Qual o melhor celular da Xiaomi?

A chinesa Xiaomi fechou o ano de 2022 na terceira posição entre as marcas que mais venderam smartphones ao redor do mundo, atrás apenas da sul-coreana Samsung, primeira colocada, e da norte-americana Apple, na segunda posição.

No Brasil, a Xiaomi ocupou a quarta posição, atrás novamente da Samsung (topo da lista) e Apple (terceira colocada), e também da Motorola, que conseguiu o segundo lugar. À primeira vista, esses números podem não parecer tão expressivos, mas se olharmos um pouquinho para trás no tempo, é possível compreender o salto que a marca chinesa deu em poucos anos.

Fundada em 2010 pelo engenheiro Lei Jun, ainda hoje CEO da empresa, a Xiaomi tinha como principal objetivo oferecer smartphones bons a preços acessíveis. Outro diferencial da marca foi a venda pela internet, o que resultou em excelentes campanhas de marketing e divulgação através das redes sociais.

A combinação desses dois fatores fez com que, em 2014, a Xiaomi pulasse para o primeiro lugar nas vendas de smartphone na China, desbancando as gigantes Samsung e Apple, e chegasse ao pódio das maiores fabricantes de celulares do mundo pela primeira vez em sua recente história. Esse feito rendeu, inclusive, matéria no jornal The New York Times, que ressaltava o potencial da marca chinesa de competir de igual para igual com as gigantes do mercado de smartphones. E a projeção se cumpriu: em 2017, a Xiaomi já dominava quase 7% da quota do mercado global.

Todo o sucesso da empresa não é por acaso, como bem sabem os donos de um smartphone Xiaomi. A proposta inicial de entregar celulares com excelente desempenho a preços relativamente baixos foi cumprida, tanto que a procura por modelos da marca chinesa tem aumentado muito no Brasil e, por isso, resolvemos fazer um comparativo e responder à pergunta que não quer calar: qual o melhor smartphone da chinesa Xiaomi disponível no Brasil?

Leia também:  Mozilla irá descontinuar o Firefox OS

A resposta não é fácil, pois a marca disponibiliza no mercado brasileiro diversos modelos a fim de atender a todos os gostos. Por isso, refinamos nossa proposta e destacamos três modelos para, dentre estes, eleger aquele que, em nossa opinião, oferece o melhor custo-benefício ao consumidor brasileiro. Nossa lista contém:

– Xiaomi 12, disponível no Brasil por valores a partir de R$ 4.793,00;

– Redmi Note 11 Pro, que custa a partir de R$ 1.937,00;

– Poco F4 GT, por R$ 4.049,00.

Para eleger o melhor dentre estes, consideramos três critérios: câmera, processador e tela.

Câmera: Xiaomi 12

No teste de câmera, é importante não considerar somente os megapixels, pois, se o critério fosse apenas esse, a vitória seria do Redmi Noite 11 Pro, com seus incríveis 108 MP na câmera principal. No entanto, para uma câmera ser boa, é preciso combinar também outras especificações, entre eles a captação de luz, elemento decisivo para tornar uma foto excelente (ou péssima).

Nesse caso, considerando ambos os fatores, a vitória é do Xiaomi 12 que, apesar de contar com a câmera principal de 50 MP, oferece resolução de 8165×6124 píxeis, além de uma excelente abertura de diafragma, resultando na possibilidade de aumentar a captação de luz, melhorando a qualidade das fotos. A resolução de 7680×4320 píxeis para a gravação de vídeos também chama a atenção e decide na hora de escolher o Xiaomi 12 como a melhor opção quando o assunto são as câmeras.

Processador: Xiaomi 12 e Poco F4 GT

Aqui temos um empate, pois ambos os smartphones são equipados com o processador Snapdragon 8 Gen 1 da Qualcomm, que alcança incríveis 3 GHz de velocidade. Com isso, os smartphones dão conta de tarefas pesadas sem consumir maior energia. O Redmi Note 11 Pro, no que lhe concerne, tem um Snapdragon 695 5G, que alcança até 2.2 GHz de velocidade, sendo considerado um processador eficiente, mas acaba sendo inferior ao usado pelas duas outras opções.

Leia também:  LG GD880 - O Mini Celular com Touch Screen da LG

Tela: Xiaomi 12

A vitória aqui também é do Xiaomi 12 e sua tela de 6,28 polegadas (15,95 centímetros) de tipo AMOLED. Embora a tela do Redmi Note 11 Pro seja um pouco maior, o Xiaomi 12 tem tela mais resistente, reforçada com a proteção Gorilla Glass Victus, garantindo maior durabilidade ao modelo. Destaque ainda para a resolução de 1080 x 2400 píxel, que permite uma experiência imersiva ao usuário, seja para assistir vídeos ou jogar algum game.

Assim, o Xiaomi 12 é nossa escolha como o melhor smartphone da marca chinesa presente no mercado brasileiro. Vale destacar que tanto o Redmi Note 11 Pro quanto o Poco F4 GT são excelentes opções e, a depender das suas prioridades, podem ser os melhores smartphones para você. Por isso, aconselhamos sempre a definir aquilo que você prioriza na hora de escolher o seu smartphone para não errar. Com certeza a Xiaomi terá uma excelente opção para você.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *