Apple e Google querem que o celular substitua os cartões



  

Empresas esperam que o celular substitua os cartões de crédito e de débito por meio de um sistema de pagamento que consiste em aproximar o celular ao aparelho que é fornecido pela loja para que transação seja efetuada.

Utilizar o celular para efetuar pagamento não é nenhuma novidade, já faz alguns tempos que as empresas de tecnologia tentam obter sucesso nesta área, mas só agora este sistema está realmente alcançando os resultados esperados, já que os celulares estão presentes no dia a dia de quase todas as pessoas e a tecnologia atual já permite esta possibilidade.

A Apple e também o Google já estão trabalhando há algum tempo na tentativa de oferecer este serviço e estão conseguindo os primeiros resultados satisfatórios. A intenção é fazer com que o celular substitua os cartões de crédito e também de débito.

O Google, através do seu sistema operacional Android já oferece um sistema de pagamento para compras em mais de 700 mil lojas espalhadas pelos Estados Unidos e em breve este sistema poderá estar sendo oferecido também para os usuários brasileiros.

O Android Pay, que é o novo sistema de pagamento do Google, utilizando o celular, consiste em chegar o aparelho próximo ao aparelho que é fornecido pela loja para que transação seja efetuada. Para isso, o lojista já deverá ter instalado um terminal que conta com a tecnologia NFC – transmissão de dados entre dispositivos próximos.

Já o sistema da Apple, o Apple Pay, funciona da seguinte forma: o usuário posiciona o dedo no "touch ID" para que seja feita a leitura das digitais e então é só aproximar o celular do aparelho fornecido pelo lojista.





Tanto a Apple quanto o Google utilizam a tecnologia NFC, onde o usuário precisa aproximar seu celular do aparelho fornecido pelo lojista, dispensando, assim, o uso do cartão de crédito ou débito para efetuar pagamentos.
Mas é importante ressaltar que o cartão de crédito ou débito é dispensado para efetuar o pagamento, mas o usuário deverá ter um destes cartões, pois é preciso que as informações do cartão já tenham sido armazenadas, por exemplo, em sua conta no Google. No caso do Google, a autorização é feita mediante a digitação da senha ou pela leitura da digital do usuário, quando aparelho fornecer esta opção.

Luiz Henrique Didier, que é diretor da Cielo na parte de Inovação, informou que o Brasil já conta com a tecnologia NFC na maior parte de suas máquinas, mas o sistema que começou a ser implantado nos Estados Unidos deverá ser levado primeiramente ao Canadá e Europa Ocidental, não tendo previsão para quando chegará ao Brasil.

Por Russel

Pagamento por meio de tecnologia NFC

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *