Aparelho possui tela de 6 polegadas e maior bateria do mercado.

O Samsung Galaxy A9 é o celular ideal para quem aprecia qualidade. Tela com super resolução, câmera super competente e longa duração de bateria (sem muito tempo de recarga) são algumas de suas qualidades.

A propaganda não é enganosa. O Galaxy A9 SUPER AMOLED tem tela FULLHD de 6 polegadas e 1080×1920 pixels de resolução. Não bastasse isso, o aparelho conta com uma potente bateria, que dura 436 horas em stand-by.

Para quem é ligado em alta qualidade de imagem, o A9 é o celular perfeito. O aparelho conta com uma câmera de 16 megapixels, grava em FULL HD, possui estabilização óptica de imagem (o que garante a qualidade da foto mesmo quando tirada em movimento), a resolução pode chegar a 4608×3456 megapixels e a câmera possui flash LED.

Para armazenar tanta qualidade, o aparelho é equipado com 4GB RAM, mais memória interna de 32GB. Vale lembrar que o smartphone conta com capacidade de expansão da memória para até 256 GB via MicroSD.

Além de toda essa tecnologia, quem gosta de aproveitar tamanha qualidade para ver vídeos online, não ficará na mão. Com uma única carga, o A9 tem autonomia de 20 horas de navegação pela rede 4G, velocidades máximas de 50mbps em upload e 350mbps em download. Vale lembrar que toda essa potência não está atrelada à horas de carregamento: o carregamento da bateria é rápido.

O celular tem espaço para 2 chips nano, opera o Android 6.0.1 Marshmallow e pesa 210 gramas.

A câmera frontal é de 8 megapixels e também grava em FULL HD (30 fps).

Comparando os preços online, o Galaxy A9 é encontrado por até R$ 2.089,00, enquanto no site oficial da marca está avaliado em R$ 2.799,00.

Em setembro (16), o A9 foi lançado na Índia. Há rumores – chineses – de que no Brasil uma nova versão do A9 será lançada na virada do ano, mas nada confirmado ainda.

Na hora de escolher o celular, vale a pena pesar o custo-benefício. Se você mescla muitas horas de navegação com muito tempo longe do carregador, se você vê muitos filmes e fotos, se você gosta de estar sempre compartilhando cenas do seu dia-a-dia ou produz conteúdo, gravando vídeos, o Samsung A9 é com certeza uma excelente escolha.


Confira aqui as principais configurações do novo Samsung Galaxy J2.

Ao trazer para o mercado brasileiro o seu novo dispositivo, o J2, a Samsung basicamente estava terminando de completar a sua linha Galaxy J. Mas voltando ao J2, temos um aparelho interessante que serve para ser um modelo de entrada com a finalidade de atender a essa área que é bem forte por aqui. De fato, o modelo trazido pela Samsung não chama a atenção por contar com especificações robustas. Entretanto, mesmo assim, ele consegue atender muito bem o papel a que se propõe: Um dispositivo que seja barato, que traga a possibilidade de poder rodar os principais apps e recursos que são apresentados pelo Android. Apesar de ser uma notícia animadora, o aviso tem que ser dado: É bom não esperarmos muito dele.

O J2, em primeiro lugar, traz duas versões. O usuário poderá escolher uma que tenha TV digital e a outra sem o recurso. De qualquer forma, os dois modelos contam uma coisa legalzinha: são perfeitamente compatíveis com o funcionamento simultâneo de dois chips. No mais eles ainda contam com slot para o cartão microSD.

Em termos visuais temos as bordas que foram construídas em material plástico. Porém, ele passa uma sensação de se tratar de uma estrutura metálica.

O Galaxy J2 ainda chama a atenção por conseguir entregar uma experiência que não chega a ser premium, mas passa perto. Pelo menos é essa a sensação que temos quando pegamos o aparelho num primeiro momento.

Contamos aqui também com uma tela de 4,7 polegadas Super AMOLED. A resolução apresentada é de 960×540 pixels. De acordo com a fabricante, a densidade é de aproximadamente de 234 pixels por polegada. Continuando com alguns detalhes da parte da frente do aparelho, vamos encontrar uma câmera com 2 megapixels sendo que a abertura é de f/2.2. Além disso, o usuário contará também com alto-falante tradicional para as ligações e sensores de luz e proximidade.

Mesmo possuindo um preço mais em conta, a fabricante optou por colocar no modelo um chipset Exynos 3475 quad-core ARMv7, possuindo uma arquitetura de 32 bits. Ele roda a 1.3 GHz.

Na memória interna vamos encontrar 8GB sendo disponibilizados. Mas engana-se quem pensa que ela estará completamente disponível. Basicamente o que o usuário do J2 terá a sua disposição é pouca coisa a mais do que 4GB. Em outras palavras, isso resume a necessidade que o consumidor terá de adquirir um cartão microSD.

Por Denisson Soares





CONTINUE NAVEGANDO: