Nova tecnologia permitirá que o usuário consiga trocar a operadora de telefonia sem a necessidade de trocar o chip.

O SIM card está com os dias contados. Após anos de exclusividade no mercado de smartphones e tablets os conhecidos chips estão prestes a ser substituídos por uma nova tecnologia.  Após diminuir de tamanho em sucessivas gerações, o SIM card será substituído, e a sua falta possivelmente não será sentida pelo mercado.

As duas maiores fabricantes de telefones celulares do mundo se uniram para discutir com a indústria de telecomunicações, uma tecnologia que daria fim ao tradicional chip, com uma nova solução virtual. O Financial Times afirmou que as duas empresas estão em processo de negociação com o GSMA (associação que controla o sistema de telefonia GSM utilizado pela maioria das operadoras pelo mundo), para a criação do E-SIM, tecnologia que permitirá que o usuário consiga trocar a operadora de telefonia sem a necessidade da troca de seu chip. Coisa parecida já ocorre com a camada portabilidade para o número, onde o usuário troca a operadora, mas mantém seu número.

O E-SIM promete acabar com a grande rotatividade dos chips de telefone, que a cada dia são mais fabricados e descartados.

A sigla E-SIM significa "embedded SIM”, e em livre tradução significa "SIM incorporado". Com a sigla, o que podemos imaginar é que o chip seria incorporado ao aparelho, já que com a possibilidade da portabilidade do chip, o usuário não precisaria trocar o chip deste ao trocar de operadora.

A Apple já está testando os primeiros passos dessa tecnologia, com o lançamento do iPad Air 2. Nos EUA já há a possibilidade da escolha do Apple SIM, que seria um tipo de cartão SIM virtual da marca. Mas como experimentação a ideia não foi bem aceita pela indústria e as outras operadoras não aderiram à ideia da Apple. Embora seja uma tecnologia inovadora, o E-SIM não será um padrão imediato. A previsão é que o novo estilo de chip entre no mercado aos poucos e vá tomando o lugar do tradicional chip, sem que os consumidores sintam muito com a transição. Esse cuidado é necessário, pois o chip como conhecemos é muito usado no mundo todo. Mas, se a tecnologia E-SIM for bem aceita e absorvida com sucesso pelo mercado, a tendência é que o atual chip seja descartado em alguns anos.

Por Patrícia Generoso

Cartão SIM

Foto: Divulgação


A Samsung esteve em acordo com a LG e a Apple para oferecer chips para os novos smartphones das empresas, o LG G4 e o herdeiro do iPhone 6. De acordo com informação do jornal “Korea Times” recentemente.

O setor de semicondutores da Samsung também resolveu usar o chip DRAM novo Galaxy S6. Os acordos com as duas companhias concorrentes poderão permanecer ao menos até o final do ano, informou o porta-voz. O iPhone 6 possui o chip A8, produzido pela TSMC. Entretanto, seu antecedente, o iPhone 5s, já tinha um chip da Samsung, que produziu o A7, de 64-bit.

Anteriormente, o jornal sul-coreano Maeil Business havia informado que a Samsung Electronics será a grande fornecedora de chips para a próxima versão do iPhone, relatando fontes da indústria de semicondutores. A empresa sul-coreana terá a função de aproximadamente 75% da fabricação de chips do próximo iPhone, de acordo com a postagem do jornal.

O jornal não relatou a respeito do período de validade do contrato e que outra empresa irá oferecer chips para a Apple. A Samsung fabricará os microprocessadores em indústria em Austin, Texas, nos Estados Unidos. Integrante da Samsung informou que a empresa não relata previsão de mercado. Não foi possível que um integrante da Apple fosse solicitado para relatar a respeito do tema.

A Samsung irá investir mais de US$ 21,4 bilhões em 2015 para auxiliar o oferecimento de chips e telas para a Apple Inc. e para as rivais chinesas que estão tornando em queda as comercializações dos smartphones Galaxy.

A passagem da Apple para os dispositivos com display maior e a competição com as empresas chinesas pelos usuários de aparelhos com preços menores se juntaram para terminar com o domínio da Samsung nas comercializações de smartphones.

A Apple e a Samsung comercializaram 74,5 milhões de smartphones no trimestre de dezembro, de acordo com a Strategy Analytics.

Por Felipe Couto de Oliveira

iPhone

LG G4

Fotos: Divulgação


Chip 3D V-NAND A empresa Samsung começou a fabricar os chips V-NAND, tendo o diferencial de serem feitos em 3D possibilitando ao dispositivo armazenar maior quantidade de informação dentro do telefone.

A companhia anunciou a produção deste artigo inovador mediante um comunicado feito à imprensa nesta semana, no qual dizia que a empresa estava em busca de inovação e tecnologia em termos da capacidade de armazenamento de dados.

Segundo informações reveladas pela empresa, o novo potente chip dispensaria o uso de outros acessórios para alavancar a capacidade de armazenamento do smartphone, visto que o chip possui 24 camadas de 16 GB de memória, sendo essa uma característica inédita para os aparelhos móveis.

A companhia sul-coreana está iniciando essa produção de chips tridimensionais com o intuito de evoluir cada vez mais no que diz respeito às questões tecnológicas. A marca pretende continuar trazendo novidades nos aparelhos para que cada vez mais sejam eficientes ao suportar arquivos verdadeiramente pesados.

A Samsung que sempre tenta chegar à frente das opções da concorrência conseguiu trazer para o mercado um componente que facilitará a vida de muitos usuários.

Por Melina Menezes


Os chineses receberão uma versão do Galaxy Note 2 com suporte para dois chips. Após diversos boatos afirmarem que a Samsung iria criar a versão dual-chip do modelo, a fabricante sul-coreana finalmente decidiu anunciar de forma oficial o lançamento do produto.

O Note 2 traz as mesmas especificações técnicas da versão padrão, que conta com processador quad-core 1,6 GHz, memória RAM de 2 GB, tela de 5,5 polegadas com Super AMOLED HD, sistema operacional Android na versão Jelly Bean e câmera de 8 megapixels.

Um detalhe que chama bastante atenção é que a entrada para os chips SIM suporta tanto os cartões tradicionais quanto os microchips, o que permite uma maior flexibilidade para os usuários chineses. 

Vale lembrar que alguns rumores ainda apontam para o lançamento de uma versão do Galaxy S III, que também terá suporte para dois chips SIM.

Na última quinta-feira, 22 de novembro, o site Ubergizmo publicou a imagem de um suposto aparelho high-end da Samsung que também tem duas entradas para chip SIM.

O Galaxy Note 2 será lançado no dia 3 de dezembro na China e será vendido por 5.699 mil Yuan, aproximadamente R$ 1.900. Ainda não se sabe se o modelo será lançado em outros países, mas é bem pouco provável que isso aconteça.

Por Felipe Santos Bonfim


Depois de algumas surpresas positivas e outras bem negativas durante a apresentação do novo iPhone 5, os chips compatíveis com o novo aparelho devem chegar ao Brasil ainda em setembro.

O novo smartphone nem chegou ao Brasil e os chips já serão vendidos na média de R$ 10,00.

Com novidades como a tela maior, de 4 polegadas e suporte para conexão 4G, a qual ainda não existe em território brasileiro, o iPhone 5 chegará aos EUA no dia 21 de setembro.

Os fãs esperavam mais da nova geração do aparelho, que não apresentou muitas surpresas aos maníacos pela companhia.

A câmera, por exemplo, não teve nenhuma alteração, mas o aparelho está 18% mais fino e leve, para quem gosta de praticidade. Para os fiéis conhecedores do mundo dos smartphones, o novo iPhone 5 seguiu a mesma linha de aplicativos que já estão à venda no mercado.

Com a tela maior é possível aumentar a lista de aplicativos disponíveis na página principal do smartphone. Os comentários são muitos, tanto de quem conhece do assunto quanto dos curiosos de plantão.

No final, o negócio é esperar para ver o modelo de perto e concluir se as pequenas mudanças foram válidas ou o lançamento deixou a desejar. 

Por Dayane Garcia


Na última terça-feira, 31 de julho, a Samsung revelou que está se preparando para lançar o Galaxy S Duos, um smartphone com sistema operacional Android, tela com 4 polegadas e suporte para dois chips simultâneos. Com este projeto, a fabricante sul-coreana pretende lançar uma categoria top de linha do setor de dual-chip.

O smartphone contará com o novo design padrão da Samsung, o mesmo adotado pelo Galaxy S III, que possui as cores branco e azul, com excelente acabamento. O Galaxy S vem equipado com processador single-core com 1 GHz, memória RAM de 512 MB, capacidade interna de 4 GB, tela WVGA Super AMOLED de 4 polegadas com resolução de 800×480 e uma câmera traseira com 5 megapixels de resolução. Além disso, o smartphone ainda possui suporte para microSD, conexão 3G de alta velocidade, Wi-Fi, GPS, Bluetooth, sensor de movimento, plataforma Android Ice Cream Sandwich, interface Touchwiz UX Nature – o mesmo presente no Galaxy S III – e câmera frontal VGA.

Até o momento, a previsão de lançamento do Galaxy S Duos é para o final de agosto, porém nenhuma informação sobre seu preço foi revelada ainda.

Por Guilherme Marcon


Tendo em vista a alta demanda pelos chips Snapdragon S4, a Qualcomm contratou a empresa UMC para ser a segunda fabricante dos dispositivos. Ainda, conforme o Taiwan Economic News, a Qualcomm saiu em busca de novos parceiros após a TSMC não ter dado conta da demanda gigante pelos chips, há pouco tempo.

Além disso, a sul-coreana Samsung deve entrar na parceria para colaborar com a produção do Snapdragon S4, principalmente focando a utilização nos seus próprios smartphones, tendo em vista que o novíssimo Samsung Galaxy S III já utiliza o Qualcomm S4 no modelo que está sendo vendido nos Estados Unidos.

Com o novo contrato, só a UMC deverá produzir entre três e cinco mil chips S4 por mês. Ao que tudo indica, a fabricação dos componentes começará no máximo no quarto trimestre deste ano.

Apesar da entrada da Samsung na parceria, ainda não há nenhum detalhe sobre a produção dos Snapdragons por parte da sul-coreana, mas é bem provável que ela inicie a fabricação juntamente com a UMC, porém com um rendimento mensal bem menor, mas com certeza focado nos seus próprios smartphones.

Por Guilherme Marcon


Quando você ouve falar em “visão Raio X” certamente se lembra dos poderes fantásticos dos super-heróis ou de um filme de ficção científica. Porém, fique sabendo que essa capacidade rapidamente poderá fazer parte da vida real de qualquer pessoa, pelo menos, no que depender dos pesquisadores da Universidade de Dallas, no Texas (EUA).

É que os cientistas americanos estão estudando um chip que fará com que a visão Raio X esteja disponível através de um simples smartphone. Assim, bastará ter um celular inteligente e você será capaz de enxergar tudo o que se passa do outro lado de uma parede ou de uma árvore.

O sensor que deve permitir esta visão Raio X faz uso de duas inovações científicas, combinando um espectro eletromagnético com uma tecnologia que os cientistas chamam de “Complementary Metal-Oxide Semiconductor (CMOS)”. Desse modo, o chip, que permitirá a visão Raio X, poderá ser adaptado na traseira de qualquer smartphone, transformando seu simples celular em um dispositivo Raio X.

Porém, não se empolgue demasiado! É que, por questões de privacidade, esta tecnologia de visão Raio X só deverá funcionar em distâncias inferiores a 10 centímetros e também não permitirá que você espie o que está debaixo de roupas íntimas, a menos que você pretenda ver um esqueleto.


Os alunos do Laboratório de Arquitetura Dedicada, da Universidade Federal de Campina Grande, criaram um chip com o objetivo de relacionar uma voz a uma identidade. O chip foi montado através do programa federal Brazil-IP (Brazil Intelectual Property), que procura a capacitação de profissionais que sejam capazes de projetar circuitos integrados.

O programa Brazil-IP foi criado no ano de 2003 e tem o objetivo de integrar professores e estudantes de várias universidades federais e públicas do Brasil. Sendo que cada Universidade ficou responsável por um projeto de desenvolvimento de um chip.

O desenvolvimento do Speaker Verification System (SPVR) teve inicio há três anos por um grupo de alunos da UFCG e atualmente o projeto está em sua fase final, apesar de o chip já estar concluído.

O SPVR confere a identidade do usuário através da sua voz, pois busca parâmetros vocais pré-determinados, tendo em vista que para cada pessoa há um modelo exclusivo que se baseia nas características vocais, diferenciando uma pessoa da outra.

O professor do Departamento de Sistema e Comunicação e coordenador do projeto, Elmar Melcher, disse estar muito feliz e satisfeito com os resultados do trabalho, e muito orgulhoso por fazer parte da equipe, pois o chip é um dos mais complexos já criados no nosso país até hoje.

Por Guilherme Marcon


Muita gente acha muito mais prático ter um celular que comporte mais de um chip, os chamados multichips, pois assim pode ter mais de uma operadora ao mesmo tempo e desfrutar dos benefícios delas. Já existe até celular com 3 chips, da LG, o chamado LG Tri Chip A290!

Grupo GfK divulgou uma pesquisa que mostra que de cada 6 aparelhos no Brasil, 1 é multichip. A fatia de mercado dessa classe de celulares aumentou de 2,3% em 2010 para 17% em 2011, é um salto e tanto.

Um dos principais motivos para as pessoas adquirirem esse tipo de aparelho é por querer fugir das tarifas exageradas que uma operadora cobra quando você telefona para um número que é de outra operadora.

Além disso, o crescimento do mercado aconteceu após os altos volumes de vendas de aparelhos ilegais que permitiam o uso de dois chips. Isso, porque as grandes empresas fabricantes de celulares perceberam o crescimento expressivo e trataram de desenvolver celulares com tecnologia melhor e que suportassem mais de um chip. Foi uma aposta certa, e com certeza rendeu muito lucro.

Afinal, quem não quer um celular “de marca”, com boa tecnologia e que tenha mais de um chip?

Por Guilherme Marcon


Fazer tecnologia hoje em dia é muito mais que somente produzir e vender no mercado. A empresa LG Electronics traz um novo produto, o primeiro celular Tri chip.

Não é atoa que a LG tem sido uma das empresas que mais vendem no mercado de tecnologias e inovações.

Para lançar o produto foi feito um levantamento de dados entre consumidores do mercado local (Brasil) para identificar qual a necessidade ou a preferência maior dos brasileiros.

Muito mais que apenas um produto, o aparelho que aceita três cartões SIM de operadoras diferentes, também não deixa a desejar no "quesito" funcional. Sua bateria é de longa duração, possui Rádio FM, MP3 player e cartão de memória 2 GB.

O novo modelo promete fazer sucesso, é o que foi dito pelo gerente geral de estratégias de negócio, Rodrigo Ayres.

Sem dúvida alguma este é o tipo de tecnologia que facilita a vida de muitas pessoas, que optam por planos promocionais de várias operadoras e acabam economizando.

O preço sugerido é de R$ 299,00, mas pode ser encontrado em outros valores.

Para quem gosta de manter seus contados sempre "ligados", essa é a oportunidade!

Por Luana Freitas


Uma revolução nas comunicações nos últimos anos mudou totalmente a visão dos clientes e fornecedores de aparelhos celulares.

A concorrência das operadoras e a multiplicação de recursos levaram a inevitável produção de celulares multi-SIM (mais de 1 chip).

Hoje vemos no mercado nacional celulares com 2 ou até 3 chips, mas os "brilhantes" quadri SIM (com 4 chips) estão distantes de uma fabricação digna de seu benefício.

Marcas como Nokia, Sony e LG não usam dessa tecnologia, pois além de não estimular a competitividade entre as operadoras de telefonia celular são incapazes de concorrer com celulares da China que prezam pela funcionalidade e não qualidade do produto.

Inúmeras marcas chinesas quadri SIM estão espalhadas pela internet com anúncios a "preço de banana", mas qualquer problema que ocorrer com o aparelho não há maneira de consertá-lo pela falta de agentes autorizados no país.

Outro empecilho é a compatibilidade com todas as operadoras, alguns celulares acusam rejeição principalmente com a operadora Vivo.

Descubra um site confiável onde amigos já compraram e recomendam ou adquira em sua cidade exigindo garantia do produto.

Caso tenha dúvida, a melhor opção é ter mais de um celular, pois a qualidade do produto é mais custo-benefício do que um celular integrado com risco de futuros danos sem soluções.

Por Vinícius Cassol


Com tantas opções de planos e de operadoras, muitas vezes o consumidor pode ter dificuldades em selecionar a melhor opção, ficando em dúvida quanto a duas ou mais delas.

Outra situação complicada é para quem usa muito o celular, mas liga para pessoas e empresas variadas, tendo que pagar uma conta alta que poderia ser mais baixa caso fosse assinante de duas, três ou até quatro operadoras.

A solução até então era a aquisição de dois ou mais aparelhos celulares, o que nem sempre é muito prático, especialmente para quem realizar viagens e serviço externo, mas agora os principais fabricantes de telefones celulares estão lançando linhas completas de equipamentos da categoria Dual Chip.

É o caso, por exemplo, do Nokia C2 Dual Chip, um equipamento que pode armazenar até cinco configurações diferentes de chips. Isso significa que você precisará inserir um chip principal no equipamento e terá a opção de inserir um segundo chip na porta extra, com o detalhe de que esse segundo chip poderá ser trocado a qualquer momento, sem desligar o aparelho.

Você insere um chip Vivo, por exemplo, quando precisar fazer chamadas para contatos dessa operadora, e muda quando quiser para um chip TIM, Claro ou OI, apenas com pouco toques no menu.

Vale a pena conferir esse produto.

Por Luiz Moreira


Em parceria com a TIM, a Motorola Mobility coloca no mercado mais um celular com capacidade de operar com dois chips ao mesmo tempo: o Motorola EX128 Screen. E apesar de não ser um smartphone, o novo aparelho dual chip conta com alguns recursos só encontrados em celulares inteligentes, como a tela sensível ao toque (touchscreen) de 3.2 polegadas.

A tela não só tem tamanho semelhante à dos smartphones como também pode ser personalizada através de widgets que permitem acesso às redes sociais como Facebook e Twitter.

O EX128 também conta com outros recursos como uma câmera de 3MP, Bluetooth, Rádio FM, entrada USB e reprodutor de MP3. A memória interna é de apenas 50 MB, que pode ser ampliada com a ajuda de um cartão microSD de até 32 GB.

A parceria com a TIM permitirá que o aparelho tenha acesso à internet por R$ 0,50 por dia nos planos pré-pagos, e sem custo algum no pós por seis meses.

Foto: CDMidia

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Baguete


No mundo dos celulares é tanta novidade, lançamento e informação, uma revolução inovadora que muitas vezes nem chega no Brasil, fica lá por fora mesmo. Mas no meio de tanto equipamento, aplicativo, modelo e firulas, meio que renegam o celular de dois chips. Claro que há alguns modelos dois chips de marcas boas, conhecidas e conceituadas, mas a maioria dos modelos que comportam dois chips acabam ficando relegados a marcas de segunda linha ou desconhecidas ou conhecidas falsificações descaradas.

Aí que entra o Samsung Duos Touch para dar um ar novo para os smartphones de dois chips. Este novo Samsung é moderno, redondo, repleto gadgets e uma tela sensível ao toque. O celular ainda possui funções interessantes como a que programa um dos chips para o horário que será utilizado. Além disso o modelo acessa internet em Edge, câmera com 3,2 megapixel e já vem desbloqueado.

O preço informado é de 800 reais! Um pouco superior comparado aos milhares de modelos piratas que vemos nas banquinhas de camelôs, mas o preço é compatível com a qualidade, segurança e confiança que a Samsung emprega ao modelo!

Por Teresa Almeida


Com o celular de 4 chips, será possível que você atenda ligações de até 4 operadoras, em um mesmo aparelho, graças aos chineses, que criaram um celular que aceita até 4 chips, inovando o atual de 02 chips.

Além de estar com até 4 linhas disponíveis, o celular 4 chips possui atendimento automático para a linha de chamada em espera, com uma voz que conversa para você.

Quando você tiver em ligação e uma segunda linha tocar, o celular 4 chips atenderá a ligação através de frases simples, previamente digitalizadas. A conversa se iniciará com um “Alô. Quem está falando?”. Após ouvir a resposta, seu aparelho transmitirá a mensagem: “Infelizmente estou em uma outra ligação. Posso te ligar em cinco minutos?” De acordo com a resposta, caso seja positiva, a gravação se despede. Em caso negativo, o celular emitirá alguns chiados como uma interferência, e se desligará em seguida.

A chinesa PineApple oferece o MP30 de 4 chips, com câmera de 12MP, suporte para até 25 contas de e-mail, internet wi-fi, A-GPS, teclado QWERTY, tela de 3.5 polegadas, TV analógica, TV digital, TV parabólica, rádio FM e AM, e, dizem, sair de fábrica com 100 filmes piratas na memória. Este aparelho pode ser encontrado no “Mundo Eletrônico Birigui” por R$379,90.

No site “Compre da China”, um MP20 Eyo Foyr Quadrichip QWERTY custa R$299.

Por Lisa


A empresa Intel, uma das gigantes do mercado de tecnologia, que domina a área de chips para laptops e PC's, pretende lançar chips que equiparão smartphones, em 2011.

Os chips serão lançados durante a Consumer Electronics Show, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo, que acontece em janeiro do ano que vem, ou no Mobile World Congress, em fevereiro do mesmo ano.

Moorestown é o provável nome dos novos chips, que segundo informações do site Wired.com, equiparão aparelhos da marca Nokia e também devem estar presentes em iPads, os tablets da Apple.

Os primeiros smartphones equipados com chips Intel devem chegar ao mercado mundial ainda no primeiro semestre de 2011.

Por Thiago Martins


A partir do início de feveriero, todos os celulares vendidos pela operadora TIM serão desbloqueados e poderão também ser utilizados com chips de outras operadoras.

Rogério Takayanagi, diretor de Marketing da TIM, informou que a medida faz parte de uma estratégia da empresa para valorizar os seus serviços, tanto na venda de celulares, quanto apenas dos seus chips.

A princípio o desbloqueio será apenas para os celulares novos, mas a previsão é estender o benefício para todos os celulares em uso por clientes TIM.

De acordo com Takayanagi, a decisão de desbloquear os aparelhos da TIM é anterior a proposta da Anatel de proibir venda de aparelhos bloqueados.

Fonte: Agência Estado




CONTINUE NAVEGANDO: