Crescimento da taxa de brasileiros com celular



  

De 2005 a 2013 a quantidade de pessoas com celular cresceu 131,4%.

Que a tecnologia está mais acessível à maioria da população, isso é visível. Mas em termos de números, você sabe o quanto a população brasileira está com mais recursos tecnológicos? O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), através do seu suplemento de Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2013, fez um levantamento sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação.

Na época da pesquisa (2013), apenas um quarto da população brasileira não tinha um aparelho celular. Isso equivale a 24,8% das pessoas. Pode parecer muito ainda, pela quantidade de pessoas que vemos nas ruas utilizando um celular. Mas esse número cresceu muito nos últimos oito anos anteriores à pesquisa. Essa quantidade cresceu 131,4% de 2005 para 2013, representando um total de 73,9 milhões de pessoas a mais com um celular. Se comparado a outro período, 2008, esse número é de 49,4%, totalizando 43 milhões de pessoas.

De acordo com a pesquisa, os números com maior variação foram apresentados nos estados do Tocantins, Paraíba, Bahia, Piauí e Roraima. Por região, a que mais apresentou número com novos adeptos do celular foi o Norte, seguido pelo Nordeste.

As mulheres dominam entre as pessoas que mais têm celular, com 75,9%. Entre os homens, esse número era de 74,4% em 2013. Isso em termos nacionais, pois nas regiões Sul e Sudeste, os homens ainda são o maior número entre os usuários de celular.





A pesquisa ainda revelou que entre as faixas etárias também aumentou a aquisição de um aparelho, sendo apresentada a maior variação entre jovens de 25 a 29 anos.

Obviamente, esses números variaram até este ano de 2015, e possivelmente apresentaram um aumento ainda maior entre as pessoas que possuem aparelho celular. A chegada de novas tecnologias, novas necessidades e facilidade de pagamento que algumas lojas oferecem, fazem aumentar a oferta e procura de aparelhos em todas as faixas de valores.

Por Felipe Villares

Celular

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *