Samsung Galaxy M10 – Lançamento no Brasil, Características





Modelo tem um ótimo custo-benefício, trazendo ótimas características aos usuários.

O mercado mundial de smartphones intermediários está sendo dominado por empresas chinesas como a Huawei e a Xiaomi. Mas a Samsung não quer se dar por vencida nessa categoria e chegou com tudo com sua nova linha intermediária: o Galaxy M.

Já conhecemos a linha A, que foi recentemente apresentada. A empresa coreana deu uma reorganizada nessa linha para os modelos 2019. A linha J foi descontinuada. A Linha S é a top de linha (junto com a linha Note). Mas onde a nova linha M entra nessa história?




A empresa coreana diz que planeja realizar as vendas apenas em canais online. Você só vai encontrar os três modelos da linha M (M10, M20 e M30) em websites (varejistas e da própria Samsung). Com essa decisão a Samsung consegue diminuir os custos de vendas dos aparelhos, haja vista as comissões de uma loja física, os custos da loja em si e outros custos que ficam no meio desse processo.

Vamos conhecer agora as configurações do M10:

Com preço sugerido de R$ 899 (R$ 100 mais barato que o Galaxy A10, que tem uma configuração muito parecida) o M10 não pretende canibalizar (que é quando um produto de uma empresa retira outro produto da mesma empresa por competição) o A10, pois seu preço planeja atingir outro público, apesar das semelhanças.


O M10 tem:

  • Tela de 6,2 polegadas (15,7 centímetros) de diagonal, HD Plus;
  • Câmera frontal de 5 MP com abertura de 2.0;
  • Duas câmeras traseiras (o Galaxy A10 só tem uma câmera) – A câmera principal tem 13 MP com abertura de F1.9 – A câmera secundária é uma Ultra Wide com 120 graus de ângulos e 5 MP;
  • Não tem leitor biométrico na parte traseira;
  • Tem reconhecimento facial com a câmera frontal;
  • Processador Cortex-A53 SAMSUNG Exynos 7870 Octa de 1,6 GHz;
  • 3 GB de memória RAM;
  • 32 GB de armazenamento (expansível com Micro SD até 512 GB);
  • Dual SIM;
  • Bateria de 3.400 mAh;
  • Sistema Operacional: Android 8.1 Samsung Experience 9.5 Oreo;
  • Massa (peso): 163 g;
  • Resolução: 4163 x 3122 pixel.

Visão geral sobre as características do M10

A tela de 6,2 polegadas de resolução HD é algo bem perceptível quando se olha o smartphone pela primeira vez, já que diferente de outros equipamentos da marca das gerações anteriores, a tela não é AMOLED. A Samsung decidiu investir em alguns pontos específicos para o M10: tela, processamento e câmera. Por isso mesmo, outros pontos importantes ficaram de fora. Você tem o desbloqueio facial (que está cada vez mais comum), mas não tem o leitor de digitais.

O acabamento é em plástico, com uma pegada até que melhor que o Galaxy A10 (que tem um processador igual, o Exynos 7884, octa-core de 1,6 GHz).

O foco em câmeras ficou mais concentrado na câmera principal (que já é de 13 MP e tem uma boa qualidade). A segunda lente traseira não é de profundidade. A Samsung colocou uma Ultra-wide de 120 graus de abertura e com 5 MP. A frontal também tem 5 MP com possibilidade de fazer o foco dinâmico (mas é bem simples).

O M10 é bem fino, tendo uma espessura de apenas 7,7 mm. Lembra do Galaxy S7? Ele tinha 7,9 mm de espessura!

Referente à gravação de vídeos não há o que reclamar! E ainda mais pelo preço do celular: R$ 899. O celular grava vídeos em HD com 30 frames por segundo e tem autofoco e estabilização nos vídeos.

Como conclusão podemos afirmar que o celular é um excelente custo-benefício se você tem menos de R$ 1.000 em mãos e prioriza comprar um celular novo! Vai se Samsung!

O aparelho estará disponível nos sites das lojas varejistas (além no da própria Samsung) até o final do primeiro semestre de 2019.

Por Bruno Rafael da Silva

Samsung Galaxy M10



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *