Google pode lançar Smartphone Próprio para Concorrer com iPhone



  

Empresa planeja lançar um celular próprio para concorrer o iPhone.

Durante um bom tempo as pessoas têm se perguntado quando a Google irá começar a desenvolver um smartphone próprio. A resposta é que isso poderá acontecer até o final de 2016. Segundo o site do The Telegraph, há rumores de que a empresa estaria desenvolvendo um aparelho com sistema Android para ser concorrente direto da Apple.

A Google é conhecida pela sua alta tecnologia em softwares para a internet, o que a tornou uma gigante, sendo respeitada e líder nesse meio. Aos poucos, nos últimos anos, ela tem buscado se estabelecer em outros setores, utilizando de diferentes parcerias.

Novo smartphone seriam parte da Estratégia

Esse novo passo seria uma tentativa de firmar seu domínio no mercado de softwares móveis. A companhia estaria pensando que a variedade de empresas utilizando o sistema Android fragmentaria seus serviços. Essa seria, assim, uma forma de garantir a manutenção de seu próprio buscador e a Google Play Store.

Vale lembrar que o Android é atualmente o sistema mais utilizado nos aparelhos mais vendidos no mundo, enquanto a Apple ainda possui o maior lucro no mercado de aparelhos top de linha.

Manutenção de Parcerias

Mesmo com o lançamento do smartphone próprio, a Google continuará desenvolvendo outros aparelhos em parceria com marcas, como a LG, Huawei e HTC. Neste caso, ela estaria inclusive planejando a construção do sucessor do Nexus 6P, o qual deve ser lançado ainda neste ano no exterior.





O Nexus 6P não foi disponibilizado para vendas no Brasil, mesmo tendo sido homologado pela Anatel, mas é um exemplo bem sucedido lá fora. Criado em parceria com a Huawei, tem como um dos seus atrativos o sistema Android puro e especificações notáveis. Seu preço varia entre US$ 499 e US$ 649. Dessa forma, para quem deseja comprá-lo fora do país terá que considerar a alta do dólar e preparar o bolso.

Por outro lado, a Google pode enfrentar alguns problemas em solo europeu. A Comissão Europeia, em abril, acusou a companhia de abuso de monopólio e se aproveitar do sucesso do Android para promover seus próprios serviços.

Apesar desses rumores, a Google até o momento não se posicionou quanto a esses assuntos. Então resta a todos nós aguardar as novidades.

Camilla Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *