Qual o celular mais vendido no Brasil?



De acordo com o IDC Telecom, o mercado de celulares e smartphones apresentou uma alta de 3,3% em 2019 em relação ao ano anterior, o que representa uma média de mais de 48,6 milhões de dispositivos vendidos em apenas um ano.

Esse mercado, que anda em constante expansão, em grande parte devido a concorrência e potencial lucrativo do negócio, está cada vez mais firme no Brasil e atualmente, já é incomum encontrar pessoas que não usam ou conheçam esse aparelho que pode realizar muito mais funções do que realizar chamadas de voz.



A variedade de recursos dos celulares atuais e os preços competitivos dos mercados, faz com que os smartphones sejam parte da vida de grande parte do cidadão brasileiro. Inclusive, estima-se que atualmente no Brasil, existem em média 2 celulares ativos para cada brasileiro, o que é um número bastante assustador.

Qual o celular mais vendido do Brasil?

De acordo com a própria IDC, os smartphones que estão na faixa dos R$ 700,00 e R$ 1099,00 são a categoria preferida do público brasileiro. Os conhecidos modelos de entrada estão espalhados por todo o Brasil e ganham cada vez mais adeptos, o que faz as marcas lutarem pela popularidade dos dispositivos no mercado nacional, o que geralmente garante diversos lançamentos em uma escala global de forma rápida.



Despontando entre os smartphones nessa faixa de preço, um dos aparelhos mais populares é o conhecido Galaxy A10 da Samsung, que é considerado um smartphone intermediário de baixo custo lançado em 2019 e ainda faz o maior sucesso ainda esse ano. Logo em seguida, tem o Galaxy A51 da mesma marca, porém com um valor um pouco superior ao A10, o que de certa forma, limita a popularidade do dispositivo.

Leia também:  Samsung Galaxy Note - Recursos e Análise do Aparelho

O Samsung Galaxy A10 é um bom dispositivo?

O Galaxy A10 é um aparelho de entrada da Samsung lançado em 2019, que tem a proposta de ser um dos maiores custo-benefício do mercado atual de smartphones de baixo custo. O aparelho inclusive, é um dos mais usados para uso em games mobile (resultado do fenômeno Free Fire) e custa em média R$ 1000,00.

O aparelho conta com uma tela IPS, de 6,2 polegadas, formato Infinity-V e resolução HD+. O que é esperado por um aparelho nessa faixa de custo. Com relação a desempenho, o Galaxy A10 conta com um chipset Exynos 7884, e uma arquitetura que trabalha em conjunto com seus 2Gbs de RAM e 32Gbs de armazenamento interno, com possibilidade de inserir um cartão SD para expandir ainda mais a memória.

Diferente dos demais aparelhos da linha A, o Galaxy A10 possui apenas uma câmera traseira de 13 megapixels, com uma lente com uma abertura de f/1.9 e um flash LED para auxiliar na captura de fotos e vídeos com baixa luminosidade.

Além disso, o dispositivo ainda possui uma câmera frontal 5Mp, o que produz imagens com uma boa qualidade.

Sua bateria de 3400 mAh segura o dispositivo em funcionamento por, em média 1 dia e meio sem problemas (uso tradicional, sem jogos). Além disso, o A10 ainda conta com o Android 9.0 Pie, com interface modificada pela Samsung.

Vale a pena comprar o Galaxy A10?

O Galaxy A10 é um aparelho modesto e de baixo custo. É indicado para quem tem um uso básico e está disposto a abrir mão de alguns recursos atuais como o sensor de impressão digitais, por exemplo. Se você está à procura de um smartphone de qualidade e que execute as tarefas básicas para o dia-a-dia, esse é o smartphone certo para você.

Leia também:  Motorola Razr V4 - Lançamento, Características

Agora, se você é um usuário um pouco mais exigente e deseja um dispositivo com uma qualidade melhor de câmera e recursos mais atuais, talvez seja uma boa opção analisar os outros aparelhos da linha A (um pouco mais caros) e até os alternativos importados, como os aparelhos da Xiaomi, por exemplo.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *