Modelo possui boa configuração, porém design é considerado antigo.

O iPhone SE é um dispositivo da Apple que chegou ao mercado mobile com uma tela de 4 polegadas. Na época de seu lançamento conseguiu atrair a atenção de fãs da marca e de curiosos em geral dado os preços relativamente baixos para um aparelho da marca. A versão com 16 GB estava sendo vendida por 399 dólares enquanto que a opção com 64GB saía por 499 dólares. Além disso, o aparelho ainda conseguiu arrancar elogios da crítica especializada devido às suas configurações de ponta.

O site especializado CNET chegou a afirmar que o iPhone SE agrega de maneira eficiente quase todas as funcionalidades importantes do iPhone 6S em uma versão menor a exemplo da Siri sempre ativa, Apple Pay, câmera e processador de qualidade.

Por outro lado, o site Mashable destacou que ele foi um dos aparelhos mais interessantes que surgiu no mercado em 2016. Entretanto, fez questão de ressaltar que, em linhas gerais, o iPhone SE não se trata de um aparelho completamente novo.

Essa consideração realizada pelo Mashable se deve especialmente pelo fato de que este dispositivo conta com um design que, basicamente, é o mesmo apresentado pelo iPhone 5S e, além disso, sua configuração é muito semelhante a apresentada pelo iPhone 6.

Por fim, temos os comentários do site The Verge que aponta que o iPhone SE não é um celular inovador. Ou seja, é um aparelho com tecnologia atual, mas com design de ontem.

Design, Configuração e Desempenho

O visual do iPhone SE, como apontamos, é igual ao que vemos no iPhone 5S. Temos aqui o mesmo tamanho de tela sendo um display de 4 polegadas com uma resolução de 1136 x 640. Os botões também estão posicionados da mesma maneira em ambos os aparelhos.

Uma das poucas diferenças físicas entre o SE e o 5S é que a primeira opção também é oferecida na cor rosa. Além dela, ainda temos opções nas cores prata, dourado e cinza. Ainda sobre o visual, outra mudança diz respeito às bordas que agora estão foscas e não são brilhantes como na versão em que estamos comparando.

Por fim, temos o design antigo, porém, ele é compatível com todos os acessórios que são usados pelo iPhone 5 e 5S, isso pode animar um pouco os usuários interessados em adquirir o aparelho.

Em termos de configuração vamos encontrar no iPhone SE o chip da Apple A9. A título de curiosidade trata-se do mesmo que se encontra presente no iPhone 6S. São 2GB de memória RAM. Essa configuração é o suficiente para entregar aos usuários altos níveis de performance em relação ao jogos. Ao abrir e alternar aplicativos também não enfrenta dificuldades.

Entre as configurações que foram implementadas no dispositivo vale destacar o suporte do iPhone SE para Wi-Fi de alta velocidade e para internet móvel que tenham bandas mais rápidas. Além disso, ainda vamos encontrar aqui o leitor de impressões digitais e NFC para quem precisar usar o Apple Pay.

Câmeras

A câmera principal do iPhone SE conta com 12 megapixels. A qualidade das imagens produzidas é interessante apresentando cores vivas. Temos também a função Live Photos, um recurso que permite que o usuário faça a captura de alguns segundos antes e depois da foto ser feita.

Os vídeos podem ser gravados com resolução 4K. Aqui fica um aviso: apesar de ser excelente a qualidade das imagens, os vídeos gravados em 4k ocupam muito espaço no armazenamento interno do aparelho.

No caso da câmera frontal temos um sensor com 1,2 megapixels com flash de retina, basicamente, o recurso aumenta a luz da tela para garantir uma melhor iluminação para as fotos.

Preços

O iPhone SE pode ser encontrado no varejo brasileiro por valores entre R$1.269 e R$1.700 de acordo com a configuração.

Por Denisson Soares

iPhone SE


Com um hardware potente o novo iPhone SE está conquistando vários clientes.

Quando o iPhone SE foi lançado oficialmente pela Apple no mês de março deste ano muita gente criticou o fato da empresa ter usado para o aparelho o mesmo design que foi apresentado no iPhone 5. A princípio a ideia do dispositivo (ao contrário do iPhone 5c que foi uma vergonha) era colocar à disposição dos consumidores um produto com um hardware potente para quem anda atrás de um aparelho mais compacto. Poucos meses depois de seu lançamento a empresa tem visto que acertou bem na escolha dos detalhes do SE. Até porque as expectativas de vendas vêm sendo superadas dia a dia.

De acordo com o AppleInsider as vendas andam tão bem que em algumas lojas os aparelhos praticamente desaparecem das prateleiras. Os varejistas, por sua vez, também passam por dificuldades para atender os interessados. Já há notícias de gente que está criando listas de espera para o iPhone SE.

A notícia de que um iPhone está vendendo bem não chega a ser tão novidade assim. Mas a curiosidade da questão está no fato da Apple ter fabricado tão poucas unidades do novo dispositivo a ponto de deixar faltando no mercado. Ao que parece nem mesmo a “dona” do SE acreditava que ele ia ter um sucesso tão grande.

A Apple por sua vez disse que aumentou a produção para 5 milhões de aparelhos por trimestre. Ainda assim, em um primeiro momento parece que a atitude não foi suficiente para atender ao mercado.

Em termos gerais tudo isso acaba sendo uma boa notícia para a Apple. Isso porque as vendas de smartphones da marca neste ano passaram por uma queda significativa.

No meio disso tudo analistas continuam acreditando que mesmo com o lançamento do iPhone 7 previsto para o segundo semestre, a companhia ainda poderá registrar uma redução superior a 15% no total de vendas para 2016.

iPhone SE:

Como dissemos o iPhone SE tem um visual bem parecido com o conhecido iPhone 5S. O aparelho conta com uma tela de 4 polegadas com resolução de 1136×640 pixels. Tem ganhado espaço no mercado por apresentar uma estrutura de configuração com um bom desempenho. Apesar de ter baixado (em alguns locais) os preços do SE passam facilmente dos R$2.300.

Por Denisson Soares

iPhone SE

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: