Motorola Moto G100 – preço, ficha técnica


Conheça o flagship da Motorola, um celular com desempenho de sobra e boa bateria

Ano passado estreou o mais recente aparelho da Motorola, o Moto G100, que desembarcou em nossa terra junto da estratégia de tornar-se o mais potente Moto G até então produzido. Alguns detalhes da ficha técnica deixam bem claro a consistência e eficiência deste modelo.



Para começar, vale citar a presença do processador Snapdragon 870; capacidade de memória RAM de até 12 GB e um conjunto de quatro lentes de câmeras fazem o diferencial essencial. Com a instalação da plataforma Ready For agora é possível conectar o smartphone às TVs; aos monitores e teclados, incluindo vários tipos de mouses no sentido de serem utilizados como se o próprio celular fosse um PC.



Esta linha segue disponível na faixa de 3.500 reais, e é vendido em quatro alternativas de tonalidade: branca e azul; a função de arquivo em 256 GB para armazenamento e a tela de maior configuração, 6,7 polegadas.

Esta ficha técnica da linha Moto G100 está longe de se esgotar aqui:

A nova tela vazada em 6,7 polegadas entrega resolução tipo Full HD+, 2520 por 1080 Pixels, contando com a taxa de atualização na escala de 90 Hz, garantindo um fluir mais eficiente de fotos e vídeos, além da garantir boa execução de vídeo e games.

As lentes de câmeras não ficam atrás:

Este é um dos grandes destaques, pois, está munido de um aparato de quatro lentes, sendo a principal com capacidade de efetuar imagens de 64 Mega Pixel e boa abertura de f – 1.7; a outra lente tem foco de 16 Mega Pixel para f – 2.2, funcionando como ultra wide ou como macro, registrando imagens a partir de ângulo mais largo ou com foco bastante próximo, respectivamente.

Os registros de vídeos são efetuados a partir de uma resolução máxima em 6K e 30 quadros por segundo. As lentes especiais de self são duas: com 16 Mega Pixel e oito megapixels. O smartphone também permite a captura de fotos a partir da lente frontal e traseira de modo simultâneo, ou seja, um duplo foco que reflete duas paisagens opostas.

O desempenho do aparelho é excepcional, pela presença do já mencionado processador da Qualcomm Snapdragon (870), contendo oito núcleos de atualização em escala 3,2 GHz. O conjunto do aparato soma 12 GB para a função de memória RAM e mais 256 GB na função de armazenamento interno, suplementado da função de expansão para um TB via cartão microSD.

A nova bateria tem força de 5.000 mAh e, de acordo com a multinacional, tem autonomia de até 40 horas, quase dois dias de utilização, mesmo executando jogos e vídeos. Vem com o dispositivo de recarga acelerada, a Turbo Power de 20 Watts.

Sobre o sistema operacional e demais recursos:

O aparelho chega aos consumidores atualizado no sistema Android 11; trata-se da versão mais nova munida de sistema operacional Google. Em nota, a marca explicou que as unidades produzidas serão equipadas de Android 12, acrescidas das atualizações para maior segurança, com garantia de 24 meses.

O modelo opera desbloqueio de tela por função biométrica, a partir de um sensor que faz reconhecimento da impressão digital, instalado em sua lateral, ladeando o botão de liga e desliga. Entrada para USB (C) de recarga; a entrada P2 (3.5 milímetros) do cabo dos fones de ouvido. A função NFC para efetuar quitação de contas; recurso Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.1. receberá tecnologia 5G.

O modelo desembarcou em nossa nação no mês de março (2021) e começou a ser vendido na faixa de 3.999 reais. No Buscapé, o melhor preço é de R$ 3.200,00. No estojo está incluído o cabo HDMI – USB-C que faz conexão com monitores e televisores.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.