Aplicativo Fenix chega ao Fim



  

Medida adotada pelo Twitter acabou encerrando um dos mais populares apps para Android para utilização do Twitter.

O Twitter vem tomando algumas medidas polêmicas nos últimos tempos, como dar preferência aos Twitters com maior destaque e a falta de novidades positivas na rede social, que segue firme e forte, porém, estagnada e perdendo espaço para outros aplicativos. Agora, a rede social tomou mais uma medida que não deve agradar em nada uma boa parcela dos usuários da rede social.

O Fenix é um dos serviços mais populares no sistema operacional Android para o Twitter, fazendo um enorme sucesso desde que foi lançado por oferecer aos usuários maiores e melhores possibilidades, mesmo sem ser o app central. Entretanto, o app acabou chegando ao fim graças a uma medida do Twitter, medida esta que limitou os tokens na rede social.

A notícia foi anunciada na própria conta do Fenix no Twitter, chamando a decisão da rede social de ''infame'' e causando um tremendo alvoroço entre os usuários. Entretanto, aqueles que já possuíam o app e uma conta que tenham utilizado pelo menos uma vez, poderão continuar utilizando o mesmo, porém, o Fenix está fechado para novos usuários e sequer pode ser encontrado na Play Store por esses.

Caso você seja um dos que possuíam conta no app, basta acessar a área ''Meus apps e jogos'', dentro da própria Play Store. De qualquer maneira, novos usuários não poderão pagar para ter acesso ao serviço e não se sabe até quando o Fenix pretende manter o sistema no ar para os usuários já existentes do serviço.





O Fenix, entretanto, não é o primeiro aplicativo a morrer graças a limitação de tokens da API do Twitter, que já foi adotado há alguns anos e desde então vem causando enorme desconforto nos usuários destes clientes. Exatamente por este motivo, hoje diversos dos aplicativos disponíveis para o Twitter no Android são vendidos por um preço elevadíssimo, como no caso do Tweetbot nos dispositivos da Apple.

No caso do Fenix, o valor que era cobrado para utilizar o serviço era de US$ 5.

A polêmica acaba aumentando ao passo que como mencionado anteriormente, o aplicativo do Twitter não recebe grandes novidades e vem sendo passado para trás pelos clientes da própria rede social.

Murilo Couto



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *