Leitor de digitais do Galaxy S5 não é tão seguro

  

  

A segurança nos smartphones atuais tem sido cada vez maior graças às novas tecnologias existentes que permitem a leitura biométrica de impressões digitais. A grande pioneira nesse segmento foi a Apple, que introduziu um leitor de impressões digitais bastante preciso no iPhone 5S.

Como é de costume no mercado de tecnologia, a novidade foi seguida de perto pela Samsung, que fez o mesmo em seu mais recente lançamento, o Galaxy S5. Apesar de funcionar bem na maioria dos casos, o leitor de digitais pode não ser tão seguro quanto parece e a sua utilização em aplicativos que requerem uma segurança mais elevada pode estar em cheque.


De acordo com o blog alemão especializado em segurança H Security, uma empresa de segurança denominada SRLabs postou um vídeo em que mostra detalhes de como é possível enganar o aparelho com uma digital falsificada e obter acesso a aplicativos como o site de pagamentos digitais PayPal, por exemplo.

Apesar de o roubo de impressões digitais não ser algo tão fácil ou acessível para a maioria das pessoas, o mais recente lançamento da Samsung é vulnerável à impressões digitais falsificadas. Segundo a SRLabs, qualquer pessoa com acesso aos materiais certos e às impressões digitais da vítima poderia copiar a impressão para um molde e utilizá-la para desbloquear o Galaxy S5.

Isso é particularmente alarmante no caso do gadget da Samsung, já que alguns dos apps mais importantes utilizam as impressões digitais como forma de garantir a segurança ao acesso. Embora a tecnologia de escaneamento de digitais seja bastante parecida no iPhone 5S, o smartphone da Apple não sofre tanto com esse problema, já que ele exige uma senha sempre que o aparelho é reiniciado.

  

Um detalhe simples mas que pode fazer toda a diferença em caso de roubo de impressões digitais. Apesar desse detalhe, o Galaxy S5 é considerado um dos melhores lançamentos do ano e ainda não foram registrados incidentes que evidenciem a falta de segurança do aparelho.

Por Ebenezer Carvalho

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *