Dicas de segurança para tablets e smartphones



  

O ramo da informática continua em franca expansão pelo país. A popularização de desktops, notebooks e netbooks passou a exercer influência sobre os preços praticados, situação que deve se estender ainda mais no país quando, definitivamente, o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) entrar em vigor.

A entrada de tablets, tendência em vários países do mundo, passou a contribuir para o decréscimo do valor dos computadores. Entretanto, não basta o consumidor adquirir equipamentos de alta tecnologia e simplesmente utilizá-los sem os devidos cuidados. É preciso, em primeiro lugar, a instalação de um anti-vírus, gratuito ou pago para assegurar bom funcionamento ao produto.

De acordo com Leandro De Bom, especialista de Segurança da Informação da Módulo, o mesmo cuidado voltado aos computadores deve ser encarado em relação aos tablets e smartphones. Como sugestão, indica ao usuário evitar desbloqueios não oficiais, que além de acarretarem perdas de garantia podem propiciar a outra pessoa acesso remoto.





De Bom indica a instalação de softwares confiáveis, oriundos de fontes oficiais como os sites Android Market e iTunes Store. A segurança com esses aplicativos originais também garante integridade no acesso à internet e para chamadas telefônicas.

Outra dica interessante, que deve ser encarada com importância, é a utilização de senha para o bloqueio do teclado. Poucos minutos distante do tablet ou do smartphone dão vazão para pessoas mal intencionadas acessarem dados cruciais.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *