Samsung Galaxy Note 7 conta com mais segurança para os usuários



  

Mesmo que usuários não demonstrem muito interesse, a preocupação dos fabricantes continua sendo a segurança.

Com o lançamento do novo Galaxy Samsung Note 7, grandes fabricantes como a Samsung priorizam a segurança do comprador, mesmo que eles não pareçam tão interessados na hora de adquirir esse item. A UOL Tecnologia testou o novo top de linha da marca e garantiu que o aparelho continua potente e com as configurações mais modernas do mercado, tanto quanto o SZ, seu irmão de empresa.

Segundo a Samsung a tendência é que essa preocupação seja reforçada por causa da migração das grandes transações para o smartphone, como o Samsung Pay, mais uma aposta que a empresa vem acreditando. Com a intenção de passar à frente o Note 7 acrescentou o leitor de íris, um sistema de desbloqueio de dispositivos e aplicações, feito através do reconhecimento da “parte colorida dos olhos”.

De acordo com Renato Citrini, gerente de dispositivos móveis da Samsung no Brasil, essa tecnologia tornou-se 200% mais segura que o leitor de impressão.

Depois de realizar testes com o leitor de íris, o UOL Tecnologia afirmou que ele pareceu bastante ágil, bastando aproximar o rosto do aparelho, numa distância entre 25 e 30 cm, em menos de 1 segundo a tela desbloqueou. A empresa pretende usar a tecnologia em outras aplicações instaladas no próprio aparelho, inclusive já entrou em contato com bancos internacionais na tentativa de convencê-los a usar o scanner de íris para reconhecer usuários.

Essa técnica já foi utilizada pela Microsoft em 2015 no Windows Hello, somente para dispositivos com Windows 10. O que não significou muito para os smartphones, assim sendo a Samsung pode passar na frente e instalar de vez a ideia.





O melhor do mercado:

Além de tudo que já foi dito sobre o Note 7, ele ainda tem mais novidades a mostrar, como ser resistente a água e poeira, o aparelho suporta imersão de 1,5 m na água e pelo menos 30 minutos, levando junto sua caneta de digitação.

Recebeu design mais moderno, o que ajudou na sua pegada, mas continuou com a tela de 5,7 polegadas. A tela curva foi uma herança das versões Edge, a parte de trás também ganhou o mesmo toque. A duração da bateria passou de 3.000 para 3.500 mAh e carregador sem fio.

O Note 7 será comercializado no Brasil a partir da primeira quinzena de setembro com um preço meio salgado de R$ 4.299.

Por Ruth Galvão

Samsung Galaxy Note 7



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *