O celular que pertence à categoria dos intermediários cumpre bem o papel de um celular ?top de linha?.

Nos dias de hoje é raro encontrar pessoas que não possuem ou não se utilizam de aparelhos celulares, os populares smartphones. Na realidade esses pequenos aparelhos se tornaram indispensáveis no dia a dia das pessoas, independente da idade que elas possuem, afinal eles se tornaram importantes ferramentas de trabalho, de entretenimento e de aproximação das pessoas.

Os celulares comercializados hoje em dia possuem muitas utilidades, realizando muito mais que ligações. Esses aparelhos são equipados com recursos muito úteis em diversas situações, por isso se tornaram indispensáveis. Muitas pessoas não conseguem ficar nem por uma hora longe de seus aparelhos.

Diante desse quadro de envolvimento entre os consumidores e seus aparelhos celulares, as fabricantes têm buscado a cada ano realizar mais investimentos para que seus lançamentos sejam mais completos em termos de recursos e tecnologias.

Assim, para quem está sempre ligado em lançamentos de smartphones, o mercado oferece todos os anos um considerável número de novos produtos que prometem muitos recursos tecnológicos.

Se você se enquadra nesse grupo de pessoas, conheça o BlackBerry Aurora.

Com um nome bastante simbólico e atraente o aparelho visualmente é muito bonito. Preto, como o nome indica, suas bordas são arredondadas. Sua tela possui 5,5 polegadas que funcionam com o sistema Touchscreen e apresenta 1280×720 pixels de resolução.

O aparelho é equipado com um competente sistema Android 7.0 Nougat que funciona muito bem, sendo ideal para diversos tipos de usuários.

Na realidade o smartphone BlackBerry Aurora não deixa nada a desejar, se comparado a aparelhos de categorias mais elevadas. O celular que pertence à categoria dos intermediários cumpre bem o papel de um celular “top de linha”.

Uma das grandes qualidades deste aparelho está na sua tecnologia LTE 4G que possibilita uma eficiente transferência de dados. Esse sistema faz com que o aparelho ofereça uma qualidade superior para navegar na internet, que pode ser conectada via GPS e Wi-Fi.

Com o processador 1.4 GHz Quad Core é possível reproduzir vídeos e jogos com uma excelente velocidade, sem o risco de travar ou ficar muito lento.

O aparelho ainda oferece aos seus usuários recursos como videoconferência, leitor multimídia e Bluetooth.

Sua memória interna é bem satisfatória, sendo 32 GB que podem ainda ser expandidos por meio de cartão micro SD de até 128 GB.

Para quem usa o aparelho para passar mensagens ou enviar e-mails, o teclado QWERTY oferece mais agilidade na digitação.

Já quem gosta muito de registra todos os momentos de seu dia a dia realizando fotografias, o BlackBerry Aurora é equipado com uma câmera traseira de 13 megapixels que possibilita a realização de excelentes fotos, se comparando aos seus melhores concorrentes em termos de qualidade. Já a câmera de selfie, muito utilizada pela maioria dos usuários oferece 8 megapixels que fazem fotos fantásticas. Ainda é importante ressaltar que as câmeras possuem Flash de LED, auto foco, foco por toque e detecção facial.

A resolução das fotos é de 4160x3120pixels. Já os vídeos gravados possuem a resolução de1920x1080 pixels, que se apresentam em definição Full HD.

O BlackBerry Aurora é um aparelho com peso de 178 gramas e 8,5 milímetros de espessura. Medidas que o torna um aparelho interessante.

Nesse sentido, o BlackBerry Aurora lançado recentemente, neste ano de 2017 já vem ganhando muitos admiradores, principalmente pelo fato de ser um aparelho de muita qualidade e com um preço mais acessível, que em reais pode sair em torno de R$830. Contudo, os brasileiros que desejarem adquiri-lo terão que importá-lo de outros países em que o aparelho seja vendido, pois ainda não existe nenhuma previsão de uma data em que o BlackBerry Aurora passe a ser comercializado no país.

Por Sirlene Montes

BlackBerry Aurora


Quando lançado, modelo foi considerado um dos smartphones mais seguros do mercado.

Quando a BlackBerry lançou o DTEK50, há cerca de um ano, foi considerado não só um dos melhores smartphones, mas também, um dos mais seguros do mundo. O modelo conta com tela de 5,2 polegadas e processador Snapdragon 617, aliado a 3GB de memória RAM para garantir rapidez na execução dos aplicativos, inclusive os mais pesados.

Um software exclusivo para o DTEK50 lhe garantiu uma proteção extra contra malwares, o que acabou fazendo com que o aparelho se tornasse o preferido dos usuários mais desatentos como também aqueles que precisam acessar a internet com mais frequência e não contam com conhecimento para se protegerem das pragas virtuais. Algumas ferramentas deste modelo até dão dicas aos usuários para que ele possa ter mais cuidado com sua privacidade.

Outro diferencial deste modelo são alguns aplicativos oriundos de lançamentos mais antigos da BlackBerry, que passaram por uma adaptação para o Android, como por exemplo, o Hub, que permite ao usuário visualizar melhor as notificações e garante melhor organização da interface.

Quando foi lançado, o BlackBerry DTEK50 era bem caro, mas hoje pode ser encontrado por um preço médio de R$ 1.500,00. Muitas pessoas erram ao pensar que este modelo, por ser antigo, já não atende as necessidades atuais, mas vale lembrar que a configuração do DTEK50 é tão boa que até hoje ele continua sendo um modelo considerado intermediário, afinal, quantos smartphones você conhece que vem com 3GB de memória, tela de 5,2 polegadas e custa menos de 2 mil reais?

O DTEK50 tem 147mm de altura, 72,5mm de largura e 7,4mm de espessura, pesando 135 gramas. E quando foi lançado, mesmo ninguém falando em 'tela infinita', este modelo já conseguia ocupar boa parte do corpo do aparelho. A resolução de 1920 x 1080 pixels garante que esta pode ser uma ótima opção também para aqueles que gostam de assistir a vídeos no smartphone.

A câmera traseira de 13MP garante resolução de até 4160 x 3120 pixels, ou seja, atende até aquelas pessoas mais exigentes quanto à qualidade da imagem. A câmera dianteira é de 8MP. A câmera vem com função de autofoco, geo-marcação, reconhecimento facial e panorama.

Este modelo da BlackBerry não é só bonito e seguro, ele é ágil e garante maior produtividade, o que fez deste smartphone um dos mais indicados para quem usa o aparelho para o trabalho. Quem tem muitos contatos, uma agenda lotada e precisa rodar aplicativos de empresas, calculadoras, enviar e-mails e trocar mensagens o tempo todo, com segurança e garantindo maior proteção de ataques virtuais, vai sentir-se bem a vontade.

A BlackBerry conseguiu juntar em um aparelho, toda sua segurança e vantagens, com a praticidade do Android. Para muitos, este foi o casamento perfeito, resultando em um aparelho que não se tornou o queridinho do mercado, mas que atende perfeitamente dentro daquilo a que se propõe.

A empresa canadense soube aproveitar muito bem o sistema operacional do Google e não deixou de incluir suas próprias soluções e com deixou o aparelho com este diferencial importantíssimo. Com constantes patchs de segurança, manteve a promessa de deixar o smartphone seguro e mesmo hoje, diante de ataques avançadíssimos e vírus poderosos, se sai muito bem.

Geralmente, os modelos corporativos custam caro, justamente por oferecer maior segurança, mas BlackBerry DTEK50 acabou com isto e até forçou a concorrência a baixar o preço. Hoje, não é mais preciso pagar uma fortuna para ter um smartphone que lhe ofereça uma boa segurança, o que se tornou indispensável, afinal, estamos conectados quase que 24 horas por dia.

Independente da nossa profissão, das nossas necessidades, estamos sempre usando a internet e quem tem o seu BlackBerry DTEK50 sabe que pode fazer isto com mais tranquilidade.

Por Russel

BlackBerry DTEK50


O Whatsapp deixará de oferecer suporte ao BlackBerry, porém, empresa afirmou que não irá abandonar os usuários e que buscará alternativas para não deixá-los na mão.

A notícia de que o Whatsapp deixará de oferecer suporte a alguns sistemas, como versões antigas do Android, do Windows Phone e… o BlackBerry, deixou muitos usuários decepcionados, porém, é fato que, mais cedo ou mais tarde tal fato iria acontecer, e no caso do último, isso irá acontecer em Dezembro desse ano. O sistema já foi sensação entre os usuários há vários anos atrás antes do Android dominar o mercado, e agora, a empresa busca alternativas para não deixar seus usuários ''na mão'' com a saída de um dos apps mais usados no mundo.

Em entrevista ao site TechRadar, a empresa afirmou que segue investindo no sistema que ainda possui um número considerável de usuários e que a marca irá buscar mais alternativas para que os usuários não fiquem na mão e sem uma alternativa ao mensageiro.

Porém, a empresa reafirmou que, os usuários do BlackBerry Priv, não serão afetados pelo ''abandono'' do Whatsapp ao sistema da empresa, já que o Priv é uma versão alternativa do Android feita pela marca para os usuários do sistema do robozinho verde.

A empresa também citou o BBM (BlackBerry Messenger), aplicativo da própria empresa para o sistema operacional Mobile e que possui funções e proposta semelhante a do Whatsapp, sendo uma das alternativas a saída do app do sistema, já que com ele, também é possível conversar com usuários de outros sistemas como o iOS, Android e Windows Phone, amenizando um pouco pelo lado dos usuários do BB, porém, o número de usuários do BBM não é considerável, diferente do Telegram, por exemplo, que possui inúmeros usuários nas plataformas em que está disponível e certamente seria uma excelente alternativa.

O Whatsapp deve manter a decisão e continuar retirando seu aplicativo de sistemas mais antigos e menos utilizados, por 7 anos, como anunciado pela empresa, já que a mudança foi feita pelo fato de que, os sistemas como o BlackBerry, versões antigas do Android e do Windows Phone, segundo a empresa, não possuem mais capacidade suficiente para oferecer um bom serviço a seus usuários por meio do aplicativo mensageiro da empresa subsidiária do Facebook, revoltando muitos usuários do app.

Por João Trajano

 

Whatsapp para BlackBerry

Foto: Divulgação


Novo modelo é o primeiro da marca a possuir o Android como sistema operacional.

O mercado de smartphones continua aquecido no Brasil e no mundo e, para não ficar de fora, a BlackBerry apostou em sua novidade: o novo PRIV, primeiro dispositivo da marca a contar com sistema operacional Android, fato que agradou a muitos fãs e entusiastas da marca.

Mas a empolgação inicial dos consumidores logo cessa ao ver o preço do “brinquedo”: para obter o novo gadget, será necessário desembolsar a bagatela de US$ 699. Além disso, é a primeira investida da marca canadense em terrenos dominados pelo robô verde, fato que deverá ser pensado com cautela antes de realizar a compra.

Bateria de longa duração e recurso de produtividade:

Já é possível encontrar na grande rede um vídeo teaser com as principais características técnicas do produto. Dentre as principais novidades estão a tela curva de 5.4 polegadas, de vidro duplo e o DTEK, sistema de segurança que funciona com base em uma classificação global de segurança utilizando dentre outras coisas, o recurso da criptografia.

Outro ponto de destaque é a bateria, que segundo os fabricantes, suporta um uso contínuo de impressionantes 22,5 horas.  O recurso chamado Productivity Edge, que utiliza a tela curva para organizar de um modo diferente as principais funções do aparelho.

Com o recurso da produtividade, o usuário não precisa ligar a tela toda vez que desejar ver alguma informação básica, como notificações por mensagem, horário, bateria, etc.

Características técnicas:

– Hub Blackberry: a caixa de entrada combinada que sincroniza várias contas de e-mail e de mensagens;

– Pop-up widgets: deslizar determinados ícones de aplicativos na tela inicial do PRIV para ver um widget, em vez de tê-lo permanentemente tomando espaço na tela inicial;

– Tela: 5.4 polegadas e 2560×1440 pixels, com vidro duplo curvo, similar ao Galaxy S6 Edge;

– Teclado virtual: "best in class" teclado personalizado com um gesto swipe (arrastar) para selecionar palavras preditas.

Por Matheus de Oliveira

BlackBerry PRIV

BlackBerry PRIV

Fotos: Divulgação


Rumores indicam que a BlackBerry estaria planejando lançar um novo smartphone com sistema operacional Android e com design que remete a tecnologia Slider.

A BlackBerry está preparando um novo smartphone e as imagens vazaram na internet, deixando à vista as muitas novidades do modelo. As fotos foram divulgadas na última sexta-feira (21) e o novo smartphone da BlackBerry chama a atenção para alguns detalhes, por exemplo, o sistema operacional será o Android e o design do aparelho nos faz lembrar de uma tecnologia já conhecida como Slider.

O Slider fez muito sucesso, principalmente, na década de 90 e até no começo de 2000, mas depois foi deixado de lado aos poucos. Há alguns tempos, vinha tendo uma certa especulação sobre este aparelho, mas a BlackBerry insistia em negar, mas agora as fotos já circulam pela web.

Assim que a imagem vazou na internet, profissionais do setor ficaram desconfiados se a BlackBerry estaria mesmo preparando este smartphone, mas aí, com o "BlackBerry" sendo mostrado em vídeo, ficou quase confirmado que é mesmo uma imagem verdadeira e o smartphone pode ser sim o novo lançamento da BlackBerry, mas a empresa não fez nenhuma confirmação oficial, assim como o Google que continua mantendo o suspense.

Alguns vídeos foram divulgados no Twitter, na conta de @Evleaks, mas são vídeos rápidos, onde não é possível verificar muitos detalhes, porém, pode-se notar uma tela deslizante que sendo levantada, mostra um teclado físico "QWERTY". A novidade pegou muita gente de surpresa e poderia ser uma forma de superar a forte concorrência no setor.

Outro local onde as imagens do novo smartphone da BlackBerry foram divulgadas é no site da CrackBerry, onde é possível conferir diversos detalhes do possível novo smartphone da marca, onde é utilizado o codinome "Venice".

As grandes empresas do setor de smartphone, como Samsung, LG e Apple estão investindo em tecnologia de ponta para garantir boa venda para seus novos aparelhos, enquanto que as demais empresas, principalmente aquelas que não têm tanta tradição neste mercado, precisam inovar para oferecer ao público consumidor, modelos mais baratos, mas que tragam alguma novidade que faça compensar a compra do aparelho.

Esta poderia ser a tática da BlackBerry, mas não se sabe mais nada sobre o novo smartphone da marca, nem sequer as especificações técnicas ou possível data de lançamento.

Por Russel

Smartphone da BlackBerry com Android

Foto: Divulgação


A BlackBerry, que ainda procura recuperar seu lugar ao sol no mercado do qual já foi líder, anunciou estar trabalhando em um conceito de tablet cuja patente já havia vazado.

O CEO da empresa canadense, John Chen, revelou no Fórum Empresarial MIT ocorrido em Hong Kong (China), que existem projetos para novos tablets, com teclados físicos acoplados e design slider.

O novo tablet estaria sendo planejado para 2015, e segundo a imagem da patente vasada seria algo bem diferente do BackBerry Playbook. O teclado físico seria destacável, de modo que o dispositivo parece uma espécie de híbrido, de notebook e tablet.

Como poucas são as confirmações da BlackBerry e muitos são os rumores, como por exemplo de que o nome seria Visa/Victoria, o melhor é aguardar os próximos anúncios.

Enquanto isso, John Chen mostra muita confiança e otimismo ao falar do BlackBerry Classic. Com lançamento previsto para dezembro, este novo smartphone – que trás de volta o teclado físico – será, nas palavras do CEO, o que conhecíamos de melhor do BlackBerry, só que aprimorado.

A promessa é que o sistema operacional atual em conjunto com o modelo Classic, melhore a produtividade daqueles que utilizam smartphone para fins corporativos.

Aliás, parece que com o lançamento do Classic e o BES 12, a empresa está apostando suas fichas no mercado corporativo, que sempre foi seu forte, ao invés de seguir o modismo. Isso foi mencionado na carta aberta de Chen aos usuários.

Segundo ele, quando o mercado sofre mudanças rápidas é tentador seguir a moda para se adequar ao novo padrão da indústria e tentar ser tudo para todos. Mas, ainda segundo o CEO, “não se conserta o que não está quebrado”.

Ou seja, embora a BlackBerry não pretenda abandonar as linhas de inovação (como o Passport), podemos esperar que o foco da empresa será cada vez mais na produtividade corporativa.

E como o público receberá isto? Muitos, principalmente no Brasil, vêem essa postura como retrógrada. Por exemplo, o teclado físico tem sido recebido como “saudosismo” e “retrocesso”. Mas o público fiel da empresa, de modo geral, está ansioso pelo lançamento do Classic.

Por Alexandre S.T.

Foto: divulgação


Apesar das más notícias envolvendo os ganhos da empresa, o grupo BlackBerry anunciou que está desenvolvendo um sistema de gerenciamento em nuvem integrado para o SO da empresa, Android e iOS. O anúncio foi feito durante o Gartner Symposium, evento realizado de tecnologia que ocorreu entre 6 a 10 de outubro em Orlando, nos Estados Unidos.

O novo sistema ainda não tem nome nem mesmo data de lançamento, contudo a empresa informou que não será preciso instalar qualquer software e o recurso será habilitado por meio de registro e um pagamento mensal que custa pouco menos que uma xícara de café, segundo a empresa.

Um serviço que seja compatível com todas as plataformas ajuda não somente o usuário como também a desenvolvedores, que terão uma maneira mais prática de armazenamento, usando um sistema baseado em linguagem da web. O sistema terá uma fácil usabilidade, para que não seja necessário conhecer muito sobre tecnologia para usufruir suas possibilidades.

Quando o recurso estiver ativo, os desenvolvedores poderão criar e gerenciar catálogos de aplicativos públicos na Google Play, App Store e BlackBerry World, sendo capaz de mensurar o número de pessoas que estão usando os aplicativos. Os usuários comuns poderão gerenciar tarefas comuns sem ter de recorrer ao administrador, além de poder alterar senhas de acesso de outro dispositivo.

Por Robson Quirino de Moraes


BlackBerry Z10A BlackBerry, que já teve seus tempos áureos, divulgou no fim do mês de setembro uma espécie de ratificação de sua onda de coisas ruins. De acordo com a empresa, no segundo trimestre fiscal que foi encerrado no mês de agosto houve um prejuízo que atingiu uma cifra bem significativa.

O responsável pela situação, de acordo com a própria empresa, foi o fracasso do smartphone BlackBerry Z10.

No total o prejuízo registrado e apresentado pela empresa foi no valor de 965 milhões de dólares. No trimestre referido a receita líquida obtida pela companhia foi de 1,6 bilhões de dólares o que representa uma queda de cerca de 45% em relação ao mesmo período do ano anterior quando a receita registrada foi no valor de 2,9 bilhões de dólares.

Para desanimar ainda mais qualquer otimista a venda de smartphones também teve uma queda relevante. No trimestre do ano passado foram vendidos 6,8 milhões de aparelhos enquanto que neste foram 5,9 milhões.

O pior é que a maior parte dos dispositivos vendidos estava equipada com o antigo BlackBerry 7 o que significa que o BlackBerry 10, o novo sistema, não teve a recepção tão esperada pela empresa por parte dos consumidores.

Por Denisson Soares


O Pentágono, departamento de defesa dos Estados Unidos, manteve a sua decisão e continua usando como smartphone o BlackBerry da empresa RIM.

Segundo o órgão, a escolha por este tipo de aparelho se deveu à sua maior segurança e praticidade quando em comparação com outros modelos como o Android e o iPhone.

Além disso, o BlackBerry tem a possibilidade de aumentar a memória de armazenamento de dados que não está disponível em alguns tipos de smartphones como os da Apple.

Por Ana Camila Neves Morais


De acordo com as informações divulgadas pela própria RIM, em janeiro do ano que vem o novo sistema operacional direcionado aos aparelhos móveis da empresa será lançado. O BlackBerry 10 deverá ser apresentado no dia 30 de janeiro.

Além disso, a empresa diz que está reservando mais duas novidades para o fim de janeiro. Neste caso serão dois smartphones.

Apesar da novidade, ainda é muito cedo para qualquer tipo de comemoração. Para quem não se lembra, a RIM vinha continuamente perdendo espaço no mercado nos últimos anos. Apesar de todos os contras, segundo os dados divulgados até agora, ainda são cerca de 80 milhões de usuários cadastrados e ativos que fazem uso do BlackBerry. Claro que esses dados dizem respeito ao mundo todo. Esse provavelmente é um dos motivos que tem contribuído para que o BlackBerry 10 seja uma nova etapa de sucesso na história da marca.

O BlackBerry 10 foi concebido e desenvolvido envolto em toda uma aura de “novo projeto”. Para quem anda meio desinformado, a RIM investiu uns bons anos no desenvolvimento de aplicativos e na preparação do ambiente destinado ao funcionamento dos mesmos. O PlayBook, que era baseado no QNX, foi a primeira etapa de testes para este novo sistema operacional. Apesar de não ter agradado a muitos, alguns recursos que estavam presentes neste tablet também estarão nos lançamentos previstos para o fim de janeiro. É esperar para ver!

Por Denisson A. Soares


Mais uma notícia boa chegou para quem possui aparelhos da RIM, pois a Blackberry App World – site voltado para o download e compra de aplicativos e atualizações diversas para os aparelhos móveis Blackberry – agora conta com um novo recurso para este tipo de smartphone o qual permite que seus usuários atualizem de uma única vez todos os aplicativos existentes no seu aparelho.

Com isso, em apenas um toque é possível que vários updates sejam baixados juntos sem importar a sua quantidade dando, assim, mais rapidez e agilidade para as inovações disponíveis ao Blackberry.

Além desta nova funcionalidade já está disponível também a nova versão da App World – que consiste na loja dos aplicativos da montadora RIM – a qual compartilha as listas de downloads com os contatos presentes no telefone móvel dos proprietários; deste modo, ao baixar um novo aplicativo a pessoa pode compartilhar as informações que quiser com os amigos que podem ou não baixar o mesmo.

Portanto, para os usuários de um Blackberry ou para aqueles que desejam adquirir um desses aparelhos, a sua atualização e inserção de novidades está cada vez mais rápida e fácil por meio da sua App World.

Por Ana Camila Neves Morais


A RIM revelou em maio deste ano o mais novo sistema operacional BlackBerry 10. Mesmo que a nova plataforma já esteja em desenvolvimento há mais de um ano, o lançamento teve que ser adiado para o primeiro trimestre de 2013.

Conforme a fabricante, disponibilizar o novo SO ainda em 2012 é algo fora da realidade atual da empresa, pois a ascensão do Google e da Apple no mercado provocou graves problemas para a RIM. De acordo com dados divulgados, no último trimestre o prejuízo atingiu a marca de 200 milhões de dólares, o que forçou a empresa a demitir mais cinco mil funcionários, ao invés de apenas dois mil.

Logicamente, os acionistas da RIM estão muito descontentes e, por isso, uma possível parceria entre a fabricante e a Microsoft pode surgir. Isso porque há algum tempo, antes de ir até a Nokia, a Microsoft procurou a RIM para que ela fosse a fabricante dos novos Windows Phone.

Com a mudança da data de lançamento do novo SO, Thorsten Heins, CEO da RIM, afirmou que o objetivo do desenvolvimento da plataforma continua o mesmo e, sem explicar especificamente o adiamento, o executivo disse que o atraso não será devido ao design nem aos recursos do novo sistema.

Por Guilherme Marcon


Mesmo após a divulgação oficial do novo sistema operacional para smartphones da RIM, o BlackBerry 10, algumas informações “extras e exclusivas” referente às especificações da plataforma surgiram na internet.

Vazaram algumas imagens que revelaram duas funções do novo sistema que ainda não foram apresentadas de forma oficial, tratando-se do compartilhamento de tela e o editor de vídeos.

O site CrackBerry Forums, alega ter conseguido acesso a algumas fotos do BlackBerry 10 trabalhando em smartphones e tablets. Nas imagens, é possível observar que na parte superior do telefone existe uma opção chamada Sharing Screen, ou compartilhamento de tela. Essa função serve para mostrar o que o usuário está vendo na tela do aparelho durante as ligações. Além disso, outras imagens mostram um BlackBerry Playbook trabalhando com um editor de vídeos, que, de acordo com o site, teria sido criado por uma equipe de desenvolvedores, chamado de Jaycut. A interface deste aplicativo é bastante parecida com a de outros programas do mesmo segmento, como o Premiére e o Final Cut.

Segundo os rumores, o BlackBerry London será o primeiro smartphone da RIM que virá com o novo sistema operacional,  e será lançado ainda este ano.

Por Guilherme Marcon


O BlackBerry está correndo atrás do prejuízo que teve os últimos anos com o lançamento de novos smartphones que acabaram tirando seus usuários. Mas a empresa ainda está em busca de novidades e também de lançamentos para conquistar seus clientes.

Recentemente ela anunciou que vai lançar uma nova versão do sistema operacional RIM. A novidade foi anunciada durante um grande evento da empresa em Orlando, nos Estados Unidos.

Primeiramente, como é de costume na indústria, a nova versão do sistema operacional RIM será lançado apenas para desenvolvedores começarem a fazer os novos aplicativos que serão oferecidos para o sistema. Depois, a nova versão vai começar a ser distribuída em caráter de testes entre alguns usuários. 

Uma das grandes modificações do sistema operacional será no design, que promete ficar mais leve e também menos focado nos negócios do que os modelos anteriores.

Além disso, parece que a empresa também vai começar a focar mais nos teclados virtuais, já que grande parte dos seus aparelhos conta com os teclados físicos. Além disso, o novo sistema também será mais fácil de ser operado.


A RIM apresentou no início desta semana duas novas versões do seu celular BlackBerry Bold.

Os modelos 9900 e 9930 tem como novidade a atualização do sistema operacional do aparelho, assim como a presença de uma tela touchscreen de 2,8 polegadas.

De acordo com a empresa, os celulares deve ser lançado no segundo semestre e terá um processamento semelhante ao do modelo Torch.

Os novos BlackBerry Bold 9900 e 9930 virão com processador de 1.2 GHz, teclado qwerty, chip NFC (que possibilita diversas formas de pagamento pelo celular), sistema operacional BlackBerry 7 OS, câmera de 5 MP, memória RAM de 768 MHz, espaço interno de 8GB e entrada para cartão microSD de até 32GB.


Atenção admiradores dos Blackberry: a partir de Novembro deste ano mais um modelo estará à disposição no mercado brasileiro. Trata-se do Blackberry torch 9800, que desbloqueado custará no mercado nacional R$ 2.699, conforme matéria do site Tecnologia IG.

Lançado em Agosto nos Estados Unidos pela RIM (Research in Emotion) este novo modelo tem estilo slider, linhas elegantes e um porte, por seu tamanho, que chama a atenção, e embora seja relativamente grande mantém a elegância neste design. Sua tela é sensível ao toque e possui 3.2 polegadas, câmera de 5 megapixels com flash e conexão com internet através de Wi-Fi ou 3G. Seu sistema operacional é a versão 6 do Blackberry e terá também loja de aplicativos. Como destaque este smartphone trará um navegador próprio para navegar pelas páginas da WEB baseado em tecnologia Webkit, a mesma usada no Chrome.

Na guerra da concorrência pelo mercado o Blackberry torch 9800 é o lance da RIM para concorrer, principalmente com o seu grande rival, o iPhone da Apple e com smartphones que rodam o sistema operacional da Google, o Android.

Por Mauro Câmara


As mudanças entre o BlackBerry Bold 9700 para o 9780 não é lá muito grande. Entretanto, os poucos itens que mudaram fazem deste novo smartphone um dos mais interessantes para este final de ano e 2011. Só o fato de este ser um dos primeiros BlackBerry a rodar a versão 6.0 do sistema operacional da RIM já diz muito.

A nova versão do sistema operacional do BlackBerry traz algo esperado há muito tempo pelos fãs do aparelho: o multitasking. Agora é possível realizar várias tarefas ao mesmo tempo sem precisar fechar aplicativos a todo momento.

Além disso, o novo BlackBerry deu um salto incrível no quesito câmera. O aparelho deixou os básicos 3.2 megapixels para começar a fotografar e gravar vídeos com qualidade de 5 megapixels. A empresa ainda não divulgou estimativa de preço.

Por Luísa Barwinski


Um novo BlackBerry deve chegar às prateleiras ainda em 2010. O modelo nascido em parceria com a operadora norte-americana Sprint começa a ser vendido no dia 31 de outubro e conta com algumas novidades interessantes no universo dos smartphones.

O BlackBerry Style 9670 possui algumas diferenças substanciais no seu design em comparação com outros modelos da marca. Em vez de adotar o estilo objetivo, com o teclado QWERTY logo abaixo da tela, em um corpo único, o Style 9670 possui um flip, deixando o teclado na metade inferior do aparelho.

Este smartphone funciona com o BlackBerry OS 6 e tem um processador interessante: 624 MHz. Além disso, o Style 9670 tem câmera de 5 megapixels, GPS e WiFi. Se observarmos bem o design deste aparelho, percebe-se uma nítida tentativa de atingir mais consumidores no público feminino. O BlackBerry Style 9670 chega às lojas ao preço de US$ 99.

Por Luísa Barwinski


O smartphone queridinho do governo e do presidente dos Estados Unidos, vejam só, está bem longe deste mesmo conceito para o governo dos Emirados Árabes. Em abril eles já haviam feito algum barulho afirmando que os aparelhos Blackberry, produzindos pela empresa RIM (Research In Motion) eram perigosos para a segurança pública, pois alguns aplicativos poderiam deixar vazar informações importantes de estado.

Não demorou muito e jornalistas e muitas outras pessoas vieram a público defender o smartphone e acusar o governo dos Emirados Árabes de censura. Agora, o mesmo governo não apenas reintera o que já havia dito, como afirma estar trabalhando para que a RIM, o Blackberry e seu singular sistema que tanto agrada empresários ao redor do mundo, atuem no país dentro de suas normas e leis de segurança.

Interessante que, quem tem um Blackberry sabe bem, é justamente a segurança quanto as informações, um dos principais motivos de se querer o smartphone. O que será que os Emirados Árabes tem tanto medo que descubram?

Por Teresa Almeida


Quando indagado por seus leitores, um famoso blogueiro inglês respondeu que o melhor smartphone do mundo seria o BlackBerry Bold. E é claro que opiniões vindas de pessoas como ele, que tem influência em sua área, sendo um formador de opinião mundo à fora, devem ser levadas em consideração.

Mas não sei se é o caso, desta vez.

O produto da RIM tem ótimas características, e uma das mais importantes é a capacidade de editar documentos do Microsoft Office. O aparelho traz também um ótimo cliente de Twitter. A bateria é um show à parte, podendo aguentar mais de 10 horas de uso, segundo análise da Revista INFO.

E os elogios param por aí.  Pra continuar a falar dele é preciso dizer que a câmera de 3,2 MP está ultrapassada, pois qualquer modelo básico da concorrência atualmente traz uma de 5MP.

Se acrescentarmos ainda que seu preço é de R$ 1799,00, e que a disponibilidade de aplicativos para ele ainda é muito pequena, fica muito difícil dizer qual smartphone é o melhor do mundo.

Pra mim, esse é um título que está vago.

Por Maximiliano da Rosa





CONTINUE NAVEGANDO: