Anexos enviados por e-mail do iPhone podem ser vasculhados por hackers



  

Quem ama os aparelhos da Apple se sentiu inseguro com as últimas notícias veiculadas na mídia sobre os riscos de segurança apresentados pelos aparelhos iPhone-iOS da empresa americana.

O número de vendas dos aparelhos tem crescido exponencialmente a cada ano e cada vez mais pessoas realizam aquisição dos mesmos em virtude dos inúmeros recursos tecnológicos e infinidades de aplicativos que os aparelhos oferecem aos usuários. Mas será que mesmo com todos os recursos tecnológicos os aparelhos podem ser considerados seguros, principalmente em tempos em que assuntos sobre espionagem ainda ressoam bem alto às mentes de todos os usuários de aparelhos móveis pelo mundo?

Os usuários dos aparelhos que usam iOS de fabricação da Apple correm o risco de terem vasculhados os anexos enviados por e-mail usando smartphone, e isso mesmo nos casos em que o aparelho esteja bloqueado. Esta falha foi apontada por Andreas Kurtz, um especialista em segurança digital que fez uma declaração a toda imprensa internacional.

Kurtz afirma que a visualização destes anexos pode ser feita por meio do uso de métodos que não exigem formas muito complexas de quebras de barreira, em virtude disso é possível que hackers usem esta falha de segurança para usar impropriamente os arquivos expostos. Para Kurtz isso ocorre pelo fato dos anexos não estarem criptografados como ocorre com os demais arquivos.

Segundo o relatório realizado pelo analista são os aparelhos de versões mais antigas que estão apresentando esta falha, entre eles o iPhone 4, e segundo o mesmo relatório os aparelhos atuais não apresentam esta falha de segurança.

Em entrevista a CNN, Andreas alegou ter informado antecipadamente à Apple sobre as falhas antes da divulgação das informações à mídia e segundo ele a versão atual do sistema operacional da empresa foi lançado após o repasse destas informações e que as correções necessárias foram realizadas.





A Apple ainda não se pronunciou oficialmente quanto às medidas para evitar os riscos.

Por Jaime Pargan

iPhone 4

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *