Samsung Galaxy A12 é bom ou ruim?

Saiba se o Galaxy A12, da Samsung, é um bom celular para você.

O Galaxy A12 é um dos aparelhos mais baratos da Samsung, e foi lançado ainda no ano de 2020 em novembro. Na época, foi anunciado para ser um modelo intermediário de entrada da marca, e se destaca pelas suas especificações muito atrativas. Entretanto, quase dois anos após o seu lançamento, é possível que haja dúvidas se vale ou não a pena investir agora no modelo. Portanto, iremos falar um pouco a respeito das configurações e detalhes do A12 para facilitar a sua decisão na hora de comprar o seu novo aparelho.

O design do A12 é muito interessante, apesar de simples e básico, pois ele carrega consigo características muito comuns dos aparelhos da Samsung, em especial os modelos que fazem parte de sua linha, a A. O acabamento do celular é feito em plástico, e conta com uma pintura lisa e módulo quadrado onde ficam localizadas as câmeras da parte traseira. Sendo assim, seu design é simples e básico, mas muito satisfatório. Entretanto, para os que procuram algo mais moderno, talvez o seu sucessor o Galaxy A12 fosse uma melhor opção, visto que passou por uma atualização neste sentido que faz com que ele seja semelhante aos modelos mais caros da marca.

Já em sua parte frontal, o modelo conta com um aproveitamento de tela positivo, pois o notch da câmera frontal fica em um espaço pequeno, e quase imperceptível na parte central superior. O leitor de digitais do modelo, da mesma forma como os botões de volume, fica na parte traseira. O celular pode ser encontrado em quatro cores distintas, preto, azul, branco e vermelho.

Outro diferencial do modelo é o fato de que ele conta com uma tela satisfatória, de 6,4 polegadas, com resolução HD+ e tecnologia TFT. Devido a estes pontos, o celular fornece cores muito positivas e um brilho satisfatório na hora de assistir algum vídeo ou outras atividades do cotidiano de modo geral. Mas podem não ser suficientes para os que são mais exigentes com estes aspectos de fato.

Com um processador menos avançado do que outros modelos da marca, o A12 conta com configurações que são satisfatórias para o cotidiano dos menos exigentes. Ele conta com um Helio P35 octa-core com uma velocidade de até 2,3 GHz. Além do seu processador, ele conta com uma memória RAM de 4GB, que de acordo com o que a fabricante garante, pode rodar aplicativos e jogos que sejam mais leves.

O armazenamento interno do A12 é de 64GB, o que pode ser pouco para os que gostam de guardar mais fotos e outros itens na memória. Entretanto, a capacidade é suficiente para guardar algumas fotos, vídeos e os principais aplicativos usados no cotidiano, sem grandes feitos. Outro ponto é que apesar de vir de fábrica com este espaço, ele oferece também a possibilidade de que seja usado um cartão de memória para expandir, se assim for desejado. O que é uma excelente opção para os que precisam de guardar mais itens no aparelho, mas não precisam de um modelo extremamente avançado para as suas atividades.

Quanto às suas câmeras, o A12 conta com um conjunto quádruplo, bem positivo. Ele se destaca neste sentido pois outros modelos menos modernos não contam ainda com este tipo de funcionalidade avançada, visto que o sensor principal que se encontra na traseira conta com 48M de qualidade, o que é muito melhor do que o antecessor do modelo, que possuía 13MP. Além disso, o aparelho conta com um sensor ultra-wide, que garante uma expansão do ângulo de visão, com 8MP. Já os sensores de macro e de profundidade são de 2MP.

Por fim, a bateria do A12 pode ser um ponto crucial para decidir se de fato o modelo vale ou não a pena, visto que para muitas pessoas que desejam um aparelho simples esta é a característica mais interessante. Ele conta com uma bateria de 5000mAh o que é um ponto forte do aparelho, que garante que o celular consiga ficar até 2 dias longe da tomada a depender do tipo de uso. O carregador do modelo ainda conta com a tecnologia turbo, de 15W que faz com que ele recarregue rapidamente.

Veredito

Para usos mais simples e comuns para tarefas do dia a dia o A12 ainda vale muito a pena, pois oferece características que são suficientes para usuários que não estão em busca de algo tão avançado, mas desejam boas configurações para suas atividades diárias.

Seu preço de cerca de R$ 1.100 não é alto, mas por R$ 100 a mais consegue-se um A22, que tem 128GB de armazenamento e demais configurações parecidas.

Um Motorola Moto G20 pode ser obtido pelo mesmo preço, também com 128GB de armazenamento e outras configurações similares.

Se puder pagar um pouco a mais para ter mais armazenamento, melhor. O Galaxy A12 também não se encontra mais à venda no site da Samsung, no momento em que escrevemos este artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.