Novos aparelhos da Huawei possuem preço baixo e boas configurações.

A Huawei, entre as conhecidas empresas chinesas que investem cada vez mais no mercado de dispositivos móveis, é uma das mais experientes, tendo sido fundada em 1987. Tentando recuperar o espaço perdido nos últimos tempos para suas concorrentes mais novas, a empresa anunciou oficialmente o G9 Lite, seu novo smartphone, além de seu novo tablet, o MediaPad M2 7.0, ambos dispositivos intermediários e que serão lançados por um preço bem abaixo ao que acompanhamos atualmente no mercado, característica marcante das empresas chinesas.

As configurações dos dois dispositivos, embora intermediárias, podem ser consideradas boas, além do fato do visual e design de ambos ser bom e muito bem polido, uma tentativa da empresa de atrair consumidores não apenas pela qualidade de hardware, mas também pela atratividade de sua aparência.

Por enquanto o Huawei G9 Lite está disponível para pré-venda antecipada apenas na China, pelo preço extremamente atraente de apenas US$ 260, algo em torno de R$ 925 ainda desconsiderando os impostos a serem cobrados sobre o dispositivo em solo nacional.

O aparelho conta com uma tela de 5,2 polegadas Full HD, 3GB de RAM, 16GB de armazenamento interno (expansível por cartões microSD), processador Kirin 950 octa-core com clock máximo de 2,0 GHz (o que coloca o dispositivo da Huawei acima de praticamente todos seus concorrentes), placa gráfica ARM Mali-T880MP2, câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 8 megapixels, leitor de impressões digitais e Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional.

Já o MediaPad M2 7.0, novo tablet da empresa, ainda não está disponível para venda antecipada, embora isso deva acontecer em breve. Apesar disso, o seu preço já foi revelado, tanto para a versão Wi-Fi como para a versão 4G, sendo US$ 246 e US$ 277, respectivamente, ou algo em torno de R$ 875 e R$ 985, na cotação atual do dólar ainda desconsiderando os impostos a serem cobrados sobre o dispositivo.

O tablet conta com uma tela de 7 polegadas Full HD, com 3GB de RAM, 16GB ou 32GB de armazenamento interno (expansível por microSD), processador Qualcomm Snapdragon 615 octa-core com clock máximo em 1,7 GHz, placa gráfica Adreno 405, câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 5 megapxiels, com bateria de 4.360 mAh e o Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional.

Embora ambas as opções sejam extremamente interessantes e com um preço igualmente baixo, o produto não deve ser lançado oficialmente no Brasil, que vem recebendo poucos produtos da Huawei, embora possivelmente vários vendedores devam importar o produto para vender por aqui, visto seu baixo preço.


Modelo foi projetado com uma tela de 9,7 polegadas.

Em um evento realizado nesta última segunda-feira, dia 21 de março de 2016, a Apple, seis meses após ter feito o lançamento o maior iPad da sua história, lançou um outro dispositivo batizado com o nome de iPad Pro, o qual foi projetado com uma tela de 9,7 polegadas.

De forma distinta do iPad Air 2, o iPad Pro possui compatibilidade com um teclado novo chamado Smart Keyboard, bem como com o Apple Pencil que será comercializado como um acessório do iPad Pro maior.

Inicialmente este novo iPad da Apple com capacidade de memória de 32 GB será comercializado por US$ 599, a versão com 128 GB será vendida a partir de US$ 749, já a versão de 256 GB será comercializada a partir de US$ 899.

Um dos grandes atrativos deste novo iPad é o fato dele possuir uma tela que dá menos reflexo e com maior quantidade de brilho.  

A partir do dia 24 de março, quarta-feira, este novo tablet poderá ser encomendado, contudo o aparelho só será enviado pela fabricante aos consumidores no dia 31 de março. A chegada desse novo iPad irá contribuir para que os preços do iPad Air 2 deem uma caída, uma vez que a fabricante já anunciou que o valor inicial do iPad Air 2 passará de US$ 499 para US$ 399.

O dispositivo será vendido em quatro cores, sendo estas: cinza espacial, dourado, prata e rosa dourado. Com relação às configurações o iPad pro ele cvirá ao mercado equipado com um processador do modelo A9x, uma câmera de 12 megapixels. Outra novidade é a presença de suporte ao Live Photos.

Ao que tudo indica neste lançamento, a Apple está buscando agradar a uma parcela significativa de consumidores que clamavam por um aparelho que tivesse dimensões menores e por este motivo a fabricante fez mais esta aposta, em contrapartida do modelo lançado anteriormente, o iPad Air 2, que possui uma tela de nada mais nada menos que 12,9 polegadas.

Agora é esperar a resposta dos consumidores, porém em se tratando de um produto da gigante empresa da maçã sabemos que sem sombra de dúvida a qualidade dispensa comentários.

Por Adriano Oliveira

iPad Pro

iPad Pro


Segundo rumores, novo smartphone da Samsung poderá dobrar para caber no bolso.

A tecnologia de telas curvas ou dobráveis já existe há algum tempo. Em feiras de tecnologia, por exemplo, a Samsung já mostrou protótipos de telas dobráveis, no entanto, não passavam de algo demonstrativo. Mesmo assim, ainda não há nenhum dispositivo com esta tecnologia para os consumidores finais. Mas parece que finalmente a empresa sul-coreana está tentando implementar a tecnologia em um produto.  

Rumores indicam que a Samsung pode apresentar um smartphone capaz de tela grande capaz de dobrar para caber no bolso. Esse produto seria apresentado em janeiro de 2016. A informação sobre o lançamento no início do ano vem do blog SamMobile, especializado em produtos da Samsung.   

De acordo com os rumores levantados no site, uma fonte chinesa que está ligada diretamente à produção revelou que o smartphone de tela dobrável contaria com excelentes configurações. Ele teria 3 GB de memória RAM, bateria não removível e um slot para expansão da memória via cartão microSD. A Samsung estaria trabalhando em dois modelos, um com processador Qualcomm Snapdragon 820 e outro com Snapdragon 620.   

Os detalhes sobre o aparelho acabam aí, no entanto, fontes também indicam que ele não tem nada a ver com a próxima geração da linha Galaxy, o Galaxy S7. Especulações afirmam que o modelo seria apresentado possivelmente na CES, que acontece no mês de janeiro. Já o Galaxy S7 seria lançado apenas na Mobile World Congress (MWC), no mês de março.   

Esta pode ser uma ótima maneira da Samsung tentar inovar, visto que o mercado de smartphones está saturado em quase todo mundo. No entanto, apesar do otimismo em um modelo dobrável, é provável que a Samsung restrinja o produto apenas para a Coreia do Sul, como já feito pela companhia com outros modelos experimentais.   

Há um vídeo conceitual que mostra como um smartphone poderia se transformar em um tablet utilizando a tecnologia de tela dobrável. Por enquanto, o que temos é apenas uma especulação. Teremos que aguardar até a CES 2016 para ver se os rumores são verdadeiros.

Por William Nascimento

Celular com tela dobrável da Samsung

Foto: Divulgação


Novo tablet possui boas configurações e deverá chegar às lojas com o preço sugerido de US$ 399.

Devido aos diversos lançamentos no último evento da Apple, o novo iPad Mini 4 não teve a atenção que merecia. Nenhuma informação, além do preço, foi descrita pela empresa durante o evento. No entanto, no site da fabricante americana é possível obter as configurações completas do novo tablet. No geral, o aparelho promete ter configurações semelhantes ao do iPad Air 2.   

O iPad Mini 4 deverá chegar às lojas com valor sugerido em US$ 399 em sua versão mais básica. O gadget manteve seu corpo bastante compacto, sendo mais fino que seu antecessor, o que certamente agradará os consumidores que procuram por aparelhos que ocupam o menor espaço possível. Ele é indicado para os usuários que navegam pela internet, utilizam as redes sociais, assistem vídeos, executam jogos e até utilizam aplicativos mais complexos já que ele possui boas configurações.   

Uma das funções mais interessantes presentes no iPad Mini 4 é a split-view. Com este recurso, agora é possível executar dois aplicativos ao mesmo tempo na tela do dispositivo, assim como é feita no iPAd Air 2. Sendo assim, os usuários poderão acessar o Twitter enquanto escrevem algo no Word, por exemplo.   

A nova versão do iPad Mini conta com um processador A8 X, além de 2 GB de memória RAM e uma câmera traseira de 8 megapixels. Ele será vendido com o novo sistema operacional móvel da Apple, o iOS 9. Ainda não há qualquer informação sobre a disponibilidade do iPad Mini 4 em território brasileiro.   

O novo mini tablet foi apresentado em grande evento da Apple em São Francisco, na Califórnia, nesta quarta-feira (09). Além do gadget, outros aparelhos foram apresentados, como o iPad Pro de 12,9 polegadas, atualização na Apple TV com foco em games e melhorias no Apple Watch com novas cores. Os novos iPhones foram o destaque do evento. Além de melhorias no desempenho dos smartphones, a Apple inaugurou novas opções de cores, destinada para o mercado chinês.

Por William Nascimento

iPad Mini 4

iPad Mini 4

Fotos: Divulgação


Rumores indicam que o novo modelo será um tablet gigante com foco no mercado corporativo.

Nesta quarta-feira (09), a Keynote da Apple anunciará novos produtos da empresa, como os novos iPhones, upgrade no Apple Watch e uma nova versão da Apple TV.

Os rumores também indicam que a empresa americana poderá anunciar novos iPads neste evento ou em outubro. Apesar de não ser oficial, analistas do mundo da tecnologia acreditam que o 'iPad Pro', como está sendo chamado, possa ser lançado com foco no mercado corporativo, onde a Apple fechou grandes parcerias, como Cisco e IBM.   

Como o próprio nome sugere, o tablet gigante traria uma tela maior do que os outros modelos. Diversos sites, incluindo o especializado em produtos da Apple 9to5Mac, estão apostando no novo gadget da companhia.

Em relação à data de apresentação, os rumores encontram-se indefinidos. Alguns sites apostam que o iPad Pro será mostrado para o público neste dia 9 de setembro. No entanto, muitos produtos seriam apresentados ao público de uma única vez, o que poderia ofuscar o principal produto, o iPhone.   Além disso, vale ressaltar que a Apple deverá disponibilizar a versão final do iOS 9 também nesta quarta-feira. Sendo assim, é mais prudente que o novo iPad seja anunciado em um evento em outubro. Especula-se que uma nova versão do iPad Mini também deverá ser apresentada ao público.   

Alguns acreditam que a pré-venda do tablet gigante seria iniciada no mês de outubro e que seria lançado oficialmente no mês de novembro, aproveitando as vendas de Natal.

O mercado espera que o tablet tenha especificações atraentes e potentes o suficiente para o mercado corporativo. A tela deverá ser de 12,9 polegadas, além do aparelho contar com 2 GB de memória RAM.   

O iOS 9 trará o recurso de dividir a tela entre dois apps, algo presente em outros sistemas, como o Windows 10. Tal recurso seria muito bem aproveitado em um tablet com 12,9 polegadas.

Agora só nos resta aguardar para ver o que a Apple tem reservado para os seus clientes do mundo todo.

Por William Nascimento

iPad Pro

iPad Pro

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: