Samsung S30 com mesmo chip do S20 ?



Devido a várias discussões que aconteceram sobre o preço do Snapdragon 875 ter subido, a Samsung está tendo alguns debates para decidir se é viável repetir a mesma plataforma. A dúvida é se vale a pena usar a Qualcomm novamente ou se usa uma solução própria para o novo mercado do Galaxy S30.

Segundo as informações que foram vistas, a empresa sul coreana está ainda avaliando a decisão e quais seriam as possibilidades, tendo em mente que um o valor de um kit Snapdragon está custando em torno de R$1.380,00 (US$ 250), sendo que antes o valor era de R$ 830 (US$ 150).



Qual a discussão?

Segundo a própria empresa, o Samsung S30, deveria ter o preço semelhante ao S20, para aumentar o volume de vendas e assim lucrar mais. Porém, hoje os especialistas já acreditam que o Exynos 1000 seria a outra alternativa além do Snapdragon 865. Embora o Snapdragon 875 seja mais potente, não seria possível que os usuários conseguissem tirar o máximo de proveito.



Sendo assim a ideia seria repetir o mesmo chipset de 2020, no próximo flagship de 2021, o que pode acabar gerando muitas críticas em relação ao uso de um hardware que estaria defasado. Porém, usar um recurso ou solução própria, pode diminuir o número de reclamações, ao mesmo tempo que a comparação entre os modelos de Qualcomm e da Exynos, não seria viável.

Comparação de benefícios

Alguns canais de resenha no YouTube, coparam o Exynos mais recente com o Snapdragon 865, e alegam que seria possível fazer essa troca, pelo menos seria uma troca vantajosa por um hardware mais potente.

Segundo os testes feitos do benchmark, o Exynos 1000 já possui um processamento gráfico bem superior ao chipset da Qualcomm. O problema pode ser a receptividade do mercado. De acordo com a Samsung, que sempre teve seus lançamentos no topo de linha, todos tinham plataforma da Qualcomm, e por isso não se sabe como seria a aceitação do consumidor com relação a isso.

Sobre o Galaxy S30

Ainda não se sabe muito sobre esse novo lançamento da Samsung. Algumas fotos e informações foram vazadas e ao que tudo indica a câmera frontal deve ter uma nova estabilização óptica, enquanto que outras informações alegam que a câmera de selfie estará escondida dessa vez por trás da tela.

Porém, do mais, não se sabe muito ainda, apenas de que ele pode vir com um novo processador e um chipset diferente do que estamos acostumados. Pelo isso é o que deve acontecer se os preços não baixarem.

Com relação a câmera, os usuários podem ficar um tanto decepcionados se pensarem que os megapixels não importam. Um novo boato diz que o número de pixels do Galaxy S30 dará um grande salto sobre o seu sucesso o Galaxy S20.

É possível que o Galaxy S30 Ultra deixa de ter 108 MP, e passa a ter 150 MP, com um conjunto de câmeras que deve ser formado por quatro sensores fotográficos. 1 sensor principal, 16 para grande angular, 64 para telefoto e 12 para macro e um sensor extra ToF.

Embora tudo possa ser uma grande especulação, tudo que se sabe e que foi divulgado, foram alguns dados sobre o seu desempenho com processador gráfico Radeon, para o caso dessa nova geração vir com chips Exynos da própria Samsung.

Além disso, há informações sobre o fato de que o Google fechou parceria com a Samsung para desenvolver processadores próprios. Também existem outros fabricantes na lista que podem ser possíveis compradores dessa ideia, como a Vivo e a Oppo, o que garante ainda mais que a corrida pelos migapixels e a fabricação de novos chipsets não irá acabar tão cedo.

Por Susan NogArt

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *