Android N pode permitir Zoom na Tela do Smartphone



  

Recurso permitirá que usuários possam ampliar a tela do sistema.

O Android N, o qual já escutávamos diversos rumores nos últimos tempos, finalmente parece estar em um estágio avançado de desenvolvimento, já que o sistema foi disponibilizado para testes entre os desenvolvedores, o que acabou abrindo a possibilidade para outros usuários poderem também testar o sistema da Google. Entre as novidades apresentadas até então, uma deve agradar diversos usuários, que é a possibilidade de se poder alterar o zoom na tela do seu smartphone Android.

O Android N, próxima versão do sistema mobile, acabou vazando no dia 9, quarta e entre as novidades presentes no sistema, temos a possibilidade do usuário alterar o nível do zoom na tela do dispositivo, algo que já era pedido a tempos pelos usuários, função conhecida como DPI e apenas com root no dispositivo era possível realizar uma alteração no nível de zoom da tela do aparelho. A novidade irá permitir aos usuários escolher o tamanho dos ícones e temais informações presentes na tela.

Vale ressaltar, porém, que o usuário não irá possuir liberdade total quanto a escolha no nível de zoom, existindo até o momento apenas cinco opções para os usuários, sendo: pequeno, padrão, grande, maior e imenso. Ou seja, você escolher uma opção e o própria sistema faz um ajuste no zoom da tela, o que não é uma má notícia já que os perfis disponíveis já devem agradar os usuários.





Esse nivelamento varia de 0,85x a 1,5x e não irá alterar somente o tamanho da fonte, mas sim de todos os ícones da tela, o que deverá fazer com que os desenvolvedores tenham de fazer uma adaptação em seus apps para que seja possível utilizar o zoom de maneira adequada nos aplicativos. O tamanho necessário para que as demais mudanças sejam feitas pelo sistema, porém, já é compatível com boa parte dos aplicativos, se tornando um problema a menos para muitos desenvolvedores.

A mudança deve fazer com que aqueles aplicativos que podem até possuir uma determinada base de dados mas há tempos não possuem atualizações, acabem perdendo ainda mais usuários ou, ao menos o público daqueles que pretendem estar com a função sempre ligada em seu smartphone, não abram mão disso.

Por João Trajano



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *