Novo app para smartphones Android promete otimizar e melhorar a duração da bateria do aparelho.

Um grande problema enfrentado por usuários de celulares de todo o mundo é, sem sombra de dúvidas, o tempo de duração da bateria. A boa notícia é que você tem uma alternativa bastante interessante e que irá lhe ajudar na otimização desse item. Trata-se do aplicativo Power Battery – Battery Saver, um app para celulares Android que permite que o usuário gerencie e configure a bateria do seu aparelho para um melhor rendimento.

O aplicativo aqui destacado possui funcionalidades bastante interessantes. O mesmo informa quais são os programas que mais consomem energia e disponibiliza na tela de bloqueio o tempo restante de bateria, evitando que o usuário seja pego de surpresa. Dessa forma, o usuário poderá utilizar esse tempo para realizar as tarefas mais importantes naquele momento.

Assim que o aplicativo é aberto ele já disponibiliza informações como, por exemplo: tempo de duração restante da bateria, temperatura da mesma, bem como a possibilidade de efetuar a otimização. Com isso, será disponibilizada uma lista dos softwares que estão consumindo uma grande quantidade da bateria e a sugestão de fechá-los.

Uma das opções mais interessantes do app é “Modo de Economia”. A mesma está localizada no menu inferior. Por meio da mesma você encontrará a possibilidade de prolongar a bateria, seja encerrando alguns programas ou fazendo outros tipos de ajustes. Além disso, ainda existe a opção “Modo Inteligente”, cuja principal função é economizar a bateria por tempo, programas ou através de energia, sendo que o próprio app irá gerenciar as funções que o aparelho continuará executando.

Através da opção “Lista de Rank”, o usuário terá acesso a uma lista completa e detalhada dos aplicativos e programas que mais estão consumindo a bateria naquele momento. A lista contem informações como o percentual de consumo e detalhes sobre aquele programa ou app em execução. O Power Battery ainda oferece opções para ativar ou desativar, de forma rápida, as seguintes funções: Ringtone, Modo Avião, Wi-Fi, Vibrar, Dados, Rotação, Bluetooth, GPS, dentre outras funções.

Além disso, é importante destacar a interface inteligente e interativa, que acaba facilitando a vida dos usuários que utilizam esse aplicativo.

Como já destacado, este é um aplicativo destinado a usuários com aparelhos rodando o Android. Portanto, você pode encontrar o Power Battery disponível no Google Play.

Por Bruno Henrique


Rede Social chega a 10 bilhões de visualizações por dia e ultrapassa o Facebook.

O Facebook, há anos é considerado a maior rede social do mundo, após a ''queda'' do Orkut, que também ficou anos e anos como o principal rede social do mundo, porém, não soube se renovar e acabou ficando para trás. Agora, talvez possamos ver o mesmo acontecer com o Facebook. Talvez não seja para tanto, mas com o aumento no número de redes sociais e com o Snapchat na cola da rede social de Mark Zuckerberg, o reinado do Facebook pode estar perto do fim.

Explica-se. O Snapchat, embora possua um público completamente distinto do Facebook, possui foco maior nas publicações de fotos e vídeos curtos e que se apagam após certo tempo, algo que o público mais jovem adora. Já o Facebook foca em público mais amplo. Entretanto, a diferença de perfil não vem impedindo que o Snapchat, mesmo sendo mais restrito a um público jovem, cresça cada vez mais e se torne uma verdadeira ameaça ao Facebook. Segundo informações da renomada Bloomberg, o Snapchat atingiu a marca de 10 bilhões de visualizações por dia, ultrapassando o Facebook.

Até então, ambas as redes sociais possuíam algo em torno de 8 bilhões de visualizações diários, porém, o Snapchat conseguiu disparar em relação ao seu concorrente azul. Aliás, este não é o único dado animador. Hoje, cerca de um terço dos usuários do aplicativo são ativos e a empresa vem focando cada vez mais em soluções que atraiam mais usuários. Segundo a empresa, o Snapchat possui hoje 1,65 bilhão de usuários.

A receita do aplicativo também assusta, visto que no ano passado, a empresa conseguiu uma receita de cerca de US$ 16 bilhões com publicidade e anúncios, possuindo cerca de 100 milhões de usuários que acessam a rede social todos os dias. A empresa vem buscando abrir a rede social ainda mais para investimentos, o que deve fazer que com a crescente, os números publicitários se tornem ainda melhores em 2016.

O Snapchat, com esses números, acaba se tornando inegavelmente um concorrente direto do Facebook, que vem acreditando tanto no sucesso de seu concorrente, que deve lançar uma plataforma para concorrer com o Snapchat ainda nesse ano, assim como já havia tentado em anos anteriores, porém, sem sucesso algum.

Maria Luiza Mazzo


App AdBlock Fast voltou a ficar disponível na Play Store.

Nos últimos tempos, a publicidade abusiva na Internet vem incomodando cada vez mais os usuários, que sofrem com  diversos anúncios em vídeos, notícias e outros tipos de conteúdos encontrados pela Internet, sendo obrigados a recorrerem aos famosos apps que bloqueiam os itens de publicidade.

Evidentemente, isso acaba por incomodar as grandes empresas, que pressionam outras empresas como o Google, por exemplo, para bloquearem esses apps de seus sistemas. Um caso envolvendo exatamente o Google gerou polêmica e acabou pela exclusão do app AdBlock Fast da Play Store, porém, a decisão foi revertida.

O app se aproveitou de uma novidade recente no navegador padrão do Android, que possibilita que apps que bloqueiam publicidade possam ser integrados ao aplicativo, que havia sido bloqueado recentemente, o que fez com que a Rocketship Apps, responsável pelo aplicativo, recorresse da decisão no primeiro dia de Fevereiro. Porém, por algum motivo desconhecido, o Google aceitou liberar novamente o aplicativo na Play Store no dia 5, mas apenas no dia 9, o aplicativo definitivamente voltou a estar disponível na loja do Android.

Para se ter uma ideia do que a brecha na API do navegador padrão do Android gerou, em poucos dias após a descoberta do fato de que era possível que outros apps bloqueassem a publicidade no app, o AdBlock Fast foi para a lista dos aplicativos mais baixados pelos usuários. Tal API, inclusive, havia sido disponibilizada pelo próprio Google, não se tratando de um erro ou falha no sistema, como talvez muitos pensem.

O motivo usado pelo Google para justificar a exclusão do aplicativo da Play Store, é que o AdBlock Fast supostamente quebrava o Contrato de Distribuição dos desenvolvedores da Play Store, descrito no item 4.4, que proíbe aplicativos de interferirem na rede, servidor ou propriedade de terceiros, o que evidentemente, não aconteceu. Outro detalhe bem curioso, no mínimo, é que outros aplicativos que faziam o mesmo trabalho, não foram removidos pelo Google de sua loja.

O aplicativo é bem avaliado na Play Store e elogiado pelos usuários, já que se trata de um app simples, mas que ajuda, e muito, os usuários, removendo a publicidade.

Por Isis Genari

AdBlock Fast

Foto: Divulgação


Aplicativo do Facebook está atrapalhando o desempenho e a utilização da bateria de smartphones Android.

De acordo com um teste feito por um editor do jornal britânico The Guardian, o aplicativo do Facebook pode ser responsável por pioras no desempenho e na utilização da bateria de smartphones. Após o blogueiro Russell Holly desinstalar o aplicativo de seu Android, juntamente com o app do Facebook Messenger, e constatar uma melhora de 15% tanto na duração da bateria quanto no desempenho, Samuel Gibbs resolveu remover o aplicativo de seu Huaweii Nexus 6P.

Gibbs permaneceu com o Facebook Messenger instalado em seu telefone, mas desinstalou o app do Facebook, substituindo-o pelo app Metal, uma espécie de replicador da versão mobile do site do Facebook. Ao final de uma semana, o jornalista percebeu que a bateria de seu smartphone tinha um consumo 20% menor em média, sem o aplicativo da rede social instalado em seu sistema operacional.

Curiosamente, as estatísticas de uso da bateria mostradas pelo seu celular não mostravam que o aplicativo consumia muita energia da sua bateria. Porém, os dados de consumo de bateria de outros serviços do telefone, como o próprio sistema operacional Android, caíram depois que o app foi excluído. Assim, Gibbs constatou que o Facebook gastava muita energia rodando em segundo plano, já que esses serviços geralmente são uma plataforma para os aplicativos que ficam rodando em background.

Em nota ao The Guardian, o Facebook se manifestou: “Recebemos alguns relatos de pessoas reclamando de problemas com a velocidade procedentes do nosso aplicativo para Android. Estamos analisando o caso. Estamos comprometidos a continuar melhorando esses serviços”. A empresa não mencionou os problemas relacionados ao consumo de bateria.

Enquanto o Facebook não resolve os problemas de desempenho com o app de sua rede social, Gibbs aconselha os usuários de Android a usar outros programas que hospedem o Facebook, como o Metal, que ele usou em seu experimento. Outra alternativa é acessar a rede social através de seu site, nos navegadores em seu Android. As novas atualizações do Google Chrome, inclusive, trazem a opção de, uma vez logado em sua conta no Facebook, receber as mesmas notificações sem a necessidade da instalação do app, economizando, assim, a bateria e a velocidade do seu smartphone.

Por Renato Senna Maia

Facebook


Dicas de aplicativos que facilitam a vida dos usuários do Android.

Alguns aplicativos desenvolvidos para smartphones que possuem o sistema Android são uma ótima escolha para simplificar algumas tarefas do dia a dia. Por exemplo, você sabia que é possível dispor de bússolas, tradutor offline, calculadoras científicas e até mesmo contadores de calorias?

Pois é, confira agora uma lista de 6 apps que dão um show no quesito facilidade e podem ser baixados na Google Play:

TripAdvisor–  O aplicativo é uma mão na roda para turistas, mochileiros e viajantes. Ele possibilita a consulta de centenas de restaurantes, bares, pontos turísticos, e hotéis através de avaliações, comentários e fotos. Com isso, as chances de cair numa furada são muito pequenas e os visitantes encontram lugares próximos que valem a experiência.

Google Goggles– Parece mentira mas não é. Por meio da captura de uma imagem, o app fornece informações detalhadas sobre o produto. Como assim? É simples, basta tirar uma foto de um quadro, monumento histórico, QR ou código de barras com seu Android e caso o Google encontre informações a respeito, estas serão disponibilizadas na tela de seu celular.

Google Tradutor Off-line– Muita gente já utilizou os serviços online do Google tradutor. O diferencial agora é a possibilidade de baixar pacotes que podem ser utilizados em momentos de falta de sinal. Muita gente tem problemas com 3G e 4G quando estão em outros países, estados ou locais mais afastados e, portanto, dispor dessa ajuda é muito satisfatório.

MalMath– Quem trabalha com números ou está estudando matemática em busca de algum objetivo e precisa realizar operações complexas, esse aplicativo é uma solução simples. A MalMath é uma calculadora científica com design atraente e super fácil de usar, o app é capaz de resolver equações, logaritmos e possui a opção de exibir o passo a passo da resolução dos problemas.

Smart Tools– Como o próprio nome já diz, o sistema conta com funcionalidades inteligentes que costumam tomar nosso tempo em algumas tarefas. Ele oferece lanterna, espelho, medidores de distâncias e até bússola. Muito interessante, não é mesmo?

FatSecret– O contador de calorias FatSecret oferece informações nutricionais sobre tudo o que comemos, de maneira bem simples é possível inclusive manter um diário alimentar que auxilia no planejamento das refeições. Há também o controlador de peso que é indispensável para quem está fazendo dieta ou  impossibilitado de comer alguns alimentos.

Por Beatriz 

Android





CONTINUE NAVEGANDO: