Venda de smartphones registrou queda em maio no Brasil



  

Maio de 2015 registrou queda de 16% nas vendas de smartphones no Brasil. Previsões indicam que no trimestre a queda chegue a 12% ou mais.

Desde que os smartphones chegaram ao mercado brasileiro, foram apontados como o principal produto de consumo para os próximos anos e a previsão veio se confirmando ano após ano, com os novos lançamentos chegando ao mercado e os consumidores comprando os aparelhos, garantindo vendas acima da média, em comparação a outros itens, mas pela primeira vez no Brasil, a venda de smartphones apresentou baixa entre os meses de abril e a redução nas vendas para o segundo trimestre do ano pode chegar a 12%.

E a queda na venda dos smartphones não era esperada para o período de abril e maio, pois foi um período que contou com muitas novidades no setor, como o Galaxy S6, o LG G4 e até os novos modelos da Xiaomi que chega ao país trazendo seus aparelhos com valores bem abaixo do mercado. Mas nem isso foi capaz de impedir a queda nas vendas destes aparelhos que estão presentes no dia a dia de milhões de brasileiros.

No mês de abril, a queda nas vendas de smartphone no Brasil ainda foi pequena, ficando em apenas 1%, mas no mês de maio a queda nas vendas chegou a 16% surpreendendo até os mais pessimistas, pois os smartphones continuavam tendo uma boa procura, mesmo diante da crise que o país atravessa. Esta foi a primeira vez que a venda de smartphones no Brasil teve uma queda.

As vendas de smartphone no mês de abril chegaram a 4,86 milhões e em maio despencou para 3,89 milhões, de acordo com pesquisa feita pela IDC, empresa de consultoria que é especializada em tecnologia. A IDC previu que a queda para o trimestre chegue a 12% ou até mais.





A última previsão feita tinha informado um crescimento na venda dos smartphones em uma média de 5%, já que os meses de maio e junho são ótimos para o comércio, devido ao Dia das Mães e o Dia dos Namorados, mas nem estas datas foram capazes de impulsionar a venda dos aparelhos inteligentes.

Ainda de acordo com a IDC, o resultado esperado e a baixa venda confirmada são devido ao momento de crise que o Brasil atravessa. A alta do dólar foi alto fator que favoreceu a queda das vendas de smartphone. E com estes novos números, a IDC já está revendo os números de sua previsão para as vendas neste ano de 2015, que deverá ficar bem abaixo do que tinha sido previsto.

Por Russel

Venda de smartphones



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *