Ophone – Desenvolvimento de novo dispositivo capaz de distinguir cheiros




Quem se importa em querer distinguir um cheiro no aparelho celular? Para quem se importar ou simplesmente ficar curioso pode se alegrar ao saber que estudantes da Universidade de Harvard em parceria com pesquisadores franceses estão desenvolvendo um acessório chamado Ophone.

Esse acessório terá como proposta reproduzir cheiro nos smartphones reconhecendo-os quase que imediatamente.


O projeto segue em parceria com o laboratório francês Le Laboratoire e o procedimento para o uso será tão simples quanto atender a um chamado  ou enviar uma mensagem, por exemplo. Esse acessório será capaz de emitir diversos tipos de cheiros conforme comandos recebidos diretamente em um aplicativo com a ideia de criar uma nova linguagem para o setor.

Estratégia de marketing ou não (conforme já especulado pela mídia americana), o fundador do Le Laboratoire, David Edwards, garante que a real intenção será encontrar uma forma para reproduzir cheiros variados e associá-los nas imagens correspondentes. Segundo ele, as imagens também estarão disponíveis na tela do dispositivo Android, não é nada de "outro mundo".

Ao contrário do que podemos imaginar inicialmente, o Ophone tem o formato cilíndrico com a função Bluetooth que faria o papel da emissão dos aromas que podem ser baseados em café ou qualquer outro como caramelos, uísques, entre outros 230 odores diferentes que o acessório pode reconhecer.


Em breve, os idealizadores do acessório prometem expandir o reconhecimento dos cheiros para até mil opções.

O Ophone foi apresentado em um evento de Londres que é conhecido como Wired e surpreendeu muitos dos que estavam presentes.

Sem data prevista para chegar ao Brasil, o Ophone já está sendo muito comentado nos Estados Unidos e segundo os seus idealizadores, a ideia da transmissão de cheiros e reconhecimento dos mesmos a partir de um dispositivo não é nova, já que por lá o método já foi utilizado em TV´s, luminárias, entre outros.

Por Luciana Ávila

Ophone

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *