Motorola V3 2019 – Lançamento, Características




Rumores indicam que o clássico modelo Motorola V3 será relançado ainda em 2019, contando agora com a tecnologia da tela dobrável.

Não é novidade para ninguém que atualmente vivemos uma onda de produtos nostálgicos. As produtoras de cinema e de jogos eletrônicos já entraram nessa onda há alguns anos através de relançamento de clássicos amados pelo público. Parece que agora é a vez dos celulares, já que boatos apontam para o relançamento do querido V3 da Motorola.

O V3

O celular é conhecido nos Estados Unidos da América como Motorola Razr, o aparelho foi um grande sucesso nos anos 2000. Os dados comprovam o tamanho da popularidade, já que o V3 vendeu mais de 130 milhões de unidades por todo o mundo. O celular, com o seu formato de flip, era considerado fino, elegante e moderno para a época, mas foi perdendo espaço com a chegada de dispositivos com sistemas mais modernos, como o iPhone.


A evolução dos smartphones parecia que ia jogar os famosos celulares flip no esquecimento. Porém, o desenvolvimento de novas tecnologias tem possibilitado a volta de celulares no estilo do V3, como as telas flexíveis. A tecnologia ainda está se iniciando, mas já é possível sonhar com o retorno de vários dos clássicos do início dos anos 2000 ao mercado.

O novo V3

Ao que tudo indica a Motorola saiu na frente e deve relançar o clássico Motorola V3 ainda em 2019, contando agora com a tecnologia da tela dobrável. O preço será salgado, na casa dos US$ 1.500 (cerca de R$ 5.580), o que leva alguns a chamarem o novo celular de o “V3 de luxo”. Segundo fontes ouvidas pelo jornal americano Wall Street Journal, a Lenovo, que comprou a Motorola Mobility em 2014, deverá anunciar, durante a feira de celulares de Barcelona (MWC), o novo produto em fevereiro. Pelo menos essa é a expectativa.

É possível encontrar alguns projetos sobre o conceito do novo V3, mas ainda não existe um oficial. Um desses mostra um dispositivo quadrado, mas depois de aberto, se parece com um smartphone normal. Então em vez do tradicional teclado físico temos uma tela sensível ao toque. O design desse novo dispositivo teria uma proporção de tela de 19:8, uma câmera frontal e demais sensores quando aberto. Quando fechado o celular irá contar com uma segunda tela, como o original, que funcionaria para mostrar ícones de notificações, o horário, e outras informações. A câmera traseira contaria com uma lente única, leitor de impressão digital ficaria na metade inferior do celular. O projeto não dá informação sobre o botão para ligar e desligar e os botões de volume do novo V3. Pode ser então que o aparelho apareça sem botões físicos.


Não sabemos ainda se esse será o desenho do V3, mas o que sem tem certeza é que ele contará com uma tela flexível que possibilite o abrir e o fechar do aparelho. É nesse ponto que se justifica o alto valor do produto, já que a tecnologia é cara. Outro ponto problemático é a espessura mínima que o desenho futurista do original tinha, se a Motorola quiser manter essa espessura terá que pensar muito bem onde e como vai colocar a bateria.

A questão é que será preciso inovar para lançar um produto retrô e inovar tem seu preço. Apesar disso, parece que a Motorola está bem interessada em ser uma das primeiras fabricantes de celular a apostar nesta tendência retrô. O que já chamou a atenção de outras fabricantes, já que segundos rumores a LG, Samsung, Xiaomi e Oppo também estão pensando em relançamento de seus clássicos nos próximos meses. Tudo indica que estamos vendo nascer um novo mercado de nicho nostálgico nos celulares. Tudo ainda é muito incerto, não se sabe onde será comercializado o novo V3 e nem se ele será lançado no Brasil.

Por Gabriel Bem

Motorola V3



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *