Twitter passará por mudanças e poderá ter feed de notícias semelhante ao do Facebook



  

Na semana passada, o diretor financeiro do Twitter, Anthony Noto, discursou sobre alguns dos planos que a empresa tem para o futuro para se manter interessantes entre seus usuários e, claro, para conquistar novas pessoas.  

Uma das novidades interessantes está a possibilidade da rede social ter conversas privadas em grupo. O diretor de produto do Twitter, Daniel Graf, também destacou outras possíveis mudanças como a melhoria no mecanismo de busca e mudanças no feed.  

O que pode não agradar os usuários é a mudança que se apresentará no feed do Twitter. Segundo o diretor, a possibilidade de implementar um algoritmo que filtra o conteúdo relevante para o usuário automaticamente não é descartada. Tal procedimento tornaria o Twitter bastante parecido com a forma que o Facebook controla o feed de notícias.  

Você, usuário do Facebook, já deve ter observado por diversas vezes uma notícia antiga com bastante relevância entre as primeiras postagens do seu feed de notícias. Isso torna o uso da rede confuso e com informações desatualizadas sendo exibidas para o usuário. Pela organização temporal do feed do Twitter, que é o principal diferencial da plataforma, esta ideia pode não ser das melhores para a rede social.  

Nos últimos tempos o Twitter tem feito alguns experimentos para mudar a dinâmica das coisas no feed com o objetivo de trazer conteúdo relevante para os usuários.Algumas das mudanças foram a exibição de tuítes favoritados pelos seus seguidores em seu feed e as conversas interligadas de usuários que você segue. Ambas as mudanças não obtiveram uma boa aprovação. No entanto, as conversas interligadas ajudam, e muito, o usuário a estar dentro do contexto de uma conversa, evitando ter tuítes aleatórios perdidos no feed.  





Anthony Noto tranquiliza os usuários ao dizer que as mudanças ocorrerão gradativamente e que testes irão ocorrer para que a empresa entenda qual a melhor maneira de conseguir atingir os objetivos sem ferir a forma agradável de usar a rede social.

Por William Nascimento

Twitter

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *