É muito provável que outros bugs menores também sejam corrigidos com essa atualização dos dispositivos, porém o foco da Apple serão os erros mais frequentes, que estão em sua lista de prioridades, pois representam um grande incômodo ao usuário.

Por Júnior Beluzzo

iOS 7

Foto: Divulgação


Novas informações acerca da próxima versão do sistema operacional móvel da Apple estão surgindo. Dessa vez, o site 9to5Mac divulgou que o iOS 7 será compatível com movimentos da cabeça dos usuários.

Apesar de até então a nova tecnologia estar em fase de testes, com certeza isso seria uma grande novidade para os gadgets do mundo todo, pois permite que pessoas com deficiência física possam usam os aparelhos mais facilmente.

Segundo o 9to5Mac a tecnologia foi criada já na versão beta do sistema operacional e ela se chama Switch Control. Com ela, o usuário poderá iniciar a Siri, abrir apps, acessar a central de notificações, controlar o volume e retornar para a home do gadget.

Alguns desenvolvedores já efetuaram o teste da nova tecnologia e segundo eles a precisão do Switch Control é incrível, sendo capaz de detectar inclusive movimentos rápidos.

Um vídeo foi postado no YouTube falando sobre essa tecnologia e quem disponibilizou o mesmo foi o próprio 9to5Mac.

É bem interessante saber que a Apple está preocupada em tornar possível e cada vez mais natural a utilização de dispositivos móveis por parte de pessoas com deficiência física.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: