Apple e Samsung – Relação de rivalidade e necessidade

  

  

Na teoria, Samsung e Apple são grandes concorrentes no segmento da tecnologia, chegando a encabeçar diferentes lutas na justiça em diferentes países. Contudo uma parece não viver sem a outra e apresentam uma relação comercial bem extensa, principalmente no lado da companhia da Maçã. Isso porque a rival é quem produz os processadores que equiparam os iPhones e iPads nos últimos anos.

Em 2013 houve boatos na internet que a Apple não mais contrataria a Samsung para produzir os novos processadores do iPhone 6, entretanto o fato não se consumou. A empresa sul-coreana é quem fabrica a nova geração de seu processador, a série A8 e não peca, mesmo sendo a principal concorrente. Atualmente, ela fornece mais de 40% dos processadores já que a outra fornecedora, a taiwanesa TMSC, não consegue atender a demanda da Apple.


As informações são do site 9to5Mac e ele ainda afirma que há rumores para que a série A9 não seja mais fornecida pela Samsung. O motivo é óbvio: a Apple não quer depender da concorrente. A relação comercial pode ser uma propaganda que a empresa de Steve Jobs não quer dar de graça para a empresa sul-coreana, afinal, mostra que até mesmo ela precisa da rival.

A dependência da Apple ainda está longe de acabar já que segundo uma reportagem do jornal The Korea Times, a empresa venceu a licitação contra a TMSC e terá que produzir 80% dos processadores. Ela utilizará o processo de 14nm, e a taiwanesa deve fazer os outros 20%, no processo de 20nm.

Alguns executivos da Samsung afirmaram que a empresa produziu processadores usando o processo de 14nm para um “cliente oculto” e que nos próximos anos a produção seria em massa, começando na unidade da empresa na Coreia do Sul e, logo em seguida, nas demais unidades do Texas e também na Global Foundries, em Nova Iorque.

  

Por Robson Quirino de Moraes

Apple e Samsung

Foto: Divulgação

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *