O Bolt é o mais novo aplicativo que o Instagram lançou. O aplicativo chega ao mercado para concorrer com o Snapchat, um dos programas para celular mais bem sucedido dos últimos tempos.

A nova ferramenta, lançada pelo Instagram, é um aplicativo de imagens temporárias, onde o usuário pode enviar fotos para seus contatos sem a preocupação da imagem ficar guardada no celular alheio. A imagem se autodestrói segundos após o envio.

O Snapchat é uma “febre” entre adolescentes, já que a maioria quer compartilhar imagens sem que elas fiquem associadas às suas contas em redes sociais, como Facebook e Instagram.

Especialistas chegaram a apontar isso como uma das principais razões pelas quais o Facebook vem perdendo adeptos entre o público mais jovem.

No ano passado, o próprio Facebook, tentou comprar o Snapchat, por U$$ 3 bilhões, mas não conseguiu. Sendo assim, no mês passado a rede social lançou um programa do gênero, o Sligshot.

Agora chegou a vez do Instagram (que foi comprado pelo Facebook, mas opera como uma empresa separada da rede social), lançar o seu aplicativo para tentar concorrer com a ascensão do Snapchat.

Uma porta-voz do Instagram, anunciou no site The Verge que o aplicativo está disponível apenas em três países: Nova Zelândia, Cingapura e África do Sul.

Mas já adiantou: “Chegaremos a outros países em breve, mas decidimos começar por estes para ter certeza que podemos expandir nossos mercados depois", disse a porta-voz da empresa.

Polêmica no lançamento:

Mesmo fazendo um lançamento discreto, o Instagram não conseguiu impedir que seu novo aplicativo se envolvesse em polêmica.

O nome escolhido para o aplicativo já é usado por outra empresa de tecnologia. Esta empresa tem um aplicativo, também chamado de o Bolt, que permite fazer ligações gratuitas por meio da conexão de dados do celular.

O presidente da empresa, Andrew Benton, fez um apelo ao concorrente Instagram: "Trabalhamos muito em nossa marca e tecnologia. Por favor, não destruam esse esforço", disse Benton.

Por enquanto o Instagram não se pronunciou sobre a proposta de Benton.

Por Ageu da Rocha

Novo app do Instagram

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: