Motorola Moto Z – Lançamento no Brasil



  

Modelo será o primeiro dispositivo a chegar ao país com o melhor processador da atualidade. Preço estimado é de R$ 3.199.

Na manhã da última quarta-feira, 14, a Motorola revelou todos os detalhes do Moto Z durante a realização de um evento em São Paulo. O mais novo top de linha para o mercado brasileiro chega por aqui ainda este mês. Juntamente com ele teremos uma variedade de acessórios modulares e também uma opção alternativa chamada pela marca de Moto Z Play.

O Moto Z chega ao mercado brasileiro em grande estilo, como o primeiro dispositivo topo de linha a ser lançado no país com o melhor processador que se encontra no mercado atualmente. Estamos falando do Qualcomm Snapdragon 820.

Entretanto, ainda assim, e como era de se esperar, sempre há um, “porém’. A nossa opção do Moto Z terá uma versão do citado processador um pouco inferior. Ele chega a alcançar 1,8 GHz. A versão americana do aparelho, a mais rápida, terá o Snapdragon 820 com capacidade para clock de 2,2 GHz.

A versão mais básica do dispositivo será disponibilizada em duas cores, branco dourado e preto grafite. O aparelho custará os salgados R$ 3.199,00. Além do dispositivo em si, ainda vamos encontrar junto com ele uma capa personalizada e também um Moto Snap de bateria que, de acordo com a fabricante, tem a finalidade de agregar mais um dia de autonomia para a bateria do celular.

A opção brasileira do Moto Z terá uma solução dual-chip inteligente. Basicamente ele será capaz de identificar por conta própria de qual operadora é o número e escolher o cartão SIM adequado.





O Moto Z contará com 64 GB de memória. Se o usuário fizer uso do suporte para cartão micro SD a expansão poderá chegar a 2 TB. A tela é uma Quad-HD com 5,5 polegadas, a câmera principal oferecerá 13MP e conta com estabilizador ótico e foco a lazer.

Sobre o Moto Z Play, ele chegará ao Brasil com um kit mais simples. Será acompanhado apenas por uma capa personalizada. O preço inicial desse aparelho é de R$ 2.199,00.

Uma curiosidade sobre esses aparelhos é que antes mesmo da Apple tornar público o fim da entrada tradicional para fones de ouvido, a Motorola já havia saído na frente e tirado esse “item” desses dois dispositivos.

Por Denisson Soares



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *