Meizu lança o novo Blue Charm Note



  

A Meizu aplicou um método forte de mercado ao recordar grandes companhias da tecnologia, fato comprovado pelo MX4 Pro com o leitor de impressões digitais, localizado no local anterior do botão home, o que recorda o TouID da Apple, além do processador Exynos, fabricado pela Samsung.

Entretanto, apesar dos dias finais de 2014, a empresa divulgou mais um aparelho, chamado de Blue Charm Note.

O dispositivo apareceu por meio de fontes várias vezes, onde pode-citar citar uma acusação de cópia sobre o iPhone 5c. Somado a isto, imagens e configurações não oficiais foram divulgadas através de informantes perto da empresa.

No momento atual, todas as informações foram fornecidas de forma oficial, sendo possível compreender os componentes envoltos do aparelho. Apesar das especificações serem atrativas, o que mais chama a atenção é o valor baixo dele.

O visual comum da Meizu permanece, considerando o hardware e também o software. A alteração do Android e Flyme OS está acompanhada no modelo Blue Charm Note.

Mesmo sendo apontado como um mid-range, devido seu potencial de desempenho, o display full HD é atrativo para o ramo. O aparelho possui uma tela IGZO (Sharp) de 5.5 polegadas com resolução full HD (1920 x 1080 pixels), sendo protegido por Gorilla Glass 3. 





Tem uma memória RAM de 2 GB, chipset MediaTek MTK 6752 64-bit com oito núcleos ARM Cortex-A53 em funcionamento a 1.8 GHz cada. Seu armazenamento interno é de 16 GB ou 32 GB e sua câmera principal possui 13 megapixels, fabricada pela Samsung com abertura de f/2.2.

Em um primeiro momento, o aparelho será lançado no território chinês, podendo ser disponibilizado para outros países, se o objetivo for atingido. O dispositivo será vendido pelo preço de US$ 192, equivalente a R$ 511 na ausência dos impostos do Brasil.

É um preço bem chamativo, pelo potencial disponibilizado pela companhia. O modelo será comercializado nas cores verde, azul, amarelo, rosa e branco.

Por Felipe Couto de Oliveira

Foto: divulgação



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *