Controle dos cartões é feito via app pelo smartphone, facilitando o controle dos gastos mensais.

Os cartões de crédito Nubank ganharam um enorme destaque no cenário nacional nos últimos meses, graças à ausência de taxas para os usuários pagarem e um controle de suas contas que é feito totalmente através de seu smartphone. Tal sucesso faz com que hoje o serviço conte com uma fila de consumidores que desejam obter seu novo cartão de crédito, que chega a milhões e que depende de uma aprovação interna, para receber seu cartão, o que pode demorar meses.

Como citado, o controle é feito via app, totalmente com seu smartphone, o que facilita o controle de gastos mensais. Até pouco tempo, o aplicativo, porém, estava disponível apenas para o Android e o iOS. Agora, após passar por um período de testes em fase beta com alguns usuários, a Nubank finalmente irá lançar seu aplicativo já adaptado e com novidades, para o novíssimo, mas ainda aguardado (e atrasado), Windows 10 Mobile.

Uma atualização já vem sendo disponibilizada para que os usuários tenham acesso à versão final (código 2016.127.1415.0) do app e possam usufruir de seu cartão Nubank em seu Windows Phone. Uma das principais novidades que chegam com essa atualização, é a possibilidade de rastrear o cartão, e de melhorias no desempenho do aplicativo, em sua abertura.

Com o aplicativo, é possível que os usuários possam, além de criar suas contas após terem sido aprovados, pagar suas faturas pendentes e acompanhar outras que ainda deve pagar dentro de dias, semanas e meses, recebendo informações detalhadas a respeito da mesma, como até mesmo onde e em que horário tal compra foi feita, caso a mesma tenha sido realizada em uma loja física. Isso sem falar que você pode organizar seus gastos em categorias para planejar ainda melhor os gastos do mês.

Para aqueles que possuem outras versões do Windows Phone, a atualização já está disponível para smartphones da versão Windows Phone 7, até o ainda sequer lançado mas já em fase final de testes, Windows 10 Mobile.

Por Isis Genari

Nubank para Windows Phone

Foto: Divulgação


Usuários que fazem parte do programa Windows Insider tiveram acesso ao Build 10586.63 do Windows 10 Mobile para realizar testes no sistema e corrigir erros e bugs.

Os usuários que fazem parte do programa Windows Insider, da Microsoft, tiveram recentemente acesso ao Build 10586.63 do Windows 10 Mobile, que foi lançado consideravelmente antes do esperado para o programa, já que está havendo uma demora cada vez maior no lançamento da nova versão. O objetivo é claro: Testar os sistema, e corrigir bugs e erros que possam vir a prejudicar os demais usuários e otimizar os mesmos após a próxima atualização definitiva, além de sugestões de melhorias gerais.

A atualização, porém, segundo a própria empresa norte-americana, não traz grandes novos recursos e funcionalidades para os smartphones dos usuários do Insider. E ao que parece, os participantes do programa já identificaram diversos bugs presentes no Build, que ainda não foram corrigidos com essa atualização.

Segundo os relatos dos usuários, diversos dos erros apresentados pelo sistema chegam a ser, no mínimo, um pouco chatos, mesmos sendo uma versão de testes.

Um dos problemas apresentados pelo Build, é a falta de sincronização com seu email, que na tentativa de fazer tal sincronização, o usuário acaba por receber uma mensagem de erro de código 0x86000c0a . Já um que deve ser realmente irritante e causaria grandes problemas caso fosse uma versão definitiva, é que diversos apps estariam simplesmente desaparecendo do cartão de memória dos aparelhos, ficando completamente incessíveis nos mesmos.

Um dos problemas apresentados, também é curioso, ao decorrer de uma ligação, ao finalizar o assunto com a pessoa com a qual você está conversando, ou simplesmente querer desligar a chamada, tal atividade pode se tornar inviável, isso pois o botão de desligar a chamada, simplesmente trava, impossibilitando o usuário de fazer tal ação.

Outro bug relatado que poderia causar um grande estresse, é que quando vários aplicativos estão abertos no smartphone, ou simplesmente se alterna entre um dos aplicativos abertos, o sistema simplesmente reinicia, certamente causando uma grande dor de cabeça pela memória RAM estar sobrecarregada.

É claro que todos esses erros, devem ser corrigidos em breve pela Microsoft, mas vale o relato, já que muitos desses erros, se lançados em uma versão definitiva, certamente causariam grandes dores de cabeça para a norte-americana.

Por Isis Genari

Windows 10 Mobile

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: