Google Glass – Influência na vida e cotidiano das pessoas



  

Google GlassCom o tempo, muitas tecnologias foram criadas e adotadas com a finalidade de facilitar o cotidiano, como o telefone celular: de um simples aparelho para troca de informações a verdadeiras centrais multimídias, que possibilitam a visualização de fotos e vídeos, acesso à internet, troca de mensagens, edição de áudio e imagens e outras tantas funções, que significaram uma evolução gigantesca em pouco mais de 12 anos, quando tornou-se popular.

Atualmente, mesmo em meio ao lançamento de um novo smatphone a cada semana, certa expectativa é criada em torno do Google Glass, o mais novo projeto da gigante Google. O óculos, segundo informações, permitirá acesso à internet, realização de chamadas e troca de mensagens, acesso a mapas via GPS, assim como os celulares, mas com o diferencial da comodidade acoplada aos óculos. Será como manter o telefone ligado em frente ao usuário enquanto estiver no rosto. 

Mas algo fica no ar: o recurso da realidade aumentada implica em que na sociedade?

Partindo do ponto de vista tecnológico, significa um avanço, pois a maneira como a comunicação é feita pode tomar outros rumos, ainda mais levando em conta as propostas de designs que algumas marcas oferecem, podendo o  usuário se comunicar com o mundo sem perder o estilo.





Do ponto de vista social, a mudança gera certo medo, pois a realidade passará a ser vigiada 24 horas por dia, 7 dias da semana, ininterruptamente. Qualquer conteúdo poderá ser disponibilizado à rede, a qualquer momento, de qualquer lugar. Será preciso agir com maior cuidado nas tomadas de decisão do cotidiano, pois atitudes como furar o semáforo, por exemplo, poderão ser vistas pelo mundo num clique, graças à captura de imagens do Google Glass, aliada à democracia que a internet propicia. Dessa forma, o conceito “sorria, você está sendo filmado” tomará um sentido quase vazio, pois o que antes era novidade, tornar-se-á algo comum, onde todos poderão ser filmados por todos, mudando apenas o ponto de vista ou perspectiva de quem adota o ângulo do receptor da mensagem.

Assim, conceitos antes vistos apenas no cinema serão trazidos ao cotidiano, e logo cairá por terra a frase em que a vida imita a arte.

Por Junior Almeida



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *