O Android 5.0 Lollipop já foi liberado para usuários do Samsung Galaxy Note 3 na Rússia. A atualização do sistema operacional em aparelhos tem sido lenta, porém, os mais ansiosos donos deste smartphone podem arriscar baixar a nova versão de outros locais e instalar manualmente.

A novidade que surgiu oficialmente para os russos é para o modelo N900, que tem em seu interior o chipset Exynos. O N9005, que conta com o Snapdragon 800, deverá receber a atualização em breve. Isso significa que alguns brasileiros terão acesso à nova interface, já que esse modelo é vendido por aqui.

Muitos usuários ainda aguardam pelas suas atualizações, tanto que o Lollipop no início de janeiro ainda não havia sido visto dos gráficos de relatórios referentes à distribuição do sistema operacional no mercado.

O update para o Galaxy Note 3 traz uma nova e moderna cara ao phablet de 2013, com o Material Design. A TouchWiz, customização da Samsung que tem sido criticada por não ter sido otimizada para telas largas, agora recebe as diretrizes impostas pela Google.

O upgrade do sistema operacional também traz melhorias no desempenho da bateria e do hardware em geral, e a Samsung aproveitou para levar ao seu ex-flagship alguns recursos que são encontrados no Note 4.

Um dos recursos aprimorados que a versão atual da linha Note ganhou, e agora foi levara ao Note 3, é a função de multijanelas, que permite selecionar a área que cada aplicativo poderá ocupar, permitindo dois apps abertos ao mesmo tempo. Embora o Note 3 já possuisse esse recurso, ele também foi melhorado juntamente com o upgrade do OS.

Já esta versão mais nova da linha Galaxy Note, deverá receber o Lollipop em fevereiro.

Agora que os russos já possuem o update oficialmente, os demais usuários ao redor do mundo já podem esperar mais confiantes por boas notícias para seus aparelhos. Mas, quem quiser, é possível se adiantar e instalar a ROM através do aplicativo ODIM, lembrando que só será viável para os modelos com o SoC Exynos.

Estes são os detalhes da atualização recente:

– Modelo: SM-N900

– País: Rússia

– Versão: Android 5.0

– Changelist: 3779962

– Data de compilação: Terça, 13 de Janeiro de 2015

– PDA: N900XXUEBOA6

– CSC: N900SEREBOA6

– MODEM: N900XXUEBNL6

Por Daniel Cavalcante


O sistema operacional do Google, Android, disponibilizado para aparelhos móveis, é realmente o mais usado em todo o mundo e, devido a isto, a cada melhoria divulgada, os usuários esperam com bom agrado para que possam possam usufruir dela.

O novo modelo é denominado de Android 5.0 Lollipop, que é recebido nos maiores smartphones do momento. Isto será realizado de forma gradativa, o que traz ainda mais expectativa para o público.

O LG G3 deverá ser atualizado para o sistema operacional onde, em um primeiro momento, somente para o público sul-coreano, e em pouco tempo para os públicos de outras partes do mundo.

A LG relatou, entretanto, que o seu objetivo é ampliar a alteração para os outros locais do mundo até o final de 2014. O objetivo da empresa é possibilitar que o público presente em todo mundo usufrua de todos os benefícios do Android 5.0 Lollipop, expandindo estas modificações para outros dispositivos em 2015.

Um dos diferenciais que serão percebidos pelo público será o fato de ser mais rápido, uma vez que a empresa relatou que o dispositivo terá uma qualificação na velocidade através desta alteração. Para as pessoas que não sabem com precisão das novidades, um dos principais fatores novos trata-se da interface recente apresentada pelo sistema operacional do Google, que é qualificada pela simplicidade e agilidade.

O principal fator relevante ao público é o sistema de bloqueio inteligente, que irá possibilitar que a ativação seja realizada através do uso de um aparelho comum que possua a tecnologia Bluetooth.

Com isto, para o LG G3, a novidade é que, caso a empresa siga o que foi divulgado, existe a possibilidade de que o Android 5.0 Lollipop marque presença em breve.

O preço médio do LG G3 no país é por volta de R$ 1.419, que é determinado como inferior em relação aos aparelhos semelhantes de outras fabricantes.

Por Felipe Couto de Oliveira

Foto: divulgação


O novo sistema operacional do Google, o Android LolliPop é o principal assunto do momento. Um dos sistemas operacionais mais utilizados no mundo, em tablets e smartphones já começa a ser disponibilizado em alguns novos aparelhos e os usuários já estão podendo conferir as novidades que a empresa preparou.

E uma destas novidades é o Ambient Display, que na verdade é bem similar a um outro recurso já muito conhecido, o "Active Display".

O Active Display está presente em vários smartphones da Motorola e oferece a seguinte facilidade: quando o smartphone recebe uma notificação, a tela imediatamente é ativada, assim o usuário poderá conferir uma "prévia" e então optar se desbloqueia o aparelho para ler na íntegra ou se pode deixar para depois. Esse recurso vinha em alguns aparelhos da Motorola, mas agora estará disponível em quase todos os aparelhos que utilizarem o novo Android.

O Google mudou o nome do recurso para Ambient Display que realiza praticamente a mesma função, de ativar automaticamente a tela do aparelho sempre que uma nova notificação é recebida. Mas o Ambiente Display também será ativado automaticamente quando o aparelho é acionado, por exemplo, quando a pessoa retirar o smartphone do bolso.

Para muitos, este recurso a mais no aparelho poderia ser um problema, por aumentar o consumo de bateria, mas o Google já pensou nisso e os usuários podem ficar tranquilos, pois o novo Android LolliPop já vem equipado com o ProjectVolta, um sistema inteligente para ajudar na economia de bateria. Desta forma, os usuários dificilmente irão perceber algum gasto a mais no uso do Ambiente Display.

Este recurso não estará presente em todos os aparelhos, mas o Google não anunciou quais irão ter ou não o Ambiente Display.

Aos poucos, o Android LolliPop vai revelando suas novidades e pelo jeito, muitas ainda estão por vir. A questão é que nem todos os aparelhos que já estão disponíveis no mercado poderão ter o sistema operacional atualizado para o novo Android, ou seja, o usuário terá que se contentar com seu aparelho, ou comprar um novo só para experimentar o Android LolliPop.

Por Russel

Android LolliPop

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: