Números de celulares receberam o nono dígito na BA, MG e SE

  

  

Número 9 foi acrescentado antes de todos os números de celulares dos estados da Bahia, Minas Gerais e Sergipe.

A partir do último domingo, dia 11,  todos os números de aparelhos celulares dos estados da Bahia, Minas Gerais e Sergipe ganharam mais um dígito. O número 9 foi acrescentado antes de todos os números, vale lembrar que a mudança também vale para SMS, mensagem de texto.  

A medida é uma decisão da Anatel – de acordo com a Resolução nº 553 – que teve sua publicação em 14 de dezembro de 2010. Desta maneira, os telefones celulares da Bahia, Minas Gerais e Sergipe passam a ter o seguinte formato: 9XXXX-XXXX.


Por questões de adaptação, quem fizer as ligações sem adicionar o número 9 conseguirá falar normalmente até o dia 20 de outubro, após essa data, as ligações não serão completadas e as pessoas ouvirão uma gravação que explicará como os usuários devem proceder para que a chamada seja efetuada. A gravação ficará ativa até o dia 18 de janeiro de 2016, passado esse período, não haverá mais a mensagem de voz. Em relação às mensagens de texto, o envio sem o acréscimo do nono dígito será aceito até o dia 19 de novembro.

De acordo com a Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, o aumento contínuo do uso de celulares é o principal motivo da mudança. Com a diminuição de linhas fixas e popularização de smartphones e celulares em geral a mudança se tornou fundamental para que a agência consiga suprir a demanda por novos números. Vários estados brasileiros já aderiram à nova numeração e a pretensão é de que até dezembro de 2016 todo o Brasil já tenha o nono dígito incluso nos aparelhos celulares.

Vale ressaltar que a mudança não interfere em créditos de celulares pré-pagos, validade dos mesmos ou outras contratações de serviços. Os usuários deverão atualizar suas agendas telefônicas incluindo o número 9 na frente de números celulares para que não haja problemas ao realizar ligações no futuro.

  

Por Beatriz 

Celular

Foto: Divulgação

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *