ChatOn está com seus dias contados



  

Competir com o aplicativo WhatsApp não tem sido uma tarefa muito fácil para o mercado como um todo. O ChatOn, plataforma de bate-papo criada pela Samsung, é um dos casos que não tiveram muito sucesso. Como a empreitada não obteve os resultados esperados, os executivos afirmam que deve ser cancelada em pouco tempo.

Em contato com o The Korea Times, os representantes afirmam que o serviço está com seus dias contados. “A Samsung Electronics planeja sair do mercado de mensagens móveis de região em região como parte de uma estratégia corporativa de reestruturar negócios não lucrativos e melhorar a lucratividade”, diz.

Evidente que isso não acontecerá do dia para a noite em todos os lugares, já que alguns mercados apresentam uma boa aceitação do serviço, que passou a fazer parte da empresa no ano de 2011.

Foto: divulgação

O aplicativo é uma multiplataforma, disponível em 63 idiomas para 120 países diferentes para os aparelhos Android, iOS e até mesmo os BlackBerry. Seu pico de uso foi de 100 milhões de pessoas, mas aos poucos foi decaindo e sendo superado por vários concorrentes.





Hoje, o WhatsApp ganhou o mercado e lidera com uma enorme diferença de seus concorrentes, com cerca de 600 milhões de usuários ativos. Quando esse serviço está indisponível, ainda há o Messenger, chat popular do Facebook, e o WeChat, que é bastante usado na Ásia.

Em menor escala, ainda é possível encontrar nomes de peso, como é o caso do Skype, Hangouts, Viber, Line e tantos outros mensageiros. Mesmo com o fim dos dias do ChatOn, opções não vão faltar.

“A Samsung está no caminho para simplificar sua área de atuação. Do ponto de vista de negócios, o ChatOn não é algo que dá indícios de melhora para o futuro”, afirma outro representante. “Se você fala sobre números totais, o ChatOn parece competitivo porque está instalado em todos os smartphones da Samsung. O problema é que o uso do serviço é baixo, o que significa que o volume de transações também não é grande”, completa.

Por Diovana Nunes Leite

Foto: divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *